A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas no todo ou em parte, não significa necessariamente, a adesão às ideias nelas contidas, nem a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Todas postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores primários, e não representam de maneira alguma, a posição do blog. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo desta página.
Home » , » Mauricio Souza: “homofobia” ou Crime de Opinião?

Mauricio Souza: “homofobia” ou Crime de Opinião?

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 31 de outubro de 2021 | 10:23

 


 

 

 

Do jeito que a coisa anda no Brasil, eu a cada dia que passa me orgulho de ser um autêntico "desatualizado"! 






O atleta brasileiro Mauricio Souza merece todo nosso respeito e apoio, principalmente por parte dos Cristãos e pessoas do bem! Sacrificou sua carreira profissional em nome da Verdade! Não tenho dúvidas que Deus o recompensará, pois preferiu agradar mais a Deus que aos homens (conf. Gálatas 1,10) – Eis o que o atleta disse de forma simples:   "Ah, é só um desenho, não é nada demais... Vai nessa que vai ver onde vamos parar…", escreveu o jogador, com a imagem de um falso e não original Super-Homem homossexual. 






Após sofrer pressão do Minas para fazer uma retratação depois de declarações interpretadas como supostamente “homofóbicas”, Maurício de Souza postou um vídeo em sua conta no Instagram pedindo desculpas por "defender o que acredita". Apesar do pedido de desculpas, o jogador reforçou que seguirá defendendo sua opinião:

 

 

“Vim aqui para pedir desculpas a todos que se sentiram ofendidos com a minha opinião, por eu defender aquilo que eu acredito. Não foi a minha intenção. Assim como vocês defendem o que vocês acreditam, eu também tenho o direito de defender o que eu acredito. E precisamos lutar por isso!”

 

 




Muito antes do “Superman” homossexual

 

 

 


 

 

Muito antes de o Super-homem “sair do armário”, nossos problemas começaram quando passamos a praticar uma indiscriminada tolerância para com o pecado de nossos filhos — ou pior: quando abandonamos a própria noção de pecado.[Este texto não é de autoria nem do Pe. Paulo Ricardo nem da Equipe Christo Nihil Praeponere, como se pode depreender do tom bastante pessoal com que foi escrito.]

 

 

 

 

Minha avó foi uma dessas pessoas que se converteu na idade adulta. Quando passou a conhecer a fundo a doutrina da Igreja, já havia criado todos os filhos. Por isso, na adolescência deles, se angustiou muito com a vida de pecado que levavam. Seu filho mais novo, por exemplo, começou a namorar muito jovem e, como os demais de nossa época, tinha uma vida sexual ativa com a própria namorada. Minha avó sabia e não deixava de o advertir: dizia que aquilo estava errado, que aos olhos de Deus eles estavam no pecado etc. Seus conselhos, no entanto, só encontravam ouvidos moucos. Um dia, porém, na sala da casa dela, meu tio decidiu estender um colchão em frente à TV, para ele e a namorada deitarem. A ideia era só essa mesma, e nada aconteceu além disso. Mas minha avó não podia deixar aquilo passar. (A essa altura, nem é preciso dizer que, para ela, era simplesmente impensável permitir que seu filho e a namorada dormissem juntos dentro de sua casa. Isso não era sequer uma hipótese.) Voltando à história. Depois que a namorada de meu tio já tinha saído, minha avó e meu avô chamaram o meu tio num canto e lhe disseram o seguinte: “Olha, meu filho, nós já lhe dissemos várias vezes que não está certo o jeito que você e sua namorada estão namorando… Vocês estão fora da lei de Deus e nós sabemos disso. Mas dentro da nossa casa nós exigimos respeito. Nunca mais faça o que você fez hoje!” Minha avó e meu avô nunca mais precisaram tocar no assunto. À época, meu tio continuou namorando errado — mas na casa dela os limites estavam bem claros!

 

 

 

 

Lembrei-me dessa história hoje, enquanto lia o triste episódio da retaliação que sofreu um jogador brasileiro de vôlei por protestar contra o Superman “bissexual” nas histórias em quadrinhos...

 

 

 

A única coisa que ele fez foi publicar um print da notícia em sua rede social, com o seguinte comentário: “A [sic] é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar…”. Como resposta a sua manifestação, o clube onde ele joga decidiu afastá-lo, multá-lo e ainda pedir uma retratação pública de sua parte.

 

 

 

O episódio é lamentável porque ilustra muito bem o clima ditatorial em que nos encontramos. Não é mais permitido às pessoas ter e manifestar uma opinião diferente da que é propagada pela mídia e pelas instituições em geral. Qualquer mínima divergência é imediatamente recriminada, punida, silenciada.

 

 

 

O caso em questão diz respeito diretamente a nós, que seguimos Nosso Senhor Jesus Cristo e a doutrina moral católica.

 

 

 

A Bíblia, por exemplo, está repleta de passagens condenando a prática homossexual. Vão censurar também a ela? Até quando os cristãos e suas posições terão lugar no “Admirável Mundo Novo” que está sendo forjado por nossos magistrados, jornalistas e engenheiros sociais?

 

 

 

Ao mesmo tempo, porém, “o buraco é mais embaixo”, como se costuma dizer. A um primeiro olhar, a história que contei de minha avó não tem nada a ver com o caso do “Super-homo”.  Mas a verdade é que o problema que estamos examinando tem bem pouco a ver com a homossexualidade e seus praticantes.

 

 


 

O grande mal mesmo começa lá atrás, quando os cristãos começaram a praticar uma indiscriminada tolerância para com o pecado de seus filhos. Pior: quando começaram a abandonar a própria noção de pecado!

 

 

 

-Primeiro foram as novelas, que introduziram em nossas casas o divórcio e a ideia de que não é preciso casar para se relacionar sexualmente com outra pessoa. A tudo isso nossos antepassados assistiram impassíveis, permitindo que as imagens nas telas penetrassem a mente de seus filhos para sempre. Eis a educação que a maior parte de nossas gerações passadas recebeu.

 

 

 

-Depois vieram os programas indecentes de domingo à tarde, uma pornografia soft, destinada a educar os homens para a “sacanagem” e as mulheres para a completa imodéstia no vestir. Também contra isso, nossos pais nada falaram.

 

 

 

-Agora temos a internet, e o que antes se ministrava em gotas se converteu numa verdadeira enxurrada. Depois de toda a dessensibilização moral que sofreram nossos antepassados, agora um pai de família não consegue nem mesmo “torcer o nariz” para um herói dos quadrinhos que decidiu “sair do armário”.

 

 

 

É claro que, no meio de tudo isso, há vários outros fatores em ação, como nosso sistema educacional falido, repleto de ideias progressistas e irreligiosas; o abandono da moral católica por grande parte do clero; e uma virulenta ocupação de espaços e postos de poder por pessoas que, literalmente, se crêem acima do bem e do mal.

 

 

 

A primeira pedra que rolou lá em cima, porém, e deu origem a toda essa avalanche, foi justamente o abandono da sadia moral católica.

 

 


 

Porque nos fechamos muito tempo atrás à Palavra de Deus, que estabelece na própria natureza das coisas o que é certo e o que é errado, agora nossas mãos estão atadas diante dos poderes deste mundo, que tomaram o lugar de Deus e determinam agora, a seu bel-prazer, o que é bom e o que é mau, o que se pode dizer e o que não se pode.

 

 

 

 

CONCLUSÃO:


 

 


 

Antes do Superman, portanto, muita água já passou debaixo da ponte. Você mesmo talvez tenha escutado a história de minha avó e achado um exagero a reação dela à “aventura” do meu tio… Mas eram atitudes como a dela que nos impediam de chegar ao estado de depravação moral e sexual que nos encontramos hoje. A atual militância Gay está mais atrapalhando que os ajudando a serem aceitos e respeitados. Confesso que pra mim pessoalmente, pessoas LBTQS+ e afins, sempre foram apenas seres humanas, imagem e semelhança de Deus, e portanto, dignas de respeito e solidariedade. Nunca pensei em tratá-los diferentes, trato-os comumente, como sempre tratei a todos! Pois tenho amigos(as) de infância que são hoje, HOMOSSEXUAIS ASSUMIDOS(AS).Vejo-os como PESSOAS NORMAIS e iguais a qualquer um, não são seres especiais, pois são como todos nós, passives de erros e acertos, qualidades e defeitos. Uns são cultos e inteligentes, outros(as) como nós, nem tanto. Uns são tolerantes, outros(as) não, o que não é nenhuma novidade! O que está acontecendo aqui no Brasil e no mundo meu Deus? Sério… estou atordoado! Em nome da JUSTA “inclusão” estão importando linguagem neutra, banheiro unissex, nos aterrorizam com um patrulhamento torturante no uso das palavras, usando a etimologia da forma que lhes convém. Querem respeito, mas não respeitam ninguém. Lutam por inclusão, mas não incluem nem penalizam quem não faz rampa de acesso em ambientes públicos, banheiros adaptados para cadeirantes, não se importam em ter no atendimento alguém apto a linguagem de sinais, raríssimo encontrarmos escritos em código braille para os cegos, capacitar escolas públicas para melhor atender os autistas e pessoas com deficiência física e psicológica. Enfim, pra mim, tudo isso está ficando a cada dia muito difícil de lidar, e não vejo como esse parâmetro de exigência, cobrança, corporativismo e punição vai ajuda-los, pelo contrário, vejo um distanciamento involuntário das pessoas e de grupos que até simpatizam com alguns pontos de suas pautas, como eu, mas assim como já foi na religião sectarista, isto em nada ajudou e nem ajuda, só atrapalha e cria ainda mais rejeição. É preciso que essas pessoas e movimentos façam uma AUTO-CRÍTICA  e reavaliarem não suas justas pautas, mas o MODUS OPERANDIS. 






Vivemos em uma sociedade com feridas tamanhas, em todos os sentidos, que leva uma simples expressão de ponto de vista a um festival de intolerância e mais desrespeito uns para com os outros. Para que isso? Não se chega a lugar algum aquele(a) que para defender seus direitos e pontos de vista, deprecia, retira, ou diminui o direito do outro de também, se expressar. Já passou da hora de pararmos de nos calar por medo! Expressar o seu ponto de vista não é desrespeito, não é preconceito! Jamais! Pois eu posso apresentar o que eu acredito e continuar amando quem pensa e faz diferente de mim! Bendita verdade que nos liberta, e essa verdade é Cristo, e a sua palavra que nos salva. Suplicamos que logo Ele volte para nos salvar de tamanhas mentiras que estão a desfigurar o seu povo e os verdadeiros valores! Maranathá!!!

 

 

 

Fonte:https://padrepauloricardo.org/blog/muito-antes-do-superman-homossexual?utm_content=buffer805c9&utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer&fbclid=IwAR3UqB_CDPNMrdspR2AToHdtRj9Q_WKnnGY2kk4yGwbVMGfJbjDcQiYQwDA

 

 

 

------------------------------------------------------

 

 

APOSTOLADO BERAKASHComo você pode ver, ao contrário de outros meios midiáticos, decidimos por manter a nossa página livre de anúncios, porque geralmente, estes querem determinar os conteúdos a serem publicados. Infelizmente, os algoritmos definem quem vai ler o quêNão buscamos aplausos, queremos é que nossos leitores estejam bem informados, vendo sempre os TRÊS LADOS da moeda para emitir seu juízo. Acreditamos que cada um de nós no Brasil, e nos demais países que nos leem, merece o acesso a conteúdo verdadeiro e com profundidade. É o que praticamos desde o início deste blog a mais de 20 anos atrás. Isso nos dá essa credibilidade que orgulhosamente a preservamos, inclusive nestes tempos tumultuados, de narrativas polarizadas e de muita Fake News. O apoio e a propaganda de vocês nossos leitores é o que garante nossa linha de conduta. A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos as postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente, a posição do blog. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte. Não somos bancados por nenhum tipo de recurso ou patrocinadores internos, ou externo ao Brasil. Este blog é independente e representamos uma alternativa concreta de comunicação. Se você gosta de nossas publicações, junte-se a nós com sua propaganda, ou doação, para que possamos crescer e fazer a comunicação dos fatos, doa a quem doer. Entre em contato conosco pelo nosso e-mail abaixo, caso queira colaborar:

 

 

 

filhodedeusshalom@gmail.com

 

Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 1 Comentário. Deixe o seu!

1 de novembro de 2021 07:18

FÃS DE MAURÍCIO COM A FAIXA: "NÃO À DITADURA IDEOLÓGICA DE EXPRESSÃO", POR MUITAS PESSOAS CONCENTRADAS NA PORTA DO MINAS TÊNIS CLUBE-MTC, APÓS A DEMISSÃO DELE POR NÃO SER "POLITICAMENTE CORRETO", POR NÃO TER DIREITO DE SE EXPRESSAR SEGUNDO JULGA SER CORRETO, COMO POR COLOCAR-SE RESOLUTAMENTE ADVERSÁRIO DO DEMONÍACO HOMOSSEXUALISMO!
A peste do regime comunista que Nossa Senhora previu em Fátima está se cumprindo ipsis litteris, quer dizer, seguindo à risca todas as profecias, integralmente, e o jogador de basquete, Maurício Souza do MTC foi sumariamente demitido - até era cotado para a Seleção Brasileira - apenas por discordar desses pensamentos e ações autoritárias desses martelo e foice satanistas-NOM-Maçonaria que são totalmente repugnantes, especialmente para quem for um católico assumido, esse será bastante mais perseguido por esses fanáticos e beligerantes genocidas material-ateístas das esquerdas, essencialmente cristianófobos!
Assim, todos os aderentes à bandeira vermelha, representando o sangue dos adversários e sob a estrela de 5 pontas que é o pentagrama satânico, portanto, socialistas e comunistas, sem qualquer exceção, são cúmplices de muitos genocídios às dezenas de milhões, por ex., caso Holodomor, é um assumido assassino pró sua macabra ideologia, um celerado, tanto mais totalmente isento de nenhuma consciência religiosa ou ética-moral, quanto pior se for mais adepto convicto da ilusão satânica marxista!
Assim sendo, para nos cristãos católicos, nenhum comunonazifascista marxista lhe justifica qualquer tipo de consideração, todo e qualquer comunista é um ente que possua a mínima decência; enfim, nenhum deles é digno da mínima credibilidade por ser um fantoche das ideologias vermelhas que professa e que agem assim:"CHAME OS OUTROS DO QUE V É E ACUSE OS OUTROS DO QUE V FAZ", de Lênin, em prática por eles a todo momento!
Para piorar, são passados por severas e intensas lavagens cerebrais para propagarem com audácia e trapaças verbais tão exclusivamente suas ideologias marxistas, porque para esses bandos de mafiosos e refinados gatunos, também, "todos os meios justificam os fins" para levarem todos à escravização sob as patas dos implacáveis terroristas DITADORES COMUNISTAS - como acontece na famélica ilha-prisão Cuba e na misérrima Venezuela!
Dessa forma, agiram com Maurício Souza tachando-o de homofóbico, embora, à verdade, os vermelhos é que o são, a saberem a mais: intolerantes, discriminadores, racistas, fascistas, xenófobos, moralistas, reacionários, estúpidos e bestiais, embora esses desqualificativos pertençam a esses endiabrados martelo e foice!

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

TRANSLATE

QUEM SOU EU?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado APOLOGÉTICO (de defesa da fé, conforme 1 Ped.3,15) promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim" (João14, 6).Defendemos as verdade da fé contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha a verdade, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por ela até que Ele volte(1Tim 6,14).Deus é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade. Este Deus adocicado, meloso, ingênuo, e sentimentalóide, é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomás de Aquino).Este apostolado tem interesse especial em Teologia, Política e Economia. A Economia e a Política são filhas da Filosofia que por sua vez é filha da Teologia que é a mãe de todas as ciências. “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

POSTAGENS MAIS LIDAS

SIGA-NOS E RECEBA AS NOVAS ATUALIZAÇÕES EM SEU CELULAR:

VISUALIZAÇÃO DE ACESSOS NO MÊS

ÚLTIMOS 5 COMENTÁRIOS

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger