A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Pré - candidato, Bolsonaro defende estado mínimo e se prepara para o DEBATE DO SÉCULO com Lula

Pré - candidato, Bolsonaro defende estado mínimo e se prepara para o DEBATE DO SÉCULO com Lula

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 6 de abril de 2016 | 17:05






Bolsonaro sem Máscaras !!!





Jair Bolsonaro


Nascimento:21 de março de 1955 (61 anos) em Campinas, São Paulo

        
Dados pessoais:


Cônjuge:Ana Cristina Valle (Atual).
Rogéria Nantes Braga Bolsonaro (divorciado)



Partido:PSC (2016-até o presente)
PP (2005-2016)
PFL (2005)
PTB (2003-2005)
PPB (1995-2003)
PPR (1993-1995)
PP (1993)
PDC (1989-1993)



Religião: Católico Apostólico Romano

Profissão: Militar da reserva do Exército brasileiro e político

Graduação militar: Capitão do Exército brasileiro



Jair Messias Bolsonaro, é um militar da reserva e político brasileiro. Cumpre atualmente o seu sexto mandato na Câmara dos Deputados do Brasil, eleito pelo Partido Progressista (PP).Nas eleições gerais de 2014, foi o deputado mais votado do estado do Rio de Janeiro com apoio de 6% do eleitorado fluminense (464 mil votos).Atualmente, o parlamentar é filiado ao Partido Social Cristão (PSC) e pré-candidato à presidência.





Bolsonaro também foi titular da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado,além de ter sido suplente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Além dele, três filhos seus também são políticos: Carlos Bolsonaro (vereador do Rio de Janeiro pelo PP), Flávio Bolsonaro (deputado estadual do RJ pelo PP) e Eduardo Bolsonaro (deputado federal de São Paulo pelo PSC).


Bolsonaro tornou-se conhecido nacionalmente por suas posições nacionalistas e conservadoras, por suas críticas ao comunismo e à esquerda e por declarações controversas. Também é conhecido por defender a ditadura militar no Brasil (Não como golpe militar, mas como CONTRA REVOLUÇÃO COMUNISTA), e por considerar a tortura em alguns casos como uma prática legítima. Suas posições políticas geralmente são classificadas como alinhadas aos discursos da extrema-direita política.


Carreira militar


Bolsonaro cursou a Escola Preparatória de Cadetes do Exército e em seguida a Academia Militar das Agulhas Negras, formando-se em 1977. Integrou a Brigada de Infantaria Pára-quedista, onde se especializou em paraquedismo. Posteriormente também desenvolveu-se em mergulho aquático autônomo.


Prisão


Segundo Jarbas Passarinho, em 1986, já capitão, Bolsonaro foi preso por 15 dias, por liderar manifestação por melhoria dos soldos, sem a autorização de seus superiores, caracterizando um possível ato de indisciplina e imoralidade. Foi absolvido pelo Superior Tribunal Militar dois anos depois.


Política


Em 1988 entrou na vida publica elegendo-se vereador da cidade do Rio de Janeiro pelo Partido Democrata Cristão. Nas eleições de 1990, elegeu-se deputado federal pelo mesmo partido. Seguiriam-se outros quatro mandatos seguidos. Foi filiado ao PPR (1993-95), PPB (1995-2003), PTB (2003-2005), PFL (2005), PP (2005-2016), e desde março de 2016 integra o PSC.Foi autor da lei do voto impresso, segundo o deputado, para evitar fraudes no sistema de votação. Ficou conhecido por suas ideias nacionalistas, conservadoras e por suas críticas ao comunismo e à esquerda. Bolsonaro defende abertamente  A CONTRA REVOLUÇÃO COMUNISTA e militar instalada no Brasil em abril de 1964.



Desempenho eleitoral


Nas eleições de 2010, Jair Bolsonaro obteve cerca de 120 mil votos, sendo o décimo-primeiro deputado federal mais votado do estado do Rio de Janeiro. Em seu mandato anterior, se destacou na luta pela aprovação da PEC300 e contra uma possível volta da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras). É representante de parcela das Forças Armadas brasileiras na Câmara dos Deputados e defende recomposição salarial dos militares.Foi reeleito em 2014, como o deputado mais votado do Rio de Janeiro com 464.572 votos.



Principais posições


1)- Bolsonaro propõe que um comprovante seja impresso para evitar fraudes na contagem eletrônica de votos por não existir "nenhum país no mundo" que use a mesma tecnologia que a brasileira, ao insinuar que a urna eletrônica brasileira não é confiável.


2)- O parlamentar defende a revogação do Estatuto do Desarmamento e defende que o proprietário rural tenha direito de adquirir fuzil para evitar invasão do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.

3)- Além disto, também apresentou um projeto de lei que estabelece a castração química como condição para que uma pessoa condenada por estupro possa voltar à vida em sociedade sem ser uma ameaça.

4)- Bolsonaro condena publicamente A CULTURA E MORDAÇA GAY que quer se instalar no Brasil, e se opõe a aplicação de leis que que tornem este grupo com privilégios acima dos demais cidadãos.

5)- Em novembro de 2010, o deputado disse que usuários de maconha deveriam "apanhar" para que não passassem a "cheirar" (usar cocaína).Em entrevista dada ao programa CQC, em abril de 2011, Bolsonaro reiterou as afirmações anteriores. Questionado no programa sobre como reagiria caso se o filho fosse usuário de drogas, Bolsonaro disse: "Daria umas boas porradas nele, pode ter certeza disso".


6)- Em várias entrevistas, Bolsonaro se posicionou favoravelmente à instituição da pena de morte no Brasil para casos de crimes hediondos e premeditados pois, segundo ele, "o bandido, ele só respeita o que ele teme".Também é a favor da redução da maioridade penal e em 2008, foi o único deputado do Rio de Janeiro a votar contra o projeto de lei para ampliar o uso de armas não-letais, justificando que esse tipo de recurso já é utilizado.



7)- Em 2000, Jair Bolsonaro defendeu, numa entrevista à revista IstoÉ, a utilização da tortura em alguns casos tais como: de tráfico de droga e sequestro e a execução sumária em casos de crime premeditado. 



Controvérsias



O deputado federal é conhecido por suas alegações de que a CONTRA REVOLUÇÃO COMUNISTA MILITAR brasileira teria sido uma época gloriosa da história do Brasil, sendo que em uma carta publicada no jornal Folha de S.Paulo ele se refere ao período como "20 anos de ordem e progresso".


Em vídeo postado pelo seu filho, o também deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), o parlamentar fluminense afirmou que "violência se combate com violência", e não com bandeiras de direitos humanos, como as defendidas pela Anistia Internacional, que ele afirmou ser formada por "canalhas" e "idiotas". Questionado sobre um levantamento da organização que mostrou que a polícia brasileira é a que mais mata no mundo, Bolsonaro disse: "Eu acho que essa Polícia Militar do Brasil tinha que matar é mais."




Em 2011, na entrevista que forneceu ao programa CQC, da Rede Bandeirantes, Bolsonaro também se posicionou contra os movimentos que fazem "apologia" à homossexualidade e à bissexualidade. Disse que se seu filho tem "boa educação e um pai presente", "não corre o risco" de se tornar homossexual, e que desfiles gays são "promoção de maus costumes". Em 3 de abril, foi realizado um protesto contra esta e outras declarações do deputado no programa.Em 2013, durante uma entrevista para o documentário "Out There", feito pelo ator e comediante britânico Stephen Fry, que é homossexual assumido, e exibido pela BBC, o deputado afirmou que "nenhum pai tem orgulho de ter um filho gay".





Por Curitiba, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) começou sua pré-campanha à presidência do Brasil em 2018. Conhecido por seus comentários de cunho racista, machista e homofóbico, o parlamentar trocou o PP pelo PSC para se lançar candidato. 



Ele defendeu uma política de redução do tamanho do estado.Ele também disse que o rótulo de preconceituoso é uma “invenção” da esquerda.Bolsonaro está desde o início do ano visitando diversas capitais do país .Para concretizar sua campanha, o deputado trocou o PP pelo PSC.





“Mudei de partido com a intenção de ser candidato a presidente. Hoje, as pesquisas me dão 2% de intenção de voto e como nunca fui candidato a nada no Executivo fico abaixo de outras pessoas. Minha proposta é completamente diferente. É uma proposta à direita”, revelou.





Em frente à sede da PF falou brevemente sobre seus projetos caso assuma a presidência da República:




“Temos que diminuir o peso desse estado. Quando o estado é mais pesado, é mais difícil para todo mundo”, diz. Ele também defendeu a ditadura militar entendendo-a como UMA CONTRA REVOLUÇÃO COMUNISTA, dizendo ser defensor “da verdade, a qual foi totalmente  deturpada” pela Comissão Nacional da Verdade. 




Sobre a contradição entre defender, ao mesmo tempo, o estado-mínimo e as políticas de estado da ditadura, ele disse que “naquele momento se fazia necessário”. “O mundo evolui, hoje em dia você tem que diminuir a quantidade de estatais”, disse. 




Bolsonaro disse, ainda, que não se considera um radical, e que, se for eleito, espera ter um Congresso eleito mais próximo de suas posições políticas. “Sou visto como radical pela esquerda radical. Entendo que quem votar em mim em 2018, vai votar em alguém com um perfil parecido com o meu”, disse.



Ao mesmo tempo que cultiva inimigos, ele conquista fãs em todo o Brasil, inclusive em Fortaleza, onde foi ovacionado no Aeroporto Internacional Pinto Martins.


Leia algumas de suas frases mais polêmicas:



1. ''Eu defendo a tortura. Um traficante que age nas ruas cruelmente e impunimente contra nossos filhos tem que ser colocado no pau-de-arara imediatamente. Não tem direitos humanos nesse caso. É pau-de-arara, porrada. Para sequestrador, a mesma coisa. O cara tem que ser arrebentado para abrir o bico'' – (em 2000, quando defendeu a tortura e o pau-de-arara da época da Ditadura Militar).




2. "Você me chamou de estuprador, você me chamou de estuprador! Vagabunda! Vai dizer que você é uma coitada agora? Chora agora. Eu não tenho medo de perder meu mandato por quebra de decoro" – (em 2008, sobre discussão com a hoje ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário – PT/RS).




3. "Essa é uma farsa, uma mentira. É um projeto que caminha apenas para apurar o justiçamento na Guerrilha do Araguaia, roubos, sequestros, execuções, ações terroristas e justiçamentos sumários praticados pelos guerrilheiros. Essa comissão da verdade é uma mentira!!!..." – (em 2011, sobre a criação da Comissão da Verdade).



4. "O kit gay não foi sepultado ainda. Dilma Rousseff, pare de mentir. Se gosta de homossexual, assuma !!!.
Se o teu negócio é amor com homossexual, assuma. Mas não deixe que essa covardia entre nas escolas de primeiro grau" (em 2011, sobre plano do MEC de incluir  nos currículos escolares a Cultura Gay).




5. ''Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco porque meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente promíscuo como lamentavelmente é o teu...'' - (em 2011, respondendo a cantora Preta Gil,ela perguntou como ele reagiria se seu filho namorasse uma negra - Após o programa, ele defendeu não ter entendido a pergunta e disse ter pensado que se referia a gays e não a negros. O STF arquivou o inquérito acatando o mal entendido).



6. ''Seria incapaz de amar um filho homossexual. Não vou dar uma de hipócrita aqui: prefiro que um filho meu morra num acidente do que apareça com um macho bigodudo por aí...para mim ele  teria morrido mesmo neste momento como filho meu...Se um casal homossexual vier morar do meu lado, isso vai desvalorizar a minha casa! Se eles andarem de mão dada e derem beijinho na minha frente, desvaloriza-me....'' – (em 2011, quando deu entrevista à Playboy).




7. ''Não posso ter medo dos senhores, até porque a maioria aqui são heterossexuais preocupados com a família. Se fosse LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais), eu seria condenado Não vou me calar com essa representação sem vergonha, com esse lixo. Sou parlamentar com P maiúsculo, não com H minúsculo de homossexual'' – (em 2011, no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados).




8. "O PSOL é um partido de mulheres com pirocas e de veados. Eu estou me lixando para a senadora. Eu vou responder à senadora [Marinor Brito] num papel higiênico. A imagem está lá, ela me deu uma porrada, me xingou de homofóbico, de corrupto e de assassino, daí eu estou errado, feri a feminilidade dela? As mulheres do Brasil que me desculpem, mas não são iguais a ela não" – (em 2011, após o PSOL pedir investigação contra ele).




9. ''Essa mulher (Eleonora) representa a sua mãe, Dilma Rousseff, a minha não. E nem as mulheres brasileiras'' – (em 2013, sobre nomeação de Eleonora Meniucci para o cargo da Secretaria de Políticas para as mulheres).




10.“Mulher deve ganhar salário menor porque engravida” (Bolsonaro justificou a frase: “quando ela voltar [da licença-maternidade], vai ter mais um mês de férias, ou seja, trabalhou cinco meses em um ano”).



Fonte: Wikipedia
Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger