A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Quem poderá medir a altura, a largura e a profundidade do amor de Deus ?

Quem poderá medir a altura, a largura e a profundidade do amor de Deus ?

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 21 de janeiro de 2015 | 00:01




A passagem de Efésios 3,17-18 expressa o desejo de Paulo de que os efesios sejam capazes de: 


"compreender com todos os santos qual seja a largura, o comprimento, a profundidade e a altura, e de conhecer o amor de Cristo, que excede todo o conhecimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus".


O que é que tem largura, comprimento, profundidade e altura? A que ou a quem se referem essas dimensões? Normalmente se pensa que é o amor de Deus em Cristo. Entretanto, é logo depois de ser mencionada essas dimensões, que é dito "e de conhecer o amor de Cristo", como se tratasse de algo diferente.




Refere-se a algo ou a alguém? Se olharmos atentamente o antecedente, veremos que se referem ao próprio Cristo: "...para que habite Cristo pela fé em vossos corações, a fim de que, arraigados e fundados em amor, sejais plenamente capazes de compreender..." (v. 17).



Qual é a largura de Cristo?



Em grego, a palavra correspondente a 'largura' aparece só em Apocalipse 20:9, e se refere à "largura da terra", e também em Ap. 21:16, para referir-se à largura da nova Jerusalém. A largura de Cristo é, pois, a largura da terra (e o oriente está infinitamente longe do ocidente), e também a da cidade santa, a sua igreja. Que simbólico! Que significativo!



Qual é o comprimento de Cristo?


É como a escada de Jacó, que unia o céu com a terra, os dois extremos do universo. Salva a distância maior, unindo a santidade excelsa e inacessível de Deus com o negrume mais denso de nosso estado pecaminoso. Com efeito, Cristo uniu o céu com a terra.



Qual é a profundidade de Cristo?



Para descobrir a profundidade de Cristo temos que entrar nas profundezas do seu tenro coração, onde cabem todos os homens, de todas as cores, de todas as raças. Qualquer que seja a sua condição, ali estão lavados por seu sangue precioso, selados com o Espírito Santo, e amparados no amor do Pai.



E qual é a altura de Cristo?


A palavra grega para 'altura' também é usada em Efésios 4:8, para referir-se à altura dos céus. Cristo está hoje glorificado no céu, mas os seus pés estão sobre a terra, e caminha sobre ela por meio da igreja.Cristo é o Novo Homem, o Homem Espiritual, que, diferente de nós, não só tem estatura, ou largura, mas tem todas as maravilhosas dimensões da nova criação. E estas dimensões nos são participadas pelo Espírito Santo, para expressá-las sobre a terra.



Veja no Salmo 103 o imensurável sentimento de Deus por você de três perspectivas:

1. Altitude incomensurável: Assim como não podemos medir a altura do Céu sobre a Terra, a misericórdia de Deus pelos pecadores é impossível mensurar (v. 11); ainda que sejamos ingratos e indiferentes a esse amor ou tenhamos atitudes limitadas a esse amor infinito ele continua ativo (vs. 6-10).



2. Largura incalculável: Assim quanto está tão distante o oriente do ocidente, o perdão oferecido por Deus afastam os pecados daqueles que confessam a Ele (v. 12); ainda que sejamos pecadores relapsos diante das Suas infinitas bênçãos de restauração, redenção e salvação Ele oferece perdão (vs. 1-5).



3. Profundidade inalcançável: Com um amor que vai de eternidade a eternidade, desde o Céu Deus alcança até as profundezas da Terra com sua compaixão que vai além da comparação da que um pai tem pelo filho (v. 13); ainda que Deus saiba que nossa estrutura é frágil, Ele preza por aqueles que se lembram dos Seus mandamentos para os cumprirem (vs. 14-18).



A este Deus que ama imensamente e é Quem estabeleceu Seu trono nos Céus, o Qual reina sobre tudo para benefício de todos, a Ele bendizei constantemente. Que cada pessoa, de todo lugar, bendiga juntamente com os anjos (vs. 19-22) por Seu amor, compaixão e por Sua misericórdia compartilhada a todos!


A graça, a misericórdia e o amor de Deus por você nunca se desvanecem; então cante-Lhe louvores, e, o louvor que inspira a alma é o louvor inspirado: Os Salmos! 




Quem poderá medir a altura e a profundidade
Do Teu amor (3x)
Por nós?

Ó insondável. 
Ó incomparável amor.
É mais alto do que o céu, 
Mais profundo do que o mar, 
uma riqueza 
de infinito (3x)
valor.
Como é lindo 
Tão profundo
Teu amor por cada um de nós (2x)
Senhor.



Veja aqui o vídeo desta belíssima música:





*Caso queira saber mais e participar de nosso apostolado, bem como agendar palestras e cursos em sua paróquia, cidade,pastoral, e ou movimento da Igreja, entre em contato conosco  pelo e-mail:  


filhodedeusshalom@gmail.com


Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger