A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » QUANDO AS QUEDAS NOS AJUDAM A AMADURECER ?

QUANDO AS QUEDAS NOS AJUDAM A AMADURECER ?

Written By Beraká - o blog da família on terça-feira, 5 de julho de 2011 | 17:24



Palavras de Richard Bach:

“Não importa os atalhos que seguimos ao longo da nossa vida.Não importa as quedas que damos, as vezes que magoamos alguém, as vezes em que cometemos um erro que mais tarde nos deixou arrependidos.O importante é que as nossas forças se concentrem em sermos um pouco melhores a cada dia que passa e a tentar aprender alguma experiência com os erros que damos...”

Afinal de contas, a vida é feita de opções  que seguimos e se nos enganarmos no caminho, dá sempre para retomar a estrada certa,pois todo caminho tem volta.

Muitos são os que buscam realizações e satisfação, mas quantos realmente conseguem?

Quantos estão dispostos a enfrentar a jornada?

Quantos querem colher as flores sem machucar-se com os espinhos ?

Quantos querem usufruir do bônus sem ônus ?

Quantos já perceberam que o seu sucesso depende mais de si e menos dos outros?

Quantos já se deram conta de que não existe vida fácil para quem quer chegar em algum lugar?

Quantos já perceberam que não existe solução fácil para problema difícil ?

Quantos já perceberam que o sofrimento é inevitável, mas a dor é proporcional ao sentido que você dar a ele ?

Quantos já entenderam que as pessoas são diferentes e que por isso existem mais afinidades com uns e menos com outros?

Quantos já acreditam que sucesso não significa apenas dinheiro e bens materiais?

Quantos aceitam a idéia de que precisam dos outros e têm a coragem e humildade de pedir ajuda?

Quantos aprenderam que uma parceria tem que ser benéfica para todos os lados?

Quantos vêem as dificuldades como ferramentas de aprendizado e fortalecimento?

Quantos já perceberam que o respeito é uma estrada de mão dupla ?

Quantos já descobriram que ficar só lamentando e jogando a culpa de tudo nos outros irradia energia negativa e provoca o próprio isolamento?

Quantos conseguem trabalhar e viver simultaneamente?

Quantos têm a noção de que os sinais do sucesso (ou insucesso) aparecem de dentro para fora?

Quantos mudam de estratégia, antes de mudar de objetivo?

Quantos buscam orientações com quem realmente pode contribuir?

Quantos já se habituaram a apresentar uma proposta de solução junto com o problema?

Quantos percebem que às vezes é necessário recuar?

Quantos reconhecem que o que não é bom para eles pode ser bom para outros?

Quantos produzem além daquilo para o qual são remunerados?

Quantos sugerem mudanças  fazendo sempre as mesmas coisas ?.

Quantos já se convenceram de que não são culpados por tudo?

Quantos sabem que para receber informações confiáveis e de qualidade, devem fazer o mesmo quando enviam?

Quantos já aprenderam a separar as críticas construtivas das destrutivas? Quantos sequer têm objetivos?

Quantos percebem que pode-se aprender com qualquer pessoa?

Quantos desconfiaram que quem passa a vida como escravo da “segurança” e do “conforto” em detrimento do risco não cresce muito?

Quantos fazem aquilo que a maioria considera difícil fazer?

Quantos já perceberam que : " Aprender com os erros dos outros é sabedoria, pois não temos tempo de testar pessoalmente todos os erros possíveis..."

Quantos já sabem que para Deus o que é importa não é quantas vezes você caiu, mas se você está de pé ?...

Enfim, quantos já assumiram que o mundo é assim, complexo, e que é nele que temos que viver, e na medida do possível e dos dons concedidos por Deus a nós, tentarmos torna-lo um pouquinho melhor ?

“Se não continuarmos a tentar o mundo com valores Cristãos, é porque o mundo já nos mudou com seus valores mundanos...”


Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger