A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Tecnologia do Blogger.
ÚLTIMAS POSTAGENS

Lutero o fundador do protestantismo, foi literalmente “nocauteado” teologicamente por João Eck em debate

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 20 de março de 2019 | 00:16





Vamos tratar nesta matéria do pai "spritual" e querididinho idolatrado de quase todos os cristãos desencaminhados. O rei da falta de noção teológica, a primeiro pessoa a se aferrar com unhas e dentes na sua própria "bíbria" (gostava tanto dela que, inclusive, fez uma do seu jeitinho, modificando passagens, arrancando  páginas, e livros que o incomodavam). Com vocês, um pouco mais da vida e obra (principalmente "obra") de Martin Luther:


Ao que se deve a tragédia de Suzano?





Se no Colégio em Suzano tivesse alguém habilitado e (não necessariamente os professores, ou alunos, até mesmo porque a lei mui acertadamente, não permite nem a posse e muito menos o porte de armas a menores) com uma arma legalizada, talvez apenas as duas “vítimas da sociedade” como dizem os direitos humanos, teriam sido eliminadas. A tragédia de Suzano, assim como outras passadas, é o resultado do fracasso da tal educação libertadora no Brasil e mundo afora, onde se prega a cultura dos direitos máximos e deveres mínimos. E não me venham com a argumentação falaciosa da educação como solução para o problema da violência, pois esta só produz resultados a longo prazo. A curto prazo, seria pura infantilidade achar que colocar marginais em bancos escolares, resolveria automaticamente o problema da violência, até mesmo porque os dois jovens nem marginais eram, não tinham passagem pela polícia, eram de classe média e tinham uma família estabilizada. O que constatamos é que como medida de resultados a curto prazo, para assegurar segurança a professores e alunos, a ordenança e disciplina militar nas escolas é mais que urgente. Os fatos falam por si mesmos, pois os meliantes cometeram suicídio, assim que perceberam a presença da polícia.


Como lidar com a frustração que sentimos quando algo dá errado, não aconteceu o que queríamos e como queríamos?

Written By Beraká - o blog da família on terça-feira, 19 de março de 2019 | 23:47





Primeiro precisamos entender o que é esse sinal de frustração em nossas emoções e em nossa alma. A frustração é um sentimento, uma emoção que ocorre quando algo que era esperado não ocorreu. A frustração é quando uma pessoa não está feliz por não ter uma vontade, ou desejo pessoal, satisfeito, mas também existem pessoas quem tem complexo de frustração, ou seja, são aquelas que se decepcionam com qualquer coisa.

PT e PSDB...Tudo haver: Farinha do mesmo saco e pó do mesmo giz








São partidos diferentes, que nasceram na mesma escola.


Um estado democrático pode ter dezenas de partidos políticos, mas a alternância é quase sempre bipartidária e segue os princípios básicos da dialética. No Brasil, segue as rixas do alambrado.No Reino Unido, o Partido Conservador e Trabalhista se revezam há décadas no Poder. Nos Estados Unidos, o racha está nas entranhas da sociedade: ou a família é republicana, ou é democrática, ou quer pagar menos impostos e acusa de “socializante” a iniciativa de tornar serviços essenciais públicos, ou acredita em programas sociais e regulação da economia.Italianos costumavam calcular seu racha com matemática pura: metade do país amava o papa, metade queria enforcá-lo. A democracia-cristã se contrapunha ao PCI (Partido Comunista Italiano). O cenário lembra muito o brasileiro atual que, com o avanço da bancada do amém, nos divide entre defensores de um estado laico e crentes. Lá como aqui, são mais de 30 partidos divididos em democratas-cristão, comunistas, marxismo-leninismo, ecologistas, liberalismo, neofascismo, trotskismo, sem contar a Usei (União Sulamericana de Emigrantes Italianos), que representa a italianada de dupla-cidadania que vive no exterior. Quem manda lá é o PD, herdeiro dos Comunistas, contra Força Itália, sob influência de um morto-vivo, Silvio Berluscone. Mas precisam da aliança com o Cinco Estrelas para governar, partido liderado pelo ex-palhaço Beppe Grillo. Como aqui precisam do PMDB e de outros palhaços.


10 autores para se entender o conservadorismo

Written By Beraká - o blog da família on quinta-feira, 14 de março de 2019 | 23:04







Um guia nada básico para conhecer os principais nomes do pensamento conservador mundial





(Por: Murilo Basso - especial para a Gazeta do Povo 



A polarização do debate político no Brasil trouxe consigo a desqualificação quase sistemática de valores conservadores, a ponto de hoje ser quase uma ofensa alguém se identificar com alguns elementos dessa corrente ideológica. De qualquer forma, ainda que se discorde das ideias propostas, não se pode negar que elas trazem à tona debates fundamentais para a sociedade contemporânea, sobretudo sobre o papel do Estado, seja no plano teórico ou mesmo em questões práticas. Pensando nisso, a Gazeta do Povo lista dez autores para compreender melhor o conservadorismo. Confira: 

Não confundir formador de opinião com intelectual – Todo intelectual tem uma produção intelectual reconhecida






O formador de opinião segue tendências, e linhas de pensamento nas quais acredita. Este que aqui vos escreve jamais será um intelectual porque simplesmente não tem uma PRODUÇÃO INTELECTUAL PRÓPRIA formalmente publicada, e ou reconhecida.



A discussão sobre os limites e a atuação do Estado na esfera econômica é parte de uma agenda constante nos estudos dos intelectuais de Ciência Política. Sua relevância aumenta significativamente com a crescente centralidade de estudos sobre a atuação e as reformas necessárias ao Estado. A fim de conhecer mais sobre esse vasto campo, vamos trazer à tona o tema sobre o papel da produção intelectual.A avaliação Institucional é um instrumento essencial para auxiliar o ambiente acadêmico a compreender a sua realidade, no intuito de se buscar novas práticas. Para que essa avaliação possa realmente exercer seu papel, é necessário envolvimento de todos os segmentos da sociedade. Entretanto, muitas vezes, a própria academia não é suficientemente capaz de enxergar a importância da participação efetiva dos formandos neste processo intelectual, tendo por vezes, sua participação diminuída, ou até mesmo anulada, deixando a análise única e exclusivamente aos especialistas (argumento falacioso da autoridade).


Idiomas para ver o blog:

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino) “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

CATECISMO da ICAR

PESQUISE NA BÍBLIA CATÓLICA

PERGUNTE e RESPONDEREMOS

Acessos

Curta a nossa página!

Postagens mais lidas

COMENTÁRIOS

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger