A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas no todo ou em parte, não significa necessariamente, a adesão às ideias nelas contidas, nem a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Todas postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores primários, e não representam de maneira alguma, a posição do blog. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo desta página.
Home » , , » Existe uma homofobia que deve ser reprovada e combatida e outra que deve respeitada?

Existe uma homofobia que deve ser reprovada e combatida e outra que deve respeitada?

Written By Beraká - o blog da família on sábado, 15 de junho de 2013 | 14:36






É Melhor ser Sincero do que ficar posando de hipócrita e neutro para agradar a gregos e troianos, não acham? E detalhe, nem Cristo agradou a todos, quanto mais nós! Em certo sentido, sou homofóbico sim com relação às "práticas depravadas" da militância gay .








Em uma sociedade democrática não posso ter opinião contrária? Se pelo ao menos os gays ficassem quietinho no canto deles vivendo a sua homossexualidade SEM MMILITÂNCIA, não seriam tão retaliados. Mas, além da depravação, querem impor o gayzismo, casamentos, adotar filhos e ainda querem que nós Cristão fiquemos calados? É querer demais de nós Cristãos não acham? Ora, toda ação tem reação, é um princípio básico da vida meus amados(as).Não quero aqui convencer ninguém a pensar igual a mim, mas apenas colocar meu ponto de vista, já que vivemos em uma sociedade dita "democrática e com liberdade de expressão até agora"(não sei no futuro com o PT governando). Minha "homofobia" não é com relação a pessoa em si do homossexual, a ponto de despreza-los e rejeitá-los com violência e discriminações, Não! Jamais! Quem age assim para com a pessoa do homossexual, está sendo desumano e injusto, e se for Cristão, não age como um verdadeiro Cristão! Pois constatamos que estes pobres coitados, são mais vítimas que cúmplices, e são mera massa de manobra destas ditas "vanguardas ideológicas". A minha homofobia é com relação a esta DITADURA da CULTURA GAY que quer se impor a qualquer custo, inclusive por força de lei à Sociedade. Por fim, minha homofobia é unicamente com esta militância promíscua e depravada de suas lideranças e militâncias fanáticas e neuróticas, que chegam ao ponto de invadir espaços religiosos e cometer vilipêndio religioso, favorecendo a CRISTOFOBIA que também é crime."
















A questão aqui não é mover uma guerra contra os homossexuais, ou a pessoa que leva uma vida homossexual sem militância, mas o movimento LGBT militante, e suas reivindicações absurdas! 











Ninguém aqui apoia a violência contra pessoas por sua orientação sexual, religiosa ou de raça, somos seres humanos civilizados! Somos progressistas! Propomos uma evolução, uma novidade, que a família natural passe a ser valorizada como a instituição mais importante da sociedade! Desejamos que a TV em seus programas, novelas e seriados também façam apologia à fidelidade conjugal, à obediência aos pais, ao sexo responsável e que toda a sociedade seja alertada para o caos que recai para uma sociedade que ignora os princípios divinos.




Se lideranças “pró homoafetividade” podem falar e fazerem o que bem querem, porque negar este direito de pensar diferente? Somos agora obrigados(as) a pensar todo mundo igual? Vejam isto:





"Precisamos de vocês heterossexuais para que reproduzam e se tornem novos Gays e novas Lésbicas" - (Palavras de Luiz Mott, ativista Gay, em entrevista no Jô Soares).






(foto reprodução - Luiz Mott)






Em 2013 Jair Bolsonaro mui acertadamente, disse:

 



“Antigamente não existia essa quantidade enorme de homossexuais como temos hoje em dia! Eles não querem igualdade, eles querem privilégios. Eles querem é nos prender porque nós olhamos torto pra eles, nos prender porque nós nos levantamos de uma mesa pra tirar nossos filhos menores de idade ao ver dois homens ou duas mulheres se beijando na nossa frente (como se no restaurante fosse um local pra fazer isso, sejam homo, ou héteros). Eles querem é privilégios! Eles querem se impor como uma classe à parte!" E sem querer generalizar para não ser injusto, (pois nem todos os homossexuais são iguais, inclusive tenho amigos(as) homossexuais que não concordam com esta depravada e promíscua APOLOGIA DA CULTURA GAY). Porem, é fato que a maioria dos Gays assumidos e MILITANTES são depravados(as), e sofrerem daquilo que a psicologia chama de "TESCOM" - Querem saber o que é isso?













RESPOSTA: Transtorno Emocional, Sexual-copulativo e Moral (ou seja, só pensam em Sexo, como se a vida se resumisse aos órgãos genitais)!?






Por causa disto devem agora obrigar PELA LEI a todos serem também? E Chamam a isto de liberdade e Felicidade ?











A Ciência já comprovou: "Não existe Gene Gay, ninguém nasce Gay, mas opta em ser Gay" - Portanto, é questão de opção, e uma opção segundo a Moral Cristã revelada por Deus nas escrituras, errada, promíscua, desregrada e escravizante! 
Por que esta parcela de G A Y S militantes e assumidos, que não conseguem conviver com a maioria da sociedade, que são pessoas normais, não vão todos morar em uma Ilha? Já que são minoria, mas pessoas inteligentes e de posse, por que não compram um Condomínio só pra eles? E assim, poderem fazer a sua Sodoma e Gomorra particular! Então ai podem FAZEREM TUDO QUE QUISEREM POR LÁ SEM SEREM IMPORTUNADOS, e deixarem os outros que não concordam com isto em Paz ?














E me poupem! Não me venham com este papo furado de você está promovendo a Homofobia (que seria o pavor de homossexuais), pois não se trata disto como já expliquei acima, e repito: Repudio não a pessoa do homossexual que é mais vítima que cúmplice destas vanguardas ideológicas, mas repudio suas práticas depravadas, promíscuas e ante Cristãs. Definitivamente, o termo homofobia não se aplica aqui, mas simplesmente o direito a liberdade de pensamento! Se o argumento fosse válido, Deus não desaprovaria estas práticas como fez em Sodoma e Gomorra. Só falta dizerem que DEUS e a bíblia são HOMOFÓBICOS ?












O problema não é a pessoa optar por uma vida HOMOSEXUAL, mas a APOLOGIA AO “HOMOSEXUALISMO CULTURAL”






O problema é que os homossexuais querem impor-se a qualquer custo invadindo a privacidade e liberdade dos outros! O seu direito termina onde começa o meu, concorda? Esta é a regra mínima para a convivência em sociedade!






Respeito é uma via de mão dupla -  concorda?












Querem ser respeitados(as) em suas opções? Então, respeitem primeiro as opções dos outros! Estas paradas Gays são uma Verdadeira Depravação e deboche sem tamanho, e uma afronta a moral e bons costumes das pessoas normais quer sejam Cristãos ou não; e quando não, em muitos casos: Vilipêndio Religioso, que é Crime!










O dinheiro que governos estaduais e municipais gastam apoiando esta depravação, não seria melhor aplicado na Saúde e Segurança que está um caos ?






Quando falamos de DITADURA GAY, é porque eles não respeitam ninguém, e COM SUAS DEPRAVAÇÕES SUPOSTAMENTE PROTEGIDAS PELA LEI, se julgam no direito de achar que todos são depravados que nem eles também! Ora tenha paciência! 
Novamente não digo todos, mas a maioria, só andam rebolando o traseiro de forma ridícula, para chamar atenção para seus desejos libidinosos, insensatos, não ordenados e naturais, mas forçados para causar! Quando olham para alguém, já olham com olhar de desejo e  convite sexual, não importando-se com nada. Só vivem pensando em sexo e órgãos genitais? Anus é um órgão excretor, foi feito pra defecar e ponto final! Qualquer um que use para outros fins, peca contra a Moral Cristã, e está errado tanto homo, como héteros, tanto do sexo masculino como feminino, quem é Cristão sabe disso!











Como podem querer uma reação passiva por parte de toda a sociedade que em sua maioria é Cristã, pacífica, e ordeira?




Como querem então a todo custo que esta maioria aceite este modo ANORMAL e não natural de vida? E ainda querem impor a exceção por força de lei como regra para toda sociedade? Que eles busquem se converter, peçam perdão a Deus por esta depravação, e parem de promover a promiscuidade!





Por fim amados(as), entendam uma coisa:












Se não podemos lutar contra nossos erros e pecados, isto não é motivo e nem muito menos justificativa, para nos unirmos a ele, "institucionalizando o pecado", mas lutar até o fim! Suplicando a graça e auxílio de Deus neste duro combate. A homossexualidade vivida de forma Cristã, na luta contra as suas práticas não naturais é caminho de Santidade, não temos nenhuma dúvida sobre isto! Portanto, busquem se converter, peçam perdão a Deus por esta promiscuidade, e parem de promover a depravação! Todo trabalho social é importante, mas NÃO COMPRA A NOSSA SALVAÇÃO! Acima de tudo, precisamos cuidar da nossa santificação pessoal, do contrário as obras por mais dignas e meritórias que sejam, já não adiantarão de nada diante de Deus, conforme lemos Mateus 6,1-4:




"Guardai-vos de fazer a vossa caridade diante dos homens, para serdes vistos por eles; aliás, não tereis galardão junto de vosso Pai, que está nos céus. Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita; Para que a tua esmola seja dada em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, ele mesmo te recompensará publicamente".








PS. Se alguém se sentiu ofendido(a), peço-lhe encarecidamente que mostre-me onde foi a ofensa e farei a devida retratação, bem como dar-lhe o direito de resposta, publicando seu comentário.












------------------------------------------------------

 

 





APOSTOLADO BERAKASHComo você pode ver, ao contrário de outros meios midiáticos, decidimos por manter a nossa página livre de anúncios, porque geralmente, estes querem determinar os conteúdos a serem publicados. Infelizmente, os algoritmos definem quem vai ler o quê. Não buscamos aplausos, queremos é que nossos leitores estejam bem informados, vendo sempre os TRÊS LADOS da moeda para emitir seu juízo. Acreditamos que cada um de nós no Brasil, e nos demais países que nos leem, merece o acesso a conteúdo verdadeiro e com profundidade. É o que praticamos desde o início deste blog a mais de 20 anos atrás. Isso nos dá essa credibilidade que orgulhosamente a preservamos, inclusive nestes tempos tumultuados, de narrativas polarizadas e de muita Fake News. O apoio e a propaganda de vocês nossos leitores é o que garante nossa linha de conduta. A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos as postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente, a posição do blog. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte. Não somos bancados por nenhum tipo de recurso ou patrocinadores internos, ou externo ao Brasil. Este blog é independente e representamos uma alternativa concreta de comunicação. Se você gosta de nossas publicações, junte-se a nós com sua propaganda, ou doação, para que possamos crescer e fazer a comunicação dos fatos, doa a quem doer. Entre em contato conosco pelo nosso e-mail abaixo, caso queira colaborar:

 



filhodedeusshalom@gmail.com

Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 7 Comentário. Deixe o seu!

10 de fevereiro de 2014 às 21:05

você não precisava escrever todo esse texto. era só colocar um gif de uma bosta
primeiro: você argumenta com princípios conservadores embasados na sua crença (ja poderia parar por aqui)
2°: você usa a sua própria psicologia para generalizar os indivíduos (quando você citou a ciencia ja comprovou... bla bla bla bla bla fiquei ate com vergonha tamanha a ignorância avantajada pelo seu interesse de passar a ideia)
3°: muitos e tristes erros de português, antes de opinar vai estudar e se tratar

11 de fevereiro de 2014 às 09:25

Prezado militante democrático e tolerante Augusto Henrique,

Respondendo a sua educada missiva para alguém que talvez se considere o supra sumo da educação e cultura neste país, e não duvido que seja talvez até professor universitário.

Olha só as pérolas culturais que vossa senhoria nos remete:


“você não precisava escrever todo esse texto. era só colocar um gif de uma bosta

primeiro: você argumenta com princípios conservadores embasados na sua crença (ja poderia parar por aqui)


2°: você usa a sua própria psicologia para generalizar os indivíduos (quando você citou a ciencia ja comprovou... bla bla bla bla bla fiquei ate com vergonha tamanha a ignorância avantajada pelo seu interesse de passar a ideia)


3°: muitos e tristes erros de português, antes de opinar vai estudar e se tratar.”




RESPONDENDO-LHE:



Para seu comentário inicial eximimo-nos de responder, pelo seu nível muito elevado ao qual não somos capazes de alcança-lo, e deixemos o juízo e julgamento desta questão aos nossos leitores e internautas.



Para sua primeira argumentação,,você no alto de sua sabedoria depravada e libertina, quer que eu troque seis por meia dúzia? (Para bom entendedor meia palavra basta – Fica aqui o enigma, decifre-o se for capaz...).E como vc julga sem conhecimento de causa os argumentos da minha crença, vou colocar aqui apenas alguns para seu conhecimento e provar que você está equivocado:


A doutrina católica em relação à homossexualidade está resumida em três artigos do Catecismo da Igreja Católica; 2357, 2358 e 2359.



CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA Nº§2357 CASTIDADE E HOMOSSEXUALIDADE :A homossexualidade designa as relações entre homens e mulheres que sentem atração sexual, exclusiva ou predominante, por pessoas do mesmo sexo. A homossexualidade se reveste de formas muito variáveis ao longo dos séculos e das culturas. Sua gênese psíquica continua amplamente inexplicada. Apoiando-se na Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves, a tradição sempre declarou que "os atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados". São contrários à lei natural. Fecham o ato sexual ao dom da vida. Não procedem de uma complementaridade afetiva e sexual verdadeira. Em caso algum podem ser aprovados.



CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA Nº §2358 :Um número não negligenciável de homens e de mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente enraizadas. Esta inclinação objetivamente desordenada constitui, para a maioria, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á para com eles todo sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar a vontade de Deus em sua vida e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar por causa de sua condição.



CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA Nº §2359 As pessoas homossexuais são chamadas à castidade. Pelas virtudes de autodomínio, educadoras da liberdade interior, às vezes pelo apoio de uma amizade desinteressada, pela oração e pela graça sacramental, podem e devem se aproximar, gradual e resolutamente, da perfeição cristã.



Continua...

11 de fevereiro de 2014 às 09:25

Continuando caro Augusto Henrique,


“Segundo o Catecismo da Igreja Católica, a orientação homossexual não é pecado, mas os atos, sim.”(É preciso separar o pecado do Pecador,Deus odeia apenas o pecado, mas ama o pecador, que é sempre alvo de sua misericórdia).





Moral da história:

A Igreja continua condenando o pecado, não o pecador. E, justamente porque o ama, chama-o à conversão, à castidade. Por causa de sua condição, eles não devem ser injustamente discriminados, mas tratados com respeito e dignidade. Este é o ensinamento da Igreja

Na sua segunda argumentação faz uma confusão danada entre Ciência e psicologia, hora que eu saiba a psicologia é uma ciência inexata, e a genética é uma ciência EXATA, portanto para fatos não existem argumentos contrários desde que nos mostre resultados de pesquisas mostrando o contrário, coisa que você não foi capaz de fazer.

Na sua terceira argumentação, falou dos erros de Portguês sem aponta-los, mas reconheço que muitas vezes pela pressa e falta de tempo as correções não são feitas, e ficamos grato quando nos apontam nossas falhas, as quais gratamente procuramos corrigir. Mas caro culto Augusto Henrique, vi que você ficou atento ao conteúdo mais que a forma, e reconhecemos que a verdade doi mas cura.

Shalom !!!

26 de abril de 2014 às 17:10

O autor esta certo como os homosexuais querem ser respeitados promovendo o desrespeito??? Você gostar de alguem do mesmo sexo fazer isso no particular e uma coisa afinal de contas ninguém tem nada a ver com isso mas quando saem pelados insinuando atos sexuais como acontece nas paradas gays caem em domínio publico sendo assim e da conta de todo mundo e todos tem direito a opinião e resposta o que eu digo e:cada um no seu quadrado respeitando o quadrado do outro claro

22 de junho de 2015 às 01:06

Blogue, separemos religião do juízo de vocês para fins democráticos.
O pessoal do movimento LGBT feriu o sentimento dos crentes?
O blogue sabe a resposta pra essa pergunta.
Por quanto tempo eles vêm ferindo?
Ora, desde que as manifestações por outra orientação sexual começaram, algo recente.
Uma outra pergunta que também exige que o sentimento religioso seja retirado e o humano venha à tona: as afirmações da Bíblia tem milhares de lindas passagens, mas ainda assim acabaram por incitar as pessoas a discriminarem e/ou segregarem os homossexuais. O pessoal que é fiel feriu o sentimento pessoal dos homossexuais? Feriu tanto quanto feriu o sentimento religioso dos fiéis no primeiro caso.
Mas repito a pergunta: por quanto tempo?
Ora, desde que a Bíblia foi tomada como referência para juízo geral, e esse caso de repressão podemos localizar que começou há milênios.
Carinhosamente pergunto ao blogue qual é a diferença dos atos cometidos diariamente contra homossexuais por parte dos cristãos do ato LGBT.
Um abraço
Felipe

22 de junho de 2015 às 09:34

PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: Vilipêndio religioso ainda é crime?


De acordo com o art. 208, do Código Penal, é crime vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso.Por muito menos, em abril deste ano, a Federação Brasileira de Umbanda entrou com um processo no Conar (Conselho Nacional de auto-Regulamentação Publicitária) contra a Renault.



Os umbandistas se ofenderam por causa do comercial de TV que mostrava mães de santo girando num salão de concessionária.A Federação também deu entrada no Ministério Público Federal com um pedido de inquérito por “uso indevido de símbolos religiosos”.Dom Odílio Scherer, Arcebispo de São Paulo, se manifestou sobre esse e outros fatos - Leia abaixo:


Parada Gay: respeitar e ser respeitado


Eu não queria escrever sobre esse assunto; mas diante das provocações e ofensas ostensivas à comunidade católica e cristã, durante a Parada Gay deste último domingo, não posso deixar de me manifestar em defesa das pessoas que tiveram seus sentimentos e convicções religiosas, seus símbolos e convicções de fé ultrajados.






Ficamos entristecidos quando vemos usados com deboche imagens de santos, deliberadamente associados a práticas que a moral cristã desaprova e que os próprios santos desaprovariam também.






Histórias romanceadas ou fantasias criadas para fazer filmes sobre santos e personalidades que honraram a fé cristã não podem servir de base para associá-los a práticas alheias ao seu testemunho de vida. São Sebastião foi um mártir dos inícios do Cristianismo; a tela produzida por um artista cerca de 15 séculos após a vida do santo, não pode ser usada para passar uma suposta identidade homossexual do corajoso mártir. Por que não falar, antes, que ele preferiu heroicamente sofrer as torturas e a morte a ultrajar o bom nome e a dignidade de cristão e filho de Deus?


“Nem santo salva do vírus da AIDS”


Pois é verdade. O que pode salvar mesmo é uma vida sexual regrada e digna. É o que a Igreja defende e convida todos a fazer. O uso desrespeitoso da imagem dos santos populares é uma ofensa aos próprios santos, que viveram dignamente; e ofende também os sentimentos religiosos do povo.



Ninguém gosta de ver vilipendiados os símbolos e imagens de sua fé e seus sentimentos e convicções religiosas. Da mesma forma, também é lamentável o uso desrespeitoso da Sagrada Escritura e das palavras de Jesus – “amai-vos uns aos outros” – como se ele justificasse, aprovasse e incentivasse qualquer forma de “amor”; o “mandamento novo” foi instrumentalizado para justificar práticas contrárias ao ensinamento do próprio Jesus.

Continua...

22 de junho de 2015 às 09:34

Continuando prezado Felipe,


A Igreja católica refuta a acusação de “homofóbica”. Investiguem-se os fatos de violência contra homossexuais, para ver se estão relacionados com grupos religiosos católicos. A Igreja Católica desaprova a violência contra quem quer que seja; não apoia, não incentiva e não justifica a violência contra homossexuais.



E na história da luta contra o vírus HIV, a Igreja foi pioneira no acolhimento e tratamento de soro-positivos, sem questionar suas opções sexuais; muitos deles são homossexuais e todos são acolhidos com profundo respeito.Grande parte das estruturas de tratamento de aidéticos está ligada à Igreja. Mas ela ensina e defende que a melhor forma de prevenção contra as doenças sexualmente transmissíveis é uma vida sexual regrada e digna.


"Quem apela para a Constituição Nacional para afirmar e defender seus direitos, não deve esquecer que a mesma Constituição garante o respeito aos direitos dos outros, aos seus símbolos e organizações religiosas. "



Quem luta por reconhecimento e respeito, deve aprender a respeitar. Como cristãos, respeitamos a livre manifestação de quem pensa diversamente de nós.Mas o respeito às nossas convicções de fé e moral, às organizações religiosas, símbolos e textos sagrados, é a contrapartida que se requer.



A Igreja Católica tem suas convicções e fala delas abertamente, usando do direito de liberdade de pensamento e de expressão.Embora respeitando as pessoas homossexuais e procurando acolhê-las e tratá-las com respeito, compreensão e caridade, ela afirma que as práticas homossexuais vão contra a natureza; essa não errou ao moldar o ser humano como homem e mulher.Afirma ainda que a sexualidade não depende de “opção”, mas é um fato de natureza e dom de Deus, com um significado próprio, que precisa ser reconhecido, acolhido e vivido coerentemente pelo homem e pela mulher.



Causa preocupação a crescente ambiguidade e confusão em relação à identidade sexual, que vai tomando conta da cultura.Antes de ser um problema moral, é um problema antropológico, que merece uma séria reflexão, em vez de um tratamento superficial e debochado, sob a pressão de organizações interessadas em impor a todos um determinado pensamento sobre a identidade do ser humano.Mais do que nunca, hoje todos concordam que o desrespeito às leis da natureza biológica dos seres introduz neles a desordem e o descontrole nos ecossistemas; produz doenças e desastres ambientais e compromete o futuro e a sustentabilidade da vida.



Ora, não seria o caso de fazer semelhante raciocínio, quando se trata das leis inerentes à natureza e à identidade do ser humano? Ignorar e desrespeitar o significado profundo da condição humana não terá consequências? Será sustentável para o futuro da civilização e da humanidade?



As ofensas dirigidas não só à Igreja Católica, mas a tantos outros grupos cristãos e tradições religiosas não são construtivas e não fazem bem aos próprios homossexuais, criando condições para aumentar o fosso da incompreensão e do preconceito contra eles.E não é isso que a Igreja Católica deseja para eles, pois também os ama e tem uma boa nova para eles; e são filhos muito amados pelo Pai do céu, que os chama a viver com dignidade e em paz consigo mesmos e com os outros.



Card. Odilo P. Scherer Arcebispo de São Paulo - Publicado em O SÃO PAULO

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

TRANSLATE

QUEM SOU EU?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado APOLOGÉTICO (de defesa da fé, conforme 1 Ped.3,15) promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim" (João14, 6).Defendemos as verdade da fé contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha a verdade, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por ela até que Ele volte(1Tim 6,14).Deus é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade. Este Deus adocicado, meloso, ingênuo, e sentimentalóide, é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomás de Aquino).Este apostolado tem interesse especial em Teologia, Política e Economia. A Economia e a Política são filhas da Filosofia que por sua vez é filha da Teologia que é a mãe de todas as ciências. “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

POSTAGENS MAIS LIDAS

SIGA-NOS E RECEBA AS NOVAS ATUALIZAÇÕES EM SEU CELULAR:

VISUALIZAÇÃO DE ACESSOS NO MÊS

ÚLTIMOS 5 COMENTÁRIOS

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger