A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas no todo ou em parte, não significa necessariamente, a adesão às ideias nelas contidas, nem a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Todas postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores primários, e não representam de maneira alguma, a posição do blog. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo desta página.
Home » » Monsenhor Jonas Abib: Aguenta firme! Não desista dos seus Cinco Minutos na Cruz

Monsenhor Jonas Abib: Aguenta firme! Não desista dos seus Cinco Minutos na Cruz

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 13 de junho de 2021 | 18:15

 


 

Romanos 8,18: “Estou absolutamente convencido de que os nossos sofrimentos do presente não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada”.

 

 

Deus usa as pessoas para nos formar

 

 

Deus molda Cristo em nós, vai nos talhando e, aos poucos, Ele vai nos esculpindo ao ritmo da vida. É um processo doloroso; muitas coisas precisam ser retiradas da nossa vida. Desse modo, no Reino de Deus não podemos estar agarrados a nada. Nós não podemos estar agarrados nem mesmo à nossa personalidade e não adianta você dizer: “Eu sou assim mesmo, os outros que me aguentem”. Não é assim, você acabou sendo um bloco de mármore e dele precisa ser tirado muita coisa para que Jesus transpareça em você.

 

 

Muitas vezes quem tira as lascas em você não sou eu, nem o seu formador ou coordenador; quem, na maioria das vezes, tira suas lascas é um colega seu. Deus usa as pessoas para nos formar.

 

 

Quando isso acontece nos enfurecemos contra o irmão, contra o funcionário ou, até mesmo, contra a pessoa que apareceu na missão. Deus, todos os dias, faz isso conosco; não pense que é de vez em quando! Você precisa aguentar firme, meu filho, porque não dá mais para voltar. É na oficina da vida que Deus trabalha em você.

 

 

 

Aguente firme meu filho, minha filha!

 

 

 

No livro do Apocalipse, São João se diz nosso companheiro na tribulação. Ele foi mandado para Patmos, uma ilha de extração de cobre. Naquele tempo, devido aos meios primitivos, as pessoas iam se acabando pouco a pouco, pois seus corpos iam sendo corroídos por este metal. Elas respiravam todo aquele pó tóxico que destruía os seus pulmões. João pregava a Palavra de Deus e o testemunho de Jesus, por isso foi enviado a esta ilha, e, lá foi morrendo aos poucos. É de lá, padecendo tudo isso, podendo se dizer companheiro nosso na tribulação, que ele escreveu o livro do Apocalipse, para fortalecer seus companheiros. Ele também aproveitava a noite para lhes pregar o Evangelho às escondidas.

 

 

 

Meus irmãos, Deus não quer que soframos, mas nós, no nosso tempo, sofremos porque estamos vivendo o tempo da tribulação. Aqueles que teimarem em ser cristãos, e não aderirem à religião universal, serão considerados os grandes inimigos da paz, do progresso, da prosperidade. Para aguentarmos a grande perseguição e não negar Jesus, precisamos aguentar as pequenas tribulações desde já.

 

 



Quem sabe o seu sofrimento venha de seus filhos, que lhe causam grandes preocupações, ou talvez do desemprego, dos sofrimentos interiores, da saúde, insônia? Mas por que tanto sofrimento? Não é Deus quem está nos dando este sofrimento, mas o próprio inimigo d’Ele. É ele quem quer que nós desistamos. Ele provoca sofrimento para que a pessoa desanime. É por isso que o demônio tem causado desentendimentos no seu casamento, na sua família, na comunidade. Você tem de ser esperto e fazer disso um trampolim, fortalecer sua musculatura espiritual, de modo que seja entusiasmado por Jesus Cristo e continue sendo cristão.

 

 

É aguentando agora que você aguentará no final dos tempos.A Bíblia não é feita de “historinhas”, mas de fatos, de acontecimentos reais. Para João aguentar todo o sofrimento em Patmos, ele foi preparado. Ele pregou, foi martirizado aos poucos, e assim, pôde escrever aos seus amigos que estavam passando por muitas tribulações.

 

 

Tenho certeza de que São João nos diria na linguagem de hoje “Aguente firme, meu filho!”, caso contrário, você não verá o trono da glória de Deus como Santo Estevão viu. Assim como não verá, como ele [João Batista], o sepulcro vazio. Seja como este grande apóstolo, um homem forte que acreditou. Seja forte até o fim para ver Jesus na glória.

 

Seu irmão, Monsenhor Jonas Abib

 

 


 

CONCLUSÃO

 

 

A irmã morte bateu hoje a sua porta? Em segundos a memória viaja nas lembranças alegres com aquela pessoa que partiu. A imaginação então fica a divagar: como será agora sem ela? Então os afetos carregam os olhos de lágrimas, e a dor da saudade começa a ocupar o lugar vazio deixado. Há quem também fica em choque. Afinal, a morte tem esse “poder” de mostrar a nossa impotência e nos fazer refletir naquilo que cremos. Se a morte ou o sofrimento inesperado bater hoje na sua porta, coragem! Ela veio te lembrar que o seu lugar e o lugar desta pessoa que partiu não é a aqui. Ela veio de te trazer esperança! Sim, a morte não é o fim e vem carregada de Esperança.

 

 

Sofremos a dor da morte porque nosso coração ainda está preso a este mundo e de forma até egoísta queremos a presença daquele amigo, pai, irmão conosco. Mas, coragem! O que é a vida diante da nossa Esperança? O que é a ausência temporal e o sofrimento diante de uma eternidade com quem amamos? Diante de uma eternidade sem dores, sem sofrimentos? Quando a morte bater a sua porta, com coragem, sofra o luto. Depois, com coragem, agradeça pela Esperança que ela traz! Respire fundo, eleve o olhar e o coração para o Alto e diga a si mesmo:

 

O que é a vida, morte e sofrimentos diante da nossa Esperança?

.

 

 

---------------------------------------------------------

 

 

 

 

APOSTOLADO BERAKASH: “A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.”

 

 

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

TRANSLATE

QUEM SOU EU?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado APOLOGÉTICO (de defesa da fé, conforme 1 Ped.3,15) promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim" (João14, 6).Defendemos as verdade da fé contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha a verdade, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por ela até que Ele volte(1Tim 6,14).Deus é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade. Este Deus adocicado, meloso, ingênuo, e sentimentalóide, é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomás de Aquino).Este apostolado tem interesse especial em Teologia, Política e Economia. A Economia e a Política são filhas da Filosofia que por sua vez é filha da Teologia que é a mãe de todas as ciências. “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

POSTAGENS MAIS LIDAS

SIGA-NOS E RECEBA AS NOVAS ATUALIZAÇÕES EM SEU CELULAR:

VISUALIZAÇÃO DE ACESSOS NO MÊS

ÚLTIMOS 5 COMENTÁRIOS

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger