A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » A oração mais bela e perfeita do mundo do beato Óscar Arnulfo Romero que o papa propõe para entender a misericórdia

A oração mais bela e perfeita do mundo do beato Óscar Arnulfo Romero que o papa propõe para entender a misericórdia

Written By Beraká - o blog da família on terça-feira, 22 de dezembro de 2015 | 10:04







O papa Francisco pediu nesta manhã, em seu discurso à Cúria Romana, que a misericórdia guie os nossos passos, inspire as nossas reformas, ilumine as nossas decisões, seja o suporte do nosso trabalho, nos ensine quando ir em frente e quando dar um passo para trás, nos faça ver a pequenez dos nossos atos no grande plano de salvação de Deus e na majestade e mistério da sua obra.E propôs uma bela oração, "comumente atribuída ao beato Óscar Arnulfo Romero, mas pronunciada pela primeira vez pelo cardeal John Dearden":





“De vez em quando, dar um passo para trás nos ajuda a ter uma perspectiva melhor. O Reino não apenas está além do nosso esforço, mas ainda além da nossa visão.Durante a nossa vida, só realizamos uma minúscula parte do magnífico empreendimento que é a obra de Deus.Nada do que fazemos está acabado, o que significa que o Reino está sempre diante de nós.Nenhuma declaração diz tudo o que poderia ser dito. Nenhuma oração pode expressar plenamente a nossa fé.Nenhuma confissão traz a perfeição, nenhuma visita pastoral traz a integridade.Nenhum programa realiza a missão da Igreja. Nenhum esquema de metas e objetivos inclui tudo.Isto é o que tentamos fazer: plantamos sementes que um dia crescerão; regamos sementes já plantadas, sabendo que são promessa de futuro. Alicerçamos bases que precisarão de um desenvolvimento maior.Os efeitos do fermento que proporcionamos vão além das nossas possibilidades.Não podemos fazer tudo, e, ao nos darmos conta disto, sentimos certa libertação que nos capacita a fazer algo e fazê-lo bem feito. Talvez seja incompleto, mas é um começo, um passo no caminho, uma ocasião para que a graça do Senhor faça o resto.É possível que nunca vejamos os resultados finais, mas esta é a diferença entre o mestre de obras e o pedreiro.Somos pedreiros, não mestres de obra; ministros, não o Messias.Somos profetas de um futuro que não é nosso.”



Fonte: Agência Zenit
Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger