A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » , » Deixa eu ver se entendi: “SÓ ELES PODEM, NÓS NÃO?...”

Deixa eu ver se entendi: “SÓ ELES PODEM, NÓS NÃO?...”

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 15 de julho de 2020 | 12:53

(foto de evento em 2016)




-Eles podem dizer que TODAS AS VIDAS IMPORTAM, mas, seu disser a mesma coisa, e não estiver no meio deles(as), sou racista?



-Se eu ficar diante da bandeira de meu pais, não posso e tenho que pedir desculpas? Mas eles podem queimar a bandeira?


-Não posso mais ter a liberdade de ir a minha Igreja? Mas eles querem ter a liberdade para incendiar igrejas (e se possível, com pessoas lá dentro)?


-Não posso mais ter a liberdade de abrir meu comércio, mas posso saquear e destruir o comércio e os bens dos outros?


-Se alguém usar farda, arma e usar distintivo da polícia, tenho o direito de insulta-los, humilha-los e apedreja-los, mas não admito que me toquem, me repreendam e me prendam mesmo estando todo(a) errado(a), embriagado(a) e até drogado(a)?


-Posso exigir somente direitos, não deveres? Não posso preservar o patrimônio público, mas posso destruí-lo, e exigir que aceitem todo este vandalismo apenas como uma manifestação pacífica e democrática?


-Não posso proteger lugares públicos e monumentos de nossa história, mas posso destruí-los e depois ainda me fazer de vítima e coitadinha(a)?


-Eles podem opinar sobre tudo e todos, mas se eu opinar, sou opressor, racista, fascista, taxista, etc?


“...Sei...mas não parece que tem algo de estranho, errado e hipócrita nisto tudo?...Ahh me desculpe...esqueci que não posso opinar...só você...


Ô ditadura, cadê você? Tá disfarçada de PT ou PCdoB!


(Autor desconhecido)















Aqui na tal “jurisprudência do STF” não vemos um peso com duas medidas diferentes? (Calma...não estou afirmando, apenas perguntando):



“A rigor, Gilmar Mendes não agiu com "animus injuriandi vel diffamandi". Ao contrário, procedeu, seja como cidadão, seja como magistrado, com o intuito legítimo de narrar ("animus narrandi") e de criticar ("animus criticandi").As chamadas "excludentes anímicas" — situação que descaracteriza o dolo nos crimes contra a honra, onde se vê crítica ou descrição de fato — frustram a extremada suscetibilidade do general. Quem exerce ofício público não pode sentir-se imune à crítica social, pois deve ser permanente o escrutínio dos cidadãos sobre o desempenho da função castrense, entre outras atividades públicas...O fundamento mais invocado nas decisões a respeito é do ministro Celso de Mello. Diz ele: "Ninguém ignora que, no contexto de uma sociedade fundada em bases democráticas, mostra-se intolerável a repressão estatal ao pensamento, ainda mais quando a crítica — por mais dura que seja, revele-se inspirada pelo interesse coletivo e decorra da prática legítima, como sucede na espécie, de uma liberdade pública, de extração eminentemente constitucional (CF, art 5º, IV, c/c art. 220)."


A pergunta é: “ a recíproca é verdadeira?”



Fonte: https://www.conjur.com.br/2020-jul-14/jurisprudencia-stf-sustenta-critica-gilmar-exercito




Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino) “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger