A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » O que “SE CRER EM COMUM” entre Católicos e Protestantes é maior do que o que os separam ?

O que “SE CRER EM COMUM” entre Católicos e Protestantes é maior do que o que os separam ?

Written By Beraká - o blog da família on terça-feira, 1 de dezembro de 2015 | 16:23






O que Católicos e Protestantes creem em COMUM ?



1)-Cremos em Um só Deus que é misteriosamente Pai, Filho e Espírito Santo.



2)-Cremos que Jesus é Deus em igualdade de honra, poder, glória, majestade e adoração, bem como as três pessoas da Trindade têm a mesma: Onisciência, Onipotência e Onipresença.



3)-Cremos que só o sacrifício de Cristo na cruz feito por amor a cada um de nós, é capaz de nos salvar.





4)-Cremos numa única e definitiva ressurreição da Carne e NÃO EM RE-ENCARNAÇÕES.



5)-Cremos que só Jesus Cristo é o único e verdadeiro SENHOR e SALVADOR ABSOLUTO.



6)-Cremos que a bíblia é A INERRANTE PALAVRA de Deus, e que apesar de ter sido escrita por homens, foi INSPIRADA POR DEUS.




7)-Cremos que a fé em Deus e o batismo são necessários à salvação.



8)-Cremos na existência personificada do mal na figura do anjo Lúcifer, que foi criado bom e que por sua livre escolha, tornou-se mal e rebelde e assim pai da mentira.



9)-Cremos no perdão de todo e qualquer pecado cometido (desde que seja arrependido e confessado) por Deus.



10)-Cremos na existência do céu e inferno, enfim, cremos na vida eterna para a felicidade eterna junto a Deus, ou condenação eterna distante de Deus.




OS PRINCIPAIS PONTOS QUE NOS SEPARAM?




1)-A verdadeira igreja fundada por Cristo: A criada sobre Pedro, (Mateus 16,18), ou 1.500 depois sobre Lutero ?




2)-Existência temporal do purgatório só para os que já estão salvos se purificarem antes de entrar no Céu (Pois nada de impuro pode entrar no Céu).



3)-Na intercessão junto a Cristo dos: Anjos, Santos e da bem aventurada Virgem Maria.



4)-Virgindade perpétua (Antes, durante e depois do parto) de Maria que gerou nunicamente a Cristo ( Conf. Ezeq. 44,2).




5)-A utilização e honra, ou veneração das imagens sacras dos Santos seguidores de Cristo.




6)-Obediência ao ensino do legítimo sucessor de Pedro: O Papa (Quem vos ouve a mim ouve).



7)- A Salvação acompanhada das boas obras da fé (E não da lei).



André Valadão, um dos integrantes do grupo evangélico Diante do Trono participou de uma apresentação ao lado do grupo católico Rosa de Saron .


Os católicos interpretaram o evento como um “belo momento que nos mostra que pode existir unidade na multiplicidade”. Já André Valadão, justificou o acontecimento argumentando que: o que nos une é maior que o que nos separa”, e que “a nossa fé pode gerar em nós, amizade, maturidade e comunhão”.





Os argumentos utilizados por ambas as partes soam bonito, são eloqüentes e românticos, mas ignoram elementos fundamentais que identificam tanto o Protestantismo como o Catolicismo Romano, e esses elementos não desaparecem quando um grupo de jovens se reúne em um palco para cantar uma canção, trabalharem juntos em louváveis ações sociais, ou até mesmo rezarem juntos. Na verdade, creio que é necessário que conheçamos o que divide o Catolicismo autêntico do Protestantismo reformado, para entendermos que não haverá qualquer possibilidade de unidade enquanto a Verdade não for sustentada plenamente por ambas as partes, pois, não pode haver unidade fora da Verdade. Portanto, creio que o que separa o Catolicismo Romano do Protestantismo é muito maior do que qualquer aparência que os una.



União entre Católicos e Protestantes ? Sonho ou Pesadelo ?



Um dos alicerces do ecumenismo é de que o que une Os Cristãos Católicos aos protestantes e ortodoxos é maior do que o que nos separa deles.Essa asserção, contudo, foi CONDENADA pelo Magistério na Instrução do Santo Ofício sobre o movimento ecumênico, durante o papado de Pio XII, em 1949.Em determinada passagem, a Instrução afirma:




“Eles [os Bispos] devem estar vigilantes a menos que, sob o falso pretexto de que se deve dar mais atenção aos pontos nos quais concordamos do que aos que diferimos tende a um relativismo e indiferentismo perigoso seja encorajado, com repercuções na Salvação.”





Ademais, o princípio condenado é, também sob o ponto de vista filosófico, errôneo, já que despreza a causa formal dos entes e os princípios fundantes. Corre-se o risco de se cair em Irenismo ou Sincretismo religioso, tranformando a Igreja e sua sã doutrina na casa da mãe Joana.





Portanto a União doutrinal é impossível - Seria o mesmo que misturar água suja no vaso de água limpa de sua mesa, para depois beber essa água impura. Será conveniente, justo e correto unir mentira e verdade? Claro que não!!!.




Entretanto, é isso que o SINCRÉTICO e PSEUDO ECUMÊNISMO com seus seguidores preconizam: unir a religião verdadeira às falsas. Ora, unir o verdadeiro (MAGISTÉRIO CATÓLICO ) ao herético (o PROTESTANTISMO DE LUTERO) faz tudo se tornar sujo. Portanto,do jeito que está,não pode haver nunca esperança de união entre a verdade católica e a mentira protestante. Pergunta São Paulo:


"Que união pode haver entre Cristo e Belial?" ( II Cor 6,14-18).




A Doutrina protestante é a doutrina de Satanás ( Mistura verdades com mentiras):



Prega: Ódio a Maria e aos Santos, ao papa e à única Igreja de Cristo (Mateus 16,18), divisão dos Cristãos, teologia da prosperidade, defendem o aborto, uso de camisisnhas, o casamento não é indissolúvel, entre outras heresias incompatíveis com a autêntica ortodoxia Católica.




A união entre católicos e protestantes não é um sonho. É um pesadelo infernal.Eles devem antes se converterem, aceitarem a sã doutrina dos apóstolos, que SUBSISTE em sua INTEGRALIDADE unicamente na ICAR (Lumen Gentium 8), Coluna e sustentáculo da verdade (I Tim 3,15) e provarem a Salvação  não só pela fé mas, pelas boas obras da fé e depois unirem-se a nós.






Precisam acreditarem na infalibilidade do MAGISTÉRIO PETRINO em virtude do auxílio do Esp. Santo que não erra em virtude da nossa Salvação. O papa é infalível somente quando ensina para toda a Igreja, e não expressando opinião pessoal. Só é infalível usando o poder dado por Cristo a Pedro, ao tratar de Fé e de moral e definindo uma questão que implica questão de Salvação, ou condenação eterna.






Precisam parar de pregar TRÊS VINDAS DE CRISTO: Jesus Cristo virá apenas uma segunda e definitiva vez no fim do mundo para julgar os vivos e os mortos. São alguns protestantes que esperam uma segunda vinda de Cristo ANTES DA ÚLTIMA para reinar na terra (Heresia do milenarismo),isso é um ensino herético e sem embasamento bíblico na tradição de sempre dos primeiros Cristãos.



Porém, a Igreja é sempre bom lembrar: é mãe e mestra (Mater e Magistra) como mestra ensina a verdade, e como mãe está sempre disposta a acolher os filhos que a ela retornam. 


" Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo !!! "

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger