A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » A PROMESSA DE DEUS ÀS MÃES: "A mulher será salva pela maternidade" - 1Tm 2,15

A PROMESSA DE DEUS ÀS MÃES: "A mulher será salva pela maternidade" - 1Tm 2,15

Written By Beraká - o blog da família on segunda-feira, 8 de abril de 2013 | 09:04




                                
Em 1Tm 2,15 São Paulo afirma que a mulher é salva pela teknogonia

Esta palavra grega pode traduzir-se por geração de(os) filhos ou, simplesmente, maternidade.

Neste caso, o Apóstolo tem em vista a maternidade como colaboração com a obra do Criador: é, de certo modo, um sacerdócio, visto que toda mãe é chamada a transmitir não somente a vida corporal e a educação respectiva, mas também a doutrina da fé, que estrutura o cristão.


Ser mãe era uma das aspirações mais profundas da mulher judia; é também grande dignidade da mulher moderna, dada a importância que uma boa mãe tem na sociedade. ( E no plano de Deus: Gerar o dom da vida).


Eis, porém, que o vocábulo grego pode ser traduzido também por geração do filho, designando então um filho definido. Este seria o Filho de Deus feito homem no seio de Maria Virgem: Jesus Cristo

Em tal caso, São Paulo estaria dizendo que a mulher é honrada e glorificada pela maternidade de Maria Virgem, que deu à luz o Filho por excelência ou o próprio Salvador. Tal interpretação não deixa de ter sua verossimilhança: Maria seria apontada como a mulher por excelência, cujo parto proporcionou ao mundo a fonte da Vida plena.

Os dizeres de São Paulo interpelam também as outras mães, que têm seu dia oficial no segundo domingo de maio.

O Apóstolo insinua que toda mãe cristã há de se espelhar na Mãe Santíssima e procurar fazer de seu filho um outro Jesus; é certamente esta uma das mais belas tarefas que a mulher possa desempenhar, ciente de que os ensinamentos entregues pela mãe às suas crianças são sementes que não morrem, mas marcam profundamente a personalidade dos filhos.

Os sacrifícios que toda mãe deve praticar para ser fiel à sua vocação, vem a ser, de resto, imagem muito frequente, na Bíblia, da tarefa de formar o Cristo nos corações dos cristãos.

O próprio Jesus se refere às dores do parto como figura do que acontece aos cristãos que querem formar o Cristão em si, em meio às contradições do mundo:


"Chorareis e vos lamentareis, mas o mundo se alegrará. Vós vos entristecereis, mas a vossa tristeza se transformará em alegria. Quando a mulher está para dar à luz, entristece-se porque a sua hora chegou; quando, porém, dá à luz a criança, ela já não se lembra dos sofrimentos, pela alegria de ter vindo ao mundo um homem" (Jo 16,20s).


*Dom Estêvão Bettencourt, OSB - Texto publicado na Revista Pergunte e Responderemos nº 360, Maio/1992.

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger