A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Tolerância de opiniões Já !!! Ampla, geral e irrestrita, seja de direita, ou esquerda !!!

Tolerância de opiniões Já !!! Ampla, geral e irrestrita, seja de direita, ou esquerda !!!

Written By Beraká - o blog da família on sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017 | 10:55






Sabemos e sentimos, na própria pele, que o mundo experimenta hoje profunda crise de civilização, seja pelos adeptos da direita ou esquerda. No Brasil, o fenômeno se agrava pela rapidez como passamos de país rural a país prevalentemente urbano, em sessenta anos apenas, processo que a Europa fez em séculos. A crise provoca, naturalmente, instabilidade de estruturas de convivência social, de valores e de relações, trazendo-nos à beira do estado de “anomia”, do qual o clássico da Sociologia, Durkheim, tratou magistralmente.




Por toda parte há sentimentos de insegurança e de medo, e este é sempre mau conselheiro. Em política, percebe-se um enfrentamento ideológico de estado permanente de guerra; na sociedade em geral, cresce a agressividade e a violência, que chegam bem perto de nós, nos assaltos de rua e de estradas, nos conflitos da bandidagem, nas batalhas nas cadeias; no comportamento das instituições e das pessoas agrava-se a tendência à intolerância e ao autoritarismo, até em instituições que até há pouco eram vistas como tolerantes, capazes de conviver em diversidade e respeitosas das diferenças, como é o ambiente universitário. Quando se trata de organizações religiosas, pode haver um perigo a mais. Essas têm a possibilidade de chegar até o interior das pessoas, a sua consciência e “prendê-las” por dentro, disso há casos patéticos na história humana; pode violentá-las, como se deu na Inquisição tanto Católica, quanto protestante. Quando se chega a esse nível, quebram-se as fronteiras entre o Absoluto e o relativo, entre o Transcende e as mediações contingentes, entre o Deus vivo e verdadeiro e os ídolos, caricaturas suas, criadas à nossa imagem e semelhança.Quem sabe, neste clima social de hoje em dia, talvez seja útil refletir sobre três manifestações vindas de procedências bem distintas:







1)- A primeira, de LAURENTINO GOMES, historiador, autor do livro “1808 – Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a história de Portugal e do Brasil”, livro sobre a vinda de Dom João VI e sua corte para o Brasil, São Paulo, 2007. Fala, na página 134, sobre recomendações oficiais de vigilância da parte de autoridades, em 1798, no Brasil:



“Quem ousasse expressar opiniões em público contrárias ao pensamento vigente na corte portuguesa corria o risco de ser preso, processado e, eventualmente, deportado. Imprimi-las, então, nem pensar. Até mesmo reuniões para discutir ideias eram consideradas ilegais”.



2)- A segunda, de Frei Betto, o qual de vez em quando, quando não quer puxar a lata para a sua sardinha esquerdopata, fala algo aproveitável, como esta em artigo publicado em blog:



“Quase todos os líderes, sejam eles políticos, religiosos ou empresariais, preferem que seus subordinados abdiquem da consciência crítica. E ainda que tenham opinião diferente, tratem de omiti-la. O peixe morre pela boca… Daí, o fenômeno degradante da humilhação voluntária. Para não perder prestígio, manter a função ou se julgar bem vistos aos olhos do chefe, muitos abaixam a cabeça e exibem os fundilhos. Qualquer crítica é tida como desvio ideológico, heresia, conspiração ou traição”.



3)- A terceira, de Papa Francisco, em entrevista ao jornal “El País”:


“Todos têm direito de discutir, e quem dera discutíssemos mais, porque isso nos burila, nos irmana. A discussão irmana muito. A discussão com bom sangue, não com a calúnia e tudo isso…”


E viva a democracia !!!
Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger