A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Padre Fábio de Melo fez uma tatuagem – Como Cristão posso fazer também qualquer tatuagem?

Padre Fábio de Melo fez uma tatuagem – Como Cristão posso fazer também qualquer tatuagem?

Written By Beraká - o blog da família on quinta-feira, 6 de agosto de 2020 | 12:51






Não vamos confundir “alhos com bugalhos”, pois a coisa não é tão simples assim como parece, para quem é Cristão, claro!



Padre Fábio compartilhou uma foto mostrando o desenho, e também uma frase na foto:



“Para que eu nunca me esqueça que o mel é fruto de dedicação, pousei, definitivamente, uma abelha em minha mão”





Na legenda da publicação, padre Fábio de Melo escreveu:




“Ela tem apenas 2 cm. Dei a ela o nome de Ana, o mesmo de minha mãe. Tudo começou com uma abelha que ficava pousando em mim durante as lives das missas dominicais. Quem vem acompanhando já me ouviu falando sobre elas. Será meu sinal. De um tempo difícil, mas também bonito. De reclusão, de vida interior, de buscas e realizações silenciosas. O poeta tem razão: “abelha fazendo mel vale o tempo que não voou...”




Quem faz tatuagens será condenado por Deus e perderá a salvação?




Não podemos generalizar e nem julgar ninguém. O que importa a Deus mais do que as aparências, são as disposições interiores do coração:




1 Samuel 16,7: "O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração"



Provérbios 15,11: "O inferno e a perdição estão perante o Senhor; quanto mais os corações dos filhos dos homens?"



Jeremias 11,20: "Mas, ó Senhor dos Exércitos, justo Juiz, que provas os rins e o coração..."


João 7,24: Não julgueis de acordo com a aparência, mas decidi com justos julgamentos.”


2 Coríntios 10,7: "Por hora, observais tão somente a aparência externa dos eventos. Se alguém está convicto de que pertence a Cristo, deveria considerar este fato: assim como essa pessoa, nós também somos propriedades de Cristo."


Romanos 2,16: "Todos esses fatos serão observados na humanidade, no dia em que Deus julgar os segredos dos homens, por intermédio de Jesus Cristo, de acordo com as declarações do meu Evangelho."




Para aqueles que não são Cristãos, mas pessoas de boa vontade, importa para Deus que sejam justos, pratiquem o bem e sejam coerentes com a verdade e os ditames de sua consciência. Até mesmo porque não basta crer em Deus, o demônio também crer em Deus, e nem por isto está salvo . Está escrito em Atos 10, 25-48:





“Na verdade, eu reconheço que Deus não faz acepção de pessoas, mas, em qualquer nação, aquele que O teme e pratica a justiça é-Lhe agradável”.





O QUE NOS DIZ A ÚNICA PASSAGEM BÍBLICA REFERENTE A TATUAGENS?





"Não fareis incisões na vossa carne por um morto, nem fareis figura alguma no vosso corpo. Eu sou o Senhor." (Levítico 19, 28)




Apesar de pessoalmente não gostar de tatuagens e não as recomendo por motivos RACIONAIS e não religiosos (os quais vou esclarecer na conclusão), é preciso entender em que contexto esta proibição no livro de Levítico foi feita. Portanto, quem critica a quem faz e usa tatuagens utilizando a passagem acima de Levítico, faz uma interpretação pessoal e fundamentalista das escrituras, o que é contrário ao magistério Católico Romano. Esta pessoa com certeza, com esta sua doutrina, é muito bem aceita no protestantismo, jamais, na Igreja Católica Apostólica Romana, pois não somos a Igreja do “Sola a Escriptura”, ou seja, não somos a Igreja do livro, somos a igreja do pão repartido, do abraço, e da paz. Usando a autêntica exegese, vemos que os pagãos acadianos tinham por hábito machucar a pele fazendo figuras de divindades em rituais religiosos que persistem ainda hoje em remanescentes ocultistas, por isso esta proibição ao povo Judeu, que tinha o objetivo de separar o povo de Deus das práticas idolátricas dos povos vizinhos, e não é mais diretamente aplicável a nós Cristãos já esclarecidos nos dias de hoje. A tatuagem não era proibida pela tatuagem em si. O novo testamento não aborda diretamente a questão das tatuagens, nem muito menos o magistério da Igreja até a publicação desta matéria. Hoje o cristão está sob a nova aliança, e portanto, tudo lhe é permitido, mas nem tudo lhe convém (1 Coríntios 6,12). É aí que cada um deve analisar seus motivos e fazer essa pergunta a si mesmo: 



“De que maneira estarei exaltando a Cristo fazendo uma tatuagem?”



Lembre o que Paulo disse em 1 Coríntios 10,31:



Assim, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisafaçam tudo para a glória de Deus.”







É possível eu fazer uma tatuagem para a glória de Deus? 




Se você conseguir responder a essa pergunta, e o Espírito Santo lhe der uma consciência tranquila sobre o que está fazendo, você é livre para fazer uma tatuagem. Serve pôr fim a recomendação de Paulo em Romanos 14,19-23:



“Sigamos, pois, as coisas que servem para a paz e para a edificação de uns para com os outros. Não destruas por causa da comida a obra de Deus. É verdade que tudo é limpo, mas o mal vai para o homem que come com escândalo. Bom é não comer carne, nem beber vinho, nem fazer outras coisas em que teu irmão tropece, ou se escandalize, ou se enfraqueça. Tens tu tuas convicçoes? Tem-na para ti mesmo diante de Deus. Bem-aventurado aquele que não se condena a si mesmo naquilo que aprova. Mas aquele que tem dúvidas, se condena, porque não o faz por convicção; e tudo o que não se tem convicção é pecado.”

















CONCLUSÃO



Naturalidade não é o mesmo que irracionalidade nem imutabilidade. É estúpido e desrespeitoso exigir dos outros sempre o mesmo ser e proceder que melhor nos convém. O ser humano, diferentemente de outros seres, tem um vazio de escassez dentro de si, devido nossa sede de plenitude e infinito que trazemos. Portanto, quando alguém deixa de ser e agir de um modo que nos agradava, ela não perde sua identidade, nem muito menos sua dignidade. É impossível à nossa condição de criaturas imperfeitas, o ser definitivamente sem mudanças. Sartre já dizia que o homem é «um constante vir-a-ser». Não quer dizer que as pessoas devam tornar-se volúveis, isso seria falta de personalidade. Convenhamos, porém, que tudo em nós muda conforme o contexto, circunstâncias e provações a que somos submetidos. Mudamos até sem querer. Usando argumentos meramente racionais, podemos concluir que não é muito prudente fazer tatuagens:






1º)-A tatuagem tem uma dimensão permanente, e nós conforme vimos acima, somos como um rio fluindo, somos um constante vir a ser, onde as águas são aparentemente as mesmas, mas aquelas que vimos passando a nossa frente ontem, já não estão mais ali, já desembocaram no mar. O que fomos ontem já não somos o mesmo de hoje, mudamos interiormente e exteriormente, e o que somos agora, já não será a mesma coisa no futuro, sempre haverá mudanças.




2º)-Quando você faz uma tatuagem, mesmo dando todo sentido a ela, e por mais autêntica e verdadeira que ela seja para aquele momento, posteriormente, ela não fará, ou terá o mesmo sentido no futuro. Dois exemplos:



a)-Uma pessoa que passou por uma experiência de perda, ou depressão, faz uma linda e marcante tatuagem de lágrimas saindo de seu olho e rolando pela sua face. Se for Cristão e fizer uma experiência de Deus, verá que o Cristão(ã) é chamado(a) a testemunhar a alegria no seguimento de Cristo, e sempre que alguém lhe olhar, vai vê-la como uma pessoa estacionada na tristeza, ou seja, aquela tatuagem tem até uma explicação, mas já não tem o mesmo sentido.









b)-Uma pessoa muito apaixonada por outra, vivendo um momento impar na sua vida, então para celebrar e demonstrar todo seu amor a outra pessoa, resolve tatuar o nome do (a) amado(a) em sua genitália. Depois por alguma coisa no futuro elas se separam, então será extremamente constrangedor para ela e para outra pessoa com quem ela estar em uma nova relação ver e conviver com aquilo, ainda que tentem modificar a tatuagem ficam lembranças desagradáveis ao ver a tatuagem.



Portanto, sem querer julgar nem condenar ninguém, muito menos o Padre Fábio de Melo por quem temos grande admiração, e tem todo direito de passar e viver a seu modo suas crises existenciais, como eu e você que nos ler, mas pense muito antes de fazer uma tatuagem, principalmente se você for Cristão(ã), ou mais ainda, uma liderança na Igreja, pois pode levar muitos a simplesmente fazerem por fazerem, só porque você fez, sem dar sentido algum à tatuagem, apenas por modismo e vaidade, levando-as a constrangimentos no futuro.



Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo !




FONTES DE REFERÊNCIAS:



https://www.youtube.com/watch?v=cprVf073Efw

https://www.youtube.com/watch?v=CAkIM4DfNnc

https://istoe.com.br/padre-fabio-de-melo-exibe-tatuagem-na-mao-sera-meu-sinal/

https://oamor.com.br/colunistas/e-impossivel-ser-definitivamente-alguma-coisa-o-homem-e-um-constante-vir-ser/



-----------------------------------------------------




Apostolado Berakash – Trazendo a Verdade: Se você gosta de nossas publicações e caso queira saber mais sobre determinado tema, tirar dúvidas, ou até mesmo agendar palestras e cursos em sua paróquia, cidade, pastoral, e ou, movimento da Igreja, entre em contato conosco  pelo e-mail:



filhodedeusshalom@gmail.com

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino) “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger