A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » , , » Um tiro que saiu pela Culatra : Deus, um delírio - Livro do mais famoso ateu militante Richard Dawkins acabou conduzindo a filósofa Laura Keynes à fé católica.

Um tiro que saiu pela Culatra : Deus, um delírio - Livro do mais famoso ateu militante Richard Dawkins acabou conduzindo a filósofa Laura Keynes à fé católica.

Written By Beraká - o blog da família on sexta-feira, 19 de julho de 2013 | 14:22





Seu nome é Laura Keynes, mas ela descende nada menos que de Darwin.

O famoso economista John Maynard Keynes, cujas teorias ainda dividem os especialistas (depois de os Estados as terem aplicado amplamente durante todo o século 20) era irmão de Geoffrey, que se casou com Margaret Darwin, tataraneta do célebre Charles.

Margaret foi a bisavó de Laura Keynes, que, dessa maneira se encontra entre os parentes de dois gigantes do pensamento mundial moderno. Estas duas figuras ainda hoje influenciam o Ocidente e seu impacto só pode ser comparado ao marxismo;não é por acaso que continuamos ouvindo falar do darwinismo e do keynesianismo.


Laura, nascida em Londres, doutorou-se em Filosofia, em 2010, na Oxford. Atualmente, mora em Cambridge, onde escreve para importantes publicações, como Times Literary Supplement, The Observer, Standpoint Magazine, e trabalha em seu primeiro livro.

Laura Keynes não apenas se converteu ao catolicismo, mas quase se transformou em uma apologista em tempo integral. Ela se uniu, de fato, ao projeto Catholic Voices, iniciativa de divulgação e apologética no mundo anglo-saxônico. Até aqui, nada excepcional, além da ascendência especial desta mulher.

O que chama a atenção é que Laura Keynes se converteu ao catolicismo depois de ter lido o best-seller “Deus, um delírio”, do famoso ateu militante Richard Dawkins.


Cabe destacar que Laura não tinha nenhuma pré-disposição familiar ao interesse pela religião. Seu pai simplesmente não se interessava pelo tema, bem como seus dois ilustres antepassados. A mãe, nascida no anglicanismo, passou ao catolicismo depois de pouco tempo (algo frequente na Grã-Bretanha), chegando a batizar sua filha no rito católico. 

Mas sua convicção era tão fraca que, depois de alguns anos, tornou-se budista (algo também comum entre as famílias de classe alta, não só na Grã-Bretanha).

Assim, Laura cresceu em um ambiente essencialmente agnóstico, no qual a religião não chegava a ser nem um hobby pessoal, mas o último dos pensamentos.


Depois, Laura cresceu e, enquanto estudava para o doutorado em Oxford, interessou-se pelo debate surgido sobre o chamado “novo ateísmo” de Dawkins.

Ela aprofundou no tema e percebeu que toda a novidade se baseava em uma instrumentalização do seu antepassado naturalista que, por outro lado, não teve nenhuma intenção de fundar um novo credo baseado no mais radical materialismo.

De fato, chegou a se incomodar bastante com as conclusões teológicas que alguns, em sua época, tentaram extrair dos seus estudos de biologia.

Em sua análise, Laura descobriu que “o ‘novo ateísmo‘ continha sempre uma semente de intolerância e de desprezo às pessoas”. 

A partir disso, ela começou uma caminhada espiritual que a levou a valorizar “a santidade e a dignidade da vida humana”.

E concluiu: 

“Escolhi livremente ser católica, depois de muitas reflexões e longas análises”. Naturalmente, sua conversão, dada sua ascendência, levantou polêmicas. Os comentários eram do tipo: “Mas ela parecia uma pessoa tão inteligente…”.

A esta altura, Laura explica que uma característica da família é a atitude de “explorar e analisar as incongruências nas provas”.


Foi isso que ela fez e a conclusão a levou diretamente ao batismo, seguindo os passos de grandes intelectuais ingleses que, usando somente seu cérebro, a precederam:

Chesterton, Lewis, Tolkien, Newman, Eliot, Waugh, entre outros.

Fonte:http://www.lanuovabq.it/it/articoli-laura-keynes-quando-lintelligenza-porta-a-dio-6875.htm
Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger