A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Mês de Maio é um mês Mariano para os Católicos – Oportunidade dos protestantes nos acusarem injustamente de Idolatria

Mês de Maio é um mês Mariano para os Católicos – Oportunidade dos protestantes nos acusarem injustamente de Idolatria

Written By Beraká - o blog da família on domingo, 3 de maio de 2015 | 11:24





Os católicos adoram Maria?


Questionamento protestante: “Maria é a mãe de Jesus e, por isso, merece respeito. Mas por que os católicos a tratam quase como se ela mesma fosse Deus?”


A Igreja ensina que a adoração é reservada somente a Deus. Ainda que não adorem Maria, os católicos a honram por ser a Mãe do nosso Senhor Jesus Cristo e uma fiel serva de Deus.Os católicos distinguem diversos tipos de veneração, um deles específico para Nossa Senhora. O Vaticano II pede que se incentive esta veneração concreta, mas adverte tanto contra o exagero como contra a falta de nobreza de espírito, ao tratar da singular dignidade da Mãe de Deus.




Adorar é o mesmo que Venerar conforme dizem os estudiosos Protestantes?


Atos 5,34: “ Mas, levantando-se no conselho um certo fariseu, chamado Gamaliel, doutor da lei, VENERADO  por todo o povo, mandou que por um pouco levassem para fora os apóstolos...”(Segundo a bíblia  Protestante : João Ferreira de Almeida)Neste caso todo povo Judeu ADORAVA Gamaliel, se adorar for o mesmo que Venerar ?





A Igreja Católica distingue três tipos de veneração: "latria" (a adoração devida só a Deus), "dulia" (a honra apropriada aos santos e anjos do céu) e "hiperdulia" (uma honra especial dedicada à Bem-Aventurada Virgem Maria). Entre "latria" e "dulia" não existe uma diferença de graus, mas sim de tipos: "dulia" e "latria" são tão distantes como a criatura do Criador.

O Concílio Vaticano II afirmou claramente que "criatura alguma jamais poderá ser comparada com o Verbo encarnado e Redentor" (LG 62). Esta afirmação também é válida para a Mãe de Deus: "A Igreja não hesita em confessar esta função subordinada de Maria" (LG 62).

Ainda que o Concílio peça uma veneração apropriada para Maria, que seja incentivada generosamente entre os fiéis, também adverte contra os excessos: "Aos teólogos e pregadores da palavra de Deus, exorta-os instantemente a evitarem com cuidado, tanto um falso exagero como uma demasiada estreiteza na consideração da dignidade singular da Mãe de Deus. Estudando, sob a orientação do magistério, a Sagrada Escritura, os santos Padres e Doutores, e as liturgias das Igrejas, expliquem como convém as funções e os privilégios da Santíssima Virgem, os quais dizem todos respeito a Cristo, origem de toda a verdade, santidade e piedade. Evitem com cuidado, nas palavras e atitudes, tudo o que possa induzir em erro acerca da autêntica doutrina da Igreja os irmãos separados ou quaisquer outros" (LG 67).


Portanto, a Igreja Católica não incentiva a adoração a Maria. Os possíveis excessos entre os fiéis são contrários ao explícito ensinamento da Igreja e não representam a correta prática católica. Muitos protestantes, receosos pelos excessos da devoção mariana, tendem a ignorar totalmente Maria.

A Igreja Católica, por outro lado, dá continuidade à tendência das Sagradas Escrituras no que diz respeito a honrar Nossa Senhora:

Encontramos um exemplo em Lucas 1, 28.30: "E, entrando o anjo aonde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres. (...) Disse-lhe, então, o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus".

Outro exemplo em Lucas 1, 41-45:


"E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo. E exclamou com grande voz, e disse: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito o fruto do teu ventre. E de onde me provém isto a mim, que venha visitar-me a mãe do meu Senhor? Pois eis que, ao chegar aos meus ouvidos a voz da tua saudação, a criancinha saltou de alegria no meu ventre. Bem-aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas".



Cheia do Espírito Santo, Isabel honra Maria como bendita entre as mulheres; sente-se honrada por estar na presença de Maria, já que ela é a Mãe do nosso Senhor Jesus. Nem o Anjo nem Isabel parecem pecar ao honrar Maria ou diminuir a adoração devida a Deus. Ao invés disso, ambos os exemplos demonstram que este tratamento é apropriado e não menoscaba o culto devido a Deus.


Estas duas passagens são a base da primeira parte da forma mais comum de devoção mariana: a oração da Ave-Maria. A primeira frase da oração – "Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco" – é uma simples e antiga tradução da saudação do Anjo a Nossa Senhora.

A seguinte frase – "Bendita sois vós entres as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus" – foi tirada da saudação de Isabel a Maria.


Os católicos também seguem o exemplo de Jesus ao honrar Maria:

Em sua obra "Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem", o escritor do século XVIII, São Luís Maria Grignion de Montfort, destaca que Jesus, não tendo pecado, teria obedecido o quarto mandamento – Honrar pai e mãe – e que, dessa maneira, temos de imitar Jesus honrando devidamente Maria.

Alguns opinam que Lucas 11, 27-28 é um exemplo de como Jesus nega a honra devida a Maria: "E aconteceu que, dizendo ele estas coisas, uma mulher dentre a multidão, levantando a voz, lhe disse: Bem-aventurado o ventre que te trouxe e os peitos em que mamaste. Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus e a guardam".


No entanto, sabemos, por outras passagens, que o correto é oferecer um tratamento especial a Maria. E mais: Jesus destaca que a fé de Maria é mais importante que seu papel como Mãe, já que, na última frase da saudação de Isabel, esta diz a Maria:


"Bem-aventurada a que creu, pois hão de cumprir-se as coisas que da parte do Senhor lhe foram ditas" (Lc 1, 45).Ou seja, nesta passagem anterior,Jesus elogiou a fé de Maria.


QUE MOTIVOS BÍBLICOS NOS LEVAM A HONAR MARIA A MÃE DE JESUS ?


Romanos 13,7: “Deem a cada um o que lhe é devido: se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor; se honra, honra.”


Que podemos aprender dos registros bíblicos sobre Maria?

1)- A lição de se ter disposição para escutar o que Deus diz por intermédio de seus mensageiros, mesmo que o que ouvimos nos perturbe de início ou nos pareça impossível. — Luc. 1,26-37.


2)- Coragem para agir em harmonia com o que a pessoa vem a saber que é a vontade de Deus, confiando nele plenamente. (Veja Lucas 1,38. Conforme indicado em Deuteronômio 22,23-24, graves conseqüências poderiam resultar a uma moça judia, não casada, que se achasse grávida.) - MARIA AQUI FOI CORAJOSA  PARA APENAS SEUS 15 ANOS.


3)- A disposição de Deus de usar uma pessoa sem levar em conta a posição dela na vida. — Compare Lucas 2,22-24 com Levítico 12,1-8.

4)-Dar importância aos interesses espirituais. (Veja Lucas 2,41; Atos 1,14. Não se exigia das esposas judias que acompanhassem o marido anualmente na longa viagem até Jerusalém, por ocasião da páscoa, mas Maria fazia isso.)


5)-Apreço pela pureza moral. — Luc. 1,34.


6)- Diligência em ensinar a Palavra de Deus(Isto se revela por aquilo que Jesus fez aos 12 anos. Veja Lucas 2,42 - 49.)



Por fim: Filha predileta e escolhida por Deus para ser a MAE DO SEU FILHO e esposa do Espírito Santo – Pergunto: Houve ou haverá alguém com tamanhos privilégios divinos junto a Trindade Una e Santa ?



QUE DEUS CONCEDE SUA GLÓRIA AOS SEUS ELEITOS JÁ ESTÁ BIBLICAMENTE CONFIRMADO:



1)-“Eu lhes dei a glória que me deste” (Jo 17,22)



2)-“Deus concede graça e glória“ (Salmo 84,11) ou (Salmo 83,12);


3)-“O que… Deus preparou para nossa glória“ (1 Cor 2,7);


4)-“Os que chamou, também os justificou, e os que justificou, também os glorificou“ (Rm 8,30);


5)- “Vi outro Anjo descendo do céu, tinha um grande poder e a terra ficou iluminada com a sua glória” (Ap 18,1);


6)-“Glória, honra e paz para todo aquele que pratica o bem” (Rm 2,10).


7)- Apoc 2,26-28: "Àquele que vencer e fizer a minha vontade até o fim darei autoridade sobre as nações.Ele as governará com cetro de ferro e as despedaçará como a um vaso de barro.Eu lhe darei a mesma autoridade que recebi de meu Pai. Também lhe darei a estrela da manhã...”



O pior Cego é o que não quer ver, concordam ?


Nossa Resposta:


Quando enaltecemos uma obra, a glória é recebida pelo seu autor.


Quando admiramos e elogiamos uma obra de arte tipo O quadro “Monalisa”, estamos elogiando o autor dele e não a obra em si, ou seja, Leonardo da Vinci, e não a obra em si, que não pode se fazer sozinha.


Quando homenageamos (honramos, ou veneramos, conf. Rom 13,7:Deem a cada um o que lhe é devido: se imposto, imposto; se tributo, tributo; se temor, temor; se honra, honra...”) e seguimos o exemplo dos Santos e da virgem Maria,como o próprio Paulo aconselhou: “ Sede meus imitadores como eu sou de Cristo” (1 Cor 11,1),não estamos dividindo glória alguma, mas estamos glorificando a Deus, pois a santificação dos Santos e da Virgem Maria é obra d'Ele:


“EU SOU o Senhor que vos santifico.”(Ex 31,13; Lv 20,8; 21,8; 21,15; 21,23) !

QUER GOSTEM OU NÃO OS PROTESTANTES TERÃO QUE VIVER A ETERNIDADE VENDO MARIA AO LADO DE CRISTO POR TODO O SEMPRE !!! Pois assim está escrito e determinado para todo o sempre no Salmo profético: Salmo 44:

“As filhas de reis vêm ao vosso encontro,e à vossa direita se encontra a rainha com veste esplendente de ouro de Ofir.”


Adaptado de: Aleteia


Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger