A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas no todo ou em parte, não significa necessariamente, a adesão às ideias nelas contidas, nem a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Todas postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores primários, e não representam de maneira alguma, a posição do blog. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo desta página.
Home » , , , » Mateus 24,22: “Se naqueles dias Deus não abreviasse a sua vinda, nem os eleitos se salvariam”

Mateus 24,22: “Se naqueles dias Deus não abreviasse a sua vinda, nem os eleitos se salvariam”

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 28 de abril de 2021 | 09:42

 

(sodomização da sociedade)



 

Mateus 24, 21-22: “Porquanto haverá nessa época grande tribulação, como jamais aconteceu desde o início do mundo até agora, nem nunca mais haverá. E, se aqueles dias não tivessem sido abreviados, nenhuma carne seria salva. Mas, por causa dos eleitos, aquele tempo será encurtado.”


 





O demônio convenceu muitos anjos a seguirem seus devaneios em nome da liberdade, e agora precipitado na terra, tenta fazer o mesmo conosco, e sabe que lhe resta pouco tempo no relógio de Deus. A iminente derrota moral e espiritual da civilização ocidental já foi antecipadamente profetizada para que não cause nenhum espanto e escândalo aos eleitos da grande tribulação final da Igreja. Tudo porque a ideologia mais assassina da história conseguiu desestabilizar todas as relações do homem com seu meio e seu semelhante.

 

 


O Catecismo da Igreja Católica nos fala claro da perseguição final que a Igreja (corpo de Cristo) vai sofrer:

 




Catecismo n. 675: “Antes do Advento de Cristo, a Igreja deve passar por essa provação final que abalará a fé de muitos crentes (Lc 18,8; Mt 24,12). “Mas quando vier o Filho do Homem, acaso achará fé sobre a Terra?” (Lc 18,8). “E ante o progresso crescente da iniquidade, a caridade de muitos esfriará” (Mt 24,12).A perseguição que acompanha a peregrinação dela na Terra desvendará o ‘mistério da iniquidade’ sob a forma de uma impostura religiosa que há de trazer aos homens uma solução aparente a seus problemas a custa da apostasia da verdade. A impostura religiosa suprema é a do Anticristo; isto é, a de um pseudo messianismo em que o homem glorifica a si mesmo em lugar de Deus e de Seu Messias que veio na carne” (2 Ts 2, 4-12) (1 Ts 5,2-3; I Jo 2, 18-22)

 

 

O mesmo artigo do Catecismo termina dizendo que:

 

 

A Igreja só entrará na Glória do Reino por meio desta derradeira Páscoa, em que seguirá seu Senhor em Sua Morte e Ressurreição. (Apoc. 19,1-9) (n. 677). Portanto, o Reino não se realizará por um triunfo histórico da Igreja (Ap 13,8), segundo um progresso ascendente mas por uma vitória de Deus sobre o desencadeamento último do mal (Ap 20,7-10) que fará sua esposa descer do Céu” (Ap 21,2-4). O triunfo de Deus sobre a revolta do Mal assumirá a forma do Juízo Final, depois do derradeiro abalo cósmico deste mundo que passa” (2 Pe 3, 12-13).

 

 

São Paulo fala claro da “apostasia da verdade” da fé que muitos cairão:

 

 

“A manifestação do ímpio será acompanhada graças ao poder de Satanás, de toda a sorte de portentos, sinais e prodígios enganadores. Ele usará de todas as seduções do mal com aqueles que se perdem por não terem cultivado o amor a verdade, que s teria podido salvar… Desse modo serão julgados e condenados todos os que não deram crédito à verdade, mas consentiram no mal” (2 Ts 2,9-12).

 

 

James Burnham, em seu livro rotulou a isto de “Suicídio do Ocidente”, o qual leva o nome deste best-seller!




 





É realmente incrível e paradoxal tudo isto que estamos a testemunhar. Coisas que eram corriqueiras para um homem da idade da pedra, como despelar um cervo, se agasalhar ou cuidar da sua família – e que asseguraram a continuação da espécie – foram questionadas, tratadas como souvenirs de um breve momento da história que durou até, digamos, uns 70 anos atrás. Michael Walsh disse: “É necessário um Pai da Mentira para convencer os outros a se rebelarem contra a evidência de seus corações e sentidos”.

 

 







Destruir as bases da civilização ocidental sempre esteve nos planos infelizes de todos aqueles teóricos que se debruçaram sobre o marxismo e não viam nele saída a não ser mentindo. De Frankfurt aos atuais supra-sumo do pensamento progressista no Brasil como Felipe Neto e Anitta, passando pelos verdadeiros teóricos do caos: Sartre, Foucault, Derrida, Gramsci, as relações mais sutis do homem com seu meio foram desfeitas. A obra de arte, o amor, a sexualidade, o estudo, a cor da pele, o corpo, a alma, a alimentação, a loucura, o desejo, a tristeza, a cobiça, a moda, o Minecraft, transformaram-se num jogo entre oprimido e opressor, sintetizado no slogan: tudo é política! Para demonstrar esse retrocesso, um batalhão de sumidades no engenho de fazer as pessoas de idiota ganhou destaque na mídia, na arte e nas universidades – o chamado intelectual orgânico de Gramsci.Era preciso deixar claro que todas as bases da cultura foram edificadas por meio da dominação de um grupo pelo outro (a luta de classes), demonstrando que tudo o que não fosse revolucionário (que não rompesse com a ordem pré-estabelecida), desde viver o amor livre até matar bebês ou fazê-los mudar de sexo, não passava de conservadorismo arcaico e ultrapassado.Ter uma família, amá-la e trabalhar para sustentá-la passou a ser o estereótipo dos vilões mais cruéis. O futuro é de quem dilacera bebês, muda de sexo ou deforma o próprio corpo, tudo contra a opressão da imagem e da responsabilidade: Nossa! que vitória da humanidade! A universidade se tornou um laboratório de experimentos sociais com o único objetivo de desmontar a lógica da realidade, que é a lógica de Deus, do impulso moral em direção à justiça. Quando sua vida política entra em choque eles arrumam alguma justificativa. É a teoria da dissonância cognitiva. Desse modo, não é estranho que diga que o mundo deu errado, dentro do seu quarto, num condomínio de luxo bancado pelo pai, numa rede social, usando seu iPhone. Essa dissonância tem sido levada às altas esferas da política, que cria leis cada vez mais absurdas para que nenhum jovem desorientado se sinta desconfortável com o mundo ao seu redor.



 




 

Se dermos sorte, o futuro nos reservará uma sociedade altamente vigiada, pronta a coibir o menor indício de ação individual, preservando direitos para determinadas coletividades ou minorias enquanto outras, acusadas de ter se beneficiado ao longo da história, terão de assistir quietas a derrocada total de suas aspirações. Para estes viciados em novidades progressistas, o Ocidente é careta demais, o que nos lembra o que disse Pedro, o chefe dos apóstolos e primeiro papa: 2 Pedro 3,2-4: “Para que vos lembreis das palavras que anteriormente foram ditas pelos santos profetas, bem como do mandamento do Senhor e Salvador, que os vossos apóstolos vos ensinaram. Antes de tudo, considerai atentamente que, nos últimos dias, surgirão escarnecedores anunciando suas zombarias e seguindo suas próprias paixões. Eles proclamarão: O que aconteceu com a Promessa da sua vinda? Ora, desde que os antepassados morreram, tudo continua como desde o princípio da criação!”

 

 



CONCLUSÃO:






 



 

Encerro esta despretensiosa matéria com duas passagens bíblicas basilares para estes tempos, as quais as deixo sem interpretações, para que você com o auxílio do Espírito santo, venha a ter o seu verdadeiro entendimento: Mateus 24,4-13: Respondeu-lhes Jesus: Cuidai que ninguém vos seduza. Muitos virão em meu nome, dizendo: Sou eu o Cristo. E seduzirão a muitos. Ouvireis falar de guerras e de rumores de guerra. Atenção: que isso não vos perturbe, porque é preciso que isso aconteça. Mas ainda não será o fim. Levantar-se-á nação contra nação, reino contra reino, e haverá fome, peste e grandes desgraças em diversos lugares. Tudo isto será apenas o início das dores. Então sereis entregues aos tormentos, matar-vos-ão e sereis por minha causa objeto de ódio para todas as nações. Muitos sucumbirão, trair-se-ão mutuamente e mutuamente se odiarão. Levantar-se-ão muitos falsos profetas e seduzirão a muitos. E, ante o progresso crescente da iniqüidade, a caridade de muitos esfriará! Entretanto, aquele que perseverar até o fim será salvo”.

 

 



 


 



II Timóteo, 4, 1-5: “Eu te conjuro em presença de Deus e de Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, por sua aparição e por seu Reino: prega a palavra, insiste oportuna e inoportunamente, repreende, ameaça, exorta com toda paciência e empenho de instruir. Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas. Tu, porém, sê prudente em tudo, paciente nos sofrimentos, cumpre a missão de pregador do Evangelho, consagra-te ao teu ministério."

 

 

 


----------------------------------------------------------

 

 

 

 

 

 

APOSTOLADO BERAKASH: Como você pode ver, ao contrário de outros meios midiáticos, decidimos por manter a nossa página livre de anúncios, porque geralmente, estes querem determinar os conteúdos a serem publicados. Infelizmente, os algoritmos definem quem vai ler o quê. Não buscamos aplausos, queremos é que nossos leitores estejam bem informados, vendo sempre os TRÊS LADOS da moeda para emitir seu juízo. Acreditamos que cada um de nós no Brasil, e nos demais países que nos leem, merece o acesso a conteúdo verdadeiro e com profundidade. É o que praticamos desde o início deste blog a mais de 20 anos atrás. Isso nos dá essa credibilidade que orgulhosamente a preservamos, inclusive nestes tempos tumultuados, de narrativas polarizadas e de muita Fake News. O apoio e a propaganda de vocês nossos leitores é o que garante nossa linha de conduta. Sempre nos preocupamos com as questões de direito autoral e de dar o crédito a quem lhe é devido. Se por acaso alguém se sentir ferido(a) em seus direitos autorais quanto a textos completos, ou parciais, publicados ou traduzidos aqui (já que não consegui identificar e contatar alguns autores(as), embora tenha tentado), por favor, não hesite em nos escrever para que possamos fazer o devido registro de seus créditos, sejam de textos, fontes, ou imagens. Para alguns, erros de ortografia e de digitação valem mais que o conteúdo, e  já invalida “todes” o texto? A falta de um “a”, de alguma vírgula, ou alguns trocadilhos, já são suficientes para não se ater a essência do conteúdo? Esclareço que levo mais tempo para escrever, ou repostar um conteúdo do que corrigi-lo, em virtude do tempo e  falta de assessoria para isto. A maioria aqui de nossos(as) leitores(as) preferem focar no conteúdo e não na superficialidade da forma (não quero com isto menosprezar as regras gramaticais, mas aqui, não é o essencial). Agradeço as correções pontuais, não aquelas genéricas, tipo: “seu texto está cheio de erros de português” - Nas próximas pontuem esses erros (se puderem e souberem) para que eu faça as devidas correções. Semanalmente faço postagens sobre os mais diversos assuntos: política, religião, família, filosofia, sociologia, moral Cristã, etc. Há quem goste e quem não gosta de minhas postagens! Faz parte do processo, pois nem todos pensamos igual. Isso também aconteceu com Jesus e com os apóstolos e com a maioria daqueles(as) que assim se expõem. Jesus não disse que só devemos pregar o que agrada aos outros, mas o que precisamos para nossa salvação! Paulo disse o mesmo ao jovem bispo Timóteo (2Tm 4,1-4). Padre, seminarista, leigo católico e catequista não devem ter medo de serem contestados! Seja fiel ao Magistério Integral da igreja! Quem disse que seria fácil anunciar Jesus e seus valores? A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos as postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente, a posição do blog. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte. Não somos bancados por nenhum tipo de recurso ou patrocinadores internos, ou externo ao Brasil. Este blog é independente e representamos uma alternativa concreta de comunicação. Se você gosta de nossas publicações, junte-se a nós com sua propaganda, ou doação, para que possamos crescer e fazer a comunicação dos fatos, doa a quem doer. Entre em contato conosco pelo nosso e-mail abaixo, caso queira colaborar:

 

 

 

filhodedeusshalom@gmail.com

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

TRANSLATE

QUEM SOU EU?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado APOLOGÉTICO (de defesa da fé, conforme 1 Ped.3,15) promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim" (João14, 6).Defendemos as verdade da fé contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha a verdade, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por ela até que Ele volte(1Tim 6,14).Deus é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade. Este Deus adocicado, meloso, ingênuo, e sentimentalóide, é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomás de Aquino).Este apostolado tem interesse especial em Teologia, Política e Economia. A Economia e a Política são filhas da Filosofia que por sua vez é filha da Teologia que é a mãe de todas as ciências. “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

POSTAGENS MAIS LIDAS

SIGA-NOS E RECEBA AS NOVAS ATUALIZAÇÕES EM SEU CELULAR:

VISUALIZAÇÃO DE ACESSOS NO MÊS

ÚLTIMOS 5 COMENTÁRIOS

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger