A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Nem Cunha livre e nem Lula livre – Lugar de Corrupto é na Prisão

Nem Cunha livre e nem Lula livre – Lugar de Corrupto é na Prisão

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 10 de novembro de 2019 | 16:38

(Foto compartilhada de Poder 360)







Cunha Livre ou o Estado Policial venceu, afirma Mario Rosa*



“Não pode haver seletividade de mártires. Quem apoia Lula Livre, tem que apoiar Cunha livre. O remédio é um só e para todos: nossa Constituição”


Mandei fazer uma camiseta Cunha Livre e vesti no último episódio do programa deste portal, “Reaça e Comuna”, que tenho a honra de dividir com a esfuziante e luminosa jornalista Cynara Menezes, todas as quintas-feiras. Fui vestido com minha camisa Cunha Livre para questionar um questionamento destes tempos assim chamados de “Estado Policial”.



Não se questiona tanto que há seletividade na questão dos alvos e dos punidos pelos mecanismos repressores do Estado? Então, se isso é verdade, todos que defendem Lula Livre têm que defender necessariamente Eduardo Consentino Cunha Livre também. Ou será que a defesa vai cair no erro que aponta nos acusadores? Há seletividade de mártires?


Épocas alucinadas colocam dilemas idem perante as sociedades. Lula pode ser um dia inocentado pela história. Quem se lembra do juiz que condenou Nelson Mandela? Hoje só lembramos que o apartheid foi uma praga que assolou a África do Sul e que Mandela foi um injustiçado. Assim como foram todos os judeus condenados pelos tribunais nazistas. Assim como foram todos os enviados para a morte pela justiça de Stalin.


Sabemos que o Terror decapitou inocentes na fúria cega da revolução francesa, incendiada pela chama de lavar os palácios do asco nobiliárquico.


É exatamente por sabermos de tudo isso, por estarmos cansados de saber, aliás, e justamente por sabermos bem que sociedades em determinados momentos entram em transes ou surtos provocados por líderes alucinados ou por uma alucinação coletiva, que sociedades em momentos de mínima sanidade criam e constroem algo abstrato chamado ins-ti-tu-i-ções. E no topo desse conceito vago e rarefeito está uma invenção fenomenal, chamada Constituição.É ela uma espécie de confissão de loucura das sociedades. Elas estão ali como a nos dizer:


“No dia em que ficarmos todos em transe e cegos e regredirmos à selvageria, apliquem este remédio em nós. É um antídoto chamado civilização, que extermina nossos impulsos primitivos”.


E onde entra o Cunha Livre nisso tudo?


Ora, os loucos que somos, os mesmos que reconhecemos nossa completa falta de lucidez potencial e, por isso, criamos um antídoto chamado Constituição, inventamos que nessas horas de alucinação o sanatório geral deveria ser comandado por um guardião do antídoto. E demos o nome ao guardião do antídoto de Supremo Tribunal Federal. É uma espécie de junta médica que decide se, quando, e também, o quanto de antídoto deve ser usado em cada época para curar seus ataques de insanidade.


Ora, a Constituição de 1988 determina expressamente que ninguém pode ser preso até “trânsito em julgado”. Em português que não é de criminalista, todos os loucos têm direito a recorrer até a última dose de Justiça. É assim que está na bula do remédio. Escrito em letras garrafais. Mas a junta médica decidiu que o remédio não deveria ser aplicado em certos casos. E aí, aí, bem, quando quem comanda o sanatório flerta com os surtos, ninguém controla mais doido nenhum.





Então, o fato concreto é que, para todos os efeitos práticos, Cunha, Geddel, Lula, Cabral e a turma toda estão na mesmíssima situação. E a questão é saber: teremos mártires seletivos? Há anjos no inferno ou temos de expulsar o inferno da Terra e libertar todas as almas? Quem acha repugnante que o ex-presidente da Câmara tenha de ficar nas masmorras e é contra o Cunha Livre e se emociona com o Lula idem, está sendo tão parcial e seletivo quanto aqueles que critica. E tão contraditório quanto. A Justiça não tem que ser para todos? Logo, a injustiça não pode ser para ninguém.
Se a prisão de Lula é injusta, Cunha Livre!



*Mario Rosa, 54 anos, é 1 dos mais renomados consultores de crise do Brasil. Pede que em sua biografia seja incluído o fato de ter sido jurado de miss Brasil e ter beijado o manto verde-rosa da Estação Primeira de Mangueira. Foi o autor do prefácio do primeiro plano de gerenciamento de crises do Exército Brasileiro. Atuou como jornalista e consultor. Escreve para o Poder360 semanalmente, às segundas e sextas-feiras.


Fonte: Poder 360



Não tenho medo de Lula livre, TENHO PAVOR, e vou dizer porque



E não é porque com Lula livre teremos a volta de Robin Hood, aquele que vai tirar dos ricos para distribuir com os pobres, pois todos nós já estamos mais que calejados desta falácia e vimos o que aconteceu na era Ptista: o maior período de Corrupção de nossa história, que ficará conhecido como a ERA DA PROPINOCRACIA. Para começo de conversa, sou um simples funcionário público estatal, que já militou por mais de 10 anos no PCdoB, e que portanto, sabe muito bem o que está falando.O PT como sempre se utiliza do COITADISMO,  e se diz vítima de uma campanha de ódio ao partido e às suas lideranças,arrematando que "governa para todos", e "não apenas para uns poucos", e esta é a ladainha decorada de todos eles:


"Tem gente que vê motivos para odiar o PT, afinal o PT governa para todos, principalmente para os pobres e não apenas para uns poucos. Colocamos negros e pobres nas faculdades, nos aviões, aumentamos o seu poder de compra e inclusão, etc. Quem é contra tudo isso acha que pode nos odiar...”




Ora, quem tem um mínimo de bom senso sabe que não são estes os motivos da extremada rejeição ao PT e às suas lideranças. A linha dos comerciais é a mesma do manifesto elaborado pelo presidente da legenda, Rui Falcão, junto com o ex-presidente Lula e demais lideranças. O partido reforça o discurso de que vem sendo alvo de ataques e defende que é preciso mostrar o seu legado, mas sem mencionar os escândalos em seu governo.




Ora todo e qualquer presidente, tem o por dever de obrigação do cargo governar para todos, "pois foi eleito democraticamente para avançar no projeto de construção de uma sociedade livre, justa e solidária, garantir o desenvolvimento nacional, erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais, promover o bem de todos, sem preconceito de origem, religião, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação." Eis os objetivos Pétreos fundamentais da República Federativa do Brasil consoante estabelece o artigo 3º da Constituição Federal de 05 de outubro de 1988,porém não foi isto que vimos NA ERA PTISTA ao incitar o ódio de classe entre pobres e Classe média, bem como empregados e Patrões, pois uma coisa é reivindicar legitimamente seus direitos, outra é alimentar o ódio, no discurso do NÓS CONTRA ELES. E infelizmente foi isto que vimos na era Ptista, que ao invés de promover a conciliação de classes, promoveu e favoreceu o ódio de classes, inflamando sua militância à violência de todas as formas contra quem pensa diferente, apesar de também, estes por outros meios, querer o bem comum de todos, seja pobre, rico, classe média, empregado, patrão, ou simples pequenos empreendedores.Em qualquer país civilizado, um presidente governa para todos, afinal ele é eleito para ser o presidente do país, e não de um grupo, de uma classe, uma militância, uma minoria, ou apenas parte de da parte da população que o elegeu, e PRINCIPALMENTE: Não pode chamar de trabalhador apenas o empregado, mas toda classe produtiva, geradora de emprego e renda. Não adianta favorecer políticas que beneficiem apenas o "trabalhador empregado", e que prejudiquem o empresariado, e os pequenos empreendedores autônomos, pois um depende do outro.A isenção de ânimos, a serenidade, a honestidade, a credibilidade, a coragem para realizar as mudanças necessárias, a imparcialidade, a firmeza nas decisões, a vontade de servir ao seu país, o desprendimento a bens materiais, ser um líder, ser aquele a que todos seguem por admiração, que reconhece dos próprios erros e limites,que sabe ouvir, sabe analisar, que sabe a hora certa para decidir, saber escolher seus auxiliares, enfim, não basta ter sido legitimamente eleito, mas tem que manter, assegurar e renovar constantemente esta LEGITIMIDADE com suas ações governamentais, pois do contrário a perde. Dentre muitas outras, estas são as características que deve possuir alguém que se predispõe a conduzir uma nação.Não é nada pessoal, não se trata de gostar ou não, de ser ou não simpatizante do partido do(a) presidente(a). A verdade é que com este repetitivo e inflamador discurso de ódio do NÓS CONTRA ELES (Preto contra branco,héteros contra homos, Patrão contra empregados e pobres contra ricos),o PT colhe o que plantou, e demonstrou que não reúne as condições para enfrentar o desafio que é governar um BRASIL PLURAL, e portanto perdeu esta mesma legitimidade que a eles no passado lhes foi dada,enfim, o PT precisa fazer uma auto análise.Considerando o significado do termo estratégia, que é a arte militar de escolher onde, quando e com que travar um combate ou uma batalha, que é o sentido original da palavra, ela pode ser definida também como a arte de aplicar os meios disponíveis com vista à consecução de objetivos específicos. O PT talvez no afã de legitimamente defender os menos favorecidos, os mais pobres, os mais carentes,tenha se empolgado demais e esquecido que sem patrão não há emprego. Sem empresas não há produção. Sem a sofrida e tão odiada por eles, CLASSE MÉDIA, que são justamente aqueles(as) que pagam rigorosamente seus impostos, principalmente o Imposto de Renda descontado na fonte, que não dá para sonegar, não seria possível o tal Bolsa Família, o Vale Isso ou Vale Aquilo, o Auxilio Disso ou Daquilo. De onde você pensa que vem este dinheiro? Do Céu?



Não podemos também, deixar de lembrar que a  história do Brasil não começou no governo Lula, se bem que ele acredita piamente nisto.Todo governante herda algo que teve início em governos anteriores. A estabilidade da economia começou com o PT? Claro que não! A modernização de nossa indústria começou com a liberação das exportações antes mesmo de FHC. O sucesso da telefonia não viria se o PT estivesse no poder na época de sua privatização, todos sabemos disto, pois eles votaram contra a privatização da Telebrás, e hoje todos sorridentes possuem um celular na cintura. Você lembra como era para se adquirir um telefone no passado.



Com relação CORRUPÇÃO no governo dito de conduta ilibada,realmente o PT não criou a corrupção, mas a justificou em nome de sua ideologia, onde os fins para eles, justificam os meios.Corrupção realmente sempre houve em todos os governos, o que não havia era esse nível de envolvimento dos integrantes do primeiro escalão, nunca houve provas tão explícitas do envolvimento de um presidente com falcatruas,(Mensalão,Propinoduto,Pedaladas Fiscais, Pasadena, Petrolão, etc), nem mesmo o governo Collor atingiu este nível, e mais decepcionante ainda, vindo de um partido que queria governar de forma diferenciada, não se igualando a “ELES”, como costuma dizer Lula.Educação é fundamental? Sim !!! A ignorância e a pobreza pela falta dela e de trabalho não é culpa do brasileiro. É culpa dos políticos que odeiam a educação e a cultura, pois quem tem conhecimento é livre. E com liberdade e conhecimento se pensa, decide e vota não por dependência, mas por outros valores em que acredita. Por isso eles têm pavor do voto NÃO OBRIGATÓRIO pois só votariam cidadãos(ãs) verdadeiramente livres, ou seja, os que tem/tiveram acesso à educação. E não nos esqueçamos, que a massa assalariada, especialmente a classe média, é a maior responsável pelo recolhimento de impostos que permitem essas ações "humanitárias" e sociais. Porque então, não se trabalhar e colocar as melhores mentes do País para o crescimento de forma que não se precise mais de "Bolsas Esmolas", mas ofereça ao cidadão condições de sobrevivência digna para sair desta subserviência estatal? Estes portanto, são os meus medos e pavores ,ou seja, o retorno de toda esta cantilena a qual já sabemos onde nos levou.



CONCLUSÃO



Aproximadamente 20 mil bandidos na rua pra “beneficiar” um só. O STF modificou uma jurisprudência já consolidada no mundo inteiro, em julgamentos de 2016 a 2018. A Força-Tarefa da Lava Jato afirma que 38 condenados na Lava Jato poderão ser beneficiados com a decisão. Ainda segundo o MPF-PR, outros 307 denunciados, que aguardam julgamento em primeira instância, também poderão ser beneficiados.Apelemos agora unicamente para Deus para que não venhamos a sofrer ainda mais com esta decisão motivada por interesses políticos e ideológicos daqueles 6 ministros que votaram a favor. O trabalhador e cidadão de bem não merece torna-se ainda mais refém da bandidagem por causa de meia dúzia de defensores de bandidos. Lamentavelmente O STF, mandou um recado claro a toda sociedade brasileira: “O crime compensa nesse país.” Interessante...Quem está hiper ultra alegre com esta decisão do STF além dos Ptistas, não é o cidadão de bem, que está apreensivo e mais temeroso ainda, mas bandidos. Quem se alegra hoje, amanhã poderá está chorando, e não diga que não foi avisado. Agora uma coisa é certa: Lula solto – e não livre, como se tenta falsamente vender na narrativa triunfalista montada pelo PT – vai exacerbar a polarização entre os extremos estridentes da sociedade: de um lado, bolsonaristas revoltados clamando pelo fechamento do STF e, de outro,com a participação das viúvas do famigerado e catastrófico lulopetismo, ignorando que Lula foi condenado em duas instâncias e teve a condenação confirmada pelo STJ por crime comum. Graças à revisão do Supremo Tribunal Federal a respeito do momento do cumprimento da pena no Brasil, o País volta imediatamente ao momento maior de conflagração entre antípodas políticos, que levou à eleição de Jair Bolsonaro no ano passado. A Constituição e as leis EXISTEM para defenderem os cidadãos de bem, e a ordem social (Contrato Social), punindo exemplarmente os seus infratores. Quando seus intérpretes a deturpam e invertem esta ordem, colocando em risco a sociedade, defendendo bandidos e corruptos, criando por consequência um estado social generalizado de insegurança, ela perde seu sentido.






O PT passou o último ano e meio preso a um samba de uma nota só, o da soltura do seu chefe maior. Foi um ator coadjuvante na discussão da reforma da Previdência e tem sido uma voz omissa diante dos grandes problemas nacionais, incluindo as reformas necessárias. Com Lula de volta ao palanque, vai entoar de novo a cantilena da perseguição política e tentar obter dividendos político-eleitorais de seu carisma – algo ainda duvidoso, uma vez que o antipetismo também continua forte, e tente a ganhar contornos de indignação com a decisão do Supremo. Bolsonaro foi até discreto na reação à soltura de seu inimigo favorito. Do ponto de vista político, os bolsonaristas estão no melhor dos mundos: ainda que o silêncio possa fazer com que a tropa estranhe, automaticamente galvaniza em torno do presidente aquelas franjas antipetistas que começavam a criticar a ideologização exagerada do governo, os laivos autoritários do presidente, dos filhos e a tendência ao confronto com tudo e todos. Esse pessoal já esqueceu as restrições e já se prepara para gritar “mito” de novo já pensando em 2022.Com isso, a ideia de reconstrução de alternativas moderadas de centro, centro-esquerda e centro-direita vai se perdendo no rame-rame de radicalização do discurso fácil das redes sociais, que permite mistificações como a de que Lula era um preso político e tentações golpistas como a de fechar o STF com um cabo e um soldado, dois lados dos extremos que arreganham de novo os dentes. Quem está comemorando o fim da prisão em segunda instância por causa de Lula, não ache ruim quando faltar por exemplo, medicamentos nos hospitais e postos de saúde,sabendo que isso foi fruto do dinheiro desviado do político corrupto que mesmo condenado, está solto por que comprou um habeus corpus lá em Brasília, solicitado por seus advogados e atendido em tempo récord. Doravante, não ache ruim por exemplo,  ver um empresário que atropelou e matou um pobre por dirigir embriagado e solto, por que como ele tem dinheiro pra pagar bons advogados, ele sabe que mesmo condenado ficará em liberdade por que com dinheiro que possui, pagará um advogado para recorrer até que o crime seja prescrito. O problema não é a possível soltura de Lula, mas sim o peso que essa decisão de ontem do STF tem de aprofundar ainda mais a impunidade dos crimes dos poderosos. Não se enganem, o pobre que depende da defensoria pública, atolada de trabalho, continuarão amontoando os presídios desse país, enquanto os ricos e abastados continuarão impunes e gozando a vida com o melhor que o dinheiro sujo pode comprar.Sinceramente não vejo motivos para comemorar, muito pelo contrário.


RECADO FINAL:


Todos os anti-brasileiros, os partidos vermelhos, planejam realizar manifestações em todo o Brasil. A principal finalidade é a provocação, gerar o descrédito das autoridades e perturbar a ordem. Vocês que são brasileiros do bem, não filmem os eventos, não repassem o que receberem, não encaminhem para ninguém. Apaguem a propaganda vermelha, force-os a fazerem propaganda para si mesmos.Quebrem a rede de difusão do mal.


NÃO DISCUTAM. NÃO CRIEM ECO. IGNORE-OS NA REDE. NÃO FAÇA COMENTÁRIOS!!!


As redes sociais só funcionarão como uma mídia de divulgação para eles se assim o permitirmos. Trate-os como se não existissem. Eles só ganham força se tiverem contrapontos, discussões, divulgação e encaminhamento de mensagens. Não caia na armadilha de disseminar o ódio e quebre a corrente.Para eles, Deus, o país, a família e os valores morais não têm nenhum sentido.


REPETIMOS: NÃO DÊ ECO! Eles cairão por si só! Simplesmente Ignore-os, e repassem essa mensagem em todas as suas redes sociais.


“BRASIL ACIMA DE TUDO! DEUS ACIMA DE TODOS!”    


Apostolado Berakash

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino) “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger