A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » , » A TEOLOGIA DA RETRIBUIÇÃO - POR QUE ALGUNS NASCEM cegos, aleijados, retardados, pobres e outros não?

A TEOLOGIA DA RETRIBUIÇÃO - POR QUE ALGUNS NASCEM cegos, aleijados, retardados, pobres e outros não?

Written By Beraká - o blog da família on quinta-feira, 2 de agosto de 2012 | 23:52







Quem nunca parou para pensar nestas questões?



Talvez você mesmo já tenha pensado por que uns nascem aleijados e outros com saúde, uns nascem inteligentes e outros com problemas mentais, uns pobres e outros ricos? Por que tantas desigualdades? Não é isto uma tremenda injustiça? Estas perguntas tem feito parte do pensamento do homem a muito tempo sem contudo achar uma explicação satisfatória às mesmas.




A HERMENÊUTICA ESPÍRITA:



Para o espiritismo todas as mazelas e vicissitudes da vida encontram a explicação em uma só palavra: reencarnação. As perguntas acima já levaram muitas pessoas a ingressarem no Kardecismo por julgar a resposta espírita a mais satisfatória de todas.De fato, para os espíritas, tudo funciona segundo uma lei, a lei de causa e efeito. A doutrina espírita frisa que todo pecado cometido é uma dívida contraída que deve ser paga numa ou em várias reencarnações. Assim sendo, as pessoas que passam por estes problemas devem aceita-los e esperar pacientemente por mais reencarnações até que por fim será purgada de suas faltas que foram contraídas em vidas passadas.



Destarte, o consolo do espiritismo consiste apenas em adiar os problemas do ser humano. Além de que a ajuda que outros fossem prestar para sanar a dor do sofrimento alheio estaria indo contra essa suposta justiça Carmica de Deus.



VEJAMOS ALGUMAS RESPOSTAS RACIONAIS E SENSATAS:



Não é preciso recorrer á reencarnação para encontrarmos respostas para as questões do sofrimento e desigualdades entre os seres humanos. Os fatos nos falam de maneira inequívoca:





1)-  Por que uns nascem pobres?



Ora, todos sabemos que isto depende da condição social em que se encontra a família.Se as explicações são as faltas na vida pregressa da pessoa, sendo que em outra vida ela foi uma pessoa rica egoísta e usou mal seu dinheiro e por isso agora nasceu pobre para pagar este karma adquirido, então perguntamos: que explicação dar à vida de Cristo? A resposta espírita esbarra e morre aqui.Decerto segundo esta doutrina, ele foi um dos maiores pecadores para nascer pobre e morrer na miséria como um criminoso. Se a re-encarnação fosse verdadeira, não faria sentido Jesus morrer na Cruz do Calvário para justificar esta dívida de nossos pecados, para que possamos ter acesso a verdadeira vida.



2)- E as pessoas que se enriquecem da noite para o dia?



Uma série de circunstancias podem influenciar a vida financeira das pessoas, até mesmo as condições geográficas dos países. Não precisamos recorrer à reencarnação para esta justificativa.





3)- Por que uns nascem doentes?



Este também tem sua explicação nos seguintes fatos: mães que não cuidam bem de sua gravidez tomando medicamentos sem controle médico. Como conseqüência os bebês que nasceriam saudáveis, nascem doentes.Relações sexuais entre pessoas que tem doenças venéreas produz cegueira nos filhos. Junte-se a isto as diferenças sanguíneas e outras.



E os animais que nascem doentes? Eles também tiveram vidas passadas por nasceram desta maneira? Claro que não!



A resposta para o sofrimento é encontrada nesta vida sem precisar recorrer a vidas passadas .Existia uma crença entre o povo judeu em relação aos deficientes, os quais nasciam com problemas físicos por causa dos pecados dos pais:



"visito a iniqüidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta geração daqueles que me aborrecem" (Êx 20,5).



Desde o Antigo Testamento esta idéia se fazia presente no meio do povo de Israel.O profeta Ezequiel denuncia o pecado do povo por acreditar, entretanto, após a repreensão segue a verdadeira instrução do Senhor dizendo:



"tão certo como eu vivo, diz o SENHOR Deus, jamais direis este provérbio em Israel. Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, também a alma do filho é minha; a alma que pecar, essa morrerá (Ez 18,3-4).


A teologia da Retribuição era comum naquele tempo. Lucas dá ênfase em seu evangelho a Teologia da Misericórdia, ou da compaixão, da graça de Deus, para sobrepor a teologia da Retribuição, ou a Lei do Talião.A teologia da Retribuição, ou da Retaliação, é conhecida pelo famoso ditado “Olho por olho, dente por dente”.Consiste na rigorosa reciprocidade de tudo o que se faz. É uma das mais antigas leis. Os primeiros indícios foram encontrados na Babilônia, aproximadamente no século XVIII a.C.Se eu faço o bem, Deus me dará o bem. Se faço o mal, Deus me dará o mal. Eu preciso pagar pelo que faço. Tudo o que fizer, receberei de volta. É a visão da “justiça” de Deus.Portanto, a cegueira, lepra, infertilidade eram considerados como CASTIGOS DE DEUS PELO PECADO.Na passagem do cego de nascença a dedução é lógica: se ele falou que nem ele e nem seus pais pecaram para que nascesse cego, significa que ele negou a reencarnação e não a confirmou.Se Jesus tivesse ensinado sobre reencarnação, diria aos discípulos que ele teria que cumprir o seu carma e assim nasceria perfeito em uma vida posterior, mas não Jesus foi  direto e taxativo: “Nem ele pecou nem seus pais ...” (João 9,1-3).O foco da discussão é a origem da cegueira: esta seria originada no pecado cometido pelo cego ou pelos pais do cego?







Não podemos perder de vista que, para os povos antigos, toda e qualquer anormalidade física era considerada um castigo, uma punição imposta por Deus. Há vários textos bíblicos que fundamenta essa mentalidade, o principal é o LIVRO DE JÓ.Mas a resposta de Jesus aponta que Deus não castiga nem pune as pessoas pelos seus erros, pois, assim, Ele estaria violentando o que de mais sagrado há em nós: a liberdade. Cada um se responsabiliza por seus atos, suas escolhas; isso não tem hereditariedade.A solução apresenta o que a medicina é concorde: as doenças são manifestações da nossa debilidade físico-orgânica e nada tem a ver com desígnios divinos.Por isso, meus amados se queremos fundamentar nossas crenças, precisamos de algo mais substancioso e racional, pois esse texto não deixa entrever a mínima possibilidade da reencarnação.



O apóstolo Pedro disse que muitos, procurariam “torcer as Escrituras” para que se ajustassem aos seus ensinos (2 Pedro 3,16).Às vezes, elas dizem uma coisa e querem transformá-la em outra.



Em João 1,21, por exemplo, quando os sacerdotes perguntaram a João Batista:



“És tu Elias?”, ele respondeu: “NÃO sou.”



Nessa passagem, parece ficar claro que João diz que NÃO era o “Elias” reencarnado. No entanto, os que defendem a “reencarnação”, dizem que:



“SE os judeus perguntaram a João se ele era o antigo profeta, era porque, naquele tempo, ACREDITAVAM na reencarnação!”.Está certo,realmente alguns acreditavam mesmo nisto, Inclusive o Rei Herodes, porém isto não quer dizer que fosse um crença verdadeira, pois Cristo a negou.Herodes mandou decapitar João Batista. Depois que João morreu, quando ouviu falar de Jesus, dizia que ele era o João que tinha “reencarnado” (Mateus 14,1,2).Ora, como Jesus podia ser João, se ambos viveram, ao mesmo tempo, durante uns 30 anos?



O caso do “cego de nascença” é a mesma coisa. O texto se explica por si só.A resposta de Jesus é clara: “Nem ele pecou nem seus pais ...” (João 9,1-3).Então, aquela cegueira NÃO foi um “castigo” de sua vida passada.Da mesma forma, citam Romanos 9,11-12 – Nega-se a reencarnação,o texto diz:



“Porque, não tendo eles (Esaú e Jacó) ainda nascido, nem tendo feito bem ou mal. foi dito: O maior servirá ao menor.”



Desde o princípio o homem sempre procura um responsável para justificar sua vontade e manter a condição de pecador, não ignoramos isso.Os amigos de Jó tentaram encontrar a culpa para o sofrimento de Jó, e como ele era justo, apelaram para os pecados ocultos.O marido põe a culpa na mulher pelo mau comportamento dos filhos, e vice versa.Os filhos culpam os pais por sua incapacidade até mesmo em conseguir um emprego.A nação culpa o governo por não conseguir emprego, e não por sua falta de capacitação.O meu fracasso não é responsabilidade de ninguém porque sou senhor de minha decisão. Posso prever meu futuro pelo meu comportamento no presente.



Um dos maiores filósofos e Teologo cristão da Idade Média Santo Agostinho disse que “o mal é a deficiência do ser”



Não se trata de uma substância. Satanás foi deficiente na escolha dele próprio, em lugar de Deus.O homem foi deficiente quando não escolheu obedecer a Deus dando ouvido ao tentador. O primeiro por deliberação, e o segundo por indução.Ambos foram deficientes, e caíram no mal. Entretanto, o mesmo Deus que reprova o homem por ter pecado,nos promete:



“Deus não enviou seu filho ao mundo para que condenasse o mundo, mas, para que o mundo fosse salvo por Ele. Quem crê nele não é condenado”.



Sendo o dono de minha vontade, posso escolher o meu futuro. A alma que culpa outra é porque rompeu consigo mesma e aboliu a decisão de fazer a escolhe do bem.O homem não partilha seus dons e bens e depois quer colocar a culpa em Deus que já nos ensinou o que devíamos fazer.Ele fez a sua parte, cabe agora nós fazermos a nossa.




“LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO”
Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 4 Comentário. Deixe o seu!

25 de setembro de 2012 13:55

Olá,

Os comentários sobre Espiritismo são feitos por uma pessoa que desconhece a doutrina. As pessoas que reencarnam em condições desfavoráveis não aguardam simplesmente futuras encarnações para purgarem seus pecados, pelo contrário, o Espirtismo orienta que ela deve fazer de tudo para reformar-se intimamente, transformando vícios e defeitos em virtudes.
Todos deveriam se arrepender e se converter, pregam vocês. Como fará um parente meu, que nasceu com problemas mentais e não tem entendimentos das coisas elementares, que dirá das espirituais... O Cristo não esteve entre nós por expiação ou provas, visto que ele é um espírito bastante evoluído, que aceitou a missão de reencarnar entre nós para implantar a Lei de Amor entre os homens. Seu sacrifício não foi em vão, pois sua vida e seus exemplos perdurarão pela eternidade. Esse história que ele morreu na cruz para nos livrar do pecado é sim comodismo de vossa parte. Assim é muito fácil, alguém vem e morre por mim e me livra dos meus pecados... Não que o Cristo não fosse capaz disso, porque ele até faria isso, não não é justo. Eu pratico as maiores iniquidades, provoco a ira e destruo famílias, depois me arrependo e tudo bem... e quem ficou no prejuízo, vai chorar para quem?? Não há reparação??
Eu não critico o Catolicismo, embora tenha seus erros, não pela crença e si, mas pelos homens que a compõe. Não critico porque não tenho profundo conhecimento, portanto respeito, o que deveria ser feito por vocês, que desrespeitam nossa doutrina, mostram que não aprenderam ainda a ser indulgentes e misericordiosos.
que Jesus nos abençõe e nos mostre o verdadeiro caminho.

25 de setembro de 2012 14:14

Prezado Espírita Cláudio Schiavi


A matéria não tem nada de odensivo, mas apenas a verdade que doi, nos tira das ilusões achológicas e nos cura.

Sem querer ofendê-lo, mas apenas por amor a verdade que liberta, presto-lhe estes esclarecimentos:

A FARSA DO ESPIRITISMO


1)-A teoria falaciosa da Re-encarnação Kardecista e espiritista vai totalmente contra sem dúvidas, ao princípio fundamental do ser humano, que a LIBERDADE CONCIENTE, bem como ao LIVRE ARBÍTRIO dado por Deus aos homens.


2)- Ora o espírito reencarnar-se para expiar culpas de que NÃO TEM A MÍNIMA LEMBRANÇA ???!!!, Isto vai expressamente contra o perdão, a anistia, a misericórdia e piedade tanto no plano divino como humano.


3)- Sem liberdade para agir, mas , vivendo unicamente para EXPIAR IMPLACAVELMENTE culpas anteriores, desta forma o homem não construiria a história, pois ficaríamos presos às nossas culpas, embora reconhecidas, arrependidas, perdoadas e até pagas em alguns casos, enfim, não poderíamos usufruir do livre arbítrio.


4)- Mas felizmente, ou infelizmente para os espíritas, sabemos comprovadamente que a história não para nem regride, mas sempre AVANÇA E PROGRIDE, ou para a Luz, ou para o Caos e anarquia. Quem lê a bíblia, sabe perfeitamente para onde caminha o destino da humanidade.


5)- Se os espíritos reencarnam para purificarem-se de culpas anteriormente cometidas (Como professa o DOGMA espírita), certamente não poderá cometer novos erros, nem em hipótese alguma REPETIR OS QUE ESTÁ EXPIANDO, OU PAGANDO, o que é simplesmente impossível, a menos que se negue a liberdade humana, ou admita-se por mera ACHOLOGIA um interminável reencarnar-se e uma terra cientificamente eterna.


6)- Ainda mais : O que dizer dos PECADOS COLETIVOS ? Frutos das circunstâncias e estruturas opressoras e viciantes impostas pela própria sociedade ?


7)- SEJAMOS SENSATOS E REFLITAMOS MEUS AMADOS: Se a humanidade estivesse em processo de purificação como apregoa outro dogma espírita, e se não cometêssemos novos e velhos erros, o mundo não estaria melhor em todos os níveis ? E o que vemos ao nosso redor ? Misérias, injustiças,egoísmo, violência desumana e inversão de valores.

8)- Por fim, para quem deseja ser um AUTÊNTICO CRISTÃO, tudo que foi inventado sobre a FALACIOSA FARSA DA REENCARNAÇÃO, pode muito bem ser deixado de lado.Basta-lhe a palavra de Deus, muito simples e clara na Bíblia Sagrada:

HEBREUS 9,27: “ Todo homem está destinado a MORRER UMA SÓ VEZ, e logo após haverá o julgamento”.

LUCAS 23,43: “Disse Jesus ao ladrão CRUCIFICADO E ARREPENDIDO: Eu te asseguro, HOJE MESMO estarás comigo no Paraíso .


9)- PERGUNTA QUE NÃO CALA: Como pôde aquele indivíduo encerrar o ciclo de purificação no erro (Como Ladrão)? E ter acesso direto ao Paraíso (NIRVANA) ?

RESPOSTA: “ Deus é amor (I João 4,16) e sua misericórdia é maior que sua justiça – Ele é Juiz e justo, mas também é um REI MISERICORDIOSO, único que pode revogar um decreto de sua própria justiça, sob qual condição ? “ Pelo reconhecimento e ARREPENDIMENTO SINCERO de suas faltas como fez aquele ladrão.

AMADO IRMÃO ESPÍRITA OU KARDECISTA: A decisão agora é sua ( Deus lhe deu o LIVRE ARBÍTRIO): Acreditar em Jesus Cristo , ou Allan Kardec ? A bíblia do Antigo ao Novo Testamento, prega uma única vida e ressurreição, e nunca reencarnação.

“ Leia a bíblia sagrada e que o Deus todo poderoso e misericordioso te abençoe, te guarde e te mostre a verdadeira luz que é Cristo, pois nem tudo que brilha é ouro”

Shalom !!!

17 de outubro de 2014 11:32

É verdade, Xô reencarnação

17 de outubro de 2014 11:33

Este esboço foi muito gratificante para mim. Deus é maior.

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger