A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas no todo ou em parte, não significa necessariamente, a adesão às ideias nelas contidas, nem a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Todas postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores primários, e não representam de maneira alguma, a posição do blog. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo desta página.
Home » » Bil Gates: Seis razões que justificam um mundo melhor por causa do Capitalismo e não Comunismo!

Bil Gates: Seis razões que justificam um mundo melhor por causa do Capitalismo e não Comunismo!

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 28 de setembro de 2014 | 22:01

(foto reprodução: Bill e Melinda Gates)




“O mundo evoluiu economicamente para a melhor drasticamente nessas últimas décadas! Bill e Melinda Gates irão te ajudar a entender um pouco melhor essa história!”




(por Rodrigo da Silva)




Na carta anual da Fundação Bill e Melinda Gates de 2014, o fundador da Microsoft e sua esposa jogaram todo pessimismo de lado e arregaçaram as mangas para mostrar como a humanidade vem evoluindo ao longo das últimas décadas! Ainda não estamos no paraíso, mas estamos saindo do inferno! Muita coisa ainda precisa mudar, é verdade – e particularmente eu apostaria no fortalecimento de instituições inclusivas no continente africano e asiático, além de um aumento da liberdade econômica nessas regiões, para vermos um novo salto nas próximas décadas, mas os seres humanos estão provando ser realmente incríveis:





Desde 1990, o número de pessoas muito pobres no mundo diminuiu 50%






Sim, o mundo é um lugar muito melhor para as pessoas mais pobres! E se formos um pouco além do prazo estabelecido pelo seu quadro, chegaremos a números ainda mais inacreditáveis. Quer alguns exemplos? Vamos lá:




a)- Os sul coreanos vivem, em média, 26 anos a mais e ganham 15 vezes mais por ano do que em 1955 (ganham 15 vezes mais também que os norte coreanos, mas essa é outra história).



b)- Os mexicanos vivem agora, em média, mais do que os britânicos viviam em 1955.



c)- Em Botswana a população ganha, em média, mais do que os finlandeses ganhavam em 1955 (eu escrevi sobre a evolução de Botswana aqui, caso você tenha aprendido a ler em português).



d)- A proporção de vietnamitas vivendo com menos de dois dólares por dia caiu de 90% para 30% em 20 anos. Não é pouca coisa.






Desde 1960, a expectativa de vida das mulheres na África Subsaariana aumentou em 16 anos!





Durante esse período não apenas a expectativa de vida das mulheres na África Subsaariana aumentou de 41 para 57 anos, como cada ser humano do planeta ganhou em média quase 3 vezes mais dinheiro (tendo em conta a inflação), ingeriu mais um terço de calorias provindas dos alimentos e pode esperar viver mais um terço dos anos. Nada mal, hein?





Sete das economias que mais crescem no mundo estão na África!







Sim! Os ricos como você ficaram mais ricos, é verdade, mas os pobres ficaram ainda melhores nas últimas décadas – e aqui no Brasil também! Os pobres do mundo em desenvolvimento aumentaram o seu consumo 2 vezes mais depressa do que o mundo como um todo entre 1980 e 2000.Os chineses são 10 vezes mais ricos e vivem 28 anos a mais do que há 50 anos. Até os nigerianos são 2 vezes mais ricos e vivem 9 anos a mais do que em 1955.Apesar da duplicação da população mundial, a porcentagem de pessoas que vivem na absoluta pobreza caiu mais da metade – para menos de 18%.





A porcentagem de crianças africanas que estão frequentando a escola quase dobrou desde 1970





Ao longo dos últimos 50 anos, o rendimento real per capita só caiu em 6 países (Afeganistão, Haiti, Congo, Libéria, Serra Leoa e Somália; vale destacar que boa parte desses países viram regimes socialistas destruírem ainda mais suas precárias economias no último século), e a expectativa média de vida desabou em 3 (Rússia, Suazilândia e Zimbábue). Nos restantes todos os índices socioeconômicos subiram a todo vapor.E na educação não é diferente. Entre 1990 e 2010, a taxa de alfabetização mundial subiu de 76% para cerca de 84%. No Nepal, apenas 17% das mulheres sabiam ler em 1990 – em 2010, esse número havia subido para 48%.





Em países onde o índice de mortalidade infantil é alto, as mulheres tendem a ter mais filhos!






Mas o número de mortalidade infantil está diminuindo na maioria dos países, então o número de crianças por família está ficando menor também.Em 1970, todos os homens da aldeia de Manupur, na Índia, disseram querer ter o maior número de filhos possível. Quando os pesquisadores retornaram ao local, 12 anos depois, menos de 20% disseram querer três ou mais filhos.Em 1981, as mulheres de Bangladesh, do mesmo modo, tinham uma média de 7 filhos - nos anos 1990, esse número caiu para uma média de 3. Vocês dois – e vocês aí atrás da tela – devem estar se perguntando por que raios isso aconteceu.Explico: por uma série de fatores - revolução verde, aumento da renda e da qualidade de vida, introdução de anticoncepcionais, etc, etc. E não é apenas o planejamento familiar que está melhorando em todo mundo. A mortalidade infantil segue a mesma evolução. Especialmente nos países pobres – só para se ter uma ideia, a mortalidade infantil é hoje em dia mais baixa no Nepal do que era na Itália em 1951.





Um bebê nascido em 1960 tinha 20% de chances de morrer antes dos 5 anos. Para uma criança nascida hoje, a chance é menor do que 5%





A faixa da população asiática que vivia na pobreza caiu de cerca de 50%, em 1975, para 25%, em 1995. O número absoluto de asiáticos nessa condição também declinou, de 1,15 bilhão para 825 milhões no período considerado acima, ainda que a população tenha crescido 60%.A pobreza caiu nas últimas 5 décadas mais do que nos últimos 500 anos. E isso se traduz em sobrevivência. Desde 1990, a taxa global de mortalidade de crianças com menos de 5 anos caiu de 90 mortes por 1000 nascimentos para 46 em 2013. Se hoje esse risco é de 5%, a previsão é que em 2035 esse número seja de meros 1,6%.




FONTE: http://spotniks.com/bill-gates-e-sua-esposa-dao-6-razoes-para-voce-acreditar-que-o-mundo-esta-melhor/








------------------------------------------------------

 

 

 

 

 

APOSTOLADO BERAKASH: Como você pode ver, ao contrário de outros meios midiáticos, decidimos por manter a nossa página livre de anúncios, porque geralmente, estes querem determinar os conteúdos a serem publicados. Infelizmente, os algoritmos definem quem vai ler o quê. Não buscamos aplausos, queremos é que nossos leitores estejam bem informados, vendo sempre os TRÊS LADOS da moeda para emitir seu juízo. Acreditamos que cada um de nós no Brasil, e nos demais países que nos leem, merece o acesso a conteúdo verdadeiro e com profundidade. É o que praticamos desde o início deste blog a mais de 20 anos atrás. Isso nos dá essa credibilidade que orgulhosamente a preservamos, inclusive nestes tempos tumultuados, de narrativas polarizadas e de muita Fake News. O apoio e a propaganda de vocês nossos leitores é o que garante nossa linha de conduta. A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos as postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente, a posição do blog. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte. Não somos bancados por nenhum tipo de recurso ou patrocinadores internos, ou externo ao Brasil. Este blog é independente e representamos uma alternativa concreta de comunicação. Se você gosta de nossas publicações, junte-se a nós com sua propaganda, ou doação, para que possamos crescer e fazer a comunicação dos fatos, doa a quem doer. Entre em contato conosco pelo nosso e-mail abaixo, caso queira colaborar:

 

 

 

filhodedeusshalom@gmail.com

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

TRANSLATE

QUEM SOU EU?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado APOLOGÉTICO (de defesa da fé, conforme 1 Ped.3,15) promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim" (João14, 6).Defendemos as verdade da fé contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha a verdade, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por ela até que Ele volte(1Tim 6,14).Deus é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade. Este Deus adocicado, meloso, ingênuo, e sentimentalóide, é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomás de Aquino).Este apostolado tem interesse especial em Teologia, Política e Economia. A Economia e a Política são filhas da Filosofia que por sua vez é filha da Teologia que é a mãe de todas as ciências. “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

POSTAGENS MAIS LIDAS

SIGA-NOS E RECEBA AS NOVAS ATUALIZAÇÕES EM SEU CELULAR:

VISUALIZAÇÃO DE ACESSOS NO MÊS

ÚLTIMOS 5 COMENTÁRIOS

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger