A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas no todo ou em parte, não significa necessariamente, a adesão às ideias nelas contidas, nem a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Todas postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores primários, e não representam de maneira alguma, a posição do blog. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo desta página.
Home » , » Cardeal Müller responde a quem pede uma Igreja “gay friendly” (amigável com os Gays)

Cardeal Müller responde a quem pede uma Igreja “gay friendly” (amigável com os Gays)

Written By Beraká - o blog da família on sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022 | 11:36

 

(foto reprodução)


 

(DENVER, 02.02. 2022  - ACI digital) -  O prefeito emérito da Congregação para a Doutrina da Fé, Gerhard cardeal Müller, deu uma resposta contundente àqueles que pedem que a Igreja Católica seja receptiva ao homossexualismo, incluindo alguns padres que exigem que pessoas em uniões homossexuais recebam o sacramento do matrimônio. Em entrevista a Alejandro Bermúdez no programa Cara a Cara da rede de televisão católica EWTN, o cardeal Müller disse que:

 

 

“As especulações de que a Igreja Católica poderia abençoar uniões homossexuais ou celebrar o sacramento do matrimônio para eles, não têm nenhum fundamento na Revelação. É um pensamento humano, mas não está de acordo com a Palavra de Deus, disse. Segundo Müller: Deus criou o homem, conforme seus critérios, que são perfeitos, não conforme esses sacerdotes que pensam como o mundo de hoje, segundo esta antropologia materialista, que distinguem a sexualidade, o prazer sexual, da responsabilidade de procriar filhos e filhas. Há muitos que se distanciaram totalmente da fé católica. Apresentam-se como se fossem padres, mas não são fiéis”.  Advertiu o cardeal Gerhard Müller na entrevista.

 


 


 

O cardeal Gerhard Müller, de 74 anos, nasceu na Alemanha e é o curador da obra completa de Joseph Ratzinger, hoje papa emérito Bento XVI. Quando foi nomeado bispo por são João Paulo II em 2002, escolheu Dominus Iesus como lema episcopal, que significa "Jesus é o Senhor". Bento XVI o nomeou prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé em 2012. O papa Francisco o confirmou nesse cargo, no qual permaneceu até 2017.O papa Francisco o nomeou cardeal da Igreja Católica em 2014.Em sua entrevista no programa Cara a Cara, o cardeal Müller lamentou que:

 

 

 

 

“Alguns padres, que pedem à Igreja que administre os sacramentos às uniões homossexuais, falem de compaixão, pois esta vem de Deus. O cardeal disse que a verdadeira “boa” vida para os homens ocorre quando vivemos segundo os mandamentos de Deus. Caso contrário, ele advertiu, podemos cair em pecado”.

 

 

 

Respondendo sobre os boatos de que o papa Francisco removeu dom Giacomo Morandi de seu cargo de secretário da Congregação para a Doutrina da Fé para nomeá-lo bispo de Reggio Emilia-Guastalla, Itália, como castigo por seu papel de protagonista na nota que reiterava a rejeição da Igreja Católica às bênçãos para uniões homossexuais, em março de 2021, o cardeal Müller disse que:

 

 

"O Santo Padre não falou comigo sobre esse assunto e, portanto, não sei suas razões. Não sei nada sobre essas especulações. Pode ser, pode não ser", disse.

 

 

 

No entanto, o cardeal disse que:

 

 

 

“Sobre as uniões homossexuais a doutrina da Igreja é absolutamente clara! E tem seu fundamento na antropologia revelada no Antigo e no Novo Testamento, na criação e também na instituição do matrimônio como sacramento, matrimônio constituído por um só homem e uma só mulher. Para Cristo, não podemos ser mais gay friendly ou não gay friendly, disse ele.

 

 

 

O cardeal destacou ainda que:

 

 

Os verdadeiros católicos têm todo o respeito por essas pessoas que têm essas tendências. Não sabemos exatamente de onde vêm essas tendências, mas a sexualidade tem seu lugar único, lugar real, moral, sacramental, dentro do matrimônio de um homem e uma mulher. O Catecismo da Igreja Católica explica claramente a doutrina da Igreja”, disse.

 

 

 

Müller destacou que:

 

 

“A doutrina da Igreja Católica tem o seu fundamento na Palavra de Deus, na Revelação que se faz finalmente em Jesus Cristo”

 

 

 

Sobre o argumento de que a doutrina do matrimônio se baseia em uma doutrina antiquada e medieval, o cardeal respondeu que:

 

 

 

“Também aqueles teólogos medievais, como são Tomás de Aquino, inspiraram-se na Revelação. Não podemos mudar de acordo com ideologias”, disse.

 

 

O cardeal disse que

 

 

“A ideologia do gênero não é uma ciência e destacou que aqueles que a promovem, mudam de gênero de acordo com seus prazeres. E isso não é uma ciência”.

 

 

 

Müller lembrou que

 

 

“Até o racismo e a escravidão no passado foram justificados pela ciência. O comunismo disse que estava baseado na ciência. Diante disso, aconselhou: seria necessário diferenciar o que é ciência empírica ou (o que) é uma ideologia".

 



 


 

O prefeito emérito da Congregação para a Doutrina da Fé destacou que

 

 

“Este dicastério da Santa Sé é o mais importante, porque a tarefa primordial e fundamental do papa não é dar entrevistas, mas preservar a doutrina revelada, a fé revelada. E esta é a tarefa da Congregação para a Doutrina da Fé: ajudar o papa nesta missão universal para toda a Igreja Católica, porque a doutrina da Igreja não é definida pelo papa, por este ou por outro papa, ou pelos bispos. A doutrina da Igreja tem seu fundamento na Revelação escatológica em Jesus Cristo, reiterou. Ao contrário de um partido político, que muda seus programas de acordo com a vontade dos eleitores, os católicos têm que ser fiéis à Revelação, à Palavra de Deus. E temos esta antropologia: Deus criou o homem, varão e mulher, e esta é a base antropológica da doutrina da Igreja sobre o matrimônio”, concluiu - (Resumindo: uma coisa é ser amigável e acolhedor com pessoas gays, isto é orientação da Igreja, outra inadmissível, é ser amigável e acolhedor com a prática desordenada do homossexualismo).

 

 

 

------------------------------------------------------

 

 

APOSTOLADO BERAKASHComo você pode ver, ao contrário de outros meios midiáticos, decidimos por manter a nossa página livre de anúncios, porque geralmente, estes querem determinar os conteúdos a serem publicados. Infelizmente, os algoritmos definem quem vai ler o quê. Não buscamos aplausos, queremos é que nossos leitores estejam bem informados, vendo sempre os TRÊS LADOS da moeda para emitir seu juízo. Acreditamos que cada um de nós no Brasil, e nos demais países que nos leem, merece o acesso a conteúdo verdadeiro e com profundidade. É o que praticamos desde o início deste blog a mais de 20 anos atrás. Isso nos dá essa credibilidade que orgulhosamente a preservamos, inclusive nestes tempos tumultuados, de narrativas polarizadas e de muita Fake News. O apoio e a propaganda de vocês nossos leitores é o que garante nossa linha de conduta. A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos as postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente, a posição do blog. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte. Não somos bancados por nenhum tipo de recurso ou patrocinadores internos, ou externo ao Brasil. Este blog é independente, e representamos uma alternativa concreta de comunicação. Se você gosta de nossas publicações, junte-se a nós com sua propaganda, ou doação, para que possamos crescer e fazer a comunicação dos fatos, doa a quem doer. Entre em contato conosco pelo nosso e-mail abaixo, caso queira colaborar:

 





filhodedeusshalom@gmail.com

 

 

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

TRANSLATE

QUEM SOU EU?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado APOLOGÉTICO (de defesa da fé, conforme 1 Ped.3,15) promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim" (João14, 6).Defendemos as verdade da fé contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha a verdade, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por ela até que Ele volte(1Tim 6,14).Deus é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade. Este Deus adocicado, meloso, ingênuo, e sentimentalóide, é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomás de Aquino).Este apostolado tem interesse especial em Teologia, Política e Economia. A Economia e a Política são filhas da Filosofia que por sua vez é filha da Teologia que é a mãe de todas as ciências. “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

POSTAGENS MAIS LIDAS

SIGA-NOS E RECEBA AS NOVAS ATUALIZAÇÕES EM SEU CELULAR:

VISUALIZAÇÃO DE ACESSOS NO MÊS

ÚLTIMOS 5 COMENTÁRIOS

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger