A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Papa Francisco retorna a Roma com o crucifixo de Morales na mala e explica porque

Papa Francisco retorna a Roma com o crucifixo de Morales na mala e explica porque

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 15 de julho de 2015 | 08:17







(Por Salvatore Cernuzio)


As luzes da Casa Santa Marta estão acesas novamente. Francisco finalmente retornou a Roma, depois de uma viagem, podemos dizer, exigente, que o levou em apenas oito dias, a visitar o Equador, a Bolívia e o Paraguai. Mais de 12 horas de voo de Asunción a Roma, durante o qual o Papa concedeu mais de uma hora aos 75 jornalistas e repórteres presentes para a tradicional conferência de imprensa. Uma conferência ampla e diversificada, onde foram apresentadas ao Papa várias questões da atualidade, tais como a situação na Grécia e a viagem a Cuba e aos Estados Unidos, sem faltar aspectos fundamentais do pontífice em terras latino-americana.





Não faltaram curiosidades, como por exemplo: o que o senhor sentiu quando viu o martelo e a foice com Cristo?, perguntou um repórter. E ainda: onde está?


"Eu o levo comigo", respondeu Francisco, pegando os repórteres de surpresa, atualizados pelos rumores do dia 10 de julho, que o presente incomum do chefe de Estado - a reprodução de um crucifixo feito pelo padre jesuíta Luis Espinal – teria ficado na Bolívia aos pés da Virgem de Copacabana, padroeira do país, juntamente com a condecoração: uma placa de prata com a mesma imagem reproduzida.



Somente o último foi deixado a Nossa Senhora, confirmou Bergoglio, enquanto o crucifixo foi para Roma na mala preta:


"Jamais recebi uma condecoração", explicou o Pontífice. "Não me vem, mas ele (Morales) o fez com boa vontade e com o desejo de me agradar. E eu pensei: isto vem do povo da Bolívia... rezei sobre isso e pensei: se as levo ao Vaticano irão para um museu e ninguém vai ver. Então pensei em deixar à Nossa Senhora de Copacabana, a Mãe da Bolívia, e vai para o Santuário: estarão no Santuário de Nossa Senhora de Copacabana as duas condecorações. Mas o Cristo eu o levo comigo".


O Crucifixo de Espinal não é ofensivo. Mas para entender isso, devemos fazer uma hermenêutica - Ainda sobre o crucifixo, Francisco disse:


"Foi curioso, eu não sabia disso e não sabia que o Pe. Espinal era escultor e poeta, soube nestes dias. Foi uma surpresa para mim. Para o Papa, o trabalho  pode ser considerado como um tipo de arte de protesto que, em alguns casos, pode ser ofensivo, em outros não. Para entender o crucifixo com a foice e o martelo devemos recordar o contexto específico em que vivia o Padre Luis Espinal, assassinado por esquadrões da morte em 1980. Era um tempo em que a Teologia da Libertação tinha muitas linhas, uma dessas era com a análise marxista da realidade, e Padre Espinal pertencia a essa... Daí surgiu esta obra. Inclusive as poesias de Espinal são daquele gênero de protesto, disse Bergoglio. Mas era a sua vida, era o seu pensamento,(Não o da Igreja) era um homem especial, com tanta genialidade humana, e que lutava com boa fé. Assim, fazendo a hermenêutica do gênero, eu entendo esta obra. Para mim não foi uma ofensa. Mas precisei fazer a hermenêutica e digo para vocês para que não existam opiniões erradas. Este objeto agora eu levo comigo. Vem comigo".



Sobre a posição do Papa Francisco com relação a IDEOLOGIA COMUNISTA, recordemos o que ele mesmo falou em seu discurso nesta mesma viagem:


"As ideologias terminam mal, não servem. As ideologias tem uma relação ou incompleta ou doente ou ruim com o povo. As ideologias não assumem o povo. Por isto, olhem para o século passado. Em que terminaram as ideologias? Em ditaduras, sempre, sempre. Pensam pelo povo, não deixam ao povo pensar. Ou, como dizia aquele crítico da ideologia, quando lhe disseram, "sim, porém estas pessoas têm boa vontade e querem fazer alguma coisa pelo povo" - "sim, sim, sim, tudo pelo povo, porém nada com o povo". Estas são as ideologias".(Papa Francisco - Discurso à sociedade civil - Assunção - 11.07.2015)

Fonte: Zenit

Comentários do blog Beraká:

“Vejo tudo isto de forma extremamente positiva, pois se Cristo santificou o mais desgraçado e degradante instrumento de morte: a cruz, e a transformou em sinal de benção e salvação, preocupar-se com esses detalhes é irrelevante. De certo jamais veríamos uma imagem de Jesus Cristo numa foice e martelo nos Países Comunistas ateus, portanto já é uma mudança Cultural enorme. Portanto, não é o Cristianismo que se rende ao Socialismo ou comunismo ateu, muito pelo contrário é o Comunismo que como o império Romano no passado se rende ao Cristianismo!!! Esta sem dúvidas é a mais perfeita e correta hermenêutica que podemos fazer deste episódio – Viva Jesus Cristo !!!”

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger