A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Conheça as 10 maiores Fraudes da Ciência até o momento

Conheça as 10 maiores Fraudes da Ciência até o momento

Written By Beraká - o blog da família on terça-feira, 7 de janeiro de 2014 | 00:07



As fraudes científicas são resultados enganosos obtidos por alguns cientistas, geralmente com o objetivo de adquirir fama e prestígio, que deixam a ética de lado usando desvios no método científico e nas normas éticas que regem estas atividades. Seu fim, lógico, é tentar enganar determinado público. Os enganos mais comuns que podemos encontrar no campo da pesquisa são: a fabricação e maquiagem de dados, a falsificação de resultados e o plágio. Baseados nestes 3 pontos, listo 10 fraudes cometidas por alguns homens encarregados de levar a ciência e a luz ao resto do mundo:



1)- O HOMEM DE PILTDOWN.

Tratando de imitar os passos de Charles Darwin e sua T eoria da Evolução, um geólogo de nome Charles Dawson, realizou trabalhos em Piltdown, Inglaterra e segundo ele, ali achou o crânio do considerado "elo perdido", na cadeia da evolução entre o macaco e o homem. A suposta descoberta foi chamada deHomem de Piltdown. Após submetê-lo a diversos estudos descobriu-se que em realidade era o crânio de um homem da atualidade que tinha sido moldado e polido para que se assemelhasse ao do animal.



2)- FUSÃO A FRIO.

Segundo os cientistas Stanley Pons e Martin Fleischmann tinham criado um sistema chamado Fusão, que era um aparelho de baixo custo que produzia energia nuclear. A revista Time, inclusive, publicou a matéria na capa, enquanto seus criadores se negaram a divulgar o método científico alegando que não queriam que sua ideia fosse pirateada. Muitos tentaram reproduzir o sistema, mas ninguém obteve os resultados que tanto disseram. Muito recentemente, outros dois tontos italianos voltaram a insistir no assunto com a mesma desculpa esfarrapada, porém até agora nada.




3)- CLONAGEM DE SERES HUMANOS


O mundo viveu uma pequena revolução quando em 2004, Hwang Woo-suk afirmou em uma revista ter clonado células humanas. No ano seguinte, comprovou-se que seus relatórios se baseavam em dados inventados, motivo pelo qual Hwang foi um dos primeiros cientistas a enfrentar a cadeia por causa de uma mentira: passou dois anos no cárcere.


4)- O ELO ENTRE AVES E DINOSSAUROS


A National Geographic publicou em uma de suas capas um tal de Archaeoraptor liaoningensis, o elo perdido entre dinossauros e animais alados. O fóssil foi achado na China e nele era possível distinguir um ser com asas e rabo de réptil. Pouco tempo depois comprovaram que em realidade se tratava de um Microraptor zhaoianus, ao qual adicionaram partes de algum outro fóssil.



5)- A FRAUDE DE KAMMERER


O biólogo Paul Kammemer assegurava que os animais herdavam de seus descendentes as habilidades e condutas adquiridas. Quis demonstrar em um experimento com sapos, que no momento de acasalar sacavam umas pequenas espinhas de suas patas para poder agarrar as fêmeas de melhor maneira.Kingsley Nobel descobriu que Kammerer tinha injetado tinta nestes répteis e portanto, sua descoberta foi um engano. Kammemer não resistiu o escândalo e decidiu tirar a própria vida.


6)- A PATENTE DA AIDS


Esta doença sempre foi rodeada de polêmica. Robert Galo, cientista do National Cancer Institute, se autoproclamou o pioneiro nas pesquisas da doença. Por outro lado, um médico francês de nome Luc Montagnier disse ser o pai de sua descoberta. Desatou-se uma guerra entre ambos os personagens, que culminou na descoberta de provas falsas, contaminadas e manipuladas pelos dois.


7)- O ELEMENTO 118

Em algum momento, a revista New Scientist publicou um artigo no qual falava da descoberta do elemento 118, o átomo mais pesado que conhecido até aquele momento. Muitos cientistas basearam-se no artigo para tentar sua reprodução, mas todas as tentativas fracassaram. Ao final descobriu-se que um dos supostos pesquisadores do tema falseou toda a informação.

8)- A INFALIBILIDADE DA  DATAÇÃO COM CARBONO 14


Fala-nos do assunto o Dr. Dennis R.Petersen, em seu livro “Unlocking The Mysteries Of Creation”, pgs. 48 e 49:A partir do século XX, os cientistas partiram para o aperfeiçoamento dos métodos radioativos de datação, que hoje servem de base para se estimar a idade da Terra.Conhecendo-se o fato de que os átomos da substâncias radioativas são INSTÁVEIS e que disto resulta a radioatividade, observa-se terem eles uma tendência de se decompor, transformando-se em átomos menores. A energia é liberada do átomo e toma a forma de vários tipos de raios em meio ao processo de decomposição.É bom saber sobre este assunto o que considero como conclusão científica fundamental:


“Nem todos os átomos radioativos, de uma substância particular, se decompõem à mesma taxa. Um átomo pode existir apenas por alguns segundos; outro, da mesma substância, pode durar milhares de anos, antes de se desintegrar.”


1Em 1947, Willard F.Libby, descobriu o sistema Carbono-14 que tem sido usado para medir a percentagem dos isótopos instáveis de carbono-14 nos seres outrora vivos. Supõem que os resultados dos testes dão o número de anos transcorridos desde que o espécime morreu.


Quais São Seus Limites? A meia-vida do C-14 é de apenas 5.730 anos. Assim, em 5 meias-vidas (29.000 anos, aproximadamente), muito pouco do isótopo C-14 permaneceria no espécime. Uma conclusão precisa seria improvável. Lembremo-nos de que o termo “meia-vida” é o tempo requerido para que metade do elemento instável dê lugar ao seu “elemento-filho”.). Geralmente, objetos aos quais se atribuem mais de 50 mil anos, não têm esta idade confirmada num teste de C-14, feito num laboratório.


Há Lugar Para Erros? O sistema todo depende de uma taxa estável e variável de radiação pela atmosfera por, pelo menos, 30.000 anos. Há um bom numero de suposições improváveis no método.É fato decidido que o C-14 tem credibilidade para determinar as idades de objetos na faixa de 3 mil anos mais ou menos. Objetos aos milhares, contudo, têm sido testados, e alguns com resultados muito chocantes. A informação que segue nos vem de vários números de um jornal cientifico chamado RADIOCARBON. Lembremo-nos de que coisas que tenham mais de 50 mil anos, não poderiam ter bastante C-14 para fazer medições, se é que existem coisas com esta tão avançada idade.

9)- O FRAÇASSO EXPERIMENTAL DA TEORIA DA “IDEOLOGIA DO GÊNERO”

O sexologista Dr John Money tentou provar que o gênero é uma construção social e fracassou. "De acordo com tal filosofia, o sexo já não é um dado originário da natureza que o homem deve aceitar e preencher pessoalmente de significado, mas uma função social que cada qual decide autonomamente."

A redefinição do "gênero" foi concebida por John Money, que estava na equipe da prestigiada Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, Maryland. E promoveu a ideia de que a identidade sexual pode ser dividida em suas partes constituintes – DNA, hormônios, órgãos sexuais internos e externos, características sexuais secundárias e identidade de gênero – o sexo com o qual a pessoa se identifica. Money centrou sua atenção em bebês nascidos com distúrbios do desenvolvimento sexual, por vezes referido como hermafroditas ou intersexuais. Em casos raros, o bebê nasce com uma condição congênita ou hereditária que faz com que seja difícil identificar seu verdadeiro sexo, ou com órgãos sexuais deformados.


Money afirma que a identidade de gênero de uma criança foi formada não pela biologia, mas pela socialização, e que os geneticamente meninos com pênis deformados poderiam ser alterados cirurgicamente para se parecer com meninas e ser educados como meninas.

Ele insistiu em que um menino aceitaria que ele era uma menina e, como adulto, seria capaz de se envolver em relações sexuais como uma mulher (uma grande prioridade para Money). Este protocolo foi amplamente aceito.Em 1967, surgiu o caso perfeito para provar a teoria de Money de que a identidade de gênero é uma criação social:

“O pênis de um menino foi acidentalmente destruído durante uma circuncisão mal feita. Seus pais viram Money ser entrevistado na televisão, falando sobre crianças com distúrbios do desenvolvimento sexual, e pediram sua ajuda.”

Ele propôs que o menino fosse castrado e educado como uma menina. Money garantiu aos pais que o menino aceitaria plenamente esta transição, se os pais fossem consistentes em sua educação como menina.Como o menino tinha um irmão gêmeo idêntico, que serviria como um controle, o caso seria uma prova conclusiva da teoria de Money de que a identidade de gênero é construída socialmente.


Money falou sobre isso e publicou relatórios do caso, garantindo a todos que o experimento foi um sucesso total.Conforme os anos foram passando, aqueles que estavam interessados no caso se perguntaram como as coisas tinham evoluído.

Será que este menino criado como menina amadureceu normalmente?

Money foi evasivo e disse que, embora a criança tinha sido totalmente ajustada para ser uma menina, ele tinha perdido o contato com a família. O Dr. Milton Diamond, que estudou o efeito dos hormônios pré-natais sobre o cérebro em animais, não estava satisfeito.Depois de alguns anos, ele rastreou a família e descobriu que Money tinha distorcido totalmente os resultados de seu experimento.


O menino nunca aceitou que era uma menina !!!


Ele só não sabia o que estava errado com ele. Ele e seu irmão foram forçados a fazer visitas anuais ao Dr. Money, durante as quais eram submetidos ao que seria considerado como abuso psicológico.

“Money insistiu em que o menino se submetesse a uma cirurgia para criar uma vagina, mas o menino se recusou e ameaçou suicídio se fosse levado de volta para ver Money.”

Finalmente, um terapeuta local, trabalhando com o garoto que hoje tem 14 anos de idade, incentivou a família para que contasse a verdade ao rapaz.

No minuto em que soube que nasceu menino, ele quis viver de acordo com sua identidade real.

Money não tinha perdido o contato com a família: ele sabia que sua experiência tinha falhado, mas não quis reconhecer isso!!!

Em 2006, um livro escrito por John Colapinto ("As Nature Made Him") expôs Money como uma fraude.


10)- O GENE GAY

Oito grandes estudos de gêmeos idênticos, na Austrália, nos Estados Unidos, e na Escandinávia durante as duas últimas décadas chegam à mesma conclusão: gays não nasceram assim. 



O Cientista
Whitehead que trabalhou para o governo da Nova Zelândia como pesquisador científico durante 24 anos, em seguida, passou quatro anos trabalhando para as Nações Unidas e a Agência Internacional de Energia Atômica. Mais recentemente, ele serve como um consultor para universidades japonesas sobre os efeitos da exposição à radiação. Seu doutorado é em bioquímica e estatística. 




Gémeos idênticos têm os mesmos genes ou DNA. Eles são alimentados em condições pré-natais iguais. Se a homossexualidade é causada pela genética ou condições pré-natais e um deles é gay, o co-gêmeo também deveria ser gay. 


Porque eles têm DNA idênticos, o resultado deveria ser 100%," Dr. Whitehead observa. Mas os estudos revelam que não. Se um gêmeo idêntico tem atração pelo mesmo sexo as chances do co-gêmeo ser gay são de apenas cerca de 11% para os homens e 14% para as mulheres.Como os gêmeos idênticos são geneticamente idênticos sempre, a homossexualidade não pode ser ditada geneticamente. 


"Ninguém nasce gay", observa ele. "As coisas predominantes que geram a homossexualidade em um gêmeo idêntico e não no outro têm de vir de fatores pós-parto." 


Dr. Whitehead acredita que a atração pelo mesmo sexo é causada por "fatores não-compartilhados," coisas que acontecem com um irmão gêmeo, mas não com o outro,  uma resposta pessoal a um evento de um dos gêmeos. 



O primeiro estudo bastante grande, de confiança de gêmeos idênticos foi realizada na Austrália em 1991, seguido de um grande estudo nos EUA em 1997. Em seguida, a Austrália e os EUA realizaram mais estudos com gêmeos em 2000, seguido por vários estudos na Escandinávia, de acordo com Dr. Whitehead. 


"Registros individuais são a base de estudos com gêmeos modernos. Eles são agora muito grande, e existem em muitos países. Um registro gigante de gêmeos da Europa com uma projeção de 600 mil membros está sendo organizado, mas um dos maiores em uso está na Austrália, com mais de 25 mil gêmeos. " 


Em 2002 Bearman e Brueckner estudaram dezenas de milhares de estudantes adolescentes em os EUA. A atração concordante do mesmo sexo entre gêmeos idênticos era apenas 7,7% para homens e 5,3% para o sexo feminino-inferior a 11% e 14% no estudo australiano por Bailey et al realizado em 2000. 


Nos estudos com gêmeos idênticos, Dr. Whitehead ficou impressionado pela forma como a identidade sexual é fluída e como pode ser mutável .

"Pesquisas acadêmicas neutras mostram que há mudança substancial. Cerca de metade da população homossexual / bissexual (em um ambiente não-terapêutico) se move em direção a heterossexualidade ao longo da vida. Cerca de 3% da atual população heterossexual por vez que acreditou firmemente se ser homossexual ou bissexual.A orientação sexual não é definida na pedra", observa ele. 


Ainda mais notável, a maioria das alterações ocorrem sem aconselhamento ou terapia. "Essas mudanças não são terapeuticamente induzidas, mas acontecem" naturalmente "na vida, alguns muito rapidamente", observa Dr. Whitehead. "A maioria das mudanças de orientação sexual são para a heterossexualidade exclusiva". 


Número de pessoas que mudaram para a heterossexualidade exclusiva são maiores do que os números atuais de bissexuais e homossexuais combinados. Em outras palavras, os ex-gays superam os gays reais. 


"Os acadêmicos que trabalham no campo não estão feliz com as representações por parte dos meios de comunicação sobre o assunto," Dr. Whitehead observa.Mas eles preferem ficar com a sua pesquisa acadêmica e não se envolver com o lado ativista." 




Fonte: INSTITUTO PARA PESQUISA DA CRIAÇÃO - “Origins, Two Models” - ICR“Scientific Creationism” – ICR “Close Encounters: The Bettrer Explanation”, até pág. 323, de Clifford Wilson e John Weldon“Artigos enviados da “Probability Research In Biology”(Pesquisa da Probabilidade no Campo da Biologia).
Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 4 Comentário. Deixe o seu!

9 de janeiro de 2014 11:59

Sorry to answer in english.
It seems that like most of the population you are uninformed on Cold Fusion (alias LENR).

Many physicists think it was debunked, but it was never, the only 4 critics were abandonned by their author , because they could not defent them facing the facts.
Only critics are obsolete or theory.

the most outspoken, Lewis, was proven wrong few days after, as Fleischmann shown that the cell was stirred by bubbling, because of good cell design, unlike Lewis amateur cell

this book, Excess heat by Charles Beaudette describe technically the controversy, the experiments, the critics, the debunking of the critics, the mentalities ... a book to read, the book to read.

http://iccf9.global.tsinghua.edu.cn/lenr%20home%20page/acrobat/BeaudetteCexcessheat.pdf
(published as PDF for ICCF9)

Today there are many commercial companies, include some big TOP500 multinational
here is an executive summary
http://www.lenrnews.eu/lenr-summary-for-policy-makers/

or
http://www.lenrftw.net/home/are-low-energy-nuclear-reaction-devices-real

the most famous is E-cat, which is well advanced and the swedish research consortium of Swedish electric companies, publicly said they tested the E-cat and it worked. the published it in their corporate magazine.

There are competitors like Defkalion, Brillouin, Lenuco...


My best advice is you to read the book of beaudette, to underand technically the critics and the experiments ... it is fascinating...

Then the executive summary will show you how are it is evolving, and you will have to check the facts if you don't trust that...


Best regards, and good reading.

9 de janeiro de 2014 12:21

Dear Alain

As you yourself said: There are competitors like Defkalion, Brillouin, Lenuco ...

This is the problem Science to issue sentences, there is no science today concensso.Até not set up coffee and eating eggs, good or bad health.

I do not want to devalue this research, but only to show that she is unable (exact sciences) to give the answers to all branches of the truth.

Therefore, each monkey should stay in your branch

Greetings!

Shalom!

9 de janeiro de 2014 15:10

Isso é direito, o cientista de hoje acreditam que uma teorias como fatos. Este é o problema. Realidade natural na natureza supera qualquer teoria científica. No caso de "fusão a frio" agora conhecido como "reações de baixa energia nuclear" (LENR) Experimentalista estão recebendo grandes resultados que o físico e certo cientista dizem que não deveria estar recebendo, porque não pode explicar que eles dizem que ela não existe. Fatos científicos não podem ser demitidos becasue nós não as entendemos, temos que nos adaptar a eles que não se adaptar a nós.

Obtenha os fatos atuais sobre LENR e escrever um outro artigo

10 de janeiro de 2014 09:57

Penso que a maioria das pessoas que rejeitam Deus supostamente baseado nas Ciências exatas,pela existência do mal no mundo não o faz realmente por dificuldades intelectuais; antes, é um problema emocional.

Elas somente não gostam de um Deus que permite que elas e outros sofram e, portanto, não querem nada com Ele. Elas adotam simplesmente um ateísmo de rejeição.


Paradoxalmente, ainda que o problema do mal seja a maior objeção para a existência de Deus, no final das contas Deus é a única solução para o problema do mal.

Se Deus não existe, estamos perdidos e sem esperança numa vida cheia de sofrimento gratuito e sem redenção e sem sentido,ou seja, fazer a opção de ser um Hitler, ou Madre Tereza de Calcutá é inútil, e daríamos razão a afirmativa de Dostoiévski:

“ Se Deus não existe, então tudo é permitido”

E complementaríamos com São Paulo que disse:

“ENTÃO COMAMOS E BEBAMOS PORQUE AMANHÃ MORREREMOS...” - I Coríntios 15,30-34


Já dizia Montesquieu: "O crente e o ateu falam de uma mesma e única coisa: um daquilo que ama e o outro daquilo que teme..."

“O cara só é sinceramente ateu enquanto está muito bem de saúde.”(Millor Fernandes)

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger