A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas no todo ou em parte, não significa necessariamente, a adesão às ideias nelas contidas, nem a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Todas postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores primários, e não representam de maneira alguma, a posição do blog. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo desta página.
Home » , » Cantor Gil Monteiro tem shows cancelados em dioceses e se diz vítima de homofobia - Será mesmo?

Cantor Gil Monteiro tem shows cancelados em dioceses e se diz vítima de homofobia - Será mesmo?

Written By Beraká - o blog da família on quinta-feira, 30 de junho de 2022 | 15:29

 

 

(foto reprodução)

 

 

 

Cantor cristão Gil Monteiro sofre boicote ao se assumir gay: “Diocese disse ser grave ser quem sou e o que fiz"

 

 

 

 

Por: Leonardo Ribeiro

 

 

Um dos nomes da música católica brasileira, Gil Monteiro viu shows minguarem quando sua vida pessoal virou assunto entre dioceses. Como forma de dar uma explicação para os fãs, o cantor realizou uma live em que assumiu ser homossexual. 








Além disso, o paranaense, radicado no interior de São Paulo, disse ainda que há cinco anos tem um relacionamento com um homem, com quem se casou há dois anos (grifo nosso: o mesmo indo contra o magistério da Igreja, diz comungar regularmente) -  "Fui convidado a não tocar em um evento da diocese na qual mais trabalhei até hoje. Foi uma ordem superior porque era “grave o que sou e o que fiz”.  O que sou e fiz? (grifo nosso: o que é atualmente: não é mais um católico fiel, mas um militante gay! E o que fez e faz? Se comporta como um herege, ou seja, prega publicamente contra o magistério oficial da igreja, que acolhe o homossexual, não a prática).  








"Eu sou gay. Estou num relacionamento há mais de cinco anos (grifo nosso: a bíblia, tradição e magistério da Igreja não pode abençoar o pecado).Dentro dos meios que participava, isso nunca foi um problema e, de repente, se tornou (grifo nosso: não era problema, porque não era de conhecimento público e defendido de forma MILITANTE como algo correto, ordenado, natural e querido por Deus). Aquilo me machucou muito, por isso, decidi falar", disse Gil, na live publicada no Instagram.

 

 

 


 

O cantor, com mais de 40 mil seguidores no Instagram, usou o espaço na web para mostrar como as suas músicas já dialogavam com a sua orientação sexual e até o seu sofrimento silencioso. Porque antes de se assumir gay, o artista passou pelo próprio período de descobertas.







"Eu tenho terapia em dia, faço há seis anos (grifo nosso: se você ainda se considera católico e quer continuar a ser católico, aconselho você a procurar fazer terapia com terapeutas católicos, maduros e conhecedores da fé católica, que lhe levem para Deus, e não atolar você ainda mais no pecado lhe orientando a soltar e assumir seus demônios interiores como dizia Freud. Sem sombra de dúvidas, você vai encontrar aos montes terapêutas que vão dizer exatamente o que você quer ouvir, mas não o que você precisa ouvir!).Porque nasci em lar católico, aprendi a vida inteira o que a Igreja aprova e desaprova. Cheguei a pensar que meu caminho iria ser padre, teria que viver a castidade, isso que a Igreja recomenda. Aí fiz acompanhamento vocacional. Mas ser padre não é minha vocação. Poderia ser fuga. Eu sou cantor, tenho espiritualidade, estaria nas paradas, até na Globo, mas não era meu chamado".









Quando soube dos motivos do boicote, Gil ficou recluso, parou de cantar, precisou buscar ajuda. Aos poucos, relembrou o seu propósito. "Ouvi (da diocese) algo como: Se Gil largar isso aí (grifo nosso: largar a militância e o pecado público da união homoafetiva) pode cantar normalmente -  Eu poderia ter gravado outro projeto, tenho outras músicas de oração, enquanto estivesse no armário. Isso é o que mais acontece" 







(grifo nosso: no armário ou lutando contra seu espinho na carne até o sangue? Conforme Hebreus 12, 4-6: “Ainda não resististes até ao sangue, combatendo contra o pecado. E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor e não desanimes quando, por Ele, fores repreendido; porque o Senhor corrige o que ama e açoita a qualquer que recebe por filho”. – Pois estes que lutam até o sangue, violentando-se, ou seja, mortificando-se, são os que conquistam o Reino dos Céus, conforme Mateus 11,12 – Pois estreito é o caminho da Salvação e largo o da perdição, conforme Mateus 7,13-14).



(Jesus disse que estreito é o caminho da Salvação)



Continua o cantor se vitimizando: “É muita gente machucada, dilacerada. Ao me assumir, talvez esteja fechando portas. 







Não sei como será daqui para frente. Mas vivo pelo peso da liberdade, de não ter mais vergonha, não precisar cantar dentro de um armário. Eu quero que a música alcance muita gente (grifo nosso: alcançar pra que? Para os levarem a serem santos que precisam passar pela porta estreita, ou os levar a entrarem pela porta larga dos prazeres carnais?). 









Minhas composições são de serviço ao próximo. Deus nunca me negou o “espírito dele” sabendo quem sou. Por isso, entendi que precisava transbordar e ajudar mais gente.(grifo nosso: ajudar como? Levando estas pessoas a uma vida de prazeres e libertinagem?)  Vim para construir pontes, e não barricadas". (grifo nosso: não se constrói ponte entre luz e trevas, pelo contrário, Jesus diz que entre luz e trevas existe um abismo instransponível, conforme lemos em 2 Cor 6,14 e Lucas 16,26-29 – Enfim, não se faça de coitadinho e de perseguido, isso não vai ajudar nem a você ou a alguem em nada. Lute sim pela sua santidade e salvação, bem como de todos aqueles que o admiram. Não tenha a Igreja como sua inimiga, mas a tenha como "Mater e Magistra", ou seja, mãe e mestra! A igreja como mãe ela acolhe todos os pecadores, mas como mestra, é obrigada a ensinar a verdade – Que o verdadeiro Espírito de Deus o ilumine, lhe der forças e sabedoria para amar e abraçar a verdade, não a sua própria verdade, mas a de Deus que nos salva e liberta de nós mesmos!).

 


 

Fonte: https://esportes.yahoo.com/cantor-crist%C3%A3o-gil-monteiro-sofre-212244867.html

 









O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE A HOMOSSEXUALIDADE?














Muitos “cristãos coloridos” tentam provar que na Bíblia a homossexualidade não é um pecado. Eles geralmente argumentam que o contexto cultural em que Bíblia foi registrada era extremamente machista, por isso as mulheres, homossexuais e tantos outros absurdos eram permitidos. No entanto, sendo a cultura alterada, práticas que antigamente eram proibidas naturalmente deixam de ser? Os textos ditos machistas são:




NO VELHO TESTAMENTO





Gênesis 1,27: “Deus criou o homem e mulher”


Gênesis 19,5-7: “Existência de homossexuais em Sodoma e Gomorra”


Lev 18,22: “Proibição de um homem deitar-se com outro homem”


Juízes 19,22-23: “Homens querendo abusar sexualmente de um viajante”






NO NOVO TESTAMENTO






Romanos 1,27: “Homens e mulheres mudaram o jeito natural das relações sexuais”


1Coríntios 6,9: “Homossexualidade passiva e ativa como um pecado”


1Timóteo 1,10: “Sodomia (homossexualidade ativa) é vista como um pecado”






O QUE O PRÓPRIO JESUS DIZ SOBRE ESTA TEMÁTICA?





“Não tendes lido que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher e que disse: Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne?” (Mateus 19,4-5).











Na perspectiva bíblica, a homossexualidade é vista como um pecado! Na verdade, a Bíblia é contra qualquer tipo de distorção da prática sexual heterossexual-monogâmica!














Assim o adultério, a fornicação, a zoofilia, o incesto, a pedofilia, a prostituição e a homossexualidade são distorções da sexualidade projetada originalmente por Deus. Qualquer cristão, “colorido ou cinzento”, que ir além do que foi dito acima não entende muita coisa sobre sexualidade bíblica. Muito menos conhece Jesus — tão amado pela comunidade LGBT , pois ele também pensava assim, veja o que ele disse: “Não tendes lido que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher e que disse: Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne?” (Mateus 19,4-5).












Vamos falar com mais clareza: Não somos “coloridos”, tão pouco “cinzentos-sisudos”, somos seres humanos e, aos olhos dele, somos todos farinha do mesmo saco! Pecadores(as)!












A luta do homossexual não é diferente da minha como heterossexual casado, ou solteiro. Eu também luto diariamente para ser fiel a minha esposa, ser verdadeiro e justo em minhas relações, não cair na avareza e egoísmo, trabalhar duro para ganhar meu sustento de forma honesta e sem prejudicar a ninguém, etc. E muitas vezes caio! Mas não posso usar minhas quedas e fraquezas para justificar e sacralizar pecados! Somos todos iguais e seremos salvos por Jesus pelo mesmo caminho independente do nosso pecado seja ele qual for, pois nenhum pecado é maior que a misericórdia de Deus, bastando apenas: reconhecimento da própria culpa, arrependimento e fé na cruz e ressurreição do nosso Salvador Jesus Cristo por nossos pecados.











O CRISTÃOS DIANTE DA HOMOSSEXUALIDADE












Vou tentar ser rápido e dizer como um cristão deve se relacionar com homossexuais. Os cristãos estão sendo acusados por pelo menos 3 coisas:



1. Suposto ódio declarado a homossexuais.


2. Preconceito, intolerância e homofobia.


3. Interferir nos direitos humanos.












Por outro lado, os ativistas LGBT igualmente são acusados pelos cristãos em 2 coisas:







1. Tentar criminalizar a opinião da Igreja (que como toda instituição tem suas regras).




2. Promover ataques contra o cristianismo (esse é o confronto real que a gente vê se repetindo diariamente).




Meu ponto de vista é que nenhum dos dois grupos está totalmente certo ou errado! A discussão ficou muito polarizada e violenta. Existe pouco respeito e inteligência em ambos os lados! 






Por exemplo, existem “cristãos” que odeiam gays e gays que odeiam cristãos! Como existem cristãos que manifestam amor aos gays e vice-versa! 















Existe preconceito e homofobia por parte de alguns cristãos e também existe o pessoas do movimento LGBT atacando o cristianismo. Existem cristãos intolerantes e gays intolerantes, mas existem também cristãos tolerantes e gays respeitosos. O que não pode existir é a ilusão de que se vence intolerância com mais intolerância e o ódio com mais ódio. Precisamos urgentemente aprender a conversar como seres inteligentes e amorosos, sem essa dupla bem afinada, a briga não terminará jamais. E, ao que tudo indica, parece que a guerra não vai terminar. Vamos aprender uma coisa: cristãos de verdade não odeiam homossexuais; cristãos de verdade acolhem, amam, querem amizade e existem para servir o Evangelho aos homossexuais; cristãos de verdade oram e trabalham pela salvação de todos, inclusive homossexuais. Creia junto comigo que cristãos verdadeiros lutam para combater a injustiça e a violência contra os homossexuais. Creia comigo também que por causa do amor de Jesus, todo pecador, heterossexual ou homossexual, pode ser perdoado e receber a vida eterna. Esse é o amor que realmente vence no final.








O QUE DIZ O MAGISTÉRIO DA IGREJA CATÓLICA SOBRE A HOMOSSEXUALIDADE?


















§2358 Um número não negligenciável de homens e de mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente enraizadas. Esta inclinação objetivamente desordenada constitui, para a maioria, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á para com eles todo sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar a vontade de Deus em sua vida e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar por causa de sua condição.














§2359 As pessoas homossexuais são chamadas à castidade. Pelas virtudes de autodomínio, educadoras da liberdade interior, às vezes pelo apoio de uma amizade desinteressada, pela oração e pela graça sacramental, podem e devem se aproximar, gradual e resolutamente, da perfeição cristã.










Mas vocês não são a favor do amor? Então deixem as pessoas se amarem e serem felizes do jeito que quiserem!










Sim, como Cristãos nós somos a favor do VERDADEIRO amor, porém, não das paixões depravantes, promíscuas, escravizantes e meramente sentimentais (erotizadas) a definir tudo, e gerando desequilíbrios nas famílias e na sociedade. Hoje, quando uma pessoa diz: “Amo outro homem,ou mulher e tenho o direito de me casar com ele(a)”, e o Estado dá o direito de unir e chamar a isto de casamento. Será que isso não abre o precedente para daqui a pouco uma pessoa possa dizer: “Amo ter relações com a minha mãe, tenho o direito de casar-me com ela”? Ou: “Amo ter relações com um animal, tenho o direito de me casar com ele”? Ou ainda mais: “Amo um menino de 7 anos, tenho o direito de me casar com ele”? Se é ESTE TIPO DE AMOR (Eros e não ÁGAPE), que determina tudo, qual é o problema de aceitarmos o incesto, zoofilia e a pedofilia? Ora, simplesmente nenhum! Hoje em dia não há palavra mais desgastada que a palavra amor! Hoje, o amor que está em voga, é apenas aquele que significa "tô afim", significa apenas desejos momentâneos, ou genital. Os membros do Estado Islâmico dizem que "amam" matar os infiéis, os drogados "amam" as drogas, os defensores da poligamia também querem se casar porque se amam. Daqui a pouco os defensores do incesto e da pedofilia dirão o mesmo! A  palavra "amor" deveria sofrer uma moratória, pela sua vulgarização, e fosse apenas usada com o mesmo respeito que os judeus usam a palavra Deus (no tetragrammaton YWHW). Eles têm um santo temor de falar a palavra Deus, por receio de usar a palavra em vão. Deveríamos hoje também reverenciar a palavra AMOR, pois o mundo hoje "ama" os pecados e odeia as virtudes.Você pode usar todas as lógicas que puder para me contradizer, mas terá que concordar que o amor precisa de uma moral sadia, do contrário, não é o VERDADEIRO AMOR! O amor sem princípios éticos é um sentimento destrutivo e irracional, logo, não é amor. 









Já tiramos a moral judaico-cristã da maioria das esferas sociais, agora, infelizmente, é só uma questão de tempo para mais coisas começarem a acontecer. Se você é cristão, espero que tenha entendido qual deve ser seu papel diante dos seus amigos homossexuais: amar e os acolher com carinho e respeito! Se você é homossexual, estou rezando para que também entenda sua missão para conosco: respeitar, aceitar e também amar o diferente de você. E que em todos nós possa permanecer o verdadeiro amor, não o sentimentalizado e erotizado, mas o daquele que deu a sua vida pelos que queriam a sua morte: Jesus.

 








 __________________________________________

 




APOSTOLADO BERAKASH: Como você pode ver, ao contrário de outros meios midiáticos, decidimos por manter a nossa página livre de anúncios, porque geralmente, estes querem determinar os conteúdos a serem publicados. Infelizmente, os algoritmos definem quem vai ler o quê. Não buscamos aplausos, queremos é que nossos leitores estejam bem informados, vendo sempre os TRÊS LADOS da moeda para emitir seu juízo. Acreditamos que cada um de nós no Brasil, e nos demais países que nos leem, merece o acesso a conteúdo verdadeiro e com profundidade. É o que praticamos desde o início deste blog a mais de 20 anos atrás. Isso nos dá essa credibilidade que orgulhosamente a preservamos, inclusive nestes tempos tumultuados, de narrativas polarizadas e de muita Fake News. O apoio e a propaganda de vocês nossos leitores é o que garante nossa linha de conduta. Sempre nos preocupamos com as questões de direito autoral e de dar o crédito a quem lhe é devido. Se por acaso alguém se sentir ferido(a) em seus direitos autorais quanto a textos completos, ou parciais, publicados ou traduzidos aqui (já que não consegui identificar e contatar alguns autores(as), embora tenha tentado), por favor, não hesite em nos escrever para que possamos fazer o devido registro de seus créditos, sejam de textos, fontes, ou imagens. Para alguns, erros de ortografia e de digitação valem mais que o conteúdo, e  já invalida “todes” o texto? A falta de um “a”, de alguma vírgula, ou alguns trocadilhos, já são suficientes para não se ater a essência do conteúdo? Esclareço que levo mais tempo para escrever, ou repostar um conteúdo do que corrigi-lo, em virtude do tempo e  falta de assessoria para isto. A maioria aqui de nossos(as) leitores(as) preferem focar no conteúdo e não na superficialidade da forma (não quero com isto menosprezar as regras gramaticais, mas aqui, não é o essencial). Agradeço as correções pontuais, não aquelas genéricas, tipo: “seu texto está cheio de erros de português” - Nas próximas pontuem esses erros (se puderem e souberem) para que eu faça as devidas correções. Semanalmente faço postagens sobre os mais diversos assuntos: política, religião, família, filosofia, sociologia, moral Cristã, etc. Há quem goste e quem não gosta de minhas postagens! Faz parte do processo, pois nem todos pensamos igual. Isso também aconteceu com Jesus e com os apóstolos e com a maioria daqueles(as) que assim se expõem. Jesus não disse que só devemos pregar o que agrada aos outros, mas o que precisamos para nossa salvação! Paulo disse o mesmo ao jovem bispo Timóteo (2Tm 4,1-4). Padre, seminarista, leigo católico e catequista não devem ter medo de serem contestados! Seja fiel ao Magistério Integral da igreja! Quem disse que seria fácil anunciar Jesus e seus valores? A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos as postagens e comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente, a posição do blog. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte. Não somos bancados por nenhum tipo de recurso ou patrocinadores internos, ou externo ao Brasil. Este blog é independente e representamos uma alternativa concreta de comunicação. Se você gosta de nossas publicações, junte-se a nós com sua propaganda, ou doação, para que possamos crescer e fazer a comunicação dos fatos, doa a quem doer. Entre em contato conosco pelo nosso e-mail abaixo, caso queira colaborar:

 

 

 

filhodedeusshalom@gmail.com

Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 1 Comentário. Deixe o seu!

Anônimo
30 de junho de 2022 21:13

Parabéns pela matéria esclarecedora! Me ajudou muito!

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido(a), desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Os comentários serão analisados criteriosamente e poderão ser ignorados e ou, excluídos.

TRANSLATE

QUEM SOU EU?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado APOLOGÉTICO (de defesa da fé, conforme 1 Ped.3,15) promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim" (João14, 6).Defendemos as verdade da fé contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha a verdade, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por ela até que Ele volte(1Tim 6,14).Deus é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade. Este Deus adocicado, meloso, ingênuo, e sentimentalóide, é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomás de Aquino).Este apostolado tem interesse especial em Teologia, Política e Economia. A Economia e a Política são filhas da Filosofia que por sua vez é filha da Teologia que é a mãe de todas as ciências. “Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao vosso nome dai glória...” (Salmo 115,1)

POSTAGENS MAIS LIDAS

SIGA-NOS E RECEBA AS NOVAS ATUALIZAÇÕES EM SEU CELULAR:

VISUALIZAÇÃO DE ACESSOS NO MÊS

ÚLTIMOS 5 COMENTÁRIOS

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger