A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Pastor protestante corrige afirmação de que depressão é FALTA DE DEUS e só acontece com católicos e não com evangélicos

Pastor protestante corrige afirmação de que depressão é FALTA DE DEUS e só acontece com católicos e não com evangélicos

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 3 de setembro de 2017 | 09:23



COMENTÁRIOS DO BLOG BERAKÁ: Deus entende a tristeza. Jesus se sentiu triste. Muitos Salmos expressam tristeza e angústia profunda. Mas a tristeza não é o fim. A depressão é tristeza fora de controle. Deus quer e pode restaurar sua alegria e esperança. Durante a depressão pode parecer que Deus está longe ou não gosta de você. Isso não é verdade. Nossos sentimentos são enganosos (Jeremias 17,9). Deus lhe ama e está com você, mesmo quando você não sente. O plano de Deus é lhe dar esperança e futuro, não uma vida de tristeza sem fim (Jeremias 29,11). Creia na verdade de Deus, não em seus sentimentos. Depressão não é pecado nem sinal de falta de fé. Pessoas muito espirituais e firmes com Deus também passam por tempos de depressão. Elias sentiu depressão ao ponto de querer morrer. Jeremias ficou tão deprimido que desejou nunca ter nascido! (Jeremias 20,17-18) Ainda assim, Deus os sustentou e os ajudou a ultrapassar o sofrimento e a depressão.





Evangélicos com depressão?


(Pastor evangélico Luiz Henrique)



O grande problemas dos evangélicos é se acharem superiores e por isso imunes as doenças da alma. É infantil demais pensar que só porque servimos (a maioria de nós não entendeu o que é servir) a um Deus vivo, estamos livres de problemas relacionados a mente e a alma. “Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal”. Nós lemos isto e não entendemos que carregamos as consequências de viver no mundo.Eu mesmo sempre tive problemas em lidar com a dor, a perda, a solidão e a depressão. Talvez por isso sempre que posso, falo da dor e do porquê Deus as vezes parece ausente no momento da depressão.




C.S. Lewis escreveu em um de seus livros:


“Enquanto isso, onde está Deus? Este é um dos sintomas mais perturbadores. Quando você está feliz, tão feliz a ponto de não ter a sensação de precisar dele, ao recorrer a Ele com louvor, você é recebido de braços abertos. Mas recorra a Ele em um momento de desespero, quando todos os demais tipos de ajuda se mostram inúteis, e o que você encontra? Uma porta se bate no seu rosto, e você ouve o som da tranca que a fecha por dentro. Depois, segue-se o silêncio. Você pode tratar de ir embora...”



De fato, quando estamos nos sentido deprimidos e sozinhos Deus parece “fugir” de nós. Quando pensamos em falar sobre isto com os “irmãos da igreja”, logo receamos, pois hoje em dia o diabo tomou proporções de um “Semideus”, de tal modo que logo estarão expulsando ou “entrevistando” o diabo em você, pois para eles a dor na alma tem a ver com a quantidade de jejuns que não foram feitos ou com a quantidade de vezes em que você tentou orar mas não falou em línguas, só em lágrimas.Só quem já passou ou está passando por isso sabe do que estou falando. É quando você é tomado por uma dor que no inicio não incomoda mas que, conforme o tempo passa, se transforma em algo que toma todas as suas forças. Nem o que dava prazer e gáudio em você é poupado. De fato, quando o inverno chega, só pensamos na primavera e na possibilidade de andar descalço no verão, pois todas as nossas referências de inverno se limitam a um tom cinzento. Mas o problema é quando o inverno demora tanto a passar que a única solução é calçar as botas da solidão e se trancar no quarto da alma, esperando (em vão) que alguém não o julgue pelos cacos quebrados, mas te ajude a colar os pedacinhos que sobraram.O Apostolo Paulo chamou esta “estação” de dia mau, mas o problema é que não dura um dia! O trem da nossa existência insiste em ficar parado nesta estação por um longo período, sendo que, para quem está do “lado de fora”, as vezes a parada dura algumas horas, mas para quem está dentro do trem, a parada pode ser uma “eternidade”.Lendo isto (pois se você leu até aqui é porque está realmente passando, ou conhece alguém que está passando por isso).





“Como um evangélico pode lidar com a depressão e a solidão?”



A resposta é simples: Como todo mundo! Procurar um psicólogo e fazer terapia deve ajudar você a melhorar gradativamente. Outra dica que dou é escrever, praticar esportes e procurar uma atividade (talvez você possa até criar um blog).Se você entrou aqui esperando ler centenas de versículos isolados, dizendo que você é o melhor do mundo e que a sua depressão/solidão é resultado de uma ação diabólica, você infelizmente não quer ouvir a verdade. A angústia é sua, do mesmo modo que a depressão/solidão é minha! Deus pode curá-lo, claro, mas saiba que se assim ele fizer, ele estará lidando um “pirulito” e nada mais. As pessoas acham que Deus tem obrigação de curá-las de todos os males, e de fato ele pode curar, mas às vezes em sua infinita sabedoria, Ele misteriosamente vai permitir você passar por este sofrimento.



Evangélicos com depressão - Aprenda a lidar!



A Graça não nos desnaturaliza! Conheci diversas pessoas que nos cultos evangélicos eram conhecidos como “homens de Deus”, mas que não aguentavam pensar que na segunda-feira precisavam trabalhar. E isto não porque eram preguiçosos, mas porque durante o culto entravam em estado de êxtase e não se lembravam mais de como a depressão/solidão estava instalada como um vírus de computador em suas almas. Mas como já disse diversas vezes aqui no blog: “o verdadeiro evangelho não é para ser vociferado nos púlpitos, mas para me ajudar no dia a dia”, pois só você sabe para qual casa vai voltar depois do culto. Só você sabe para qual emprego, para qual escola, para qual marido, para qual esposa você voltará depois do culto. Ou, neste caso, só você sabe para qual você, você voltará!


Sendo assim posso dar algumas dicas de como os evangélicos com depressão podem ser ajudados:


  • Pratique esportes (de preferencia a esportes coletivos)
  • Escreva, mesmo que seja para você mesmo. Por mais que ninguém mais leia, escreva como você está se sentindo.
  • Procure um psicólogo em sua cidade, com certeza ele saberá o que fazer com você.
  • Leia os livros sapienciais da bíblia, e o Novo Testamento, de preferencia os quatro evangelhos.
  • Ocupe a mente com algo prazeroso. Brinque com os seus filhos, brinque com a sua esposa(o) ou com alguns amigos especiais.
  • Saia de casa! Vá tomar sol, correr, andar de bicicleta, suar e fazer caminhadas.
  • Aprenda que o que você está sentindo não é exclusivismo seu, mas milhões de pessoas ao redor do mundo também sentem.






Eu poderia falar mais sobre este assunto, pois como já revelei, passei e passo por isso. Porém aguardo o dia em que tudo ficará para trás, e assim como o dia mau demora “uma eternidade”, a minha existência ao lado Dele será eterna, pois hoje vejo como em enigma e me pergunto “porquê”, mas chegará o dia em que verei face a face e tudo será claro. Pois posso sofrer de tudo, mas por trás da depressão, da dor, da angustia e da solidão, há um espacinho na minha alma que ainda não foi devorada, pois é a parte que carrega a fé naquilo que ainda não vi, mas que espero!



PS: Não tenha vergonha em procurar um psicólogo. Saiba que Deus deixou os médicos e deu capacidade aos homens de tratar enfermidades, mesmo ele (Deus), tendo o poder de curar cânceres.


Fonte:http://www.voceparadeus.com/2014/06/evangelicos-com-depressao-aprenda-como-lidar.html


Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 1 Comentário. Deixe o seu!

13 de outubro de 2017 23:41

Sou protestante, graças a Deus, mas sempre que tenho dúvidas com relação a doutrina católica procuro sites católicos, por acreditar que ele me dará explicações livres de espantalhos. Então se me permite um comentário, fico muito triste quando vejo os comentários deste site e vejo a forma que o autor trata nos trata, sempre com muito desdém e sempre de forma muito hostil... Temos sim péssimos exemplos de pastores, assim como já vi péssimos padres, somos seres humanos. O pastor que disser que o evangélico não pode ter depressão nunca leu deuteronomio 2... Essa opinião é isolada, e não pertence a todas as denominações... Nossa igreja infelizmente não tem uma unidade, mas na verdade, nenhuma tem, nem mesmo a ICAR.
Graça e paz a todos os irmãos em Cristo.
P.s.: procuro opiniões pra melhor entender, não necessariamente concordar, mas sempre respeitar.

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino) “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger