A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Tecnologia do Blogger.
ÚLTIMAS POSTAGENS

Como a Igreja combateu as pestes e epidemias no passado? Que lições podemos tirar?

Written By Beraká - o blog da família on sábado, 10 de abril de 2021 | 14:24

 


 

Já não sabemos mais morrer! 

 

 

 

“A verdadeira grande epidemia atual é o nosso medo selvagem e desesperado. Durante a peste de 1630, se sabia que a morte não é o fim de tudo. Hoje, ao contrário, se usam tons pastel nos funerais, porque preto e roxo causam terror. Estive há pouco tempo na Índia e alguns médicos locais confirmaram que Madre Teresa estava certa: a diferença entre um oriental e um ocidental é a atitude em relação à morte. Nós, ocidentais, somos terrorizados pela morte, não sabemos mais morrer.”(Giacomo Galeazzi, jornalista e escritor italiano – Entrevista ao Unisinos)

 

Exercitando a virtude da Paciência entre os cônjuges

Written By Beraká - o blog da família on terça-feira, 6 de abril de 2021 | 19:55

 



 

Você já perdeu a paciência alguma vez? Tem gente que perde a paciência todo dia, ou até toda hora. Vive à flor da pele e por qualquer coisa, explode. São pessoas de pavio curto, outras nem pavio tem. Já outros, não são assim, mas sofrem também no dia a dia com a impaciência dos outros. Paciência no relacionamento significa aceitar que o outro é imperfeito, como você também é. Naturalmente, queremos exigir que o outro seja tão bom quanto as nossas exigências, sejam pontuais, mesmo que não sejamos, sejam organizados e tenham as respostas certas e prontas para tudo. Essa exigência cria conflitos que despertam nossa ira, principalmente quando o outro não atende a nossa expectativa. Quando nos relacionamos com outra pessoa, passamos a dividir a rotina, os sonhos e também os problemas e desafios diários. Levamos para a relação nossa carga emocional, temperamento e educação, e temos que combinar isto com o que também, nosso cônjuge trás, não tem como evitar isto. Uma relação amorosa não envolve apenas situações prazerosas: é preciso administrar os altos e baixos de maneira coerente, e o ponto chave é desenvolver a paciência e o autocontrole. É preciso ter em mente que, algumas vezes, os desacordos estarão presentes e isso é completamente normal na rotina de um casal. Afinal, são duas pessoas com princípios diferentes, desejos, valores, bagagens e histórias de vida também distintos. Muitas vezes nos tornamos especialistas em irritar e tirar a paciência do cônjuge ao invés de cultivar essa virtude. A boa notícia é que a paciência no relacionamento é uma virtude, portanto, quanto mais exercitada, mais ela pode ser desenvolvida e aprimorada.

 

 

Minha família não é perfeita, e daí?

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 4 de abril de 2021 | 23:26

 


 

 

“Desculpe o transtorno. Estamos em obras”

 

 

 

A primeira coisa que precisamos notar é que em casa ninguém é igual, e estamos em níveis de maturidade diferentes. Os pais têm mais experiência, mas entre eles há diferenças. Os filhos estão crescendo, sendo construídos em todos os sentidos: no físico, psicológico e espiritual. Aqui entra em ação o material para construir cada um, que se chama respeito e paciência com o processo do outro. Por isso, para construir a família perfeita é preciso um ambiente propício para as mudanças, para o crescimento e até para as crises. Procurar defeitos nos outros e em nossas famílias de uma coisa pode ter certeza, vamos encontrar e muitos! Eu preciso sentir o desejo de voltar para casa, ela precisa ser o meu refúgio, meu oásis no meio do deserto. Minha casa e minha família precisam ser meu porto seguro, lugar onde não importa a minha condição: eu sei que sou amado e encontrarei a porta sempre aberta.

 

 

Me sinto chamado(a) a Vida Monástica - O que devo fazer?

 



É realmente necessário estar em um mosteiro para levar uma vida monástica? Não posso viver como um monge no mundo?

 

 

Conversa entre um Russo e uma Brasileira sobre "DITADURAS"

Written By Beraká - o blog da família on sábado, 3 de abril de 2021 | 13:16

 



 

 

Russo: Como eu amo a liberdade!

O ensinamento do Papa Francisco sobre as Armas, Legítima Defesa e Pena de Morte.

Written By Beraká - o blog da família on sexta-feira, 2 de abril de 2021 | 11:25

 


 

Todo papa é filho de seu tempo e recebe suas influências. Quer queiramos ou não, tendemos a romantizar ou demonizar os papas conforme nossos critérios e convicções. O papa e seus assessores não são exceções a regra. Lideranças próximas ao papa carregada de valores tradicionais ou progressistas não deixam de exercer influência sobre um pontificado, isto é inevitável, e comprovado ao longo de toda história da Igreja. Um simples pescador da Galileia que resolveu seguir um desconhecido (Jesus) que se dizia o messias. Foi assim que São Pedro iniciou a sua vida no cristianismo e, após a morte de Cristo, passou a ser o primeiro chefe da Igreja Católica.  Segundo a Bíblia, Jesus disse à Simão: "Tu és Kepa (traduzindo, "pedra", ou Pedro) e sobre essa pedra edificarei minha igreja". Depois da morte do messias, Pedro teria saído em pregação por vários países, como a atual Grécia e Turquia, até chegar em Roma, onde fundou a primeira comunidade cristã da cidade. Pode-se dizer que foi um papa muito importante da história não só por ter sido o primeiro, mas porque, com base em seus deslizes (como ter negado Cristo três vezes no dia de sua morte, e questionar a missão divina de Jesus), outros líderes religiosos que vieram séculos depois questionaram o seu título de porta-voz de Deus, apesar da evidência bíblica em Mateus 16,18 - e com a reforma protestante, todos que vieram em seguida.

 

 

Idiomas para ver o blog:

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino) “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

CATECISMO da ICAR

PESQUISE NA BÍBLIA CATÓLICA

PERGUNTE e RESPONDEREMOS

Acessos

Curta a nossa página!

Postagens mais lidas

COMENTÁRIOS

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger