A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » A Sede de Deus, de Paz, de felicidade e do amor verdadeiro em um mundo que expulsa Deus

A Sede de Deus, de Paz, de felicidade e do amor verdadeiro em um mundo que expulsa Deus

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 9 de setembro de 2015 | 14:35




Mateus 24,12: “E, por se multiplicar a maldade, o amor esfriará...”


2 Tim 4,3-4: “Pois virá o tempo em que os homens não suportarão a sã doutrina, mas desejosos de ouvir coisas novas e agradáveis, cercar-se-ão de mestres segundo os seus desejos, e desviarão os ouvidos da verdade e se aplicarão às fantasias.” (Trocar as satisfações da Crença pelas das DESCRENÇAS, no fundo é trocar seis por meia dúzia...).




Ateu pergunta para o Cristão: “ - Se Deus é bom, porque permite tanta maldade e não faz nada? O Cristão responde: - Sabia que esta é a pergunta que mais temo que Deus me faça também quando eu tiver na presença d’Ele ?...”

CONCLUE O ATEU: Ora se Ele não acaba, não é ONIPOTENTE, e se não sabe como acabar, não é ONICIENTE, logo, Deus não existe.

Realmente, essa é uma pergunta muito boa, para a qual talvez não exista uma resposta conclusiva, pois no fundo trata-se de um mistério.Para entender como se chegou a essa situação, é necessário regredir um pouco no tempo em busca das raízes do problema:

“Se Deus não existe então tudo é permitido” – Dostoievski


Pascal dizia que “é  mais vantajoso e inteligente viver como se Deus existisse”, do que como se não existisse, pois:


1)- Se Deus NÃO EXISTE  e eu vivo como se Ele existisse, e procuro PRATICAR OS 10 MANDAMENTOS, não perco nada e torno o mundo melhor.



2)- Agora se Deus EXISTE  e eu vivo como se Ele não existisse, e FAÇO O CONTRÁRIO DOS 10 MANDAMENTOS, minha recompensa não será nada boa e torno o mundo pior. Portanto, é melhor viver como se Deus existisse.



RAÍZES DA PROBLEMÁTICA AO INDIFERENTISMO RELIGIOSO:



1)- Um dos fatores que contribuiram para dar origem a essa atitude DE  ATEÍSMO e descrença, foram as guerras de religião do século XVI, cujas conseqüências Descartes chegou a presenciar manifestações de fanatismo as mais diversas, em que cada grupo afirmava estar na verdade e queria convencer os demais pela imposição de uma SUPOSTA VERDADE, e não pela própria verdade PROPOSTA e questionadora.



2)-Ora, uma vez que se afirme que todas as religiões são iguais (TODAS SALVAM ? E AS QUE NÃO SE CONSIDERAM DE SALVAÇÃO ?),que dependem do gosto de cada um,o passo seguinte é uma indiferença absoluta, que no fundo admite que nenhuma delas está na verdade e nenhuma possui valores absolutos, mas relativos. Surge então o relativismo, ou a ACHOLOGIA.Casa da mãe Joana!!!.




3)-O passo histórico seguinte foi o deísmo, corrente nascida na Inglaterra, segundo a qual Deus não seria senão o Grande Arquiteto do Universo que, tendo construido o mundo, o teria abandonado a seguir nas mãos do homem; neste caso, caber-nos-ia viver como se Deus não existisse, e portanto, seria preciso rejeitar a existência de milagres, da Providência ou de um Evangelho revelado, negando também qualquer intervenção de Deus na história humana. A partir daí, alguns filósofos ingleses começaram a autodenominar-se livre-pensadores, querendo dizer com isso que estavam livres da superstição (isto é, da religião), e que aceitavam somente uma religião “natural”, sem dogmas nem ritos; adotaram o lema “liberdade, igualdade, fraternidade”, que seria assumido mais tarde pela Revolução francesa. (TERMINA AQUI ? NÃO !!!).




4)-O passo seguinte na evolução dessa linha de pensamento foi, naturalmente, o agnosticismo (se é que Deus existe, não é possível conhecê-lo), ou simplesmente o ateísmo.(Onde simplesmente afirmo: Deus não existe, e faço todo um malabarismo ACHOLÓGICO tentando me auto convencer e convencer os outros de que Deus não existe). Por essa rota caminharam os filósofos da Ilustração francesa: Condillac, Diderot, D’Alembert, (que Lênin recomendava como a melhor introdução ao “ateísmo científico”).Nessa trajetória nota-se, paralelamente à expulsão de Deus da vida e do pensamento, uma divinização  do próprio homem. A atitude de Descartes atribui ao homem (à sua inteligência) qualidades que são exclusivas de Deus; Espinosa diz que o homem é parte de Deus; Kant atribui à razão humana um papel fundamental na constituição da realidade; Hegel, num panteísmo cósmico, deifica a razão humana, projetando-a como criadora de toda a realidade; e Feuerbach entroniza definitivamente o homem no lugar de Deus: “O homem é para o homem o ser supremo”, idéia plenamente aceita por Marx. Finalmente, Nietzsche, como representante de muitos outros, proclama a morte de Deus, (e vai afirmar que a HUMILDADE dos Cristãos é a virtude dos idiotas).




CONSEQUÊNCIAS LÓGICAS: se o homem não provém de cima (de Deus), só pode provir de baixo (da matéria); se a dignidade do homem provém de estar feito à imagem e semelhança de Deus, ao suprimir-se Deus suprime-se também a sua dignidade, e o homem passa a ser qualquer outra coisa (até uma ameba, verme, protozoário, etc): O homem é aquilo que come (Feuerbach); é puro sexo (Freud); provém do macaco (Darwin), que provém da matéria (os defensores atuais da geração espontânea), que provém do caos (Como se fosse possível jogar as letras do alfabeto pra cima e ao cair esperar que formem um dicionário, ou que uma explosão seja capaz de Criar um avião). Em perfeita consonância com esses princípios, pregaram-se as filosofias da inimizade: o príncipe deve dominar pelo medo (Maquiavel), o homem é o lobo do homem (Hobbes), a guerra, a luta e a contradição constituem a essência da realidade (Hegel), o ódio é o motor da história (Marx), o inferno são os outros (Sartre), devemos aprender a odiar (Lunatcharsky).



CONCLUSÃO:

O ateu vive o conflito da verdade, mas isto é bom, pois a busca pela verdade, mesmo inconsciente, é a busca pelo próprio Deus, pois Deus é a verdade...(Sto. Agostinho). 




MAS AFINAL DE CONTAS O QUE É A VERDADE ?



A filosofia vai dizer que “A verdade é a adequação do intelecto à coisa”. Se eu vejo uma laranja e tenho a ideia no meu intelecto de uma laranja, aquilo é verdade, ou seja, meu intelecto se adaptou a verdade do objeto. Porém, se eu vejo a laranja e penso é uma graviola. Esta última pode ser até mais gostosa que a laranja, mas não é verdade, pois a verdade está no objeto e não no observador.


Infelizmente no Brasil e mundo de hoje em tempos de DITADURA DO RELATIVISMO, o que mais acontece é que se olhe para uma laranja e se pense “melancia”, “cavalo”, ou uma graviola, pois conforme um grande pensador de nosso tempo disse: “O mundo hoje viaja em um NAVIO CRUZEIRO que já não se importa o destino, mas qual cardápio vai ser servido no almoço, ou jantar...”


Este conflito da verdade acontece em grande e em pequena escala em toda sociedade.UM EXEMPLO CLARO E PRÁTICO EM NOSSOS DIAS:


Um copo cheio de ácido sulfúrico, se ingerido leva a morte certo ? Esta verdade sempre foi verdade desde sempre certo ? Hoje podem surgir relativistas que afirmam que um copo com ácido sulfúrico pode não matar. Ora esta afirmação é relativa somente enquanto opinião, pois na prática ninguém se arrisca a tirar a prova tomando um copo cheio de ácido Sulfúrico concorda ?...



Tomás de Aquino dizia: A Sinceridade não é o critério da verdade, pois uma pessoa pode estar “SINCERA E HONESTAMENTE EQUIVOCADA EM SUAS CONVICÇÕES” (Seja religioso ou ateu).


Mas, todo modismo passa, e a verdade não pode ser acorrentada, e os cientistas e a própria razão estão redescobrindo isto, sem precisar de nenhuma catequese e nem imposição pela força.O homem tem sede de Deus e de eternidade, e as respostas propostas pelo ateísmo não foram suficientes e nem convincentes para fazer o homem saciar-se da plenitude da verdade. (E o bonde da história tem mostrado as tentativas frustradas e as consequências terríveis de construir uma sociedade sem Deus como foram os REGIMES COMUNISTAS ATEUS que ruíram e descambaram para ditaduras sanguinárias de esquerda).



"Os homens têm um instinto secreto, que os leva a procurar divertimentos e ocupações exteriores, nascido do ressentimento de suas contínuas misérias; e têm outro instinto secreto, resto da grandeza de nossa primeira natureza, que os faz conhecer que a felicidade só está, de fato, no repouso, e não no tumulto; e desses dois instintos contrários, forma-se neles um projeto confuso, que os leva a procurar o repouso pela agitação... E assim se passa toda a vida." (Blaise Pascal).

“Inquieto está o meu coração, e este só encontra repouso em ti...” (Confissões de Santo Agostinho).


“É preciso tomar cuidado com as paixões impossíveis, nestes casos achamos que quanto mais difícil for para conquistar a pessoa, melhor, pois  mais seduzidos ficamos. Isto não é amor, isto é vontade de ganhar, não é vontade de amar. Este amor idealizado é que gera sofrimento. Se o amor não é correspondido, deve-se simplesmente deixar a outra pessoa ir embora. Se um amor não correspondido está gerando muito sofrimento, provavelmente não se trata de um amor verdadeiro, sendo apenas uma idealização feita da pessoa, em que alguém se apaixona por aquilo que pensa que o outro é, e não por aquilo que ele realmente é.” (Padre Leo).




A filha de Billy Graham estava sendo entrevistada e a apresentadora perguntou a ela:


- Como é que DEUS teria permitido algo horroroso assim acontecer no dia 11 de setembro?


Anne Graham deu uma resposta extremamente profunda e sábia. Ela disse:


" Eu creio que DEUS ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós. Por muitos anos nós temos dito para DEUS não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas. Sendo um cavalheiro como DEUS é, eu creio que Ele calmamente nos deixou.Como poderemos esperar que DEUS nos dê a Sua bênção e Sua proteção se nós exigimos que Ele não se envolva mais conosco? À vista dos acontecimentos recentes, ataque dos terroristas, tiroteio nas escolas, etc.Eu creio que tudo começou desde que Madeline Murray O'Hare (que foi assassinada e seu corpo encontrado recentemente), se queixou de que era impróprio se fazer oração nas escolas americanas como se fazia tradicionalmente, e nós concordamos com a sua opinião.Depois disso, alguém disse que seria melhor também não ler mais a Bíblia nas escolas... A Bíblia que nos ensina que não devemos matar, não devemos roubar, e devemos amar o nosso próximo como a nós próprios. E nós concordamos.Logo depois, o Dr. Benjamin Spock disse que não deveríamos bater em nossos filhos quando eles se comportassem mal, porque suas personalidades em formação ficariam distorcidas e poderíamos prejudicar sua auto-estima (o filho do Dr. Spock cometeu suicídio). E nós dissemos:  "um perito nesse assunto deve saber o que está  falando", e então concordamos com ele.Depois alguém disse que os professores e os diretores das escolas não deveriam disciplinar os nossos filhos quando eles se comportassem mal. Os administradores escolares então decidiram que nenhum professor em suas escolas deveria tocar em um aluno quando se comportasse mal, porque não queriam publicidade negativa, e  não queriam ser processados. (Há uma grande diferença entre disciplinar e tocar, bater, dar socos, humilhar e chutar, etc.).  E nós concordamos com tudo.Aí alguém sugeriu que deveríamos deixar que nossas filhas fizessem aborto, se elas assim o quisessem, e que nem precisariam contar aos pais. E nós aceitamos essa sugestão sem ao menos questioná-la.Em seguida algum membro da mesa administrativa  escolar muito sabido disse que, como rapazes serão sempre rapazes, e que como homens iriam acabar fazendo o inevitável, que então deveríamos dar aos nossos filhos tantas camisinhas quantas eles quisessem, para que eles pudessem se divertir à vontade, e que nem precisaríamos dizer aos seus pais que eles as tivessem obtido na escola. E nós dissemos,  "está  bem".Depois alguns dos nossos oficiais eleitos mais importantes disseram que não teria importância alguma o que nós fizéssemos em nossa privacidade, desde que estivéssemos cumprindo com os nossos deveres. Concordando com eles, dissemos que para nós não faria qualquer diferença o que uma pessoa fizesse em particular, incluindo o nosso presidente da República, desde que o nosso emprego fosse mantido e a nossa economia ficasse equilibrada.Então alguém sugeriu que imprimíssemos revistas com fotografias de mulheres nuas, e disséssemos que isto é uma coisa sadia, e uma apreciação natural da beleza do corpo feminino. E nós também concordamos.Depois uma outra pessoa levou isto a um passo mais adiante e publicou fotos de crianças nuas e foi mais além ainda, colocando-as à disposição na Internet. E nós dissemos,  "está bem, isto é democracia, e eles têm direito de ter a liberdade de se expressar e fazer isso".A indústria de entretenimento então disse:  "Vamos fazer shows de TV e filmes que promovam profanação, violência e sexo ilícito. Vamos gravar música que estimule o estupro, drogas, assassínio, suicídio e temas satânicos." E nós dissemos:  "Isto é apenas diversão, e não produz qualquer efeito prejudicial.  Ninguém leva isso a sério mesmo, então que façam isso!"Agora nós estamos nos perguntando por que nossos filhos não têm consciência, e por que não sabem distinguir entre o bem e o  mal, o certo e o errado, por que não lhes incomoda matar pessoas estranhas ou seus próprios colegas de classe ou a si próprios... Provavelmente, se  nós analisarmos tudo isto seriamente, iremos facilmente compreender que nós colhemos exatamente aquilo que semeamos..."


Se uma menina escrevesse um bilhetinho para DEUS, dizendo:"Senhor, por que não salvaste aquela criança na escola?"A resposta Dele seria:


"Querida criança, não me deixam entrar nas escolas...Seu DEUS". 


É triste como as pessoas simplesmente culpam DEUS e não entendem por que o mundo está indo a passos largos para o inferno.É triste como cremos em tudo que os jornais e a TV dizem, mas duvidamos do que a Bíblia nos diz.É triste como todo o mundo quer ir para o céu, desde que não precise crer, nem pensar ou dizer qualquer coisa que a Bíblia ensina.É triste como alguém diz:  "Eu creio em DEUS", mas ainda assim segue a Satanás, que por sinal, também  "crê" em DEUS.É engraçado como somos rápidos para julgar mas não queremos ser julgados.Enviamos centenas de piadas pelo e-mail, e elas se espalham como fogo, mas quando tentamos enviar algum e-mail a respeito de DEUS, as pessoas têm medo de compartilhar e reenviá-lo a outros.Nós esquecemos de Deus e nos afastamos dele. Como podemos imaginar que ele nos livraria desses acontecimentos agora?"


Pense nisto...

Este pranto – Parábola do FILHO PRÓDIGO (Lucas 15,11-32)

Muito alegre eu te pedi o que era meu parti, num
sonho tão normal.

Dissipei meus bens e o coração também,
no fim meu mundo era irreal.

Confiei no teu amor e voltei,
sim aqui é meu lugar,
eu gastei teus bens ó pai e te dou,
este pranto em minhas mãos.


Mil amigos conheci disseram adeus
caiu, a solidão em mim.

Um patrão cruel levou-me a refletir:
meu pai, não trata um servo assim.

Nem deixaste-me falar da ingratidão,
morreu no abraço o mal que eu fiz.
Festa, roupa nova, anél, sandália aos pés.
Voltei a vida, sou feliz.

Confiei no teu amor e voltei, sim aqui é meu lugar,
eu gastei teus bens ó pai e te dou este pranto em minhas mãos.





“Deus permitindo ou impedindo, dando ou retirando está sempre nos amando...Exemplo 11 Setembro": Muitos naquele fatídico dia escaparam da morte porque ao entrar no carro percebeu que o pneu estava seco, outro ficou preso no transito, outro porque teve de levar um familiar doente ao hospital. Por tudo isto reconhecemos que devemos dar graças a Deus em todo tempo e lugar, pois nunca sabemos do que Ele está nos livrando.


Pensem nisto e que nos deixemos iluminar pela luz e sabedoria de Deus que nos diz em João 14,27:


“Eis que eu vos deixo a Paz, Eu vos  dou a minha Paz. Não vo-la dou como o mundo a dá...”
Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger