A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » VAMOS FALAR SÉRIO SOBRE UMA PROPOSTA EDUCACIONAL DE VERDADE PARA O NOSSO PAIS?

VAMOS FALAR SÉRIO SOBRE UMA PROPOSTA EDUCACIONAL DE VERDADE PARA O NOSSO PAIS?

Written By Beraká - o blog da família on terça-feira, 23 de junho de 2020 | 16:31






Editorial: Quando se fala em proposta educacional no Brasil, geralmente se entende apenas de MELHORIAS SALARIAIS. A educação no Brasil desde o pós Regime Militar até o final da era Ptista, passando pelo PNA, PNE e LDB, não se sabe até hoje, de onde se deve partir e onde se quer chegar? Isto tanto com crianças, jovens secundaristas, e nossos universitários. Confundem Projeto de Educação com métodos educacionais, onde até pessoas da área educacional chegam ao absurdo de considerarem "o MÉTODO Paulo Freire" como um PROJETO EDUCACIONAL, quando simplesmente não passa de um método entre tantos outros. E enquanto isto, o Brasil fica sempre a ganhar os piores resultados em todas as etapas educacionais entre os nossos hermanos latinos e mundo afora. Nossos educando ficam como COBAIAS de Pseudo iluminados a cada governo, ou seja, não existe continuidade, ficamos reinventando a roda ao invés de aplicarmos projetos educacionais e métodos já testados e que continuam a produzir sucesso nos países desenvolvidos (e que aplicam inclusive, recursos menores de seus PIB’s em educação, porém com retorno garantido). Já diz Olavo de Carvalho com relação ao método paulofreiriano:




Paulo Freire, cujo maravilhoso método de ensino jamais produziu um escritor, um cientista, um filósofo ou mesmo um executivo competente, limitando-se a transformar milhares de coitadinhos em igual número de coitadinhos, é o patrono de uma educação nacional que produz analfabetos funcionais em massa e cujos estudantes obtêm sempre as piores notas nos testes internacionais. Se 41 universidades acham esse cidadão o máximo, 41 universidades deveriam ser fechadas. Paulo Freire é um sujeito oco, o tipo acabado do pseudo-intelectual militante. Sua fama baseia-se inteiramente no lucro político que os comunistas obtêm do seu método. Esse método, aliás, não passa de uma coleção de truques para reduzir a educação à doutrinação sectária. Um dia teremos vergonha de ter dado atenção a este lixo educacional...”




VAMOS FALAR SÉRIO SOBRE UMA PROPOSTA EDUCACIONAL DE VERDADE PARA O NOSSO PAIS?



Por Maurício Mühlmann Erthal


Se alguém ainda tinha alguma dúvida, o ranking do Pisa provou de uma vez por todas que a tal "pátria educadora", que encheu péssimas universidades com péssimos alunos formados por péssimos professores, era apenas um embuste. Distribuir diplomas a pessoas de baixa inteligência, nenhum talento, estúpidas, cotistas, etc, é como carimbar o traseiro de bois e vacas que estão indo para o abate (neste caso justificável).


“Na nossa cultura deformada pelo 'coitadismo', ou para falar mais academicamente, pelo ethos-igualitarista moderno, teimamos em achar que a Universidade é para todos. Nunca foi e nunca será. Essa é uma das maiores mentiras da modernidade. A decadência da civilização se iniciou com a universalização do ensino, com a troca da formação espiritual e intelectual puras, "ars gratia artis" no sentido aristotélico, pelo adestramento meramente utilitarista para fins de sobrevivência. Universidade é para uma elite intelectual. É para quem realmente tem talentos, gosta de estudar e tem uma inteligência privilegiada. Sua prioridade é produzir conhecimento e não formar mão de obra, e muito menos ainda formar militantes revolucionários que irão implantar o comunismo no país. Para formar profissionais e mão de obra qualificada, existe o ensino técnico e profissionalizante.”




As oportunidades que devem ser oferecidas a todos é a de uma boa formação de base!




Depois, onde por meio da meritocracia, serão revelados aqueles mais capazes de ir para a Universidade PRODUZIR CONHECIMENTO. Transformar todo mundo em universitário apenas para não ferir a autoestima do jovem maconheiro que usa piercing no nariz e alargador na orelha é algo completamente estúpido!


Tudo que o governo do PT conseguiu foi queimar centenas e centenas de bilhões de reais para produzir o pior, o mais idiota, o mais ignorante, o mais analfabeto, e por consequência o mais mimado, alienado e arrogante aluno do mundo!



Nivelaram todo mundo por baixo, destruíram qualquer possibilidade de formar uma verdadeira elite intelectual para o país!



São mais de duas décadas jogadas inteiramente na lata de lixo da história. Trocaram a meritocracia (de alunos e professores) pela "universalização", pela "política de cotas" e pela "ideologização".


Nunca reconhecendo que as pessoas são essencialmente diferentes, umas mais inteligentes, mais capazes e mais esforçadas que as outras; enfiam goela abaixo de todos o maldito igualitarismo que sempre favorecerá o vulgar, o grosseiro e o ignorante. Sempre nivelará por baixo, rebaixará a tudo e a todos e produzirá os piores resultados.


Reúna vários alunos inteligentes e todos se tornarão mais inteligentes ainda. Cerquem um gênio de medíocres e vulgares e testemunhará sua lenta e gradual decadência.


Numa era em que a humanidade enfrenta a sua mais radical transformação tecnológica, a civilização cibernética põe em cheque toda a cultura humanista, há uma mudança profunda de quase todos os paradigmas científicos, sociais e econômicos; nanotecnologia, microbiologia, projeto genoma, matriz energética, 5G e 6G, Internet das coisas, etc.


Nós gastamos trilhões em 20 anos para produzir uma geração de mimadinhos(as), estúpidos, deprimidos, feminilizados, vazios, idiotas e arrogantes que votam no PSOL e morrem de medo de se tornar adultos. Uma legião de falsos graduados sem possibilidade de emprego, endividados com o FIES, caminhando para a meia idade, morando com os pais e frequentando a marcha da maconha porque precisam urgentemente legalizar seu suicídio. (M.Erthal)


Fonte:http://www.atrombetanews.com.br/2019/12/13/uma-analise-sobre-o-que-a-esquerda-fez-com-a-educacao-no-brasil/










Universidade “não é para todos”


Calma, deixa o homem explicar primeiro! O ex ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, afirmou em um vídeo divulgado em sua conta no Twitter, que universidade “não é para todos”, mas “somente para algumas pessoas”. Na gravação, ele diz que a melhor forma de democratizar o ensino superior é investir no “ensino básico de qualidade”. O comentário foi publicado em resposta às críticas que ele recebeu nesta semana por ter declarado, em entrevista ao Valor Econômico, que:


“As universidades devem ficar reservadas para uma elite intelectual, que não é a mesma elite econômica. Nas entrevistas que faço, algumas pessoas me perguntam o que acho de universidade para todos. E digo que universidade, do ponto de vista da capacidade, não é para todos. Somente algumas pessoas que têm desejo de estudos superiores e que se habilitam para isso entram na universidade. O que não significa que eu não defenda a democracia na universidade”, afirma. “A universidade tem que ser democrática. Ou seja, todos aqueles que quiserem entrar estarem em pé de igualdade para poder competir pelo ingresso na universidade. Então, a coisa melhor para democratizar a universidade, sabe qual é? Ensino básico de qualidade, onde todo mundo se forma, todo mundo se habilita e todo mundo pode competir em pé de igualdade. Universidade para todos, nesse sentido, vale”, ressalta.




FONTE:https://congressoemfoco.uol.com.br/educacao/universidade-nao-e-para-todos-mas-somente-para-algumas-pessoas-diz-ministro-da-educacao/




"Universidade não é para todos, e sim para os que se habilitam", diz ex ministro da Educação Ricardo Vélez Rodriguez


Jornal do Brasil


Após as polêmicas provocadas pelas declarações dadas em entrevista sobre o acesso às universidades, o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodrigues, publicou um vídeo em seu Twitter no qual volta a tocar no assunto.


O ministro reafirmou que compreende que a "universidade não é para todos, e sim para os que desejam e se habilitam para entrar na universidade", mas complementou que acredita que "a universidade deve ser democrática, ou seja, todos aqueles que quiserem entrar [devem] estar em pé de igualdade para poder competir pelo ingresso na universidade". O ministro conclui dizendo que o melhor para a democracia nas universidades "é o ensino básico de qualidade, assim todo mundo se forma, todo mundo se habilita e todo mundo pode competir em pé de igualdade".



Fonte:https://www.jb.com.br/pais/2019/01/976819--universidade-nao-e-para-todos--e-sim-para-os-que-se-habilitam---diz-ministro-da-educacao.html



-----------------------------------------------------






Apostolado Berakash – Trazendo a Verdade: Se você gosta de nossas publicações e caso queira saber mais sobre determinado tema, tirar dúvidas, ou até mesmo agendar palestras e cursos em sua paróquia, cidade, pastoral, e ou, movimento da Igreja, entre em contato conosco  pelo e-mail:



filhodedeusshalom@gmail.com
Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino) “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger