A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Comunidade Católica Shalom recebe RECONHECIMENTO PONTIFÍCIO EM ROMA

Comunidade Católica Shalom recebe RECONHECIMENTO PONTIFÍCIO EM ROMA

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 31 de março de 2010 | 14:13

Comunidade Católica Shalom recebe RECONHECIMENTO PONTIFÍCIO EM ROMA

FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Comunidade_Cat%C3%B3lica_Shalom

A Comunidade Católica Shalom é reconhecida pela Igreja Católica como Associação Internacional Privada de Fiéis tratando-se do que hoje a Igreja chama "Comunidades Novas". Sendo Igreja, a Comunidade Shalom serve em seus trabalhos por meio de uma consagração de vida de seus membros. Tem como fim último a evangelização e a formação de filhos de Deus. Os membros consagrados são chamados a ser, no interior da Igreja, discípulos e ministros da Paz; a acolher, viver e anunciar ao mundo a Paz que é o próprio Jesus (cf. Ef 2,14).

Histórico e perfil

Nascida no meio dos jovens, a Comunidade surgiu de um ardente desejo de evangelizar os jovens mais afastados de Deus. Em seu início, no ano de 1982, em Fortaleza-CE, vários jovens vindos da Renovação Carismática Católica transformaram uma lanchonete em um meio de atração dos jovens a Deus.
Hoje esta Comunidade tem centenas de grupos de oração espalhados em suas mais de sessenta missões espalhadas pelo Brasil e em vários países no exterior (França, Canadá, Itália, Israel, Argélia, Madagascar, Suíça, Uruguai, Chile, Guiana Francesa e Portugal), em cada lugar promovendo eventos evangelizadores de grande e pequeno porte, se dedicando a estes grupos e a cursos e retiros de formação catequética e cristã. Sempre a pedido de bispos locais.

Membros

A Comunidade Católica Shalom é formada por homens e mulheres que se consagram à vida religiosa mediante votos na Igreja (membros missionários consagrados e engajados consagrados) e também por membros dos grupos de oração da comunidade (pessoas que participam dos grupos de oração sem vínculo formal com a Comunidade). Dentre os consagrados, há celibatários, casais, sacerdotes, pessoas em discernimento do seu estado de vida, homens e mulheres, jovens e adultos, todos unidos por esta consagração de vida, com votos de pobreza, obediência e castidade, segundo o estado de vida que acreditam o Senhor lhes chamar.
Reconhecimento pontifício
A Comunidade recebeu o Reconhecimento pontifício como Associação Internacional no ano de 2007, com decreto vigorando desde o dia 22 de fevereiro. As Comunidades Novas são realidades recentes na Igreja e tornando-se cada vez mais numerosas e bastante presentes no apostolado da Igreja. Já há algum tempo vêm sendo aprovadas nas diversas dioceses gradativamente e aos poucos se iniciam as aprovações em nível pontifício.
No período que recebeu o Reconhecimento, a Comunidade Shalom se tornou a terceira das centenas de comunidades novas do mundo a recebê-lo, primeira da América Latina. O decreto foi entregue ao fundador Moysés Louro Azevedo Filho em Roma no dia 13 de março de 2007 e para o evento ocorreu um festivo Tríduo em Roma, para onde peregrinaram irmãos das diversas dioceses e nações em que a Comunidade está presente.
Segundo Emmir Nogueira, co-fundadora da Comunidade, este reconhecimento:
Autentica a Vocação e sua forma de vida como verdadeira;
declara de sua necessidade para a Igreja em qualquer lugar do mundo;
torna a Igreja responsável pela Comunidade.[1]
Explicando o Reconhecimento Pontifício
RECONHECIMENTO PONTIFÍCIO – O QUE SIGNIFICA ISSO?
Algumas pessoas gostariam de entender melhor o que significa, afinal, um “reconhecimento canônico a nível pontifício”. Nada melhor que contar nossa história, para que os fatos nos ajudem a entender.
Quando nascemos, em 1982, não fazíamos a menor idéia do que era uma fundação, uma associação, um instituto. Queríamos apenas atender ao apelo do Espírito a nos inquietar acerca dos jovens que não conheciam Jesus ou estavam afastados da Igreja. Não pretendíamos fundar nenhuma comunidade e não imaginávamos o que era um Carisma. Desejávamos tão somente entregar nossa vida a Jesus para a evangelização, especialmente dos jovens.
Ao longo do tempo, fomos tendo notícia de algumas comunidades novas, especialmente Madonna House, noCanadá e Canção Nova, no Brasil. Uma palestra do Pe. Jonas Abib em Baturité (CE) – “Deus quer comunidades” – mostrou-nos que era não só possível como também vontade de Deus que se formassem comunidades leigas a serviço da Igreja a partir do modelo de Atos 2 e 4. Ora, era exatamente este o nosso sonho longamente acalentado.
Após experiência de algumas semanas de vida comunitária, recebemos a ordem de Deus de irmos em frente. Aos poucos, percebemos que Deus nos havia dado não somente um apostolado, mas, sobretudo, um Carisma novo. Com temor e tremor passamos a perceber cada dia mais nitidamente que Deus realizava uma obra nova no meio de nós. Em fevereiro de 1984, os primeiros cinco irmãos começaram a viver em comunidade. Ainda neste ano e em 1985 foram escritas as primeiras Regras de Vida e redigidos os primeiros textos sobre a inspiração de Deus para a comunidade nascente.
Sempre desejosos de viver a serviço da Igreja e em obediência a ela, fomos buscando sua orientação através dos nossos bispos. Percebemos que, para estar em plena comunhão, precisaríamos ser juridicamente reconhecidos por ela. O primeiro passo seria a redação dos Estatutos da Comunidade segundo as normas eclesiais e sua submissão ao discernimento do Arcebispo de Fortaleza. Após muitas e sérias provações e purificações no seio da comunidade, nossos primeiros Estatutos, foram aprovados por D. Cláudio Hummes, então arcebispo de Fortaleza.
Esta primeira etapa chama-se “reconhecimento canônico a nível diocesano”. Tal reconhecimento, recebido na oitava de Páscoa de 1998, foi, ainda, em nível de experiência, durante sete anos. É o que se chama, em linguagem técnica, “reconhecimento ad experimentum”. Depois destes sete anos, a comunidade poderia ser aprovada a nível diocesano e em caráter definitivo.
Logo após o reconhecimento diocesano como “Associação Privada de Fiéis Leigos”, a comunidade, sempre a pedido dos senhores bispos, começou a expandir-se também para outros países: Itália, França, Israel, Suíça, Canadá, Inglaterra, Argélia, Uruguai. Este fato, para nós, foi sinal de Deus de que deveríamos iniciar um processo de reconhecimento “a nível pontifício”. Isso significa ser reconhecido como uma “Associação Internacional de Fiéis”, isto é, a serviço não mais somente da Igreja local (isto é, da diocese ou arquidiocese), mas a serviço da Igreja no mundo inteiro.
Após novas e dolorosas provações a nível comunitário, demos entrada no nosso Estatuto junto ao Pontifício Conselho para os Leigos, no Vaticano, órgão encarregado da missão e vida dos leigos na Igreja. Era outubro de 2004. Desta forma, submetíamos à Igreja de Roma nosso Carisma, nossa Vocação, nossa história, nossa forma de vida, nosso passado, presente e futuro. Desejávamos que a própria Igreja nos examinasse e discernisse:
a autenticidade do nosso Carisma
sua utilidade para a Igreja em qualquer lugar do mundo
e que nos desse o caridoso, paternal e indispensável auxílio de sua custódia e orientação para que vivêssemos em unidade e serviço eclesial a graça que acreditamos ter recebido de Deus.
Iniciamos um período fecundo de oração, purificação e abandono nas mãos de Deus e da Igreja. Após o processo canônico ter sido interrompido pela páscoa de João Paulo II e o período exigido para a substituição do Prefeito para a Congregação da Doutrina da Fé, que se havia tornado o novo pontífice, os Estatutos continuaram a ser examinados pelas diversas instâncias e dicastérios do Vaticano.
Finalmente, recebemos a grande notícia: nossos Estatutos - e, com eles, nosso modo de vida, nosso Carisma, apostolado e vocação, viriam a ser reconhecidos oficialmente pelo Vaticano, isto é, a nível pontifício. O documento de participação deste reconhecimento chegou-nos no dia 02 de fevereiro, data imensamente significativa: apresentação do Senhor no Templo, dia em que o Filho de Deus foi introduzido no Templo pela primeira vez, dia no qual Simeão o proclamou Luz das Nações.
A assinatura do Decreto da Santa Sé será datada do dia 22 de fevereiro de 2007, dia da Cátedra de Pedro. Nós, que nascemos aos pés de Pedro na pessoa de João Paulo II, durante o X Congresso Eucarístico Nacional, seremos reconhecidos mais uma vez aos pés de Pedro, no dia em que a Igreja festeja o mistério petrino. Duas datas mais que significativas, sinais claros da Providência para nós.
À espera da assinatura do decreto, em meio a indescritível alegria, celebramos nosso reconhecimento como Associação Internacional de Fiéis, a nível pontifício, em período “ad experimentum”. Nosso Carisma é autêntico! É obra de Deus, não fruto da imaginação de homens! É útil para toda a Igreja, em qualquer país do mundo! Isso nos é dito, de forma oficial, pela própria Igreja! Que grande júbilo! Que incomensurável responsabilidade! Que indescritível misericórdia de Deus!
Partilhamos com você nossa alegria e nossos passos ao longo do processo de reconhecimento canônico. A Igreja, Mãe e Mestra, acolhe e reconhece de forma oficial em seu seio misericordioso aquela semente plantada no coração de alguns jovens universitários em 1982, na então pequena cidade de Fortaleza, no então mais pobre estado do Brasil. Fica mais uma vez comprovado que o Senhor faz brilhar a Sua Glória escondendo Seus tesouros em pobres e indignos vasos de argila.
Ao nos vermos como a primeira “Comunidade Nova” brasileira reconhecida a nível pontifício e a terceira a nível mundial (as outras duas são Beatitudes, Emmanuel, ambas da França), só temos a louvar a Deus por Seus imensos benefícios, por Sua misericórdia imensurável, pela oração incessante da Mãe de Deus, pela especial intercessão do Servo de Deus João Paulo II, pelos irmãos e irmãs que ao longo de nossa história deram suas vidas em nossa vocação, pelos senhores bispos que sempre nos orientaram paternalmente, pela RCC, onde nascemos, e por todas as comunidades novas que nos honram e alegram com sua amizade, apoio, fraternidade e oração.
Bendito seja Deus para sempre!
Maria Emmir O. Nogueira
Co-Fundadora da Comunidade

Serviço na Igreja
É a partir desta vida voltada para Deus na vivência da radicalidade evangélica meditante o seguimento das Regras da Comunidade que promovem todos os seus eventos e apostolados de Evangelização. Alguns de seus eventos como o Halleluya, show musical em Fortaleza, atinge cerca de 700.000 pessoas em seus cinco dias de evangelização e arte. Também com o Luau das Tribos, que através de suas apresentações artisticas e culturais evangeliza em João Pessoa com temas relacionados a paises ou continentes que sofrem sem a presença Santa de Deus. E administra quatro rádios no Brasil, dentre elas: Shalom FM, Rádio Cultura de Quixadá, Rádio Cultura de Aracaju e Rádio Boa Nova de Pacajus. Suas cidades que se destacam em quantidade de engajados e em obra apostólica são Fortaleza (sede), São Paulo, Rio de Janeiro, Natal, Salvador, São Luís e Aracaju.
Atua ainda com centros de Evangelização especifícos para jovens, famílias e adultos. Promove na área da arte grandes shows como os Espetáculos da Paixão de Cristo que fazem parte do calendário cultural das cidades do Rio de Janeiro, onde é realizado no arco da Lapa, e em Natal, realizado na praça Cívica do Campus da UFRN. Têm público estimado em cinqüenta a cem mil pessoas.
Trabalha na área de Promoção Humana tendo espalhados pelo Brasil alguns albergues, internatos para tratamento de dependentes químicos, creche, abrigos para crianças em situação de risco, distribuição de cestas básicas, sopões, dentre outras atividades de resgate à dignidade humana diversos.
Rádio WEB
A Comunidade disponibiliza 24h de programação de Rádio FM online. A Rádio 690 Shalom AM de Fortaleza interage com o público da internet no Brasil e no mundo em sua programação. Podendo ser acessada a partir do Portal da Comunidade.
Caminho da Paz
Conheça a Comunidade Católica Shalom e participe dos grupos de oração para iniciantes. Venha conosco trilhar o caminho da Paz.
Referências
Nogueira, Emmir. Reconhecimento Pontifício – O Que Significa Isso? (html) (em Português). Página visitada em 28/03/2009.
Ligações externas

FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Comunidade_Cat%C3%B3lica_Shalom
Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger