A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Bolsonaro antes de tudo representa um ideal, e os ideais não morrem

Bolsonaro antes de tudo representa um ideal, e os ideais não morrem

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 25 de abril de 2018 | 22:41




O que está por trás do crescimento do deputado federal Jair Messias Bolsonaro, pré-candidato a presidente da República em 2018?


Não é de hoje que o Jair Messias Bolsonaro vem ganhando força no cenário político nacional. Desde o escândalo do Mensalão, ele vem se destacando pelo simples fato de não ter seu nome ligado a escândalos de corrupção, tese essa que ganhou ainda mais força com o desenrolar da Operação Lava Jato.Crítico ferrenho dos governos do PT, ele participou diretamente do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Com seu discurso forte de conservadorismo, Bolsonaro foi peça importante no afastamento da ex-presidente, na época articulado pelo então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), que hoje encontra-se preso por corrupção por causa da Operação Lava Jato.Outro fator que pesa a favor de Bolsonaro são os altos níveis de violência que o país enfrenta, já que ele defende veementemente o fim do Estatuto do Desarmamento. O parlamentar defende que todo cidadão de bem deve possuir o porte legal de armas de fogo. Alinhado com o pensamento de uma grande parcela da população brasileira, ele arrasta seguidores pelos quatro cantos do país. Com discursos fortes claros, contundentes, sem meia verdades, e que é entendido por todos, o deputado arranca as mais diversas reações de interpretação de suas falas por onde passa. Ele defende de forma muito clara e tranquila que nunca houve ditadura no Brasil, mas sim uma CONTRA REVOLUÇÃO COMUNISTA, e que intervenções militares são necessárias para restaurar a lei e a ordem no país. E quem fez oposição ao regime militar, não lutava por democracia, mas por uma DITADURA DO PROLETARIADO. Bolsonaro também defende projetos como a escola sem partido e redução da maioridade penal. Ele também foi responsável pela criação do projeto de lei que tornou o voto impresso obrigatório a partir de 2018. Fatores como estes consolidam ainda mais suas pretensões políticas através destes ideais que estavam adormecidos em grande parte da população, mas que se sentiam constrangidos a manifestarem, em virtude da onda esquerdista que até então havia dominado hegemonicamente todas as instâncias no Brasil.





Entenda o porque Bolsonaro não é, e não precisa ser nem mito, nem muito menos herói. Ele também não é TODAS as mentiras que falam a respeito dele (homofóbico, nazista, facista, e mais as bobagens que todos já estamos acostumados a ouvir) .Bolsonaro NÃO É MITO, até mesmo porque o mito é uma figura criada para as pessoas idolatrarem. Bolsonaro NÃO É HERÓI, ou salvador da pátria. Engraçado como o povão ainda acredita que exista essa baboseira de herói. Achavam o mesmo de Collor e  Lula, e vejam no que deu e no fundo do poço em que nos encontramos. Isso não significa que Bolsonaro seja igual a Lula ou Collor, pois entre Bolsonaro e Lula há um grande abismo. É como querer juntar água com óleo.E ninguém precisa ser um gênio para saber disso, a não ser as pessoas que somente enxergam ele como homofóbico, nazista, etc, ou seja, pessoas que acreditam em tudo que a mídia lhes fala. Bolsonaro será um Excelente Presidente, disso não tenho a menor dúvida. Se formos analisar a situação de Bolsonaro, ela é semelhante a do governo de Macri na nossa vizinha Argentina. Vejam o que governo Macri fez e está fazendo na Argentina em tão pouquíssimo tempo. O maior desafio de Bolsonaro não será a Economia: e sim  A RESTITUIÇÃO DOS VALORES MORAIS E DA PLENA LIBERDADE DE EXPRESSÃO.






Bolsonaro hoje no Brasil, muito mais que sua pessoa, representa um IDEAL



Ideias são a prova de balas, pode-se matar o idealizador, mas jamais seu ideal.Tiradentes foi enforcado mas, seu ideal de independência não. Já dizia Eduardo de Bono: 



“Uma ideia quando surge, ela já não pode ser despensada, (seria o mesmo que nos pedissem para não pensarmos numa maçã). A um que de imortalidade no ideal...”


Sabemos do momento dramático pelo qual o Brasil atravessa e estamos cientes que o nome de Jair Bolsonaro representa esperança de dias melhores para mais de duzentos milhões de brasileiros. Políticos como Donald Trump e Jair Bolsonaro não são idiotas, pelo contrário. Falam o que falam porque sabem que muita gente tem os mesmos anseios de ter mais segurança e empregabilidade. Os dois são chamados de populistas e irresponsáveis por políticos de esquerda que acreditam na divindade do mercado. Porém, é inegável que os ideais de Trump e Bolsonaro ajudam a arejar o debate com novas propostas, cativando os mais jovens. A esquerda no Brasil conseguirá se organizar e disputar um novo projeto de país? Um que não tenha vergonha de reconhecer seus erros e atuar em campos que lhe são espinhentos, como a violência urbana, e a liberdade de mercado, com menos estado?Poderá construir uma nova narrativa que desperte o sonho e o engajamento dos mais novos? Muitos desses jovens estão descontentes, mas não sabem o que querem (sabem apenas o que não querem!!!).



Neste momento, por mais impactantes que sejam a obviedade de seus discursos (tipo: “Ninguém vai para a cadeia por ser um bom cidadão, e cumprir com seus deveres”), boa parte deles está em êxtase, alucinados pelos resultados das manifestações de rua e com o poder que acreditam ter nas mãos. Mas ao mesmo tempo com medo. Pois cobrados de uma resposta sobre sua insatisfação, no fundo, no fundo, conseguem perceber apenas um grande vazio. Pode-se continuar dando às costas a eles, chamando-os de fascistas, ou abrir o diálogo, muitas vezes difícil, mas necessário. Há um déficit de democracia participativa que precisa ser resolvido, não somente pelas Comunas, grupos organizados, ou por pseudo iluminados.



Só votar e esperar quatro anos não adianta mais para esse grupo, pois muitos jovens reivindicam participar mais ativamente da política. Querem mais formas de interferir diretamente nos rumos da ação política de sua cidade, estado ou país. Não da mesma forma que as gerações de seus pais e avós, claro. Precisamos, urgentemente, ouvir os mais novos e construir com eles um projeto para a sociedade em que vivemos. Negar isso e buscar, novamente, saídas de cima para baixo, seja através da esquerda democrática ou da direita liberal. Não admira que quem sugere adotar as soluções de sempre são as mesmas pessoas que não entenderam o significado das manifestações de rua de 2013, ou que nada aprenderam com elas.




Por fim, entendo Bolsonaro como um sujeito íntegro, apesar de não concordar com algumas de suas ideias. Ele é um conservador  íntegro, o qual podem acusa-lo de tudo, menos de corrupto. Mas eleições não se vencem apenas com integridade, mas também com estratégia política. Isso não significa defender o abandono de seus valores e princípios morais, mas entender o jogo político por trás das eleições para enfim poder existir uma chance de se obter um resultado efetivo. Acho que Bolsonaro seria uma vítima perfeita para as raposas da política, especialmente aquelas da extrema-esquerda. Não o vejo capaz de se desviar do amontoado de estratagemas que estas pessoas são capazes de fazer. Para que a direita seja bem representada por um candidato, é preciso que este saiba controlar o frame, manter uma postura combativa, saber ser pragmático e objetivo em suas propostas e daí por diante. Para isso, é preciso, antes de tudo, de um pensamento orientado à estratégia política. Eu particularmente, apesar de desejar muito, duvido que Bolsonaro consiga se desvencilhar das artimanhas que serão lançadas contra ele. 



Será que ele conseguiria aprender a defender-se e lutar na guerra política em tão curto tempo? Assimilar os conceitos da guerra política não é algo que se faz do dia para a noite. Falamos de uma mudança de mindset e até mesmo da percepção em relação ao mundo que nos rodeia. Se Bolsonaro conseguir fazer isso em tão curto tempo, me surpreenderá.


----------------------------------------------------------




Apostolado Berakash – Trazendo a Verdade: Se você gosta de nossas publicações e caso queira saber mais sobre determinado tema, tirar dúvidas, ou até mesmo agendar palestras e cursos em sua paróquia, cidade, pastoral, e ou, movimento da Igreja, entre em contato conosco  pelo e-mail:





filhodedeusshalom@gmail.com




Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino) “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger