A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Quais foram as últimas palavras e instruções de Jesus aos Apóstolos após a Ressurreição ?

Quais foram as últimas palavras e instruções de Jesus aos Apóstolos após a Ressurreição ?

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 27 de novembro de 2013 | 22:33



É uma pergunta simples, mas se formos fazer um estudo sinótico comparando os três evangelhos Mateus, Marcos e Lucas, vamos encontrar algumas diferenças nas últimas palavras que disse Jesus:

Uma dificuldade que se coloca em Mateus, dizendo que depois da Ressurreição Jesus e os discípulos voltaram para a Galileia, um expediente próprio de Mateus que quer indicar, que da Galiléia haverá um novo recomeço.

Ela esta aberta para aceitar a mensagem de Jesus e levá-la além-fronteiras. Jerusalém rejeitou Jesus e a exortou.


Agora o que dizer de Lucas que coloca o lugar da Ascensão no monte das Oliveiras. O que esta outra narração nos diz?

Não vamos nesta resposta cair na tentação da discussão qual é o texto correto.

Simplesmente optamos por Lucas, já que ele narra no final do evangelho o fato e depois retoma no início dos Atos dos Apóstolos o acontecimento da subida de Jesus aos céus.

Vamos ler o texto: de Atos dos Apóstolos 1,7-10

“7Respondeu-lhes: A vós não vos compete saber os tempos ou as épocas, que o Pai reservou à sua própria autoridade. 8 Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra. 9 Tendo ele dito estas coisas, foi levado para cima, enquanto eles olhavam, e uma nuvem o recebeu, ocultando-o a seus olhos.” (Atos dos Apóstolos 1,7-9).



Ora,passados cerca de 2.000 anos muitos Cristãos ainda não perceberam que as ÚLTIMAS palavras de Cristo não são as que Ele disse 40 dias depois de ressuscitar, e que estão registadas nos últimos capítulos de Mateus, Marcos, Lucas e João e no 1º capítulo de Atos, MAS AS QUE ELE PROFERIU, JÁ NA GLÓRIA, A PAULO E POR SEU INTERMÉDIO.


Parece que muitos hoje ainda precisam de ouvir o que Paulo disse aos Coríntios: 


“Visto que BUSCAIS UMA PROVA DE CRISTO QUE FALA EM MIM” (2 Cor. 13,3).



 “Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas” (1 Tim. 6,3-4).



Este texto tem de ser lido no seu contexto, para percebermos o que Paulo significa quando se refere, em concreto, às “sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo”.


Nos versículos anteriores (1 e 2) Paulo dá ensino sobre os “senhores” e “servos” Cristãos, dizendo a Timóteo:


 “Isto ensina e exorta. Se alguém ensina outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo …”. Ou seja, a doutrina que Paulo ensinava eram “sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo”.



“SÃS PALAVRAS DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO”, É O QUE JESUS CRISTO ENSINOU DA GLÓRIA A PAULO E POR SEU INTERMÉDIO, ATRAVÉS DAS SUAS EPÍSTOLAS (Comparar com Atos 20:24; 1 Tessalonicenses 4:15; 1 Coríntios 11:23). 


Há quem nos acuse de que fazemos mais ênfase das palavras de Paulo do que das palavras do Senhor Jesus Cristo, ignorando os tais que as palavras de Paulo são as últimas palavras do nosso Senhor, que fala pelo Espírito Santo através de Paulo.


Quando é que os Cristãos dos nossos dias vão finalmente perceber que “daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo AGORA JÁ O NÃO CONHECEMOS DESTE MODO” (2 Cor. 5:16)?


O nosso relacionamento com Cristo agora é com Ele glorificado (Hebreus 2:9), não com Ele humilhado, mas com Ele na glória.


Talvez agora seja mais fácil entender porque os Hebreus, a quem Jesus foi enviado (Mateus 15.24) deviam agora  "DEIXAR", isto é, pôr de parte, renunciar, abandonar, não prosseguir, não continuar com, não fazer caso de,  “os rudimentos da doutrina de Cristo … não lançando de novo o fundamento do arrependimento de obras mortas e de fé em Deus.  E da doutrina dos BATISMOS, e da imposição das mãos, e da ressurreição dos mortos, e do juízo eterno”


Talvez agora seja mais fácil entender porque os mesmos Hebreus deviam agora  prosseguir “até à perfeição” – à revelação completa que o Senhor deu da glória a Paulo (1 Coríntios 13,10), à sua sã doutrina da Salvação.


Todos nós ficamos atentos quando ouvimos as últimas palavras de alguém quando está partindo, não é verdade? 







Suas últimas palavras ficam guardadas para sempre em nosso coração.

Será que as últimas palavras de Jesus estão guardadas em nossas vidas? 


(20) Aquele que dá testemunho de tudo isso diz: Certamente venho logo! Amém! Vem, Senhor Jesus!


(21) E que a graça do Senhor Jesus esteja com todos.


O livro do apocalipse foi escrito por João a mando de Jesus,que morreu por volta do ano 100 d.c, na ilha de Patmos na Grécia.Para nós Cristão, a revelação não termina com a subida de Cristo aos Céus, mas com as últimas palavras do apóstolo João, o último dos apóstolos, o qual nos revela aquilo que o próprio Cristo o revelou em suas visões: 

…que me disse: —Escreva num livro o que você vai ver e mande esse livro às igrejas que estão nestas sete cidades: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia..."


E, no final do livro, estão escritas estas últimas palavras de Jesus para “aquele que tem ouvidos”. Nestas palavras finais encontramos três verdades expressas:


1- Jesus nos deixa uma promessa (…certamente, venho sem demora)– v. 20ª


2- Jesus nos deixa uma oração a fazer (…amém, vem Senhor Jesus) – v.20b


3- Jesus no deixa uma provisão (…a graça do Senhor Jesus seja com todos) – v.21

Estas são verdadeiramente palavras de Salvação, e são para você e para mim.Podemos confiar, e, sem reservas, desfrutar delas!


“ LOUVADO SEJA  O SENHOR E NOSSO ÚNICO SALVADOR: JESUS CRISTO, O ÚNICO QUE PODE TE SALVAR DAS TREVAS DO ERRO E DO PECADO!!!”


Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger