A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Conhecendo a origem e doutrina da Seita Seicho-No-Ie

Conhecendo a origem e doutrina da Seita Seicho-No-Ie

Written By Beraká - o blog da família on terça-feira, 19 de novembro de 2013 | 23:11



Seicho-No-Ie (Lar do Progredir Infinito, numa tradução livre) é uma filosofia ou religião sincretista, monoteísta de origem japonesa.

Enfatiza o não sectarismo religioso, as práticas de gratidão à família e a Deus, e o poder da palavra positiva que influencia na formação de um destino feliz e o universalismo.

História:

Surgiu em 1º de março de 1930 como revista de Cultura Moral,cresceu no pós-guerra no Japão, sofreu perseguição militar e foi transformada em religião.


Nesta época, a sociedade japonesa viu desmoronar a religião oficial do Estado, baseada na crença na divindade do imperador e uma das bases da ideologia militarista. Nesse vácuo ideológico e espiritual surgiram ou cresceram inúmeras seitas e religiões, entre elas a Perfect Liberty, a Igreja Messiânica Mundial (Johrei) e a Seicho-No-Ie. Esta última contribuiu para a revitalização da religiosidade, incentivando seus adeptos à prática de suas religiões de origem.





A Seicho-No-Ie foi fundada por Masaharu Taniguchi (1893–1985) e se mundializa a partir da II Guerra Mundial. Argumenta-se que a Seicho-no-Ie, na contramão de suas consortes, estava em sintonia com a ideologia do nacionalismo oficial japonês. A professora Leila Marach Albuquerque afirma que a Seicho-no-Ie foi elaborada à luz da ideologia familiar do Império japonês.


Pela grande população de imigrantes japoneses, as novas religiões chegaram quase que simultaneamente ao Brasil. Em pouco tempo conseguiram grande número de adeptos, não só entre os descendentes de japoneses mas entre toda a população em geral.


A Seicho-No-Ie em particular conseguiu grande número de adeptos. Entre os instrumentos de disseminação de sua crença, a revista Acendedor e o Preceitos Diários (calendário com mensagens) se tornaram bastante populares nas grandes cidades brasileiras, principalmente nas décadas de 60 e 70 do século XX.


Atualmente , a Seicho-No-Ie conta com divulgação por meio de publicações como:

1)- As revistas Fonte de Luz (público masculino),

2)- Pomba Branca (feminina),

3)- Mundo Ideal (jovens)

4)- Querubim (para crianças),

5)- Jornal Círculo de Harmonia,

6)- Programas de TV, rádio e website.




A partir da década de 90 a Seicho-No-Ie lança oficialmente uma nova bandeira, o "Movimento Internacional de Paz pela Fé" (Internacional Peace by Faith) que tem como objetivo, através da fé em Deus único e universal, despertar a paz em cada pessoa e, assim, concretizá-la no mundo.



Missão da Tocha Sagrada:


Masaharu Taniguchi, fundador do movimento da Seicho-No-Ie, foi presidente da igreja até o ano de seu falecimento, em 1985. O sucessor foi Seicho Taniguchi (nascido como Seicho Arashi), genro de Masaharu, para o qual foi delegada a Missão da Tocha Sagrada. Seicho permaneceu até 2008, ano que veio a falecer. Desde então, seu filho Masanobu Taniguchi é o presidente atual da Seicho-No-Ie.




Há várias práticas adotadas pelos praticantes da Seicho-No-Ie, sendo as mais importantes:


1)- Prática da Meditação Shinsokan (que, numa tradução livre, significa "ver e contemplar Deus").

2)- Leitura de Sutras Sagradas e palavras da Verdade;

3)- Prática de atos de amor e caridade;

A Seicho-No-Ie também estuda as "leis mentais", das quais se destaca a lei: "Os semelhantes se atraem" (Lei da Atração).


Normas Fundamentais dos Praticantes da Seicho-No-Ie:

1ª) Agradecer a todas as coisas do Universo;

2ª) Conservar sempre o sentimento natural;

3ª) Manifestar o amor em todos os atos;

4ª) Ser atencioso para com todas as pessoas, coisas e fatos;

5ª) Ver sempre a parte positiva das pessoas, coisas e fatos, e nunca as suas partes negativas;

6ª) Anular totalmente o ego;

7ª) Fazer da vida humana uma vida divina e avançar crendo sempre na vitória infalível;

8ª) Iluminar a mente, praticando a Meditação Shinsokan todos os dias sem falta.


Doutrina:

Principais Ensinamentos da Seicho-No-Ie:

1)- A Verdade essencial da Seicho-No-Ie é: "O Homem é Filho de Deus" e, sendo assim, é herdeiro de todas as dádivas dele. Basta apenas que se conscientize disso para manifestar no mundo fenomênico (mundo material) a sua perfeição.


2)- Seu conjunto doutrinário incorpora elementos do Cristianismo, do budismo e do xintoísmo - três grandes religiões presentes no Japão, representadas no seu símbolo oficial respectivamente pela estrela verde no centro, pela cruz gamada branca intermediária (Lua) e pelo círculo vermelho externo com suas 32 flechas (Sol). Predomina, a exemplo da outras Novas Religiões Japonesas, elementos da religiosidade nipônica, que valoriza todas as formas de vida, preza pelo respeito ao próximo, gratidão aos pais e cultua os ancestrais.




3)- A Doutrina da Seicho-no-iê é alicerçada nas escrituras de Masaharu Taniguchi, sendo as mais importantes entre os adeptos, a "Sutra Sagrada Chuva de Néctar da Verdade" (Seikyo Kanro-no-Hou, em japonês)e a Coleção "A Verdade da Vida" (Seimei no Jissô, em japonês ), composta por 40 volumes, que sintetiza as pregações de Taniguchi. Estas obras são publicadas noJapão pela Nippon Kyobunsha Co. Ltd. e, no Brasil, pela Seicho-no-ie do Brasil.



4)- Verdade Vertical: Só Deus e o que Ele cria existem verdadeiramente, ou seja, não tem início nem fim, é eterno, infinito.Ele é o Bem, o Criador, a Verdade, Jissô (Imagem Verdadeira), etc. Como o homem (na sua essência espiritual) também é criação de Deus, ele possui a mesma natureza infinita de Deus. Daí vem a principal convicção do adepto da Seicho-No-Ie: "O Homem é Filho de Deus".



5)- Verdade Horizontal: O mundo fenomênico é projeção da mente humana; o mal(Pecado) não existe, ou seja, tem início e fim, é efêmero, não é eterno, é finito (ele é apenas criação da mente humana). Da mesma forma, a doença, a morte, o envelhecimento e os pecados também não existem porque são derivações desse mesmo mal (ilusões da mente humana); Todas as coisas perceptíveis aos cinco sentidos e também ao sexto sentido não são existências reais porque não têm a mesma natureza perfeita de Deus. Elas são, portanto, projeções da mente humana (ilusão) que constitui a causa dos sofrimentos humanos(5).


6)- Jissô: A realidade absoluta, transcendental, o ser verdadeiro, absoluto, eterno e perfeito, constituído de Idéia de Deus; a Essência do ser.

7)- Sua origem cerimonial está ligada, principalmente, ao Xintoísmo, sendo também seus rituais o batismo, casamento e culto aos antepassados, do qual é talvez o melhor representante fora do Japão. Vale ressaltar que na Seicho-No-Ie há muita liberdade de adaptação de cerimonias ligadas à cultura local.


8)- Diferentemente de muitas religiões tradicionais, onde a conduta dos adeptos é condicionada pelo medo, Nakajima  explica que a Seicho-no-iê rejeita o "tem de ser assim", isto é considera que nada deve ser forçado e ensina a viver naturalmente a vida como ela é. Ensinamentos como "O ser humano é filho de Deus", "O mundo fenomênico é projeção da mente" e "Grande harmonia" são interpretados de várias maneiras, em conformidade com pessoa, tempo e lugar.



Número de membros no Brasil:

Segundo o departamento de comunicação da Seicho-No-Ie, em São Paulo, a doutrina conta com cerca de 3,5 milhões de membros no Brasil, além de um número incalculável em mais de 40 países no mundo todo. A doutrina encontra-se ramificada por todos os estados da Federação, além do Distrito Federal, onde possui um templo em estilo japonês.


No site oficial da organização estão cadastrados 1.400 (mil e quatrocentos) locais de culto. Mas como algumas regionais estaduais não cadastram todos os locais de culto, esse número pode ultrapassar os 6.000 (seis mil).


BIBLIOGRAFIA:

TOKUHISA, Katsumi. Conforme a Atitude mental - Vol. 1. São Paulo: Seicho-no-ie do Brasil, 1991. ISBN 978-85-7156-310-0

ALBUQUERQUE, 1999, p. 32

Apud TANIGUCHI (2005) p. 7

TANIGUCHI, Masaharu. O que é a Seicho-no-Iê. São Paulo: Seicho-no-ie do Brasil, 1995. ISBN 978-85-7156-316-2


TANIGUCHI, Masaharu. Sutra Sagrada - Chuva de Néctar da Verdade. 42. ed. São Paulo: Seicho-no-ie do Brasil, 2008. ISBN 978-85-7156-381-0
Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger