A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » , , , » Jornada Mundial da Juventude: A revolução do BEM e dos Bons Costumes que incomoda a muitos – Por que ?

Jornada Mundial da Juventude: A revolução do BEM e dos Bons Costumes que incomoda a muitos – Por que ?

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 14 de julho de 2013 | 16:02



“Benditos aqueles que veem em nome do Senhor” – Mateus 21,9

A JMJ representa o inconformismo com a hipocrisia, com a incoerência, com o desamor.

Não são as Olimpíadas nem a Copa do Mundo. O evento mais importante que o Brasil receberá acontecerá em poucos dias. A JMJ traz jovens de muitos países com uma mensagem forte de paz e justiça, de amor e esperança.


Muito além da religião, os milhões que tomarão conta da Cidade Maravilhosa representam uma grande parte da humanidade, são pessoas que querem um mundo melhor e não se conformam com o desrespeito à vida.



A JMJ vem de encontro aos anseios dos brasileiros que há poucas semanas tomaram as ruas em protestos contra a corrupção. Diferentemente dos eventos esportivos, o objetivo não é o lucro financeiro e talvez por isso, mesmo reunindo um número tão expressivo de pessoas a mídia tende a não dar a atenção que o evento merece.


Não haverá consumo de bebidas alcoólicas e nem haverá demanda por prostituição, os jovens que virão se denominam peregrinos, não virão para um turismo consumista e desta forma os maiores patrocinadores dos canais de televisão não mostram interesse em divulgar o evento como se divulga, por exemplo, a Copa do Mundo, grande promotora do turismo sexual, por exemplo.



Em um país onde a juventude se mostra inconformada e empobrecida pelo fraco investimento do governo em educação, a JMJ representa um evento da consciência, centenas de milhares de jovens vindos de outras nações trazendo o questionamento, a reflexão.


A vontade de experimentar uma experiência que transcende os prazeres da carne e por isso também incomoda a muitos.


A presença do Papa Francisco, embora elucide o caráter religioso do evento, é um convite para uma sociedade que tem misturado religião com materialismo, que tem transformado igrejas em grandes e lucrativos negócios.


A JMJ é um questionamento sobre a coerência, um convite a uma verdadeira espiritualidade, tão necessária principalmente nos dias atuais. 


Os jovens viajam para o Rio de Janeiro atrás de uma Cruz, o símbolo que representa o valor de sua fé, o amor por um homem que pregou o amor, que viveu o amor, pelas prostitutas, pelos pobres e também pelos corruptos, pelas mulheres maltratadas, um homem que soube ser amável e ao mesmo tempo duro, que soube abaixar-se para salvar a adúltera do apedrejamento e soube expulsar os vendilhões do templo com um chicote nas mãos, o homem do compromisso, do protesto, mas acima de tudo o homem do amor. 



A JMJ representa o inconformismo com a hipocrisia, com a incoerência, com o desamor. Não são torcedores fanáticos de uma seleção de futebol, nem tampouco atletas que buscam superar seus limites físicos, a nuvem que cobrirá a Cidade Maravilhosa aos pés do Cristo Redentor é formada por atletas do sentido, corajosos desbravadores do valor da vida humana, profundamente desejosos de um encontro transformador com Deus e de um momento transformador do mundo onde vivem. 


FONTE: Aleteia
Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 1 Comentário. Deixe o seu!

22 de julho de 2013 11:10

Talvez goste disso.
http://caminhar-damasco.blogspot.com.br/2013/07/desculpe-o-twitter-nao-vai-perdoar-voce.html

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger