A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas no todo ou em parte, não significa necessariamente, a adesão às ideias nelas contidas, nem a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Todas postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores primários, e não representam de maneira alguma, a posição do blog. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo desta página.
Home » » #Pecadores sim! Depravados não!

#Pecadores sim! Depravados não!

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 14 de maio de 2023 | 09:05

 




 

Somos todos pecadores porque já nascemos moralmente corrompidos pelo pecado original[1]. Um dos termos mais importantes que os teólogos usam para descrever as profundezas da corrupção moral herdada pelo homem é a palavra depravação. A palavra deriva do prefixo “de”, que comunica intensidade, e da palavra em latim pravus, que significa torcido ou entortado. Dizer que algo é depravado é dizer que seu estado ou forma original foi completamente pervertido. Dizer que a raça humana é depravada significa dizer que ela caiu de seu estado original de retidão e que todos os homens nascem pecadores moralmente corruptos por natureza.


 


 

Para descrever a extensão dessa corrupção moral, os teólogos frequentemente empregam vários termos que comunicam a mesma verdade

 

 

 

Os mais comuns são:



 

-depravação total,

 

-morte espiritual,

 

-inabilidade moral.


 



 


 




A expressão depravação total foi empregada há muito tempo pelos teólogos reformadores e por outros a fim de descrever a condição decaída do homem. Embora o termo seja apropriado quando adequadamente definido, as expressões depravação generalizada ou depravação radical podem ser mais apropriadas.[2] Dizer que o ser humano homem é depravado em sua atual natureza, não significa que eles sejam totalmente maus, a ponto de nada restar da liberdade humana. Antes, significa que a depravação, ou a corrupção moral, afetou seu ser por inteiro em todas as suas faculdades: corpo, alma, inteligência, vontade e liberdade.

 

 

 

O que essa depravação significa e o que ela não significa?

 

 


 

1)-Primeiro, depravação da natureza humana causada pelo pecado original, não significa que a imagem de Deus no homem foi totalmente perdida ou anulada. Em vários textos, a Escritura ainda se refere ao homem como sendo feito “à imagem de Deus”.[3] Essa depravação significa, sim, que a imagem de Deus no homem foi seriamente deformada e desfigurada e que a corrupção moral polui a pessoa por inteiro, afetando nossas faculdades: corpo, razão, emoções e vontade.[4]

 

 

2)-Segundo, essa depravação não significa que o homem não tem conhecimento da pessoa ou da vontade de Deus. As Escrituras nos ensinam que todos os homens sabem o suficiente sobre o verdadeiro Deus e sua vontade e que são indesculpáveis diante dele no dia do julgamento.[5] O que significa, de fato, é que, sem uma obra especial da graça, todos os homens rejeitam a verdade de Deus e buscam suprimi-la para que não perturbe o que restou de suas consciências.[6] Os homens conhecem suficientemente a verdade sobre Deus para odiá-lo e sobre a vontade dele para resisti-la.

 



 


 



3)-Terceiro, essa depravação não significa que o homem não possui consciência ou que seja totalmente insensível ao bem e mal. As Escrituras ensinam que todos os homens possuem uma consciência, a qual, se não estiver cauterizada, é capaz de levá-los a admirar ações e caráter virtuosos.[7] O que, de fato, significa é que os homens não são obedientes de todo coração às diretrizes de sua consciência. Um homem não é reto porque conhece o que é bom ou denuncia o que é mal, mas porque faz o bem que conhece.[8]

 

 

 

4)-Quarto, depravação total não significa que o homem é incapaz de demonstrar virtude. Há homens que mesmo não tendo sidos alcançados pelo evangelho, amam suas famílias, sacrificam suas próprias vidas por outros, realizam seus deveres civis, não toleram o roubo, adultério e outras mazelas morais e sociais; fazem boas obras em nome de sua religião, ou convicções. Mas significa, de fato, que tal virtude não é motivada por um amor genuíno a Deus ou por um desejo verdadeiro de obedecer seus mandamentos. As Escrituras testificam que nenhum homem ama a Deus de maneira digna ou da forma que a lei comanda, nem há um homem que glorifique a Deus em cada pensamento, palavra ou ação.[9] Todos os homens preferem a si mesmo em vez de Deus e é o amor próprio ou aos outros – e não o amor a Deus – que os move a agirem em atos de altruísmo, heroísmo, dever civil e boa obra religiosa.[10]

 

 

 

5)- Quinto, essa depravação da nossa natureza humana, não significa que todos os homens são tão imorais quanto poderiam ser, ou que todos os homens são igualmente imorais ou que todos os homens praticam todas as formas existentes de maldade. Nem todos os homens são delinquentes, fornicadores ou assassinos. Mas significa que todos os homens nascem com uma grande propensão, tendência, ou inclinação para o mal e que todos os homens são capazes de praticar mesmo os crimes mais horrendos e as perversões mais vergonhosas. Como um todo, toda a humanidade está inclinada a uma corrupção moral cada vez maior e essa deterioração moral seria incalculavelmente mais rápida se a graça comum de Deus não a restringisse. O homem, em si mesmo, não pode se libertar ou recuperar-se dessa espiral decadente e descendente.[11] como vemos muito bem demonstrada na "pirâmide invertida" no inferno de Dante.

 

 








 

Finalmente, a depravação da natureza humana não significa que todos os homens indispõe das faculdades necessárias para obedecer a Deus. O homem não é um robô programado para o mal, mas é incapaz por si só, de corresponder a santíssima vontade de Deus por causa de fatores além do seu controle, é aqui que entra o mérito da luta contra o pecado [12]. Deus dotou o homem com intelecto, vontade e liberdade para escolher. O homem, como um ser moral, é, portanto, responsável diante de Deus. Essa depravação de nossa natureza, significa apenas o fato de que o homem não pode mais como antes do pecado original se submeter a Deus sem empecilhos, ele agora não o deseja por causa de sua própria hostilidade contra Deus presente na sua natureza decaída[13].

 



 

 


 




REFERÊNCIAS:

 

 

 

[1] Salmo 51,5; 58,3; Gênesis 8,21

[2] O verbo “generalizar” significa torna ou tornar-se geral; espalhar-se para todas as partes. Assim, a depravação se relaciona com a raiz de quem somos por natureza; a depravação procede de nossas almas como uma mancha viral, e se espalha para o nosso ser por inteiro.

[3] Gênesis 9,6; 1 Coríntios 11,7; Tiago 3,9

[4] Corpo (Romanos 6,6-12; 7,24; 8,10-13), razão (Romanos 1,21; 2 Coríntios 3,14-15; 4,4; Efésios 4,17-19), emoções (Romanos 1,26-27; Gálatas 5,24; 2 Timóteo 3,2-4) e vontade (Romanos 6,17; 7,14-15);

[5] Romanos 1,20

[6] Romanos 1,21-23; 1,18

[7] Romanos 2,15; 1 Timóteo 4,2

[8] Romanos 3,10-12; 2,13.17-23; Tiago 4,17

[9] Deuteronômio 6,4-5, Mateus 22,37; 1 Coríntios 10,31; Romanos 1,21

[10] 2 Timóteo 3,2-4

 [11] Jeremias 13,23;Romanos 7,23-24

[12] Filipenses 2,12-13

[13] Romanos 8,7-8

 



Francisco José Barros Araújo – Bacharel em Teologia pela Faculdade Católica do RN, conforme diploma Nº 31.636 do Processo Nº  003/17



...................................................................






APOSTOLADO BERAKASH - A serviço da Verdade: A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. As notícias publicadas nesta página são repostadas a partir de fontes diferentes, e transcritas tal qual apresentadas em sua origem. Este blog não se responsabiliza e nem compactua com opiniões ou erros publicados nos textos originais. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com as fontes originais para as devidas correções, ou faça suas observações (com fontes) nos comentários abaixo para o devido esclarecimento aos internautas.Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.Não somos bancados por nenhum tipo de recurso ou patrocinadores internos, ou externo ao Brasil. Este blog é independente e representamos uma alternativa concreta de comunicação. Se você gosta de nossas publicações, junte-se a nós com sua propaganda, ou doação, para que possamos crescer e fazer a comunicação dos fatos, doa a quem doer. Entre em contato conosco pelo nosso e-mail abaixo, caso queira colaborar:

 

 

 

 

filhodedeusshalom@gmail.com

Curta este artigo :

Postar um comentário

Todos os comentários publicados não significam a adesão às ideias nelas contidas por parte deste apostolado, nem a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados. Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

TRANSLATE

QUEM SOU EU?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado APOLOGÉTICO (de defesa da fé, conforme 1 Ped.3,15) promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim" (João14, 6).Defendemos as verdade da fé contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha a verdade, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por ela até que Ele volte(1Tim 6,14).Deus é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade. Este Deus adocicado, meloso, ingênuo, e sentimentalóide, é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomás de Aquino).Este apostolado tem interesse especial em Teologia, Política e Economia. A Economia e a Política são filhas da Filosofia que por sua vez é filha da Teologia que é a mãe de todas as ciências. “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

POSTAGENS MAIS LIDAS

SIGA-NOS E RECEBA AS NOVAS ATUALIZAÇÕES EM SEU CELULAR:

TOTAL DE ACESSOS NO MÊS

ÚLTIMOS 5 COMENTÁRIOS

ANUNCIE AQUI! Contato:filhodedeusshalom@gmail.com

SÓ FALTA VOCÊ! Contato:filhodedeusshalom@gmail.com

SÓ FALTA VOCÊ! Contato:filhodedeusshalom@gmail.com
 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger