A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » O que está por trás da falsa humildade de Mujica e seu pobrismo exibicionista ?

O que está por trás da falsa humildade de Mujica e seu pobrismo exibicionista ?

Written By Beraká - o blog da família on sábado, 28 de junho de 2014 | 14:13




Os esquerdistas elogiam Mujica porque ele dispensa boa parte do salário de presidente (enquanto sua mulher acumula o de senadora).


Mas e o Republicano Michael Bloomberg, que recusou TODO o salário a que tinha direito durante sua longa gestão na prefeitura de NY? E aí, turma, vamos ser coerentes?








Elogiem a postura do bilionário capitalista que trabalhou esse tempo todo sem custo para o erário!!!???


A nossa esquerda de visão Tupiniquim,elogiam a simplicidade forjada de Mujica mas se recusam a andar de avião na classe economica, a abandonar os smpartphones, a se hospedar em hoteis com menos de 5 estrelas, a frequentar restaurantes e bares de baixa renda.


O presidente do Uruguai, Mujica verdade seja dita, na sua falsa humildade,destoava dos pares na cerimônia de posse do ministro das Finanças, calçando sandálias e deixando unhas estilo Zé do Caixão à mostra.


Nos comentários, há muitos elogiando a postura “humilde” do excêntrico presidente, que anda de Fusca e mora na velha casa. Isso não passa do culto do pobrismo, típico das esquerdas latino-americanas.


Uma coisa é humildade legítima, oposta a soberba; outra, bem diferente, é ser desleixado e “mulambento”, ignorando a liturgia do cargo e os protocolos.


Alguém acharia legal um visitante chegar de bermudão e chinelo para ser recebido pela rainha da Inglaterra? Ou, quem sabe, visitar o papa direto da praia, de sunga? Isso não seria sinal de descolamento ou humildade, mas de falta de educação e respeito.



Mais recentemente, a utilização do anel de tucum foi resgatada por fiéis cristãos, especialmente adeptos da teologia da libertação, com o objetivo de simbolizar a aliança das igrejas com os pobres e oprimidos da América Latina, especialmente por fiéis católicos após o Concílio Vaticano II e as Conferências Episcopais de Medellín e de Puebla.




Embora o anel de tucum, tenha sido originalmente criado para simbolizar o matrimônio entre escravos e índios, atualmente, em meios cristãos, o anel é usado para representar a preocupação com causas populares, e pela igualdade.




Católicos tradicionalistas por sua vez, especialmente devido a forte ligação entre os usuários do anel de tucum e a teologia da libertação, consideram que este ”é uma ostentação de pobreza.



E ostentar virtude é vaidade que anula toda virtude. Usar isso, para demonstrar amor aos pobres, mais é demagogia do que virtude.



Se alguém é realmente pobre, deve praticar essa pobreza e o desprezo das riquezas, sem ostentação, porque se não é pura vaidade e desejo de ser considerado pobre e bom.Isso é orgulho mascarado de pobreza”.


O anel de tucum na mão de um Bispo é uma ostentação de pobreza. E ostentar virtude é vaidade que anula toda virtude.


Usar isso, para demonstrar amor aos pobres, é mais  demagogia do que virtude.



Se alguém é realmente pobre, deve praticar essa pobreza e o desprezo das riquezas, sem ostentação, porque se não é pura vaidade e desejo de ser considerado pobre e bom. Isso é orgulho mascarado de pobreza.




São Roberto Belarmino, que era Cardeal Arcebispo de Milão, e Príncipe, usava roupas e carruagens magníficas. Mas, no assento de sua carruagem, colocava escondidamente pontas de aço, para fazer penitência ocultamente em todo o percurso em carruagem dourada.




Elogiar esse desleixo como se fosse o máximo, por supostamente demonstrar alguma humildade, é coisa de quem cultua o pobrismo. Não precisa comprar ternos Armani, como fazia o ex-presidente Lula, homem do “povo”. Mas retire as sandálias da falsa humildade” e coloque os sapatos do bom senso.


Ora bancar o pobre de brincadeirinha, sendo um político rico e poderosíssimo em seu país, é muito conveniente... E os pobres que são pobres de verdade como é que ficam?


Mujica é um marxista convicto tentando provar que não precisamos de dinheiro pra viver (embora ele tenha outras fontes de renda, como todo bom marxista, Fidel Castro e demais cumpanheiros que o digam).


Quem troca o trabalho por nada é porque não valoriza o trabalho em dinheiro. Simples assim. Não tem virtude nehuma nisso. Quem sabe não esteja valorizando mais a admiração da platéia do que o dinheiro?( Afinal somos tentados sempre por umas destas três: O Ter, o poder, ou pelo prazer).Para quem não admira o pobrismo nivelado por baixo e pela burrice institucionalizada do Socialismo e odeia exibicionismo, é que nem trocar seis por meia dúzia.

O homem que venderia a própria alma por um tostão é o que mais alto brada que odeia o dinheiro , e ele tem bons motivos para odiá-lo. Os que amam o dinheiro estão dispostos a trabalhar para ganhá-lo. Eles sabem que são capazes de merecê-lo. Eis uma boa pista para saber o caráter dos homens: aquele que amaldiçoa o dinheiro geralmente o obtém de modo desonroso; aquele que o respeita o ganha honestamente.


Fuja do homem que diz que o dinheiro é mau. Essa afirmativa é o estigma que identifica o saqueador, assim como o sino indicava o leproso. Mas o dinheiro exige do seu proprietário as mais elevadas virtudes, se este deseja ganhá-lo ou conservá-lo honestamente.



Verdade seja dita:Só existe "socialista" no Brasil porque a maioria da população sequer sabe o que isso significa, ou significou para as Naçoes que o experimentaram.Conheço socialistas que vivem de especulação financeira e que lógico, ficam possessos quando confrontados. Passou da hora da direita sair do armário, quem trabalha e gera riqueza não pode se acovardar diante desta idiotice inútil já comprovada pelo bonde da história.


“E díga-se de passagem,Mujica não é um romântico sonhador incapaz de matar uma mosca. Tem um passado tenebroso e um presente carregado de ódio e revanchismo a seus opositores.”

Agora ele é conhecido como dirigente de uma coalizão de partidos, partidecos, grupos, grupelhos, caciques e índios, que têm como locomotiva o Partido Comunista e integrantes da organização criminosa guerrilheira que assassinou, seqüestrou, roubou, atentou etc.


Custa admiti-lo, mas hoje é presidente da república, graças à torpeza e à fraqueza cúmplice dos dirigentes dos meios políticos, empresariais, militares e publicitários.Não se trata unicamente de um homem com aspecto desleixado e aparência imunda, mescla de bruto, demagogo e palhaço. É mais do que uma combinação de Cantinflas e Robin Hood...Trata-se de alguém com um passado muito negro e com uma alma muito suja, muito mais suja do que sua aparência física.


Um passado tenebroso (do qual jamais mostrou arrependimento algum) e um presente carregado de ódio que hoje o leva a toda espécie de hipocrisias, contanto que chegue a tomar as rédeas do governo e complete a tarefa revolucionária, frustrada na via militar, mas que avançou na propagandística populista e publicitário posando de humilde e homem do povo.


Na realidade, mais que negro, um passado cor vermelho sangue, que agora pretende alvejar, com um vice que é um anestésico eficaz para adormecer os círculos dirigentes e cativar o centro da opinião pública. Assim, enquanto Mujica estimula e consolida os mais radicais, Astori é quem deve atrair os moderados, desorientados e confusos que se localizam no meio do espectro ideológico.



Esse exemplar paleolítico, do populacho, desgrenhado, deliberadamente vulgar, desfruta e lucra mostrando-se bruto. De passagem, com isso, procura obter as simpatias dos menos favorecidos, dizendo-lhes ser tão inferior quanto eles, e que votem nele porque é o seu único salvador.


A mídia se empenhou, durante os últimos anos, em fabricar, difundir e valorizar uma imagem diferente para Mujica:


1)- Ocultando sistematicamente seu passado sanguinário;


2)- Apresentando suas imbecilidades mais bestiais como lampejos de genialidade emanados de um homem espontâneo, quase sábio, sincero, modesto, austero, idealista.


A verdade é outra:


a)- Tem um passado de terror e nada tem de espontâneo em seus ditos ressaltados pela mídia. Estamos diante de um fenomenal artifício de propaganda, que foi capaz de transformar um terrorista em um aparente homem bom do campo, meio besta, mas sensível para com os pobres.Na realidade ele é capaz de fuzilar um opositor seu com aquela mesma máscara que fica posando por ai.





b)- O mesmo que soube dirigir uma organização assassina com total desprezo pela vida humana, pisoteando direitos e liberdades, atropelando a lei e as instituições e desconhecendo a dignidade do ser humano, hoje aparece como pomba angelical, financiado por empresários, o astro preferido pelos meios de comunicação, e viajando em um avião cedido por uma empresa, pasmem!!! privada ???...

Ironia do destino:Os mesmos que poderiam ter sido seqüestrados ou assassinados, hoje financiam a campanha. Que castigo celestial merecem esses mercadores.


Dupla identidade:


José Mujica Cordano, "o Pepe" (como quer que o chamem), teve outro nome: era José Antonio Mones Morelli, codinome escolhido para atuar na clandestinidade com um grupo de assassinos "tupamaros" que jamais se arrependeu de seus crimes.


Incapazes de enfrentar viril e frontalmente, especializaram-se em matar de forma traiçoeira e covarde atirando nas costas.


Resumimos de informações da imprensa da época, a descrição de parte de seu passado delituoso e alguns de seus crimes de sangue:


1)-  "Do tiroteio no bar "La Vía" localizado em Larrañaga e Monte Caseros, resultaram dois feridos. Um anti-social e um policial. O 'réu' que resultou ferido é José Alberto Mujica Cordano (aliás 'Emiliano'),  conhecido também como 'Pepe', portando documentos com o nome de José Antonio Mones Morelli".



2)- Em 11 de janeiro de 1971 foi assassinado pelo bando tupamaro o policial José Leonardo Villalba. A autópsia revelou que recebeu sete impactos de bala nas costas.




3)- Em 21 de dezembro de 1971, a organização criminosa "MLN-Tupamaros", da qual Mujica foi alto dirigente, assassinou o peão rural Ramón Pascasio Baez Mena, o qual, ao tropeçar em um esconderijo subterrâneo ("toca de tatu"), na fazenda Espartaco, foi capturado pelos terroristas que ali estavam. Reunida a cúpula da organização, esta decidiu pelo seu assassinato mediante a aplicação de uma injeção letal de pentotal. O peão foi enterrado nas proximidades e veio a ser o primeiro desaparecido. Os responsáveis pela morte foram Henry Engler, Israel Bassini Campiglia, Néstor Sclavo, Conrado Fernández, Jorge Becca, Gloria Etcheveste y Xenia Itté González.



4)- Este mesmo José Mujica denomina "expropriações" aos roubos cometidos por ele e seus comparsas. Chama de "justiçamentos" aos assassinatos.


5)- E com a maior desembaraço chega a dizer que essa luta — com os assassinatos, roubos, seqüestros, e atentados cometidos — foi por um mundo melhor, por uma sociedade mais justa, pelo bem dos pobres, blá, blá blá, todo o discurso mentiroso, propagandístico e perverso que conhecemos.



6)- Anistiado pelos políticos, dedicou-se a reconstruir a organização que agora com maquiagem pacifista, procura se fazer de governo nacional. Os métodos (no momento) são outros, mas os fins últimos são os mesmos de sempre, os mesmos que pretendeu alcançar quando era conhecido como José Antonio Mones Morelli.



7)- São dois nomes: José Mujica Cordano e José Mones Morelli, mas uma mesma pessoa, que apresenta mudanças cosméticas:pintam-lhe o cabelo, fazem-no tomar banho com mais freqüência, colocam-lhe um paletó, dizem-lhe que simule cara de avô meigo, etc...mas é o mesmo sujeito.



8)- Alerta:Nunca antes foi tão claro que a opção atual é entre a liberdade e o despotismo, entre a verdadeira democracia e o populismo autoritário e liberticida.



Reajamos. Ainda é tempo. Depois será tarde demais, e veremos "chorar como mulheres os que hoje não querem ou não se animam a lutar como homens".

*Fonte: Boletim Flashes Culturales - Alexander Torres Mega, advogado e professor uruguaio, desenvolve notável trabalho de esclarecimento nos meios estudantis de Montevidéu.



Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 3 Comentário. Deixe o seu!

28 de dezembro de 2014 09:59

Bom Texto.

No entanto a imagem do fuzilamento em meio das imagens do Mujica não estão em um mesmo contexto de veracidade.

Explico:

Fica claro o veneno que deseja despejar ao trazer várias imagens onde aparece o Mujica individualmente, logo posteriormente, a imagem de um fuzilamento sem identificação alguma de fonte para consulta de veracidade.

Acabo de Fazer uma pesquisa e sau imagem faz parte da históra do nazismo:

https://www.google.com/search?tbs=sbi:AMhZZiuezB6u1r3uTrqRWHIsz-FRkf_1SUrYd5ZPboFyJ6BNXxp-PMxig_1tNRmsYfVzIQ2rjqeijCzUN9QjbyhAT1Qo-sDN8uIE3XBOC5k5PORTK2ClaLABBDR82YN9CC0eWkyo8cQseQdjvYZPL9gZZgBqe5TwnQMm4WUaGtNXfHPIqzG_1_1ny4nrkrm8o2R6QEO05BVe7xGwkKqcn9XpjeL2ra_11agHi3MtnfoxAGvEvMe6JHuC5CZMaJWb0Bd5VdeTeY3TNL6pBYVlk99V10s_1T2DvqSS7D2Nd-K7d62HT24wHU3z9qtqIHRHGV8usNN6T6mqisvBXn36MN8IYwuknw5zOv10VbgkKcOQLiieA_13tkiac4axcANApqXV_1w64tMiHPrfTK5qCoA25IcOuuDCVd6RNjDJ7sfWgKxV5wSD20Jc-VbynmqIbYX9yT2hKFHn6XVsHyzFazNpTlJwT4TZ8zmfevt9GwiSwKRj3r-1ebjBi_1g1gkteN9qdB-xpku7XxglBu_1b3I2CWadrEcBupSZ0Q0EmmiYZcltEGUDyzBzQwe5tpjTPE6Uo4yaP_1cWbCMS5F9AnKcxQCrV9WzwbF0aNYuJrptTGPBewUGUKKpTeXFn2pS2quwNlJnz1addZDDL0QeEPXzbOAh9wOdH4ldk9WDfRl4bpbtmGWHNg6_1_1j7CXf8xe1nyWiqBBz9CfhC0ec1gOZL_1j0W908XDqjSKrGIj3jOU6Wq0irn43_1snM6c-kB5KxhJKYrxoz99wnZxz-HXQpKstEDWgQ9_16a3tvhmDbiXYNS0T8NTN2ynMgGSX4DSe66kGXsmDFi0J1kvcAgiilBCDpo9O2zzlxS9QYj1RsGXUq7EU24g3mppgS8JAFPTffe4tiN5jww-zirs0fsV7HRLzeEV_1FCOE6unEhm8wTVmup9qgF6PcfFLTUAx0AG4AJBM_1lXbZCMe3v1jqMYhG9hNUE5nWRFIhkUPHkm4o8sjuvwxgqJhOaMFIfkN3Sp_1OvJq2llJuu7xCcv_1mevuHkW4u33JaobW74ifkGi2kGUwIHQ-lUbJQUPuboFDeDDrPQ2S_1UepSjbivIl5grCvljQbO_1wSrLXniuvLH91L1eEEM7J8zit2nXqRfhBrzEr1ffd9_1_1ZJ3dYB4E_1AZjFiV7x99QVShB2rEGsoZK_1CCRynPgNtyFDZfBmHYHXTYin2r8OqtMp9M9HKyCDVL3Mqyy-upmqGIMGTpMUVqlxAqGg6DKgdpbXbh363ZHDEUaI-PZAYqBwpn_1XvPCfynehMZWCRo53zrzqqeE91Hf9Rx0wmnV8b7emUEebK_1UYN8yroDaN5wH-k9d3WfukxcZg4KEiNPhedWkLcHz45u3dOWZHT7O4WnC9k5NQervHW4IEUZ2G4eIZTeCAByxD9uWlU5VOPqcdjkt98MuIfobb-p5WWy-afn-KZBhM_1Jdr6bELbkzNbiMV6J5di0WUe8LSRju3Zw&btnG=Pesquisa%20por%20imagem

Caso queira falar do Holocausto do Paraguai, se esforce para colocar uma imagem real.

Caso contrario, todo este texto perde a credibilidade.

28 de dezembro de 2014 23:23

Prezado Lucas Guerra,

Em momento algum a foto fez alguma referência ao texto, e vice versa,mas apenas destacar que por trás de toda ideologia Comunista, infelizmente esta é a dura realidade que a história tem nos mostrado. A matéria não é nossa, portanto a originalidade e intenção continuam intactas, independente do que você acha.

Shalom !!! E um Feliz ano novo !!!

30 de dezembro de 2016 21:26

Belo texto.
Muito esclarecedor...te confesso que não sabia nada a respeito so Mujica, e que acabei chegando aqui por conta de uma busca que fiz, para saber um pouco mais sobre esse "pobre" senhor. Fiquei muito satisfeito com toda informação que obtive. Gostaria de saber onde eu poderia encontrar mais informações sobre o Mujica?
Desde já agradeço.

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger