A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » DIFERENÇAS ENTRE ADORAR E VENERAR ?

DIFERENÇAS ENTRE ADORAR E VENERAR ?

Written By Beraká - o blog da família on sexta-feira, 25 de setembro de 2015 | 15:39





 

1)- Significado de Venerar: Do latim venerari, que significa respeito profundo por algo ou alguém.




2)- Significado de Adorar (Em hebraico e para o Judeu): Em primeiro lugar, nenhum dicionário (isso, incluindo o Aurélio) é tratado de epistemologia, de hermenêutica ou de exegese e qualquer estudo mais sério de sinonímia (principalmente em hebraico) dirá que não há sinônimo que seja absolutamente equivalente. Isto é, se existem duas palavras distintas para designar algo ou uma ação, é porque cada uma delas dá um matiz diverso da coisa ou da ação designada. Se duas palavras são absolutamente idênticas, a língua tendem naturalmente  a eliminar uma delas, assim sendo, ADORAR NÃO É O MESMO QUE VENERAR, NEM, MUITO MENOS, IDOLATRAR. Cada uma dessas palavras têm sentidos completamente distintos.





Adorar significa reconhecer e prestar culto de LATRIA a Deus como criador e mantenedor de todas as coisas.


Idolatrar, embora o Aurélio não explique isso, significa o oposto, pois designa a ação de adorar uma criatura em vez de adorar o Criador.


Materialmente, a ação de adorar e a ação de idolatrar são idênticas. Formalmente são opostas. A diferença está entre matéria e forma, na consideração de uma ação, isto é, quem adora a Deus e quem adora o ídolo materialmente fazem as mesmas coisas, que formalmente são opostas. Por isso é que existem as palavras adorar e idolatrar, que designam sentidos diferentes.



Isso é algo que muitas pessoas, e principalmente os protestantes não entendem, acusando injustamente assim a doutrina cristã Católica de prestar adoração a alguém que não é Deus, ou seja, o Criador do céu e da Terra.


a)- ADORAR NO HEBRAICO DO ANTIGO TESTAMENTO:



Barak  = abençoar, ajoelhar (em reconhecimento), saudar com louvor (Salmo 103,1).

Ruwm = erguido, levantado, estar nas alturas (2 Sm 22,47);


b)- ADORAR NO ARAMAICO DO ANTIGO TESTAMENTO:

Barak (aramaico)  = abençoar, ajoelhar (em reconhecimento) – (Livro de Daniel 2,19).

Hava’ ou Havah (aramaico) = vir a acontecer, tornar-se, ser, estar (Livro de Daniel 5,19).


Nota: Considerando o vocábulo louvor que vem junto com adoração podemos dizer que ele vêm do hebraico hãlal, que significa fazer ruído, barulho ou ainda se pode usar com o vocábulo yãdhâ que está associada às ações e gestos corporais que acompanham o louvor incluindo música e danças de louvor e zãmar, que é associada à música tocada e cantada.
Ainda sobre o vocábulo alguns autores chegam a encontrar no Antigo Testamento outros significados, embora os mais usados sejam os três primeiros:

1)- Barak = Bendizer; ajoelhar-se para bendizer ao Senhor.
2)- Yadah = Dar graças.
3)- Balal = Aleluia – louvai ao Senhor.
4)- Hilluwi (derivada de Hallal ) =  Celebração de ações de graças pelo término da colheita.
5)- Tehillah (derivada de Hallal) = Cantar alto.
6)- Towdah = Adoração com as mãos e ações de graças.




Atos 5,34: “Mas, levantando-se no conselho um certo fariseu, chamado Gamaliel, doutor da lei, VENERADO por todo o povo, mandou que por um pouco levassem para fora os apóstolos...” (Segundo a bíblia Protestante : João Ferreira de Almeida)


Neste caso todo povo Judeu ADORAVA Gamaliel ? se adorar for o mesmo que Venerar ?Deixemos que a própria Bíblia respondam ao fundamentalismo protestante:


Colossenses3,5: “Mortificai vossos membros, POI A COBIÇA É IDOLATRIA...”



Efésios 5,5 : “Pois bem o sabeis que nenhum, dissoluto, impuro e AVARENTO que um idólatra herdará o reino do céu...”(O que tem de protestante que só pensa em dinheiro e sucesso a qualquer custo...)



Mateus 6,24 : Não podeis servir a dois senhores, portanto, NÃO PODEIS SERVIR A DEUS E AO DINHEIRO...


Com relação às IMAGENS SAGRADAS dos Santos para ser CONSIDERADO IDOLATRIA :


Teríamos que achar que os três elementos: Deus o santo e a imagem são a mesma coisa. Nunca se ouviu algum católico defendendo que o Santo era Deus, logo não existe Idolatria.



A Bíblia declara no livro de Josué: "Josué prostrou-se com o rosto em terra DIANTE DA ARCA DO SENHOR, e assim permaneceu até à tarde, imitando-o todos anciãos de Israel" (Jos 7, 6).Se Considerar que a simples prostração diante das Imagens Santas é Idolatria, então Josué e os anciãos de Israel teria, cometido Idolatria, logo qualquer relação com Idolatria está descartada.


Para se dizer que os católicos adoram os santos, eles teriam que dizer que S. Francisco, por exemplo, não é S. Francisco, mas Deus. E ainda mais difícil: os católicos teriam que afirmar que S. Francisco é a própria estátua. Nisto demonstra que somos mais esclarecidos que os protestantes, pois para os protestantes, uma simples imagem eles consideram o próprio Deus, o que não se aplica aos Católicos esclarecidos.Nenhum católico acredita que o santo seja Deus ou que ele seja a madeira da estátua (como uma divindade). Logo, não há idolatria possível, (visto que esta consiste em adorar um falso deus , portanto um ídolo).


Os Santos foram apenas Imitadores perfeitos de Cristo. Nas imagens sacras e obras de arte católicas se representam os santos, que são pessoas que possuem virtudes que os tornam "imitadores" de Cristo, como aconselhou o próprio S. Paulo:"Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo" ( I Coríntios 11:1).



Parece-nos que o deus dos protestantes, ou as suas interpretações quanto à questão da imagens sacras, andam meio esclerosadas (Esquecendo-se das coisas).Pois o mesmo Deus, que no livro do Êxodo proíbe que sejam feitas imagens, manda Moisés fazer dois querubins de ouro e colocá-los por cima da Arca da Aliança (Ex 25, 18-20).Manda-lhe, também, fazer uma serpente de bronze e colocá-la por cima duma haste, para curar os mordidos pelas serpentes venenosas (Num 21, 8-9).Manda, ainda, a Salomão enfeitar o templo de Jerusalém com imagens de querubins, palmas, flores, bois e leões (I Reis 6, 23-35 e 7, 29).


Ora, se Deus manda fazer imagens em várias passagens das Sagradas Escrituras (Ex 25, 17-22; 1Rs 6, 23-28; 1 Rs 6, 29s; Nm 21, 4-9; 1Rs 7, 23-26; 1 Rs 7, 28s; etc) e proíbe que se façam imagens em outra, de duas uma, ou Deus é contraditório ou, está havendo uma má interpretação teológica, como Deus não se contradiz, então é lógico que os protestantes estão interpretando errado.

 


Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 1 Comentário. Deixe o seu!

27 de setembro de 2015 18:53

Falta reforçar que para os judeus a Adoração externa consistia em oferecer sacrifícios diante dos deuses. Mas Israel só oferecia sacríficos a deus. Nós católicos nunca oferecemos oferendas como faz o candomblé aos orixás ou sacrifícios aos santos. Mas oferecemos a Deus o único e definitivo Sacrifico em cada missa. Jesus Cristo que se deu a si mesmo a Deus por nós. Nisto consiste nosso culto de adoração.

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger