A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog no todo ou em parte, não significa necessariamente, a adesão às ideias neles contidas, nem a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Todos as postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Não serão aprovados comentários de baixo calão. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » , » Se você não se conhece vai sempre se achar inadequado(a) – SEJA VOCÊ MESMO(a)!

Se você não se conhece vai sempre se achar inadequado(a) – SEJA VOCÊ MESMO(a)!

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 27 de outubro de 2021 | 15:27

 


 

 

E se frequenta ambientes que reforçam essa percepção, tanto pior! O que você precisa é se conhecer, se aceitar e gostar de ser quem você é! NÃO SE PODE VIVER REPRESENTANDO O QUE VOCÊ NÃO É, PARA AGRADAR OS OUTROS. ISTO É TÓXICO, JAMAIS SERÁ A SOLUÇÃO.

 

 

Existe uma configuração específica em cada um de nós, que determina nossa maneira de funcionar!

 

 

 

E se a sua maneira de ser e agir é lícita, mas for um incômodo para outra pessoa, é ela quem tem que aprender a lidar com isso, pois ela não vai poder PADRONIZAR todas as pessoas as conveniências dela.

 

 


Mas em nenhum momento, sob hipótese alguma, ser quem você é pode ser um problema pra você!

 

 

 

Ser quem você é, com seus limites, qualidades e defeitos, é, na verdade, a solução! Sem nunca esquecer que “não somos e não devemos ser o que os outros pensam de nós, mas o que Deus pensa de mim”, já dizia Santa Terezinha.

 

 


 


ASSUMA SEU COMPLEXO DE GABRIELA E SEJA FELIZ! NUNCA VAMOS CONSEGUIR AGRADAR A TODOS!

 

 

 

“Eu nasci assim, eu cresci assim, eu sou mesmo assim, vou sempre assim…sempre Gabriela!”

 

 

 



O trecho da música escrita por Dorival Caymmi e interpretada por Gal Costa fez sucesso na TV na década de 1970, quando foi tema da personagem central da telenovela Gabriela — uma adaptação da obra do autor baiano Jorge Amado.

 

 

A trama mostra uma mulher que não conseguia se adaptar aos costumes da época e se recusou a moldar seu jeito espontâneo e um pouco rude para se enquadrar na cidade em que vivia.

 

 

 

Esse comportamento obstinado é chamado de Síndrome de Gabriela, sendo observado em pessoas que acreditam que não precisam mudar ou adaptar seu comportamento a situações que não lhe agradam. Se por um lado esta é uma atitude bastante positiva, que demonstra autoestima e personalidade, este comportamento também pode ser perigoso — já que uma pessoa que se recusa a modificar seus padrões e comportamentos pode cair em uma zona de conforto, perdendo diversas oportunidades de crescimento pessoal e profissional.

 

 

 

O PROBLEMA É QUE AO TENTAR LIVRAR-SE DO COMPLEXO DE GABRIELA, VOCÊ PODE DESCAMBAR EM OUTRO DEFEITO PIOR: “VIVER TENTANDO AGRADAR A TODOS!” (NEM JESUS CONSEGUIU)

 

 

 

Agradar aos outros não é um defeito, pelo contrário, indivíduos que gostam de agradar tendem a se tornar queridos pelas pessoas à sua volta. O agrado traz retorno, seja pela felicidade do outro, seja pela satisfação pessoal de fazer o bem. O problema, porém, é quando esse ato não é espontâneo e se torna uma obrigação. Nesse momento, talvez seja a hora uma AUTOAVALIAÇÃO para entender porque existe essa necessidade psicótica de querer agradar a todo o mundo?

 

 




Há quem fuja de conflitos e prefere abdicar de si pelos outros pensando se tratar de algo em curto prazo. Porém, esse comportamento frequente pode virar uma bola de neve. Com medo de se tornar indelicada, essa pessoa abrem mão de si para satisfazer os outros sem medir as consequências, e se anulando como pessoa.

 

 

O fato de agradar aos outros também pode ser uma forma de se sentir aceito em um grupo, algo que a pessoa acredita que não conseguiria se agisse conforme a sua verdadeira personalidade.

 

 

 

Há ainda aqueles que agradam esperando sempre algo em troca e, quando não ocorre, se frustram e ficam ressentidos!

 

 

 

Agradar aos outros, sem estar se amando como pessoa também, querida por Deus, pode ser prejudicial para as emoções do indivíduo e algo que deveria ser gratificante como servir ao próximo, se torna um peso difícil de suportar! Pessoas com necessidade de agradar podem se tornar inseguras, depressivas, ansiosas, ter baixa autoestima e não terem condições de decidir por si, precisando sempre da opinião do outro. Às vezes é realmente preciso fazer o que não se gosta em benefício do grupo, e do bem comum, mas ninguém deve se tornar escravo desse comportamento.

 

 


 


Agradar a todos pode se tornar um problema quando:

 

 

 

-Sempre se espera algo em troca!

 

 

-Acredita-se que é necessário agradar para ser aceito.

 

 

-Deixa-se de lado as vontades e desejos próprios; anulando-se como pessoa.

 

 

-Perde o sentido e já não consegue mais identificar o que se gosta e por que estar a fazer aquilo?

 

 

-Os gostos são baseados nos de outra pessoa; e não na vontade de Deus.


 

-Fica-se impossibilitado de dizer não; sempre concordando com tudo, sem opinião.

 

 

-Há necessidade de ser visto como alguém bom e sempre cordial.

 

 

-Sem perceber, ou propositalmente, os outros abusam da boa vontade dessa pessoa.

 

 

-A pessoa se culpa por tudo de errado que acontece!

 

 

-A pessoa apresenta sinais de baixa autoestima, ansiedade, estresse e outros problemas emocionais.

 

 

 

O que leva uma pessoa a querer sempre agradar aos outros?

 


 


 

Somos seres relacionais e temos a necessidade de sermos aceitos e amados. O renomado psicólogo americano Albert Ellis, criador da terapia racional emotiva, catalogou as crenças irracionais comuns. Uma delas é:

 

 

“Preciso do amor e da aprovação de todos os que me rodeiam, ou preciso ser amado e ter a aprovação de todas as pessoas importantes que me rodeiam”.

 

 

 

Esta crença é comum, em diferentes graus, em todo o ser humano. Racionalmente sabemos que agradar a todos é impossível e que isso não nos torna piores, ou melhores, e podem trazer consequências negativas. Quando a pessoa não identifica isso em seu agir cotidiano, vai paulatinamente, abrindo mão de suas necessidades para agradar ao máximo o outro(a), sem garantia de sucesso. Seja apenas você mesmo(a)!

 

 

 

-----------------------------------------------------

 

 

APOSTOLADO BERAKASHComo você pode ver, ao contrário de outros meios midiáticos, decidimos por manter a nossa página livre de anúncios, porque geralmente, estes querem determinar os conteúdos a serem publicados. Infelizmente, os algoritmos definem quem vai ler o quê. Não buscamos aplausos, queremos é que nossos leitores estejam bem informados, vendo sempre os TRÊS LADOS da moeda para emitir seu juízo. Acreditamos que cada um de nós no Brasil, e nos demais países que nos leem, merece o acesso a conteúdo verdadeiro e com profundidade. É o que praticamos desde o início deste blog a mais de 20 anos atrás. Isso nos dá essa credibilidade que orgulhosamente a preservamos, inclusive nestes tempos tumultuados, de narrativas polarizadas e de muita Fake News. O apoio e a propaganda de vocês nossos leitores é o que garante nossa linha de conduta. A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos as postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente, a posição do blog. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte. Não somos bancados por nenhum tipo de recurso ou patrocinadores internos, ou externo ao Brasil. Este blog é independente e representamos uma alternativa concreta de comunicação. Se você gosta de nossas publicações, junte-se a nós com sua propaganda, ou doação, para que possamos crescer e fazer a comunicação dos fatos, doa a quem doer. Entre em contato conosco pelo nosso e-mail abaixo, caso queira colaborar:

 



filhodedeusshalom@gmail.com

 

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado APOLOGÉTICO, promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim" (João14, 6).Defendemos as verdade da fé contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha a verdade, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por ela até que Ele volte(1Tim 6,14).Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino) “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger