A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » QUEM É A MULHER DE APOCALIPSE 12 ? MARIA, OU A IGREJA ?

QUEM É A MULHER DE APOCALIPSE 12 ? MARIA, OU A IGREJA ?

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 19 de agosto de 2012 | 21:22






Esse texto (Apocalipse 12) riquíssimo ainda nos traz muitos esclarecimentos, conforme apontam Correia e Formigoni  (2008, p.5): “Apareceu em seguida um grande sinal no céu: uma Mulher revestida de sol, a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas” (Ap 12, 1). Ora a doutrina dos primeiros Cristãos na Patrística nos afirma o seguinte sobre a Igreja: A Igreja foi prefigurada no antigo testamento, instituída por Cristo em Mateus 16,18, nascida no lado aberto de Cristo na Cruz e manifestada em Pentecostes. No Apocalipse, João contempla nesta visão três verdades reveladas:

1)- A Assunção de Nossa Senhora,

3)- Sua glorificação,

4)- Sua maternidade espiritual.


O Apocalipse descreve que esta mulher “estava grávida e (…) deu à luz um Filho, um menino, aquele que deve reger todas as nações…” (Ap 12, 2.5). Qual mulher, que de fato, esteve grávida de Jesus senão a Santíssima Virgem? (conf. Is 7, 14).


Outros entendem diversamente, dizendo que esta mulher é símbolo da Igreja nascente. Embora esta interpretação também seja possível, ela não exclui a sua aplicação a Nossa Senhora, pois a Igreja nunca esteve “grávida” de Jesus Cristo! Antes, foi Cristo que gerou a Igreja, foi ele que a estabeleceu e a sustenta.




Poder-se-ia argumentar contra a interpretação desta mulher como símbolo da Virgem Maria o fato de o Apocalípse afirmar que ela “estava grávida, e clamava com dores de parto e sofria tormentos para dar à luz” (Apoc. 12,2).Ora, Nossa Senhora não deu à luz no meio das dores. Por isso , o texto pode ser aplicado aí à Igreja que gera seus filhos em meio das dores, como o diz São Paulo. Entretanto , também a Virgem participa dessas dores espirituais da Igreja ao gerar seus filhos. De modo que , ainda assim, a figura da Mulher do Apocalípse pode, sim, ser aplicada perfeitamente a Nossa Senhora.



E para provar que esta mulher é Nossa Senhora, em outro lugar está escrito: 


“O Dragão vendo que fora precipitado na terra, perseguiu a Mulher que dera à luz o Menino” (Ap 12, 13). A Igreja teria dado à luz a um Menino? Evidente que não! Portanto esta mulher refulgente é unicamente, Nossa Senhora, pois foi ela unicamente que gerou “o menino” prometido (conf. Is 9, 5).


Diz ainda a Sagrada Escritura que: 


(o Dragão) deteve-se diante da Mulher que estava para dar à luz (…) para lhe devorar o Filho (…) A Mulher fugiu para o deserto, onde (…) foi sustentada por mil duzentos e sessenta dias” (Ap 12, 4.6). De fato, o demônio maquinou contra a vida de Jesus desde seu nascimento, na pessoa do perseguidor Herodes. Maria fugiu então com o filho para o deserto (Egito). Lá ficou por aproximadamente mil e duzentos e sessenta dias (três anos e meio). Ou seja, do ano 7 AC, ano do nascimento de Jesus, conforme atualmente se acredita, até março-abril do ano 4 AC, ano da morte de Herodes. Perfazendo os três anos e meio de exílio, nos quais foi sustentada pela Providência.



Portanto, todos esses versículos, confirmam primeiramente:


1)-A assunção de Nossa Senhora. Pois o apóstolo a contempla revestida de sol, já estabelecida desde agora na glória prometida pelo seu Filho, quando diz “Os justos resplandecerão como o sol” (Mt 13, 43). 


2)- Confirma incontestavelmente sua realeza espiritual, pois a mesma se apresenta coroada com doze estrelas, símbolo das doze tribos de Israel e dos doze apóstolos. Portanto Rainha do Antigo e do Novo Testamento.


3)- Por fim confirma sua maternidade espiritual, pois diz o Espírito Santo: (O Dragão) se irritou contra a Mulher (Maria) e foi fazer guerra ao resto de sua descendência (seus filhos espirituais), os que guardam os mandamentos de Deus e têm o testemunho de Jesus” (Ap 12, 17). Somos de sua descendência apenas se nos comprometermos com o Cristo Jesus, guardando os seus mandamentos e testemunhando-o como nosso Senhor e Salvador.



Mas, esses versículos do Apocalipse dizem “mulher” e não mencionam o nome de Maria:


Sim, isso é verdade, porém Deus Pai lá em Gênesis também chama de mulher, aquela que a descendência terá inimizade a descendência da serpente (Gn 3, 15)(como vimos em Ap 12, 17), e Jesus, no casamento em Caná (Jo 2, 3-4) e aos pés da cruz (Jo 19, 26-27), também a chama de mulher.


Precisa-se de alguns esclarecimentos sobre algumas passagens da Bíblia onde Jesus diz: "Mulher eis ai o seu filho, filho eis ai sua mãe..." 

Por que ele usa o termo "mulher" e não "mãe"?

Respostas:

1)- Quanto ao texto bíblico onde Jesus chama sua mãe de”mulher” ( Jo 19,26-27) há muita coisa a ser dita, mas o principal é: Jesus chama sua mãe de mulher DE PROPÓSITO, com o intuito de mostrar que ela faz o papel da nova Eva.



2)- Assim como a primeira mulher : Eva pecou, desobedecendo a Deus em Gênesis, Maria a verdadeira Mulher, a NOVA EVA, com seu SIM e obediência a vontade de Deus, repara o erro da primeira, sendo uma verdadeira mulher, segundo a vontade de Deus.



3)- Já no Livro do Gênese, quando houve o pecado (cap. 3,15), Deus disse à serpente que uma MULHER, teria uma descendência e iria esmagar a sua cabeça.



4)- Ora, Jesus mais uma vez do alto da cruz, confirma quem é esta MULHER, sendo Ele a sua descendência e, junto com ele, todos nós, pois Ele nos deu ela como mãe, já não mais descendente do Pecado da desobediência de Eva, mas uma decendência da obediência de Maria.



5)- Além disso, quem escreveu este Evangelho foi S. João, com quem Maria viveu após a morte e ressurreição de Jesus. Esse mesmo João escreveu o Apocalipse e lá, no cap. 12, ele fala DE NOVO da MULHER, que combateu o dragão ( A Nova Eva que ao contrário da primeira Eva não se deixa seduzir pelo demônio).



6)- Chamar Maria de MULHER é uma forma da Bíblia confirmar que ela é a escolhida por Deus para esmagar Satanás e é a mãe de todos nós, em substituição a Eva.



7)- Enfim,não aceitar o convite de Jesus para aceitar Maria por mãe, é querer livremente pertencer a descendência dos filhos da desobediência da primeira Eva.Pois de Maria surge a  nova descendência ( A Nova Eva), conforme Apoc. 12





Não há outra explicação, essa mulher é a mesma, prefigurada desde o tempo da criação por Deus Pai, essa mulher não é outra senão Maria Santíssima, a mãe de Deus encarnado e nossa mãe.


  

Verdade seja dita: As atitudes de indiferenças dos protestantes para com ela, demonstram todo desprezo por aquela  que deve ser proclamada bem aventurada por TODAS GERAÇÕES (Lucas 1). E não me venham com o velho papo de que apenas não a adoram. Todo católico sabe que Maria não é deusa para ser adorada, mas ela merece ser honrada, pois foi a escolhida para ser a MÃE DO NOSSO SALVADOR.Para um bom entendedor, meia palavra basta concordam ? – Tudo isto se confirma: O pior cego é o que não quer ver, concordam ? Pois a dedução é SIMPLES, não compliquem por puro egoísmo e revanchismo cego:



“Se o homem é Jesus é evidente que a MULHER É MARIA  e ponto final”


"Pode o puro (Jesus)Vir do impuro? (A Igreja) Jamais!"( Livro de Jó 14:4)



Salve Maria a mãe do meu Senhor (Lucas 1)



Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger