A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Maria é a FORMA DEI, a Fôrma de Deus

Maria é a FORMA DEI, a Fôrma de Deus

Written By Beraká - o blog da família on sexta-feira, 19 de dezembro de 2014 | 23:39



*Por Natalino Ueda



“A Virgem Maria é a Fôrma de Deus, na qual são moldados os santos.”




A Santíssima Virgem Maria é a Fôrma de Deus, em latim forma Dei, na qual os santos são moldados. Nossa Senhora é um lugar santo, o Santo dos Santos1, onde os santos são formados e moldados à imagem e semelhança de Deus.




Santo Agostinho chama a Santíssima Virgem ‘Fôrma de Deus’, Fôrma própria para formar e moldar deuses: ‘Sois digna de ser chamada Fôrma de Deus’. Aquele que é lançado nesta Fôrma Divina depressa é formado e moldado em Jesus Cristo e Jesus Cristo nele. Facilmente e em pouco tempo será transformado em Deus, divinizado, pois é lançado no próprio molde que formou um Deus”2.




São Luís Maria nos ajuda a compreender a doutrina de Agostinho, ensinando-nos como os santos são moldados em Maria, a partir das duas formas que um escultor faz uma imagem:


1º) servindo-se de seu engenho, de sua fora, de sua ciência e dos instrumentos adequados para fazer essa figura de uma matéria dura e informe;


2º) pode lançá-lo numa forma. A primeira é demorada e difícil, e sujeita a muitos acidentes: muitas vezes basta um golpe de cinzel ou de martelo mal dado para estragar toda a obra. A segunda é rápida, fácil e suave, quase sem trabalho e sem esforço, contanto que o molde seja perfeito e reproduza o original, e que a matéria de que se serve, fácil de se manipular, não resista de maneira alguma à sua mão3.




Maria é este molde perfeito, que produz os santos, imagens perfeitas de Jesus Cristo. Porém, só se lança na Fôrma o que está fundido e líquido, ou seja, devemos destruir e fundir em nós o velho Adão, para que em Maria transformemo-nos no novo Adão4, que é Jesus Cristo.



Nossa Senhora formou Jesus Cristo, o Chefe dos predestinados, e ela também deve “formar os membros desse Chefe, que são os verdadeiros cristãos; pois uma mãe não forma a cabeça sem os membros, nem os membros sem a cabeça”5.



Se queremos ser membros de Jesus Cristo, cheios de graça e de verdade, devemos ser formados em Maria, por meio da graça que nela habita em toda a plenitude. Maria é o molde vivo de Deus e dos santos.


A Mãe da Igreja é chamada por Santo Agostinho, e é em verdade, o molde vivo de Deus:


Pois, “foi nela somente que Deus feito homem foi formado ao natural, sem que lhe falte nenhum traço da Divindade; e é também somente nela que o homem pode ser formado em Deus ao natural, tanto quanto a natureza humana é disso capaz, pela graça de Jesus Cristo”6.



Luís de Montfort compara os diretores espirituais e as pessoas devotas que querem formar Jesus Cristo em si ou nos outros por meio de práticas diferentes da devoção que ensina a escultores que, confiando em suas habilidades, diligência e arte, dão vários golpes de martelo e cinzel numa pedra dura ou num pedaço de madeira mal polida, para fazer uma imagem de Jesus Cristo.



Estes, “às vezes não conseguem representar Jesus Cristo ao vivo, quer por falta de conhecimento e experiência da pessoa de Jesus, quer por causa de um golpe mal dado, que estragou a obra”7. Mas, os que abraçam este segredo de graça, que é a consagração a Virgem Maria, são comparados, com razão, a “fundidores e moldadores que acharam a Fôrma tão bela de Maria, na qual Jesus Cristo foi natural e divinamente formado. Não confiando na sua própria habilidade, mas unicamente na excelência da Fôrma, lançam-se e perdem-se em Maria, para se tornarem o retrato vivo de Jesus Cristo”8.




Assim, conclui São Luís Maria:



“Ó bela e verdadeira comparação! Mas quem a compreenderá? Desejo que sejas tu, meu querido irmão. Mas lembra-te que só se lança na fôrma o que está fundido e líquido. Isto quer dizer que deves destruir e fundir em ti o velho Adão, para que em Maria te transformes no novo”9.



A Santíssima Virgem “Maria é o grande molde de Deus, feito pelo Espírito Santo, para formar ao natural um Homem-Deus pela união hipostática10, e para formar um homem Deus pela graça. Não falta a este molde nenhum traço da divindade; quem quer que nele se deixe manejar, nele recebe todos os traços de Jesus Cristo, verdadeiro Deus, duma maneira suave, proporcionada à fraqueza humana, sem muito trabalho e agonia; duma maneira segura, sem temor de ilusão, pois o demônio nunca teve e jamais terá acesso até Maria, santa e imaculada, sem sombra da menor mancha de pecado”11.




Feliz da alma “bem manejável, bem desligada, bem fundida, e a qual, sem nenhum apoio em si mesma, se lança em Maria, e aí se deixa manejar pela operação do Espírito Santo!”12 Como é pura, divina e semelhante a Jesus Cristo a alma moldada na Fôrma de Deus! 


Santa Maria mãe de Deus, rogai por nós !!!




Referências:



1 Santo dos Santos: lugar mais sagrado do tabernáculo e também do Templo de Jerusalém, pois nele ficava a Arca da Aliança, onde Deus se fazia presente. Somente o Sumo Sacerdote podia entrar no Santo dos Santos, uma vez por ano, para fazer o sacrifício pelos pecados do Povo de Israel (cf. Lv 16, 34).




3 SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. O Segredo de Maria. Lorena: Cléofas, 2010, 16.


4 Cf. SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Tratado da Verdadeira Devoção…, 2002, 221.


5 SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. O Segredo de Maria…, 16.


6 Idem, ibidem.


7 SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. Tratado da Verdadeira Devoção…, 2002, 220.


8 Idem, ibidem.


9 Idem, 221.


10 União hipostática: união das naturezas humana e divina em Jesus Cristo.


11 SÃO LUÍS MARIA GRIGNION DE MONTFORT. O Segredo de Maria…, 17.


12 Idem, 18.


*Natalino Ueda é brasileiro, católico, missionário da Comunidade Canção Nova, formado em Filosofia e Teologia. Atualmente é produtor de conteúdo do portal cancaonova.com. Na consagração a Virgem Maria, segundo o Tratado de São Luís Maria, descobriu um caminho fácil, rápido, perfeito e seguro para chegar a Jesus Cristo. Desde então, ensina esta devoção, o caminho "a Jesus por Maria", que é o seu maior apostolado.




Fonte: Canção Nova



*Caso queira saber mais e participar de nosso apostolado, bem como agendar palestras e cursos em sua paróquia, cidade,pastoral, e ou movimento da Igreja, entre em contato conosco  pelo e-mail:  


filhodedeusshalom@gmail.com



Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger