A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » O que significa o poder de Perdoar e RETER O PERDÃO dos pecados dado aos apóstolos em : Jo 20,22-23 ?

O que significa o poder de Perdoar e RETER O PERDÃO dos pecados dado aos apóstolos em : Jo 20,22-23 ?

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 2 de outubro de 2011 | 12:03



Aqueles a quem perdoardes os pecados, lhe serão perdoados; aqueles a quem os retiverdes, lhes serão retidos" (Jo 20,22-23)

É necessário entender alguns princípios para evitar uma FALSA HUMILDADE:

1)- O perdão consedido e intermediado pela Igreja em nome e na autoridade de Cristo, reconcilia o pecador ARREPENDIDO em 4 dimensões:

Com o próprio Deus,
com a Igreja,
com o próximo
e por fim, consigo mesmo, gerando LIBERTAÇÃO da Culpa e das Penas temporais e eternas.

2)- Em que cisrcunstância a Igreja em nome de Cristo RETEM o perdão dos pecados ao penitente ?

2.1)- Quando o condessor percebe que este não está arrependido - Ex. Confessa o pecado, reconhece como errado, mas admite diante do sacerdote, ou outras testemunhas que não está arrependido. Neste caso o confessor pede que o penitente, faça um exame de conciência sincero, medite nas conseqüências de seu PECADO MORTAL para si e para os outros, e suplique a graça de Deus para um VERDADEIRO ARREPENDIMENTO e depois volte a confessar contritamente.


3)- Um exemplo CONCRETO de RETENÇÃO PERDÃO DO PECADO ?


Uma fiel confessou a um sacerdote o seguinte pecado:

-“ Padre, eu tenho uma empregada doméstica, tenho condições de assinar a Carteira Profissional dela e pagar o SALÁRIO MÍNIMO, mas não faço.Reconheço que estou errada e vim confessar esta falta para obter o perdão e ficar em paz...”

O Padre vai dizer o seguinte:

-“ Minha filha, se eu neste caso lhe conceder o perdão da Igreja , na autoridade dada por Cristo, cometerei um pecado MAIOR que o seu, pois serei cúmplice de UMA INJUSTIÇA.
Volte para sua casa,medite nisto, pague corretamente a esta pessoa, DEPOIS venha obter a absolvição formal da Igreja...”


4)- CONCLUSÃO: “RETER O PERDÃO NÃO É CONDENAR,  é APENAS ADIAR O PERDÃO DEVIDO UMA CIRCUNSTÃNCIA NÃO BEM RESOLVIDA.”

“Pregando a Verdade e confirmando os irmãos na verdadeira fé, com a graça de Deus construo Catedrais nas almas para que nelas possam habitar o Espírito Santo de Deus” ( Pierry de Craon).


Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 2 Comentário. Deixe o seu!

22 de outubro de 2015 16:04

QUEM PODE PERDOAR PECADOS?
- Só quem pode perdoar os pecados dos homens é Deus e Jesus Cristo que não são dois, mas um só: (João 10:30). Porem Jesus deu esta autoridade à todos aqueles que por crerem n’Ele receberam o seu Espírito Santo e foram feitos também filhos de Deus: (João 1: 11-13) e um com Eles, como Ele disse em: (João 17:23) “NÓS EM JESUS E JESUS EM DEUS”. E foi após a sua morte e ressurreição que Jesus apareceu aos seu discípulos e deu esta autoridade aos homens, veja: “CHEGADA, POIS, A TARDE DAQUELE DIA, O PRIMEIRO DA SEMANA, E CERRADAS AS PORTAS ONDE OS DISCÍPULOS, COM MEDO DOS JUDEUS, SE TINHAM AJUNTADO, CHEGOU JESUS, E PÔS-SE NO MEIO, E DISSE-LHES: PAZ SEJA CONVOSCO. E, DIZENDO ISTO, MOSTROU-LHES AS SUAS MÃOS E O LADO. DE SORTE QUE OS DISCÍPULOS SE ALEGRARAM, VENDO O SENHOR. DISSE-LHES, POIS, JESUS OUTRA VEZ: PAZ SEJA CONVOSCO; ASSIM COMO O PAI ME ENVIOU, TAMBÉM EU VOS ENVIO A VÓS. E, HAVENDO DITO ISTO, ASSOPROU SOBRE ELES E DISSE-LHES: RECEBEI O ESPÍRITO SANTO. ÀQUELES A QUEM PERDOARDES OS PECADOS LHES SÃO PERDOADOS; E ÀQUELES A QUEM OS RETIVERDES LHES SÃO RETIDOS.” (João 20: 19-23).

- Ora, aqueles discípulos hoje são anjos de Deus no céu como Jesus disse que seremos após a morte: (Mateus 22:30) e os discípulos de Jesus hoje somos nós os que por crermos n’Ele recebemos o seu Espírito Santo e já não vivemos mais nós, mas Cristo vive em nós: (Gálatas 2:20); e para compreendermos perfeitamente isto de perdoar pecados, temos que antes compreender que Jesus é o Filho de Deus que é Deus; Ele é o Verbo de Deus que era Deus: (João 1:1) o qual é um com o Pai: (João 10:30), pelo qual tudo o que existe foi feito por Ele e para Ele: (João 1: 1-14) leia também: (Colossenses 1: 15-17); e este Jesus que é Deus, se humilho e se sujeitou a vir viver como homem para dar a sua vida em resgate das nossas vidas: (Marcos 10:45), o justo pelos injustos: (I Pedro 3:18); e Ele fez isto com muita humildade e perfeito amor: (JOÃO 15: 13 NINGUÉM TEM MAIOR AMOR DO QUE ESTE, DE DAR ALGUÉM A SUA VIDA PELOS SEUS AMIGOS.) E tudo aconteceu como d’Ele estava escrito que aconteceria, e toda a Bíblia testifica de Jesus: (João 5:39). Então Jesus veio, como foi testificado: (FILIPENSES 2: 6 QUE, SENDO EM FORMA DE DEUS, NÃO TEVE POR USURPAÇÃO SER IGUAL A DEUS, 7 MAS ESVAZIOU-SE A SI MESMO, TOMANDO A FORMA DE SERVO, FAZENDO-SE SEMELHANTE AOS HOMENS; 8 E, ACHADO NA FORMA DE HOMEM, HUMILHOU-SE A SI MESMO, SENDO OBEDIENTE ATÉ À MORTE, E MORTE DE CRUZ. 9 POR ISSO, TAMBÉM DEUS O EXALTOU SOBERANAMENTE, E LHE DEU UM NOME QUE É SOBRE TODO O NOME; 10 PARA QUE AO NOME DE JESUS SE DOBRE TODO O JOELHO DOS QUE ESTÃO NOS CÉUS, E NA TERRA, E DEBAIXO DA TERRA, 11 E TODA A LÍNGUA CONFESSE QUE JESUS CRISTO É O SENHOR, PARA GLÓRIA DE DEUS PAI.)

- Portanto, nós os que recebemos o seu Espírito Santo, podemos e devemos perdoar os pecados uns dos outros, porque Jesus pegou o preço e nos autorizou: "HAVENDO RISCADO A CÉDULA QUE ERA CONTRA NÓS NAS SUAS ORDENANÇAS, A QUAL DE ALGUMA MANEIRA NOS ERA CONTRÁRIA, E A TIROU DO MEIO DE NÓS, CRAVANDO-A NA CRUZ." (Colossenses 2:14). E quanto à perdoarmos ou não aos nossos semelhantes, perdoe a todos! Não retenha o perdão, mas lembre-se de que o perdão é uma exigência de Deus e uma condição para que também sejamos perdoados por Ele dos nossos pecados, como lemos em: (Mateus 6:12) e (Marcos 11:25). Portanto, perdoe a todos os homens sempre: “SETENTA VEZES SETE”: (Mateus 18:22)! Ame não só aos que te amam, pois todos fazem isto, antes ame até mesmo aquele que te odeia e te persegue, para que sejais realmente um Filho de Deus, pois isto é ser perfeito como é perfeito o nosso Pai que está no céu: (Mateus 5: 38-48).

2 de novembro de 2015 18:56

Prezado Protestante que não honra o poder de Deus,

Lamento informar-lhe mas o poder de perdoar pecados não foi concedido a todos, mas apenas aos apóstolos e seus legítimos sucessores.

O que significa o poder de Perdoar e RETER O PERDÃO dos pecados dado aos apóstolos em : Jo 20,22-23 ?


“Aqueles a quem perdoardes os pecados, lhe serão perdoados; aqueles a quem os retiverdes, lhes serão retidos" (Jo 20,22-23)

É necessário entender alguns princípios para evitar uma FALSA HUMILDADE:

1)- O perdão consedido e intermediado pela Igreja em nome e na autoridade de Cristo, reconcilia o pecador ARREPENDIDO em 4 dimensões:

Com o próprio Deus,
com a Igreja,
com o próximo
e por fim, consigo mesmo, gerando LIBERTAÇÃO da Culpa e das Penas temporais e eternas.

2)- Em que cisrcunstância a Igreja em nome de Cristo RETEM o perdão dos pecados ao penitente ?

2.1)- Quando o confessor percebe que o penitente não está arrependido - Ex. Confessa o pecado, reconhece como errado, mas admite diante do sacerdote, ou outras testemunhas que não está arrependido. Neste caso o confessor pede que o penitente, faça um exame de conciência sincero, medite nas conseqüências de seu PECADO MORTAL para si e para os outros, e suplique a graça de Deus para um VERDADEIRO ARREPENDIMENTO e depois volte a confessar-se contritamente.


3)- Um exemplo CONCRETO de RETENÇÃO do PERDÃO DO PECADO CONFESSADO ?


Uma fiel confessou a um sacerdote o seguinte pecado:

-“ Padre, eu tenho uma empregada doméstica, tenho condições de assinar a Carteira Profissional dela e pagar o SALÁRIO MÍNIMO, mas não faço.Reconheço que estou errada e vim confessar esta falta para obter o perdão e ficar em paz...”

O Padre vai dizer o seguinte:

-“ Minha filha, se eu neste caso lhe conceder o perdão da Igreja , na autoridade dada por Cristo, cometerei um pecado MAIOR que o seu, pois serei cúmplice de UMA INJUSTIÇA. Volte para sua casa,medite nisto, pague corretamente a esta pessoa, DEPOIS venha obter a absolvição formal da Igreja...”


4)- CONCLUSÃO: “RETER O PERDÃO NÃO É CONDENAR, é APENAS ADIAR O PERDÃO DEVIDO UMA CIRCUNSTÃNCIA NÃO BEM RESOLVIDA.”



Entenderam ? Simples assim !!!


“Pregando a Verdade e confirmando os irmãos na verdadeira fé, com a graça de Deus construo Catedrais nas almas para que nelas possam habitar o Espírito Santo de Deus” ( Pierry de Craon).

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger