A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » A FARSA DO ESPIRITISMO

A FARSA DO ESPIRITISMO

Written By Beraká - o blog da família on segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 | 10:54

-->

1)-A teoria  falaciosa da Re-encarnação Kardecista e espiritista vai totalmente contra sem dúvidas, ao princípio fundamental do ser humano, que a LIBERDADE CONCIENTE, bem como ao LIVRE ARBÍTRIO  dado por Deus aos homens.


2)- Ora o espírito reencarnar-se para expiar culpas de que NÃO TEM A MÍNIMA LEMBRANÇA ???!!!, Isto vai expressamente contra o perdão, a anistia, a misericórdia e piedade tanto no plano divino como humano.


3)- Sem liberdade para agir, mas , vivendo unicamente para EXPIAR IMPLACAVELMENTE culpas anteriores, desta forma o homem não construiria a história, pois ficaríamos presos às nossas culpas, embora reconhecidas, arrependidas, perdoadas e até pagas em alguns casos, enfim, não poderíamos usufruir do livre arbítrio.


4)- Mas felizmente, ou infelizmente para os espíritas, sabemos comprovadamente que a história não para nem regride, mas sempre AVANÇA E PROGRIDE, ou para a Luz, ou para o Caos e anarquia. Quem lê a bíblia, sabe perfeitamente para onde caminha o destino da humanidade.


5)- Se os espíritos reencarnam para purificarem-se  de culpas anteriormente cometidas (Como professa o DOGMA espírita), certamente não poderá cometer novos erros, nem em hipótese alguma REPETIR OS QUE ESTÁ EXPIANDO, OU PAGANDO, o que é simplesmente impossível, a menos que se negue a liberdade humana, ou admita-se por mera ACHOLOGIA um interminável reencarnar-se e uma terra cientificamente eterna.


6)- Ainda mais : O que dizer dos PECADOS COLETIVOS ? Frutos das circunstâncias e estruturas opressoras e viciantes impostas pela própria  sociedade ?


7)- SEJAMOS SENSATOS E REFLITAMOS MEUS AMADOS: Se a humanidade estivesse em processo de purificação como apregoa outro dogma espírita, e se não cometêssemos novos e velhos erros, o mundo não estaria melhor em todos os níveis ? E o que vemos ao nosso redor ? Misérias, injustiças,egoísmo, violência desumana  e inversão de valores.

8)- Por fim, para quem deseja ser um AUTÊNTICO CRISTÃO, tudo que foi inventado sobre a FALACIOSA FARSA DA REENCARNAÇÃO, pode muito bem ser deixado de lado.Basta-lhe a palavra de Deus, muito simples e clara na Bíblia Sagrada:

HEBREUS 9,27: “ Todo homem está destinado a MORRER UMA SÓ VEZ, e logo após haverá o julgamento”.

LUCAS 23,43: “Disse Jesus ao ladrão CRUCIFICADO E ARREPENDIDO: Eu te asseguro, HOJE MESMO estarás comigo no Paraíso .


9)- PERGUNTA QUE NÃO CALA: Como pôde aquele indivíduo encerrar o ciclo de purificação no erro (Como Ladrão)? E ter acesso  direto ao Paraíso (NIRVANA) ?

RESPOSTA: “ Deus é amor (I João 4,16) e sua misericórdia é maior que sua justiça – Ele é Juiz e justo, mas também é um REI MISERICORDIOSO, único que pode revogar um decreto de sua própria justiça, sob qual condição ? “ Pelo  reconhecimento e ARREPENDIMENTO SINCERO de suas faltas como fez aquela ladrão.


AMADO IRMÃO ESPÍRITA OU KARDECISTA:  A decisão agora é sua ( Deus lhe deu o LIVRE ARBÍTRIO): Acreditar em Jesus Cristo , ou Allan Kardec ? A bíblia do Antigo ao Novo Testamento, prega uma única vida e ressurreição, e nunca reencarnação.

“ Leia a bíblia sagrada e que o Deus todo poderoso e misericordioso te abençoe, te guarde e te mostre a verdadeira luz que é Cristo, pois nem tudo que brilha é ouro”

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO


Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 30 Comentário. Deixe o seu!

Anônimo
24 de abril de 2012 14:44

O livro dos Espíritos
O livro dos médiuns
O Evangelho segundo o Espiritismo
Céu e Inferno
A gênese

São os principais livros da doutrina espírita. Boa leitura. O conhecimento combate a ignorância e faz com que o espírito evolua, em inteligência, primeiramente, para então cultivar seus bons sentimentos. :)

24 de abril de 2012 14:59

Prezado Espírita anônimo,

Sei que vc está sendo sincero, mas a simples sinceridade não é o critério da verdade, pois a pessoa como vc e demais espíritas podem estar sinceramente enganados.

1)-O problema de se fazer apostolado com espíritas é que eles são muito orgulhosos, e consideram todos os não-espíritas como "espíritos menos evoluídos".

2)-Argumentos de católicos, para eles, valem tanto quanto argumentos de crianças. A única coisa que importa para eles são as "revelações dos espíritos superiores", não importando se estas vão ou não contra a lógica e própria razão, que dizem tanto se basear.

Nas citações dos livros do Kardec, vou usar seguintes siglas para referir aos seus livros:
LE = Livro dos Espíritos, Instituto de Difusão Espírita, 79a. edição, 1993.
LM = Livro dos Médiuns, Instituto de Difusão Espírita, 20a. edição, 1987.
GEN = O Gênesis, Ed. Lake, tradução da 1a edição comemorativa dos 30o. aniversário dessa obra, 1966.
ESE = Evangelho Segundo o Espiritismo.
3)-Reencarnação:Diz Kardec no Livro dos Espíritos: "adotamos a opinião da pluralidade das existências, não só porque ela nos veio dos Espíritos, mas porque nos pareceu a mais lógica" (LE, q.222, p. 129).
4)-Além disso, ele afirma que "a reencarnação fazia parte dos dogmas judeus, sob o nome de ressurreição" (ESE, cap. IV, no.4, p.69), e que "ela foi confirmada por Jesus e pelos profetas, de maneira formal. Donde se segue que negar a reencarnação é renegar as palavras de Cristo" (ESE, cap. IV, no. 16, p. 74). Portanto, para Kardec, a reencarnação é verdadeira por três motivos:
a) Ela foi revelada pelos "espíritos superiores";
b) Ela é racional e lógica;
c) Ela é ensinada na Sagrada Escritura "de maneira formal".
5)-Para começar, é um absurdo dizer que o termo "ressurreição" dos judeus quisesse dizer a mesma coisa que a "reencarnação" dos espíritas. As ressurreições relatadas na Sagrada Escritura são todas dadas no mesmo corpo.
6)-Além disso, São Paulo também escreveu em outra epístola que “o homem só morre uma vez e, depois disso, se segue o juízo” (Heb 9, 27).
7)-Qual é o motivo da primeira encarnação de um espírito? – Não tem resposta.
8)-"Distinguir os bons dos maus Espíritos é extremamente fácil. Os Espíritos superiores usam constantemente de linguagem digna, nobre, repassada da mais alta moralidade (...). A dos Espíritos inferiores, ao contrário, é inconseqüente, amiúde trivial e até grosseira. Se, por vezes, dizem alguma coisa boa e verdadeira, muito mais vezes dizem falsidades e absurdos, por malícia ou ignorância" (LE, Introd. §VI, p. 22).
Veja que bobagem!! Então, se um demônio aparecesse a eles e falasse com modos... dizendo "por obséquio", "com licença" e "obrigado", seria ele um espírito evoluído!?!
9)- OS ERROS CIENTÍFICOS DAS REVELAÇÕES DOS ESPÍRITOS A KARDEC:
O movimento dos astros é circular (GEN, cap. VI, p.100);
Os satélites são o resultado do "destacamento" de matéria dos planetas (GEN, cap. VI, p. 101);
Marte não possui satélites (GEN, cap. VI, p. 103);
O universo é eterno (GEN, cap. VI, p. 113);
Há vida inteligente em outros planetas (GEN, cap. VI, p. 115);
Todos os globos são habitados, inclusive as estrelas (LE, q. 55, p. 60);

Kardec afirma que Adão existiu, e no mesmo parágrafo dá razão a quem nega que ele tenha existido (LE, q. 51, p.59).

É possível dar credibilidade uma religião cheia de falhas ?

É por estas e outras que na França onde se originou o espiritismo, não existem espíritas, só encontramos em paises sub desenvolvidos.

Shalom !!!

26 de abril de 2012 18:57

prezado, isto que vc afirmou ser do livro dos espiritos não existe, vc tirou mesmo de onde? o livro dos espiritos? va no livro dos espiritos pagina 129 q 222 ? confira?

27 de abril de 2012 08:48

Algumas conciderações para vc refletir sobre o espiritismo


1. Se a alma humana se reencarna para pagar os pecados cometidos numa vida anterior, deve-se considerar a vida como uma punição, e não como um bem.

2. Se a alma se reencarna para pagar os pecados de uma vida anterior, dever-se-ia perguntar quando se iniciou esta série de reencarnações. Onde estava o homem quando pecou pela primeira vez? Tinha ele então corpo? Ou era puro espírito? Se tinha corpo, então já estava sendo castigado. Onde pecara antes? Só poderia ter pecado quando ainda era puro espírito. Como foi esse pecado?

3. Se a reencarnação fosse verdadeira, com o passar dos séculos haveria necessariamente uma diminuição dos seres humanos, pois que, à medida que se aperfeiçoassem, deixariam de se reencarnar. No limite, a humanidade estaria caminhando para a extinção. Ora, tal não acontece. Pelo contrário, a humanidade está crescendo em número. Logo, não existe a reencarnação.

4. Respondem os espíritas que Deus estaria criando continuamente novos espíritos. Mas então, esse Deus criaria sempre novos espíritos em pecado, que precisariam sempre se reencarnar. Jamais cria ele espíritos perfeitos?

5. Se a reencarnação dos espíritos é um castigo para eles, o ter corpo seria um mal para o espírito humano. Ora, ter corpo é necessário para o homem, cuja alma só pode conhecer através do uso dos sentidos. Haveria então uma contradição na natureza humana, o que é um absurdo, porque Deus tudo fez com bondade e ordem.


6. A reencarnação causa uma destruição da caridade. Se uma pessoa nasce em certa situação de necessidade, doente, ou em situação social inferior ou nociva -- como escrava, por exemplo, ou pária – nada se deveria fazer para ajudá-la, porque propiciar-lhe qualquer auxílio seria, de fato, burlar a justiça divina que determinou que ela nascesse em tal situação como justo castigo de seus pecados numa vida anterior. É por isso que na Índia, país em que se crê normalmente na reencarnação, praticamente ninguém se preocupa em auxiliar os infelizes párias. A reencarnação destrói a caridade. Portanto, é falsa.

7. A reencarnação causaria uma tendência à imoralidade e não um incentivo à virtude. Com efeito, se sabemos que temos só uma vida e que, ao fim dela, seremos julgados por Deus, procuramos converter-nos antes da morte. Como um aluno que tivesse a possibilidade de fazer milhares de provas de recuperação, para ser promovido, pouco se importaria em perder uma prova - pois poderia facilmente recuperar essa perda em provas futuras - assim também, havendo milhares de reencarnações, o homem seria levado a desleixar seu aprimoramento moral, porque confiaria em recuperar-se no futuro.

8. A doutrina da reencarnação conduz necessariamente à idéia gnóstica de que o homem é o redentor de si mesmo. Se isto fosse verdade, o Sacrifício de Cristo pela humanidade teria sido inútil, portanto o Espiritismo é PURA INVENÇÃO HUMANA.

Shalom !!!

Anônimo
21 de julho de 2012 03:19

Fala como se fosse o dono da verdade, mas pelo que você disse, só copiou esse texto e não deve ter conhecimento mínimo sobre a nossa doutrina.
Pra começar, os ensinos Alan Kardec não é todo o Espiritismo, ele só fundou uma variação da doutrina chamada Kardecismo.
Eu vou lhe mostrar como a Bíblia é um livro coerente em cinco exemplos:

1- Existia no Egito Antigo a lenda de um deus chamado Hórus: ele nasceu de uma virgem, se reviveu após 3 dias morto e faz parte de uma trindade de deuses que combatem o mal. Hórus não pode ser uma cópia de Jesus porque a lenda dele surgiu 5000 anos antes de cristo.
2-No induísmo, que é uma religião muito mais antiga que o Cristianismo, se tem a lenda de um homem chamado Kali Yuga que foi avisado por um deus chamado Vishnu que o mundo seria inundado porque as pessoas haviam esquecido os ensinamentos, e esse homem tinha de construir uma arca pra sobreviver. Não te lembra nada?
3-Existia um deus persa, também antes de Jesus, chamado Mitra. Ele teve 12 discípulos, ressuscitou depois de 3 dias, era referido como "cordeiro"
4-Outro Deus pré-cristo chamado Átis, nasceu dia 25 de dezembro de uma virgem; Foi crucificado, morreu e foi enterrado; Ressuscitou no terceiro dia.
5-O deus Krishna de 3228 a.C. Nasceu no dia 25 de dezembro também de uma virgem chamada Devaki; Uma estrela avisou a sua chegada; É a segunda pessoa de uma trindade de deuses; Foi perseguido por um tirano que requisitou o massacre dos milhares dos infantes.

Como você pode ver, a sua religião é bem mais cheia de falhas que a nossa. Prove a veracidade da sua em vez de questionar a alheia.
Se você excluir, não responder meu comentário de forma descente ou insistir nos mesmos argumentos fugindo do assunto, saberei que formei mais um ateu.

22 de julho de 2012 10:18

Prezado Espírita anônimo e revoltado,

Não sou o dono da verdade mas a minha Igreja a qual pertenço como o mais indigno membro por iniciativa ,graça e eleição imerecida de Deus, conforme está escrito em I Tim3,15: "A Igreja é a coluna e sustentáculo da verdade"

Sua doutrina é falaciosa e NOMINALISTA,coisa que talvez vc não saiba nem ao menos que é, e vou ajudar-lhe amorosamente neste esclarecimento:

Nominalismo é: Para dar credibilidade a uma afirmação, coloco uma autoridade superior, no espiritismo atribuem aos espíritos EVOLUIDOS.


Espíritas como vc nos debates que travamos não querem que usemos a bíblia para justificar nossos argumentos e apelam dizendo a bíblia foi alterada sem citar fontes seguras (Onde ? Quando e por quem e por que ?).

Mas querem usar a argumentação espírita BASEADA EM REVELAÇÕES DOS ESPÍRITOS ? Ora tenha paciência !!! isto é o mesmo que trocar seis por meia dúzia.

Sua rídícula missiva não será excluida, e ficará exposta para nossos internautas verem a farsa de sua doutrina inventada pela ACHOLOGIA humana.

Com relação a sua missiva de semelhança da doutrina cristã com outros deuses e religiões, tudo isto era preparaçao para a verdadeira religião revelada por Cristo, pois em Cristo tudo foi RECAPITULADO e restaurado.

Esperando tê-lo atendido:

Shalom !!!

22 de julho de 2012 10:38

ALGUNS MOTIVOS RACIONAIS PARA NÃO ACREDITAR NA RE-ENCARNAÇÃO




O Nominalismo é: Para dar credibilidade a uma afirmação, coloco uma autoridade superior, no espiritismo atribuem aos espíritos EVOLUIDOS.

Seria possível aos espíritas responderem “RACIONALMENTE” e não segundo Allan Tetrec ou revelações de espíritos de defuntos os argumentos abaixo , já que o Cristão quando vai tentar usar a Bíblia para fundamentar os argumentos vocês não aceitam. Bebam agora de seu próprio Veneno, respondendo de forma RACIONAL - Algum espírita tem capacidade para tal ?

1)- Se a alma humana se reencarna para pagar os pecados cometidos numa vida anterior, deve-se considerar a vida como uma punição, e não um bem em si. Ora, se a vida fosse um castigo, ansiaríamos por deixá-la, visto que todo homem quer que seu castigo acabe logo. Ninguém quer ficar em castigo longamente. Entretanto, ninguém deseja, em sã consciência, deixar de viver. Logo, a vida não é um castigo. Pelo contrário, a vida humana é o maior bem natural que possuímos.


2)- Se a alma se reencarna para pagar os pecados de uma vida anterior, dever-se-ia perguntar quando se iniciou esta série de reencarnações. Onde estava o homem quando pecou pela primeira vez? Tinha ele então corpo? Ou era puro espírito? Se tinha corpo, então já estava sendo castigado. Onde pecara antes? Só poderia ter pecado quando ainda era puro espírito. Como foi esse pecado?


3)- Era então o homem parte da divindade? Como poderia ter havido pecado em Deus? Se não era parte da divindade, o que era então o homem antes de ter corpo? Era anjo? Mas o anjo não é uma alma humana sem corpo. O anjo é um ser de natureza diversa da humana. Que era o espírito humano quando teria pecado essa primeira vez?

4)- Ora o espírito reencarnar-se para expiar culpas de que NÃO TEM A MÍNIMA LEMBRANÇA ???!!!, Isto vai expressamente contra o perdão, a anistia, a misericórdia e piedade tanto no plano divino como humano, pois os próprios EDUCADORES de hoje condenam a punição a crianças sem antes explicar a elas porque está sendo punida, isto é irracional e injusto.


5)- Se a reencarnação fosse verdadeira, com o passar dos séculos haveria necessariamente uma diminuição dos seres humanos, pois que, à medida que se aperfeiçoassem, deixariam de se reencarnar. No limite, a humanidade estaria caminhando para a extinção. Ora, tal não acontece. Pelo contrário, a humanidade está crescendo em número. Logo, não existe a reencarnação.

6)- Respondem os espíritas que Deus estaria criando continuamente novos espíritos. Mas então, esse Deus criaria sempre novos espíritos em pecado, que precisariam sempre se reencarnar. Jamais cria ele espíritos perfeitos?

Continua...

22 de julho de 2012 10:39

Continuando com as perguntas que os espíritas não conseguem responder RACIONALMENTE sem apelas para a doutrina espírita:


7)- Se a reencarnação dos espíritos é um castigo para eles, o ter corpo seria um mal para o espírito humano. Ora, ter corpo é necessário para o homem, cuja alma só pode conhecer através do uso dos sentidos. Haveria então uma contradição na natureza humana, o que é um absurdo, porque Deus tudo fez com bondade e ordem.

8)- Se a reencarnação fosse verdadeira, o nascer seria um mal, pois significaria cair num estado de punição, e todo nascimento deveria causar-nos tristeza Morrer, pelo contrário, significaria uma libertação, e deveria causar-nos alegria. Ora, todo nascimento de uma criança é causa de alegria, enquanto a morte causa-nos tristeza. Logo, a reencarnação não é verdadeira.

9)- Vimos que se a reencarnação fosse verdadeira, todo nascimento seria causa de tristeza. Mas, se tal fosse certo, o casamento - causador de novos nascimentos e reencarnações – seria mau. Ora, isto é um absurdo. Logo, a reencarnação é falsa.

10)- A reencarnação causa uma destruição da caridade. Se uma pessoa nasce em certa situação de necessidade, doente, ou em situação social inferior ou nociva -- como escrava, por exemplo, ou pária – nada se deveria fazer para ajudá-la, porque propiciar-lhe qualquer auxílio seria, de fato, burlar a justiça divina que determinou que ela nascesse em tal situação como justo castigo de seus pecados numa vida anterior. É por isso que na Índia, país em que se crê normalmente na reencarnação, praticamente ninguém se preocupa em auxiliar os infelizes párias. A reencarnação destrói a caridade. Portanto, é falsa.


11)- A reencarnação causaria uma tendência à imoralidade e não um incentivo à virtude. Com efeito, se sabemos que temos só uma vida e que, ao fim dela, seremos julgados por Deus, procuramos converter-nos antes da morte. Pelo contrário, se imaginamos que teremos milhares de vidas e reencarnações, então não nos veríamos impelidos à conversão imediata. Como um aluno que tivesse a possibilidade de fazer milhares de provas de recuperação, para ser promovido, pouco se importaria em perder uma prova - pois poderia facilmente recuperar essa perda em provas futuras.Portanto, a reencarnação impele mais à imoralidade do que à virtude, o resultado está ai em nossa sociedade depravada e voltando à barbárie.

12)- Se os espíritos reencarnam para purificarem-se de culpas anteriormente cometidas (Como professa o DOGMA espírita), certamente não poderá cometer novos erros, nem em hipótese alguma REPETIR OS QUE ESTÁ EXPIANDO, OU PAGANDO, o que é simplesmente impossível, a menos que se negue a liberdade humana, ou admita-se por mera ACHOLOGIA um interminável reencarnar-se e uma terra cientificamente eterna.


13)- A doutrina da reencarnação conduz necessariamente à idéia gnóstica de que o homem é o redentor de si mesmo. Mas, se assim fosse, cairíamos num dilema: Ou as ofensas feitas a Deus pelo homem não teriam gravidade infinita; Ou o mérito do homem seria de si, infinito. Se o homem fosse divino por sua natureza, como se explicaria ser ele capaz de praticar o mal ?...

"Se enxerguei além dos outros, é por que estava no ombro de gigantes" (Isaac Newton)

Anônimo
2 de agosto de 2012 17:14

Meu nome é Charles ou (charlie no yahoo respostas), e te faço uma pergunta...se a reencarnação não existe, se não existe o carma, me explica porque uma criança nasce desnutrida, com HIV, na Etiópia a cada dia? que mal elas fizeram a Deus? só porque os pais delas não aceitaram Jesus? e que culpa tiveram para ter estas doenças, ou que pecado cometeram para serem punidas assim? tenho imenso prazer em conversar com voce sobre este assunto

Anônimo
2 de agosto de 2012 17:40

Não existem castigos e nem recompensas, tudo que existem são consequências !

1)Quando um aluno reprova de ano, é um castigo para ele pagar novamente a mesma lição ou ele deveria se sentir abençoado por assim poder fazer? Isso depende de aluno para aluno cada um enxerga como quer, mas isso não muda o fato que o "único" responsável é ele mesmo.

2)Essa é uma reflexão bem interessante.Uma alma reencarna ou seja adquire novo "corpo" não apenas para pagar "pecados",obviamente todos alunos de uma escola, não está em uma mesma serie porque são todos repetentes.

3)Nós somos por enquanto apenas criaturas de Deus.De acordo com o nosso entendimento bem limitado sobre qualquer intenção de Deus ou sobre nosso passado, sabemos apenas que "fomos criados Simples e ignorantes".
*Os organismos Procariontes, possuem apenas uma célula e nenhuma membrana envolvendo o núcleo. Acredita-se que são os primeiros organismos que, de alguma forma, surgiram no planeta.(Quem sabe não seria esse nosso BEM antigo passado? risos)*

4)http://www.espirito.org.br/portal/artigos/simonetti/esquecimento.html
Acredito que esse texto sintetiza bem a sua duvida. A respostas são logicas e coerentes, se fazem parte da doutrina,bom daqueles que leram.

5)É coerente analisar todo um país por apenas uma de suas cidades ? ou toda uma cidade por um dos seus bairros? Obviamente que não. Se ainda não conseguimos ir ao fundo dos mares ver o que lá existe quem somos nós para dizer que apenas nós existimos nesse universo?. "Na casa do meu pai existem muitas moradas".

6)Sinceramente eu me sinto muito pequeno para ta falando o que Deus ta fazendo ou não.Se eu nem conheço todas as leis que regem o nosso planetinha, quem serei eu para dizer o que o PAI do universo ta fazendo.

Obrigado irmão pela oportunidade de estudar sobre temas tão ricos.

Sei que não tenho o direito de dizer o que a vossa pessoa deveria fazer, mas acredito que estudar de coração aberto e usando o senso critico pode te ajudar a responder o resto de suas perguntas.

Paz e um Abraço fraterno !

3 de agosto de 2012 08:16

Prezado espírita Charlie,

Obrigado por sua visita a nosso apostolado, para responder em maior profundidade esta temática postei ontem esta matéria: A TEOLOGIA DA RETRIBUIÇÃO: POR QUE ALGUNS NASCEM :Cegos, aleijados, retardados, pobres e outros não?

Mas responden as sua duas missivas que para os espíritas parecem insolúveis, e o parabeniso por ter vindo ao lugar certo para buscar as respostas e não consultando defuntos que não passam de demônios enganadores:


Charles para os espíritas e atesu essas questões parecem-lhes que sejam “insolúveis”, mas será que são ?

Vamos, pois, à solução delas.

“1. Se Deus é onisciente, então sabe eternamente que o homem pecará e não é possível compreender que o puna por aquilo que, de antemão, sabe que ele fará”.


RESPOSTA: Deus criou o homem livre,com liberdade psicológica chamada também de livre arbítrio.

O espírita optou livremente em ser “espírita”, isto é um fato, ou seja escolheu essa posição doutrinaria livremente.

Por que Deus criou o homem livre?

Porque só se pode premiar quem é livre. Não se pode premiar uma cadeira pelo fato de que ela nunca saiu do lugar em que a colocaram numa sala. Só se pode premiar quem escolhe e faz o bem livremente.

Então Deus criou seres inteligentes e livres para que Ele pudesse premiá-los.Ora, sendo os anjos e os homens livres, eles podem fazer o bem ou deixar de fazê-lo (omissão) ou fazer o contrário do bem (o pecado) livremente. Aos que fazem livremente o bem, Ele dará prêmio. Aos que livremente e deliberadamente pecam, a própria justiça se encarrega de castigar e corrigir.

Sendo Deus onisciente, Ele sabe eternamente quem pecará. E sugere que Deus não deveria criar esses homens, que Ele sabe que pecarão ?



a) O fato de que Deus conhece eternamente tudo, não significa que Ele conhece antecipadamente o que o homem livremente vai escolher, pois Deus não está no tempo. Deus tudo sabe no agora eterno em que Ele existe.

b) O saber eterno de Deus não é a causa do agir livre do homem no tempo. É a ação livre do homem que produz o conhecimento de Deus.

Assim como um professor conhece, desde o primeiro dia de aula, que um aluno está fraco em certa matéria ou que não tem capacidade de aprendê-la, ou outro que é vagabundo e não quer aprendê-la, ainda que o professor se esforce por ajudar esse alunos, eles tomarão bomba – serão reprovados, ou porque não têm competência ou por não quererem estudar. Não é o saber antecipado do professor (que está no tempo) que vai causar a reprovação do aluno. Será o oposto: esses alunos serão reprovados por culpa própria.


c) Dou-lhe mais um argumento:

Se estamos no alto de um monte, e vemos um cego caminhando para um abismo, sabemos que, se ele continuar em sua caminhada, ele irá cair no abismo e que vai morrer. Nós gritamos ao cego que ele pare, porque há um abismo mais adiante à sua frente.Se o cego recusar atender a nosso aviso, e continuar a caminhar na mesma direção, ele cairá no abismo e morrerá. Mas não morrerá porque sabíamos do fim que ele ia ter. Ele livremente quis continuar em sua marcha em direção ao abismo, e ele quis isso livremente, apesar de nossos avisos.


d)- Assim também Charles,Deus o avisa continuamente para deixar de ser espírita. Caso você não mude, sofrerá as consequências de sua livre escolha.

Continua...

3 de agosto de 2012 08:18

Com relação ao mal, o sofrimento e as desigualdades humanas:

Caro Charles Só quem pensa de modo muito superficial pode se escandalizar com os desastres naturais e as mortes que eles causam, bem como as desigualdades. Deus em sua infinita sabedoria criou um mundo desigual, desigualdade que não justifica as situações de injustiças,pois Ele nos ensinou como tratar todas estas questões em sua palavra revelada quando o verbo se fez carne e veio habitar entre nós: Jesus Cristo e não Alan Kardec.


Essas mesmas pessoas Charles, não pensam que, todos os dias, há milhares de mães que matam os seus próprios filhos, em seu ventre, praticando o aborto.Milhões de abortos são perpetados diariamente no mundo. Isso é muito pior que qualquer catástrofe natural. No último carnaval, só em São Paulo, houve mais de 150 assassinatos.Por ano, no Brasil, são assassinadas mais pessoas do que morreram na guerra do Vietnã.Os abortos e homicídios são criminosos.


Só considera que a morte é o maior dos males, quem é materialista e acredita que só existe esta vida física, que seria o bem supremo.Pobres tolos que não conhecem o bem e questionam o mal relativo.Pobres desesperados que julgam ser a vida física o bem supremo e que vêem esse bem se escapar entre os dedos todos os dias. Pobres desesperados que se agarram a uma vida que lhes foge com uma peneumonia, com um desastre, um assalto, ou com a AIDS.


Charles, entenda uma coisa: Os desastres naturais não são causados diretamente por Deus. Se eu tropeço e caio, quebrando uma perna, Deus não é o causador disso. Ele fez a lei da gravidade, que me permite andar. Mas, se não tomo cuidado, tropeço, e essa mesma lei que me ajuda a viver, pode me causar uma fratura.



E a morte meu caro Charles não é o pior mal que pode nos acontecer . O pior mal é o pecado, que nos leva ao inferno.O maior mal é não ter Deus na alma. O maior mal é não amar a Deus, que é a Verdade, o Bem, e a Beleza absolutas.


Nós todos estamos condenados a morrer, quer seja de infecção numa unha encravada, quer por um desastre. Eu vou morrer em breve. Você também vai morrer, enfim todos nós iremos morrer um dia, não importa quando, nem de que forma, mas o importante é morrer bem.



E Charles só morre bem quem viveu bem, cumprindo a lei de Deus. Quem não sabe por que vive, não compreende por que se morre. Quem não tem motivos para viver, não sabe por que morrer. E como bem disse um poeta, já que vamos morrer, é melhor morrer com glória.É melhor viver com honra, para saber morrer com glória como morreu a Dra. Zilda Arns e os valorosos soldados das forças de Paz.



Os homens de nossa época não sabem por que vivem, e por isso não sabem porque morrem. Cristo, o Filho de Deus, sem ter culpa alguma, sofreu paixão terrível, e morte na cruz, para pagar os meus pecados. (E os seus, também).E os pecados dos coitados mortos pelos desastres naturais ou provocados.Cristo padeceu por nós, sem ter culpa.



O Catolicismo caro Charles, é a religião da Cruz, a mãe igreja não se envergonha da Cruz e oferecê-la a seus filhos como fez Cristo.No Calvário, lembra São Luis de Montfort, havia três cruzes: a de Jesus inocente, a do ladrão arrependido, e a do ladrão blasfemador desesperado.E foi assim para nos ensinar que todos na vida sofrem. Sofrem os inocentes, como Cristo.Sofrem os pecadores arrependidos, como o ladrão arrependido que ganhou o céu com isso. Sofrem os pecadores pertinazes, como o ladrão blasfemador e desesperado.


E não sabe você Caro Charles que o sinal do cristão é o sinal da cruz? E este sinal nós o fazemos largamente da cabeça ao coração, do ombro esquerdo ao direito, para significar qua aceitamos todas as cruzes e sofrimentos que Deus, Nosso Senhor, nos enviar ou permitir, nesta vida.

Saia das trevas do espiritismo e venha para a verdadeira Luz de Cristo, pois fique sabendo que nem tudo que brilha é ouro, sabia disto Charles.

Shalom !!!

7 de agosto de 2012 14:04

Meu amigo, ja que falas que reencarnação não existe, e que a biblia diz que foi concedido ao homem morrer uma vez só vez e depois a ressureição, eu humildemente queria que você com a ajuda de sua doutrina me explicasse em detalhes esclarecidos, como esse procedimento acontece, dentro da normalidade espiritual, assim como o espiritismo esclarece, detalhe por detalhe como acontece o nascimento, evolução, desencarne, estado dela na erraticidade e reencarne nesse em outro planeta mais ou menos evoluidos, para expiações de coisas pendentes. Por que, o espiritismo deixa da forma mais clara e sem nenhuma sombra de duvidas tudo o que precisamos saber nos mais minimos detalhes, como acontece todas as etapas além tumulo e antes dele na evolução do espirito, queria dizer também, se pensarmos que não existe a reencarnação, negariamos a soberania e a justiça de Deus, por que, como poderia, uma pessoa, durante sua vida, gozar de boa saúde fisica e mental, e outras terem um turbilhão de lagrimas para chorar, por terem uma saúde fragilizada desde o seu nascimento, ou seres vegetativos que não podem nem sequer sairem do lugar onde estão por terem deficiencias mentais ou fisicas, homens que vivem 90, 100 anos e uma vida de abundancia em saude, e outras que desencarnam em catastrofes muito jovens ou por doenças que vem desde sua concepção do ventre de sua mãe, ou então meninos e meninas que todos os dias morrem poucas horas, ou meses depois de nascerem ou alguns poucos anos, o que viveram da vida? Então meu irmão, como poderia ser dito que morressem uma só vez? Se não foi lhes dado nem o direito de viver? Se para uns a vida é boa e gozam de boa saude, para outros não é assim, pensamos e refletimos sobre isso e verás que só acharás todas essas respostas na doutrina da reencarnação, que é a doutrina do Cristo, mas que foi esclarecida por Kardec, e assim como Cristo foi criticado, com kardec e seus seguidores não haveria de ser diferente, só queria que pensasse no meu discernimento e me diga! Com essa visão das coisas, como podemos negar a reencarnação, que seria o recomeço, a nova chace, o dia após o outro, a misericórdia de Deus que a biblia prega, o perdão divino por nossos erros, pois só vivendo outra vez para poder expia-los de outra forma não seria possivel, passar bem irmão que a paz de Deus e nosso mestre Jesus Cristo esteja convosco.

7 de agosto de 2012 23:00

Prezado espírita com dúvidas: Diego Rodrighy
Sua pergunta em resumo é sobre porque permite Deus que haja males no mundo (guerras, doenças, morte, sofrimentos, pobreza etc), sendo que Deus é bom e justo.
Isto para nós Católicos é muito fácil de responder, e não vou precisar recorrer a passagens bíblicas como vc recorreu a espiritismo já levantar as questões, vou responder-lhe usando unicamente a RAZÃO:

Você deve se lembrar, meu caro Diego Rodrighy, que o mal, como coisa, como ser, não existe. Lembra-se do exemplo do buraco numa folaha de papel ? O buraco não existe. O que existe é o papel. Mal é falta de ser, falta do que devia existir, ou falta de ordem.

Por exemplo, se me falta um olho, isso é um mal. É falta de algo que devia existir. O veneno de uma cobra, enquanto ser, é bom . Ele só é um mal em minhas veias. Não está, quando nelas, no local adequado. Não está em ordem.
Caro Diego Rodrighy sempre que se faz uma ação má, no fundo se busca um bem, embora menor. Por exemplo, quem rouba busca o bem do dinheiro. Roubar é um mal, porque estabelece uma desordem entre os bens. O dinheiro é um bem. Entretanto, a justiça é um bem maior do que o dinheiro. Quem rouba, coloca o bem menor (o dinheiro) acima do bem maior (a justiça). Essa desordem é que constitui o mal moral (uma ação má).
O demônio, enquanto ser, é bom, pois tem uma garnde inteligência e uma possante vontade, que ele usa só para agir mal.

O inferno caro Diego Rodrighy mesmo é um bem , porque por meio dele Deus faz justiça. Daí Dante fazer o inferno dizer:

"Fecemi la Divina Potestate (Deus Pai), la Somma Sapienza (Deus Filho) ed il Primo Amore (o Espírito Santo).

“Fizeram-me o Divino Poder (Deus Pai), a Suma Sabedoria (Deus Filho), e o Primeiro Amor (o Espírito Santo) “.
Agora, vamos à sua pergunta, sobre o porquê Deus permitir o mal relativo, como a morte, a doença , pobreza com uns e outros não:

Em primeiro lugar, Deus fez todas as coisas com qualidades desiguais. Ora , essa diferença de qualidades é que permite a ordem no mundo. E a ordem é que reflete a Sabedoria de Deus.
Havendo desigualdade nos seres, é claro que o ser com menos qualidade (uma pedra em relação a uma planta) está numa situação de carência de bem, o que é um mal relativo. Mas isso foi feito por Deus assim , para que as coisas pudessem ser ordenadas entre si, fazendo brilhar a Sabedoria de Deus, através da ordenação das coisas criadas.
Caro Diego Rodrighy Deus também permitiu a pobreza para que os homens compreendessem que a riqueza não é o bem supremo, mas só relativo. Assim também com a saúde , a vida , o saber etc.
Além disso, Deus fez as coisas com desigualdade para que no universo fosse possível existir a caridade, que é imagem do amor de Deus.

Caro Diego Rodrighy para fazer o bem é preciso haver desigualdade. Só posso dar esmola , se existe um bolso cheio e outro vazio. Se ambos forem igualmente cheios , ou igualmente vazios, será impossível ou inútil dar esmola. A desigualdade entre pobres e ricos é que permite ao rico ser como Deus que nos dá tudo, e ensina ao rico que a riqueza não é o bem supremo.
É , pois Diego Rodrighy a desigualdade entre ricos e pobres que permite que no mundo haja uma imagem do Amor de Deus.
A guerra, a morte, o pecado são males que entraram no mundo com o pecado de Adão, que desregrou toda a nossa natureza.
Quando um homem injustamente ataca outro, o atacado tem direito de se defender. O mesmo acontece com um país: se é atacado, ele pode resistir ao agressor, e fazer-lhe guerra justa.
Freqüentemente, é no sofrimento - na pobreza, na doença, na dor - que o homem se aproxima de Deus. O mal relativo o aproxima do Bem Absoluto. O que é excelente.

Um abraço fraterno e sempre disposto a tirar a todas as dúvidas de nossos internautas:

Shalom !!!

Anônimo
6 de fevereiro de 2013 10:41

catolico nao tem moral para falar de um espirita o catolico sim tem que ler a biblia fui catolico minha vida quase toda la nao tem literatura biblica diferente do espiritismo que tem a biblia como livro sagrado apenas tem um traducao propria como a biblia sagrada catolica a igreja catolica nao acredita em contados com os espiritos mas rezam paras seus santos que e a mesma coisa de invoca um espirito o catolico e cego por sua inguinorancia por nao ler a biblia um dia que voce ler a biblia e nao o catecismo voce vai ter a verdade em seu coracao

Anônimo
6 de fevereiro de 2013 10:43

catolico nao tem moral para falar de um espirita o catolico sim tem que ler a biblia fui catolico minha vida quase toda la nao tem literatura biblica diferente do espiritismo que tem a biblia como livro sagrado apenas tem um traducao propria como a biblia sagrada catolica a igreja catolica nao acredita em contados com os espiritos mas rezam paras seus santos que e a mesma coisa de invoca um espirito o catolico e cego por sua inguinorancia por nao ler a biblia um dia que voce ler a biblia e nao o catecismo voce vai ter a verdade em seu coracao

Anônimo
6 de fevereiro de 2013 11:04

Prezado espírita anônimo e com vergonha da propria fé.

O problema de se fazer apostolado com espíritas é que eles são muito orgulhosos, e consideram todos os não-espíritas como "espíritos menos evoluídos".

2)-Argumentos de católicos, para eles, valem tanto quanto argumentos de crianças. A única coisa que importa para eles são as "revelações dos espíritos superiores", não importando se estas vão ou não contra a lógica e própria razão, que dizem tanto se basear.

Nas citações dos livros do Kardec, vou usar seguintes siglas para referir aos seus livros:
LE = Livro dos Espíritos, Instituto de Difusão Espírita, 79a. edição, 1993.
LM = Livro dos Médiuns, Instituto de Difusão Espírita, 20a. edição, 1987.
GEN = O Gênesis, Ed. Lake, tradução da 1a edição comemorativa dos 30o. aniversário dessa obra, 1966.
ESE = Evangelho Segundo o Espiritismo.
3)-Reencarnação:Diz Kardec no Livro dos Espíritos: "adotamos a opinião da pluralidade das existências, não só porque ela nos veio dos Espíritos, mas porque nos pareceu a mais lógica" (LE, q.222, p. 129).
4)-Além disso, ele afirma que "a reencarnação fazia parte dos dogmas judeus, sob o nome de ressurreição" (ESE, cap. IV, no.4, p.69), e que "ela foi confirmada por Jesus e pelos profetas, de maneira formal. Donde se segue que negar a reencarnação é renegar as palavras de Cristo" (ESE, cap. IV, no. 16, p. 74). Portanto, para Kardec, a reencarnação é verdadeira por três motivos:
a) Ela foi revelada pelos "espíritos superiores";
b) Ela é racional e lógica;
c) Ela é ensinada na Sagrada Escritura "de maneira formal".
5)-Para começar, é um absurdo dizer que o termo "ressurreição" dos judeus quisesse dizer a mesma coisa que a "reencarnação" dos espíritas. As ressurreições relatadas na Sagrada Escritura são todas dadas no mesmo corpo.
6)-Além disso, São Paulo também escreveu em outra epístola que “o homem só morre uma vez e, depois disso, se segue o juízo” (Heb 9, 27).
7)-Qual é o motivo da primeira encarnação de um espírito? – Não tem resposta.
8)-"Distinguir os bons dos maus Espíritos é extremamente fácil. Os Espíritos superiores usam constantemente de linguagem digna, nobre, repassada da mais alta moralidade (...). A dos Espíritos inferiores, ao contrário, é inconseqüente, amiúde trivial e até grosseira. Se, por vezes, dizem alguma coisa boa e verdadeira, muito mais vezes dizem falsidades e absurdos, por malícia ou ignorância" (LE, Introd. §VI, p. 22).
Veja que bobagem!! Então, se um demônio aparecesse a eles e falasse com modos... dizendo "por obséquio", "com licença" e "obrigado", seria ele um espírito evoluído!?!
9)- OS ERROS CIENTÍFICOS DAS REVELAÇÕES DOS ESPÍRITOS A KARDEC:
O movimento dos astros é circular (GEN, cap. VI, p.100);
Os satélites são o resultado do "destacamento" de matéria dos planetas (GEN, cap. VI, p. 101);
Marte não possui satélites (GEN, cap. VI, p. 103);
O universo é eterno (GEN, cap. VI, p. 113);
Há vida inteligente em outros planetas (GEN, cap. VI, p. 115);
Todos os globos são habitados, inclusive as estrelas (LE, q. 55, p. 60);

Kardec afirma que Adão existiu, e no mesmo parágrafo dá razão a quem nega que ele tenha existido (LE, q. 51, p.59).

É possível dar credibilidade uma religião cheia de falhas ?

É por estas e outras que na França onde se originou o espiritismo, não existem espíritas, só encontramos em paises sub desenvolvidos.

Anderson - São paulo

weslei machado
13 de fevereiro de 2013 13:25

bem eu acho que tanto espirita quanto catolico esta errado ! o catololico acredita que maria apareceu para algum e a mesma coisa que um espirita que acredita em que possa aver contados com os espiritos o catolico realmente so ler o catecismo e nao e biblia o dia que um catolico ler a biblia ele vai ver que esta tao errado quanto o espirita talves ate masi errado

Anônimo
13 de fevereiro de 2013 14:38

Prezado Wesley Machado,

O problema dos protestantes é que só usam a bíblia debaixo do braço, mas não a leem toda, só leem o que o pastor ordena e seleciona, e sempre tirando texto do contexto pra servir de pretexto para suas achologias e heresias, tornando-se todos eles meros papagaios de pastor como é o seu caso pelo que percebo em seu comentário de alguém que não ler toda a bíblia.
Se lessem toda a escritura e todo o texto, veriam que NAS ESCRITURAS por iniciativa de Deus, Ele permite sim esta possibilidade, pois na transfiguração (POR INICIATIVA DIVINA)apareceram-lhes Moisés e Elias e falam com Cristo (Leia e confira em Mateus 17,3: Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, e a Tiago, e a João, seu irmão, e os conduziu em particular a um alto monte,E transfigurou-se diante deles; e o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes se tornaram brancas como a luz. E eis que lhes apareceram Moisés e Elias, FALANDO com ele).

Wesley você precisa entender é que a bíblia e a própria Igreja condena apenas a EVOCAÇÃO DE MORTOS (Ou seja entrar em contato direto com supostos espíritos de mortos) POR INICIATIVA HUMANA. Sempre que Maria apareceu não foi por EVOCAÇÃO mas por iniciativa de Deus, ou seja, Ele é quem escolhe a quem ela deve aparecer. Evocação é diferente de Intercessão (Suplicar, pedir em favor de) que por sua vez é diferente de MEDIAR (Advogar), só Cristo pode ser nosso advogado junto ao Pai. Maria é medianeira não junto ao Pai mas, junto ao seu filho Jesus, pois assim está profeticamente escrito:

À vossa direita se encontra a rainha, em veste esplendente de ourode Ofir...Salmo 44,55...Na cabeça uma coroa de doze estrelas (Cf. Ap 12,1).

Se ela está juntop do filho ela pode fazer como fez em Caná pedir pelos que orecisam, simples assim.

Anderson- São paulo

weslei machado
19 de fevereiro de 2013 17:06

se um catolico reza por um santo ele nao ta envocando um morto como me explica a aparicao de maria ce ela ja morreu? minguem vem au pai senao por cristo !agora voce interpretar a biblia como voce quiser mas nao da forma errada que voce descreveu ai em cima sobre o livro de apocalipis 12 ,1 me desculpe mas o protestante nao colaca a biblia debaixo do braço e sim vive por ela como umico livro de salvaçao !

Anônimo
19 de fevereiro de 2013 17:49

Repito ao protestante Wesley (O papagaio de falso pastor),

Wesley você precisa entender é que a bíblia e a própria Igreja condena apenas a EVOCAÇÃO DE MORTOS (Ou seja entrar em contato direto com supostos espíritos de mortos) POR INICIATIVA HUMANA.

Sempre que Maria apareceu não foi por EVOCAÇÃO mas por iniciativa de Deus, ou seja, Ele é quem escolhe a quem ela deve aparecer.

Evocação é diferente de Intercessão (Suplicar, pedir em favor de) que por sua vez é diferente de MEDIAR (Advogar), só Cristo pode ser nosso advogado junto ao Pai.


Maria é medianeira não junto ao Pai mas, junto ao seu filho Jesus, pois assim está profeticamente escrito:

À vossa direita se encontra a rainha, em veste esplendente de ourode Ofir...Salmo 44,55...Na cabeça uma coroa de doze estrelas (Cf. Ap 12,1).

Se ela está juntop do filho ela pode fazer como fez em Caná pedir pelos que orecisam, simples assim.

Tire a bíblia e leia toda caro Weslei e leia toda e não só o que interessa à sua seita e seus falsos pastores.

Realmente a cada dia me convenso: O Jesus dos Evangelhos, não é o mesmo dos evangélicos.

Anderson- São paulo

weslei
21 de fevereiro de 2013 09:42

como voce pode fala um coisa dessa ! voce sim que tem que ler a biblia uma pessoa que ja morreu nao pode fazer mas nada por voce e a biblia condena isso ! voce sim ta indo na onda do papa que ja mato milhoes de pessoa para leva sua fé e esconder a verdade deixando o home longe da biblia< acho que men catolico voce e que nao conhece sua fé todos que levam o nome de cristo faz ele bem me desculapa mas achei que voce era uma pessoa do bem

weslei
21 de fevereiro de 2013 09:46

tando a sua quanto a minha biblia falam de cristo e sao a mesma biblia apenas falei que o verciculo nao estava correto e nesse ponto vocefoi na onda da sua igreja que tomo para ela o verciculo como falando de maria mas se voce ler a biblia toda vai ver que nao e isso !

Anônimo
21 de fevereiro de 2013 14:56

Prezado protestante papagaio de pastor Wesley,

Você é desonesto, hipócrita e um falso Cristão, são por pessoas como você no meio protestante que os verdadeiros Católicos cada vez mais repudiam e teem nôjo desta religião satânica que só tem causado confusão e divisão entre vcs mesmos graças ao seu fundador o herege Lutero.

Leia a bíblia sosinho e vc mesmo,e não vá na lorota de seu falso pastor, e verá que em Apoc 12 a Mulher grávida que deu a luz a filho varão(Maria) foi arrebatada por um tempo e a metade de um tempo, e não morreu como vcs dizem.

De onde é sua fonte que o Papa Bento XVI matou milhões na fonte de seu falso pastor ???? Cego conduzindo cegos.Analfabeto conduzindo analfabetos só da nisto.

Vá estudar vc e seu pastor e se converterem, e depois venham debater conosco.

A propósito,caro Wesley papagaio de falso pastor, sugiro vc fazer um estudosinho sobre a INQUISIÇÃO PROTESTANTE que foi mais cruel que a Católica, pois a Protestante matou até Crianças e familias interiras nas fogueiras só por serem Católicas.

Tá vendo ? Quem tem teto de vidro como vcs meu caro não pode ficar atirando pedras no teto do visinho.

Seus pastores sem excessão são todos ladrões e aproveitadores.

Lucas 19,45-48: Jesus entrou no Templo e disse: “Está escrito: ‘Minha casa será casa de oração’. No entanto, vós fizestes dela um antro de ladrões”.

É claro que todo ladrão, ops...adestrador, ops...domador...pastor protestante... sabe que PEQUENAS IGREJAS SÃO GRANDES NEGÓCIO$$$$ !!! Por isto tratam de adquirir mais Clientes, ops...fieis... ficam denegrindo a imagem da Santa Igreja Católica : Coluna e sutentáculo da verdade ( I Tim 3,15).
Nas igrejas protestantes só há adoração ao dinheiro. Não estou criticando à questão dos dízimos, mas estou criticando às outras formas de doações que permitem pastores e pastoras a terem mansões luxuosas e com o máximo de conforto em nome de Jesus. Jesus já disse, no evangelho, que esta gente já recebeu a sua recompensa.


Enquanto estas pessoas adoram o dinheiro ainda muita gente continua passando fome, não tem abrigo, não tem onde morar e são rejeitadas por todo e qualquer motivo que se possa imaginar em (Deus me perdoe) "nome de Jesus".

DETALHE: “E os fiéis diga-se de passagem, não são tão inocentes assim, pois são levados a doar tudo que tem na ganância de receber o dobro, o triplo”, conforme as promessas dos pastores e bispos.


Anderson - São paulo

Anônimo
21 de fevereiro de 2013 15:30

Eita!!!!! A resposta do Anderson matou... e é verdade, quem tem teto de vidro nao deve atirar pedra no teto dos outros!!!

weslei
21 de fevereiro de 2013 19:56

sera por que a igreja catolica perde menbros todos os dia ? porque quanto alguem ler a biblia ela liberta a pessoa da ignoracia ; e uma pena que voce ache que alguem e papagaio de pastor. a nunca disse que o bento xvi mato milhoes de pessoas e sim que a igreja ja matou para leva sua fé escondendo a biblia e levando sua verdade pela santa inquisiçao a igreja matou bem mas que o nazismo

weslei
21 de fevereiro de 2013 20:41

Em Genebra, um dos berços da Reforma Protestante e onde ela se mostrou bastante radical, funcionou uma verdadeira “polícia da fé”. João Calvino (1509-1564), devido à sua autoridade sobre os protestantes suíços, era conhecido como o “papa de Genebra”. Ao organizar a Igreja Presbiteriana, instaurou comissões compostas de religiosos e leigos: a Venerável Companhia, responsável pelo magistério, e o Consistério, que zelava pela disciplina religiosa. Para isso, promovia confissões, denúncias, espionagens e visitas às residências, levando muitos à prisão, à tortura, ao julgamento e, em alguns casos, à morte.

A população era proibida de cultivar certos hábitos, como jogar, dançar e representar. Alguns pensadores foram perseguidos, como o médico e humanista espanhol Miguel Servet Griza. Ele foi preso, condenado e queimado em efígie – representado por um boneco. Fugiu em direção à Itália, mas acabou preso em Genebra, onde foi processado pelo Conselho presidido por Calvino e queimado por causa de proposições vistas como antibíblicas e heréticas, entre outras culpas.

Na Inglaterra, uma verdadeira caça às bruxas levou à morte centenas de mulheres acusadas de feitiçaria. A experiência persecutória inglesa foi ainda “exportada” para as colônias na América do Norte, como no famoso episódio das “bruxas de Salem”, ocorrido em Massachusetts, em fins do século XVII, em que várias adolescentes foram mortas, acusadas de promover reuniões em torno de uma fogueira nas quais, supostamente, invocavam espíritos.

Sem dúvida, não são poucos os exemplos de intolerância religiosa nos variados espaços que vivenciaram a Reforma Protestante, mas nada que representasse o equivalente dos estruturados tribunais inquisitoriais católicos.

weslei
21 de fevereiro de 2013 20:42

Na Alemanha, o líder protestante Martinho Lutero (1483-1546) exigiu perseguições aos anabatistas, grupo cristão mais radical da Reforma, porque, entre outras questões, eles não aceitavam as regras da Igreja Evangélica e divergiam sobre o batismo. A decisão causou a expulsão, o encarceramento, a tortura e a execução de milhares de pessoas. Lutero também divulgou textos com críticas aos judeus – embora sem maiores repercussões na época, estes escritos acabariam utilizados pela Alemanha nazista, em pleno século XX.

Anônimo
22 de fevereiro de 2013 08:06

Vamos refrescar a memória do agora omitidor e papagaio de pastor Wesley

DETALHE:Todas as informações abaixo estão com suas respectivas fontes ao final.

A INQUISIÇÃO PROTESTANTE, É PROIBIDO FALAR ?

Antes de tudo é importante ressaltar que a Própria Inquisição Católica foi o meio mais Justo de se aplicar a justiça humana da época - Era comum Criminosos pedirem a mudança de seus Crimes para Heresias, pois sabiam que seriam ouvidos e teriam julgamento justo - Era comum se ouvir dos réus : " É BOM ESTÁR SOB O BÁCULO DA IGREJA".


1)-INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA ALEMANHA:


Na época era dividida em Principados.Como havia muito conflito entre eles, chegaram no acordo que cada Príncipe escolhesse para os seus súditos a religião que mais lhe conviesse. Princípio administrativo do "cujus regio illius religio". Os príncipes não se fizeram rogar. Além da administração mundana, passaram também a formular e inventar doutrinas. A opressão sangrenta ao catolicismo pela força armada foi a consequência de semelhante princípio.
( Pfanneri. Hist. Pacis Westph. Tomo I e seguintes, 42 apud Doellinger Kirche und Kirchen, p. 55)


2)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA Holanda:Aqui foram as câmaras dos Estados Gerais a proibir o catolicismo. Com afã miserável tomaram posse dos bens da Igreja. Martirizaram inúmeros sacerdotes, religiosos e leigos. Fecharam igrejas e mosteiros. A fama e a marca destes fanáticos chegou até ao Brasil. Em 1645 nos municípios de Canguaretama e São Gonçalo do Amarante ambos no atual Rio Grande do Norte cerca de 100 católicos foram mortos entre dois padres, mulheres, velhos e crianças simplesmente porque não queriam se "batizar" na religião dos invasores holandeses. Foram beatificados como mártires recentemente. (A Reforma Protestante, Página 203, 7ª edição, em IRC. 1958 )



3)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA Suiça:O Senado coagido pelo rei aprovou a proibição do catolicismo e proclamou o protestantismo religião oficial. A mesma maldade e vileza ocorreram. Os mártires foram inumeráveis. ( J. B. Galiffe. Notices génealogiques, etc., tomo III. Pgna 403 )


4)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA Suécia: Gustavo Wasa suprimiu por lei o Catolicismo. Jacopson e Knut, os dois mais heróicos bispos católicos foram decapitados. Os outros obrigados a fugir junto com padres, diáconos e religiosos. Os seminários foram fechados, igrejas e mosteiros reduzidos a pó. (A Reforma Protestante, Página 203, 7ª edição, em IRC. 1958 )

Continua para o desespero do omitidor e papagaio de pastor Wesley...

Anônimo
22 de fevereiro de 2013 08:08

Continuando Caro papagaio e pastor e omitidor Wesley:

5)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA Dinamarca: O protestantismo foi introduzido por obra e graça de Cristiano II, por suas crueldades apelidado de " o Nero do Norte". Encarcerou bispos, confiscou bens, expulsou religiosos e proclamou-se chefe absoluto da Igreja Evangélica Dinamarquesa.
Em 1569 publicou os 25 artigos que todos os cidadãos e estrangeiros eram obrigados a assinar aderindo à doutrina luterana.Ainda em 1789 se decretava pena de morte ao sacerdote católico que ousasse por os pés em solo dinamarquês. ( Origem e Progresso da Reforma, página 204, Editora Agir, 1923, em IRC )


6)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA Escócia: O poder civil aboliu por lei o catolicismo e obrigou todos a aderir à igreja "calvinista presbiteriana". Os padres permaneceram, mas tinham de escolher outra profissão. Quem era encontrado celebrando missa era condenado à morte. Católicos recalcitrantes foram perseguidos e mortos, igrejas e mosteiros arrasados, livros católicos queimados. Tribunais religiosos (inquisições) foram criados para condenar os católicos clandestinos. ( Westminster Review, Tomo LIV, p. 453 )



7)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA INGLATERRA:A "reforma protestante" se expandiu rapidamente porque foi imposta de cima para baixo sem exceção em todos os países em que logrou vingar. O povo foi obrigado a "engolir" as novas doutrinas porque os reis e príncipes cobiçavam as terras e bens materiais da Igreja Católica.Padres e bispos foram presos e decapitados, igrejas e mosteiros arrasados, católicos aos milhares foram mortos. Tribunais religiosos (inquisições) foram montados em todo o país. ( Macaulay.
A História da Inglaterra. Leipzig, tomo I, página 54 ).



AVISO AOS PROTESTANTES ADORADORES DE MAMON: LUCAS 16,13: “Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou odiará a um e amará a outro, ou se prenderá a um e desprezará o outro. Não podeis servir simultaneamente a Deus e a Mamon...”

PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: Por que os protestantes e suas lideranças pulam essa parte do Evangelho ? E ainda dizem que são os católicos que escondem a verdade ? - Nunca os vi comentarem sobre esse trecho do Evangelho - Devem sentir-se constrangidos em ter de enfrentar a esta verdade dita pelo Cristo, contradizendo suas pregações de bençolatria , dizimolatria , sucessolatria e seus altos padrões de vida a custo dos ignorantes.

--------------------------------------
Autor: Dr. Em História: Professor Udson Rubens Correia

Não é permitido fazer novos comentários.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger