A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Os 11 princípios do ministro da propaganda nazista, Joseph Goebbels

Os 11 princípios do ministro da propaganda nazista, Joseph Goebbels

Written By Beraká - o blog da família on segunda-feira, 3 de agosto de 2015 | 17:19





Conhece Joseph Goebbels, o violento ministro de propaganda de Hitler? Estes são os 11 princípios que levaram o povo alemão a quase exterminar à humanidade:


1)- Princípio da simplificação e do inimigo único:


Simplifique não diversifique, escolha um inimigo por vez. Ignore o que os outros fazem, concentre-se em um até acabar com ele.



2)- Princípio do contágio:



Divulgue a capacidade de contágio que este inimigo tem.  Colocar um antes perfeito e mostrar como o presente e o futuro estão sendo contaminados por este inimigo.



3)- Princípio da Transposição:


Transladar todos os males sociais a este inimigo.


4)- Princípio da Exageração e desfiguração



Exagerar as más noticias até desfigurá-las transformando um delito em mil delitos criando assim um clima de profunda insegurança e temor. “O que nos acontecerá?”



5)- Princípio da Vulgarização:



Transforma tudo numa coisa torpe e de má índole. As ações do inimigo são vulgares, ordinárias, fáceis de descobrir.



6)- Princípio da Orquestração ( A indústria do boato):



Fazer ressonar os boatos até se transformarem em notícias sendo estas replicadas pela “imprensa oficial”.Uma mentira repetida várias vezes acaba tornando-se uma verdade.



7)- Princípio da Renovação:


Sempre há que bombardear com novas notícias (sobre o inimigo escolhido) para que o receptor não tenha tempo de pensar, pois está sufocado por elas.



8)- Princípio do Verossímil:



Discutir a informação com diversas interpretações de especialistas, mas todas indo contra a do inimigo escolhido. O objetivo deste debate é que o receptor, não perceba que o assunto interpretado não é verdadeiro.



9)- Princípio do Silêncio:



Ocultar toda a informação que não seja conveniente, e simplesmente ficar calado com aquelas que podem prejudicar a causa.



10)- Princípio da Transferência:



Potencializar um fato presente com um fato passado. Sempre que se noticia um fato se acrescente com um fato que tenha acontecido antes.



11)- Princípio de Unanimidade:



Buscar convergência em assuntos de interesse geral  apoderando-se do sentimento  produzido por estes e colocá-los contra o inimigo escolhido.


 

 

 

“Qualquer semelhança com as práticas que um certo ParTido fez com FHC para chegar e se perpetuar no poder é mera coincidência...”


Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger