A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Segundo o Jornalista Jorge Oliveira do Diário do Poder, Lula já tem Plano B para o caso de derrota do PT : “Criar uma Crise de INGOVERNABILIDADE”

Segundo o Jornalista Jorge Oliveira do Diário do Poder, Lula já tem Plano B para o caso de derrota do PT : “Criar uma Crise de INGOVERNABILIDADE”

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 16 de março de 2014 | 13:46



*Grifos meus: "Ou seja, irão cobrar com manifestações,militâncias e badernas, ações e soluções que eles em 12 anos não conseguiram realizar (Educação, segurança, saúde, habitação e as reformas necessárias), mas exigirão que o atual governante as façam logo no primeiro ano de mandato caso a oposição ganhe.O brasileiro precisa está atento para o que vai acontecer caso o PT perca as futuras eleições Presidenciais:Com o estado aparelhado, os petistas em represália vão tentar desestabilizar o país porque ainda são o partido mais organizado. Comanda as centrais de trabalhadores e milhares de sindicatos, portanto, têm como liderar greves e incentivar à massa a ir às ruas contra o novo governo. Os petistas não vão dar trégua porque, ressentidos com a derrota, tentarão de todas as formas inviabilizar o sucessor. Além disso, resistirão a abandonar os cargos para não perder os salários milionários sem antes boicotar o serviço público e  paralisar as atividades afins do estado.”


 É assim que opera o PT

E foi assim que a cúpula do partido agiu nos primeiros anos do governo Collor, quando estimulou a paralisação da máquina estatal,  criou CPIs, quebrou o sigilo fiscal de autoridades do governo, fabricou escândalos e levou às ruas milhares de jovens (os caras pintadas) para derrubar  o primeiro presidente eleito pelo voto direto depois da ditadura.  O PT  não se contentou com a derrota do Lula e organizou suas bases (sindicatos e centrais) para confrontar o novo governo. Criou núcleos de espionagem dentro dos órgãos federais infestados de seus militantes e simpatizantes e em pouco tempo derrubou o Collor, que já estava na corda bamba pelo governo medíocre que fazia com denúncias de corrupção pipocando por todos os lados.



Na oposição os petistas vão infernizar a vida de quem assumir o governo



Quatorze anos administrando a máquina pública, eles aparelharam o estado e agora conhecem como funciona a estrutura por dentro. Para desalojá-los do poder, o presidente eleito certamente gastará boa parte do mandato na assepsia das estatais onde os petistas estão infiltrados independente da qualificação profissional.


Lula está acompanhando com lupa a campanha da Dilma. Anunciou inclusive que estará na linha de frente dos trabalhos da reeleição da sua presidente. Acontece, porém, que ele tem dúvidas quanto ao êxito do sucesso dela à frente desta segundo mandato. Por isso já começou a trabalhar com outro cenário político: aumentar as bancadas petistas na Câmara e no Senado Federal e convocar a militância Ptista para já iniciar sua própria reeleição.





A estratégia consiste em dominar o Congresso Nacional no caso do PT não conseguir reeleger-se:



Perde-se, portanto, o governo, mas em compensação ganha-se o  parlamento submetendo o novo presidente às ordens petistas, leia-se lulista. Nos estados onde o PT não desponta como favorito ao governo, Lula tem estimulado uma aliança independente de ideologia para aumentar o número de parlamentares, o que permitiria o partido ter maioria no Senado e na Câmara e indicar os presidentes.


É assim que o ex-presidente quer permanecer soberano na política:



Lula sabe que a Dilma estará  definitivamente fora da política após um segundo mandato,porque ela com sua popularidade despencando,não teria condição de se eleger nem a síndica de prédio.  




A dificuldade dela de se manter na política deve-se a sua falta de base eleitoral em Minas Gerais e no Rio Grande do Sul os dois estados que abraçou para viver. Lula sabe também por experiência própria que num regime presidencialista como o nosso, manter a presidência das duas Casas é dominar o destino político do país como fazem alguns partidos, a exemplo do PMDB de Sarney, de  Renan e Michel que mantêm o Executivo sob seu jugo.




Não à toa que Lula não demonstra nenhum apetite para ocupar o lugar da Dilma. Conhece como  ninguém a incompetência da sua presidente para administrar o país e do fracasso que ronda o setor econômico. Assim, previne-se ao entregar os anéis para preservar os dedos: quer a Câmara e o Senado  para transformar o Executivo refém do seu partido, no caso de uma reeleição frustrada de seu partido.






*Artigo publicado no site http://www.diariodopoder.com.br, por Jorge Oliveira, em 14 de janeiro de 2014




LULA TENTA CHANTAGEAR O POVO COM POSSÍVEL DERROTA DE SEU PARTIDO

(POSTADO POR LUCIO NETOON)



Li por aí que o senhor Lula da Silva já tem um plano B caso seu partido não se reeleja.


Diz o comunicado apócrifo, plantado na conivente e submissa imprensa, que o plano seria detonado logo após a posse do novo presidente.O objetivo seria, em outras palavras, bagunçar o coreto e impedir que o novo presidente governasse o país.Afirma que, o Estado está aparelhado pela máquina petista e controla a grande maioria de sindicatos. O PT, sob o comando de Lula, mergulharia o país em greves.


É uma informação que carece de uma análise mais profunda, aprimorada - Vejamos:


01 - O PT não sabe governar. A prova aí está. A volta da inflação, dívida interna na casa dos trilhões, divida externa cada vez maior, saúde, educação, segurança pública um caos total e etc.


02 - O PT sabe bagunçar e fez isso durante os dois mandatos do governo FHC. Foi contra a implantação do Plano Real que deu estabilidade econômica ao país e sustentação aos dois mandatos de Lula e que está sendo destruída pela madame Dilma.


03 - Essa história de dizer que a máquina está aparelhada de petistas é balela. De uma canetada só o novo presidente põe todo mundo no olho da rua e ninguém vai notar diferença nenhuma, pois eles não fazem nada mesmo.


04 - Mergulhar o país em greve também é outra balela, pois existem leis que regulam as greves e que se não forem cumpridas os grevistas vão para o olho da rua.


05 - O PT sozinho não manda no Congresso Nacional. E, é claro, após a eleição do novo presidente, as forças do poder mudam com partidos que hoje são aliados do governo e que vão querer continuar sendo governo. E Lula e o PT nada vão ter para oferecer para impedir a debandada.


06 - Como a balela e a mentira, é uma marca desse partido, uma a mais, ou uma a  menos,não faz a menor diferença.


07 - Na verdade, o PT sabe que o povo brasileiro não aguenta mais continuar com esse estado de coisas e mesmo com um processo eleitoral possível de fraude, quer aterrorizar a população para um possível fracasso e daí criar o caos.


O que o cidadão tem é que dizer:

- Seu menino, seja besta não!


Fonte:www.lucioneto.com.br
Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger