A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » , » TAU FRANCISCANO - Origem,Símbolos e Significados - Você Conhece ?

TAU FRANCISCANO - Origem,Símbolos e Significados - Você Conhece ?

Written By Beraká - o blog da família on quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012 | 17:09



Há certos sinais que revelam uma escolha de vida.

O TAU, um dos mais famosos símbolos franciscanos, hoje está presente no peito das pessoas, muitas o carregam sem saberem o seu real significado, num cordão, num broche, enfeitando paredes numa escultura expressiva de madeira, num pôster ou pintura.

Que escolha de vida revela o TAU?

Ele é um símbolo antigo, misterioso e vital que recorda tempo e eternidade. A grande busca do humano querendo tocar sempre o divino e este vindo expressar-se na condição humana.


Horizontalidade e verticalidade. As duas linhas: Céu e Terra! Temos o símbolo do TAU riscado nas cavernas do humano primitivo. Nos objetos do Faraó Achenaton no antigo Egito e na arte da civilização Maia.

Francisco de Assis o atualizou e imortalizou. Não criou o TAU, mas o herdou como um símbolo seu de busca do Divino e Salvação Universal.


1)-TAU, SINAL BÍBLICO


Existe somente um texto bíblico que menciona explicitamente o TAU, última letra do alfabeto hebraico, Ezequiel 9, 1-7: "Passa pela cidade, por Jerusalém, e marca com um TAU a fronte dos homens que gemem e choram por todas as práticas abomináveis que se cometem".

O TAU é a mais antiga grafia em forma de cruz. Na Bíblia é usado como ato de assinalar.

Marcar com um sinal é muito familiar na Bíblia. Assinalar significa lacrar, fechar dentro de um segredo, uma ação. É confirmar um testemunho e comprometer aquele que possui o segredo.

O TAU é selo de Deus; significa estar sob o domínio do Senhor, é a garantia de ser reconhecido por Ele e ter a sua proteção. É segurança e redenção, voltar-se para o Divino, sopro criador animando nossa vida como aspiração e inspiração.



2)- O TAU NA IDADE MÉDIA


Vimos o significado salvífico que a letra hebraica do TAU recebe na Bíblia.

Mas o TAU tem também um significado extrabíblico, bastante divulgado na Idade Média: perfeição, meta, finalidade última, santo propósito, vitória, ponto de equilíbrio entre forças contrárias.

A sua linha vertical significa o superior, o espiritual, o absoluto, o celeste. A sua linha horizontal lembra a expansão da terra, o material, a carne.

O TAU lembra a imagem do sustentáculo da serpente bíblica: clavada numa estaca como sinal da vitória sobre a morte. Uma vitória mística, isto é, nascer para uma vida superior perfeita e acabada.
É cruz vitoriosa, perfeição, salvação, exorcismo. Um poder sobre as forças hostis, um talismã de fé, um amuleto de esperança usado por gente devota sensível.


3)- O TAU DO PENITENTE


Francisco de Assis viveu em um ambiente no qual o TAU estava carregado de uma grande riqueza simbólica e tradicional. Assumiu para si a marca do TAU como sinal de sua conversão e da dura batalha que travou para vencer-se.

Não era tão fácil para o jovem renunciar seus sonhos de cavalaria para chegar ao despojamento do Crucificado que o fascinou.

Escolhe ser um cavaleiro penitente: eliminar os excessos, os vícios e viver a transparência simples das virtudes. Na sua luta interior chegou a uma vitória interior.

Um homem que viveu a solidão e o desafio da comunhão fraterna; que viveu o silêncio e a canção universal das criaturas; que experimentou incompreensão e sucesso, que vestiu o hábito da penitência, que atraiu vidas, encontrou um modo de marcar as paredes de Santa Maria Madalena em Fontecolombo, de assinar cartas com este sinal.

De lembrar a todos que o Senhor nos possui e nos salva sob o signo do TAU.


4)- O TAU FRANCISCANO


O TAU franciscano atravessa oito séculos sendo usado e apreciado. É a materialização de uma intuição. Francisco de Assis é um humano que se move bem no universo dos símbolos.

O que é o TAU franciscano? É Verdade, Palavra, Luz, Poder e Força da mente direcionada para um grande bem. Significa lutar e discernir o verdadeiro e o falso. É curar e vivificar.

É eliminar o erro, a mentira e todo o elemento discordante que nega a paz. É unidade e reconciliação. Francisco de Assis está penetrado e iluminado, apaixonado e informado pela Palavra de Deus, a Palavra da Verdade.

É um batalhador incansável da Paz, o Profeta da Harmonia e Simplicidade.

É a encarnação do discernimento: pobre no material, vencedor no espiritual. Marcou-se com este sinal da luz, vida e sabedoria.


5)- O TAU COMO IDEAL


No mês de novembro de 1215, o Papa Inocêncio III presidia um Concílio na Igreja Constantiniana de Roma. Lá estavam presentes 1.200 prelados, 412 bipos, 800 abades e priores. Entre os participantes estavam São Domingos e São Francisco.

Na sessão inaugural do Concílio, no dia 11 de novembro, o Papa falou com energia, apresentou um projeto de reforma para uma Igreja ferida pela heresia, pelo clero imerso no luxo e no poder temporal.

Então, o Papa Inocêncio III recordou e lançou novamente o signo do TAU de Ezequiel 9, 1-7. Queria honrar novamente a cristandade com um projeto eclesial de motivação e superação. Era preciso uma reforma de costumes.

Uma vida vivida numa dimensão missionária mais vigorosa sob o dinamismo de uma contínua conversão pessoal.

São Francisco saiu do Concílio disposto a aceitar a convocação papal e andou marcando os irmãos com o TAU, vibrante de cuidado, ternura e misericórdia aprendida de seu Senhor.


6)- O TAU NAS FONTES FRANCISCANAS


Os biógrafos franciscanos nos dão testemunhos da importância que São Francisco dava ao TAU:

"O Santo venerava com grande afeto este sinal", "O sinal do TAU era preferido sobre qualquer outro sinal", "O recomendava, freqüentemente, em suas palavras e o traçava com as próprias mãos no rodapé das breves cartas que escrevia, como se todo o seu cuidado fosse gravar o sinal do TAU, segundo o dito profético, sobre as fontes dos homens que gemem e lutam, convertidamente a Jesus", "O traçava no início de todas as suas ações", "Com ele selava as cartas e marcava as paredes das pequenas celas" (cf. LM 4,9; 2,9; 3Cel 3).

Assim Francisco vestia-se da túnica e do TAU na total investidura de um ideal que abriu muitos caminhos.


7)- TAU, SINAL DA CRUZ VITORIOSA


Cruz não é morte nem finitude, mas é força transformante; é radicalidade de um Amor capaz de tudo, até de morrer pelo que se ama.

O TAU, conhecido como a Cruz Franciscana, lembra para nós esta deslumbrante plenitude da Beleza divina: amor e paz. O Deus da Cruz é um Deus vivo, que se entrega seguro e serenamente à mais bela oferenda de Amor.

Para São Francisco, o TAU lembra a missão do Senhor: reconciliadora e configuradora, sinal de salvação e de imortalidade; o TAU é uma fonte da mística franciscana da cruz: quem mais ama, mais sofre, porque muito ama, mais salva.

Um poeta dos primeiros tempos do franciscanismo conta no "Sacrum Comercium", a entrega do sinal do TAU à Dama Pobreza pelo Senhor Ressuscitado, que o chama de "selo do reino dos céus".

À Dama Pobreza clamam os menores: "Eia, pois, Senhora, tem compaixão de nós e marca-nos com o sinal da tua graça!" (SC 21,22).


8)- O TAU E A BÊNÇÃO


Francisco se apropriou da bênção deuteronômica, transcreveu-a com o próprio punho e deu a Frei Leão:
 "Que o Senhor te abençoe e te guarde. Que o Senhor mostre a tua face e se compadeça de ti. Que o Senhor volva o teu rosto para ti e te dê a paz. Irmão Leão; o Senhor te abençoe!"

Sob o texto da bênção, o próprio Frei Leão fez a seguinte anotação:

"São Francisco escreveu esta bênção para mim, Irmão Leão, com seu próprio punho e letra, e do mesmo modo fez a letra TAU como base".

Assim, Francisco, num profundo momento de comunicação divina, com delicadeza paternal e maternal, abençoa seu filho, irmão, amigo e confidente. Abençoar é marcar com a presença, é transmitir energias que vêm da profundidade da vida.
O Senhor te abençoe!


9)- O TAU E A CURA DOS ENFERMOS


No relato de alguns milagres, conta-se que Francisco fazia o sinal da cruz sobre a parte enferma dos doentes. Após ter recebido os estigmas no Monte Alverne, Francisco traz em seu corpo as marcas do Senhor Crucificado e Ressuscitado.

Marcado pelo Senhor, imprime a marca do Senhor que salva em tudo o que faz.

Conta-nos um trecho das Fontes Franciscanas que um enfermo padecia de fortes dores; invoca Francisco e o santo lhe aparece e diz que veio para responder ao seu chamado, que traz o remédio para curá-lo.

Em seguida, toca-lhe no lugar da dor com um pequeno bastão arrematado com o sinal do TAU, que traz consigo. O enfermo ficou curado e permaneceu em sua pele, no lugar da dor, o sinal do TAU (cf. 3Cel159).

O Senhor identifica-se com o sofrimento de seu povo. Toma a paixão do humano e do mundo sobre si. Afasta a dor e deixa o sinal de Amor.


10)- A COR DO TAU


O TAU, freqüentemente, é reproduzido em madeira, mas quando, pintado, sempre vem com a cor vermelha.

O Mestre Nicolau Verdun, num quadro do século XII, representa o Anjo Exterminador que passa enquanto um israelita marca sobre a porta de sua casa um TAU com o Sangue do Cordeiro Pascal que se derrama num cálice.

O Vermelho representa o sangue do Cordeiro que se imola para salvar. Sangue do Salvador, cálice da vida! Em Fontecolombo, Francisco deixou o TAU grafado em vermelho.

O TAU pintado na casula de Frei Leão no mural de Greccio também é vermelho. O pergaminho escrito para Frei Leão no Monte Alverne, marca em vermelho o Tau que assina a bênção.

O Vermelho é símbolo da vida que transcende, porque se imola pelos outros. Caminho de configuração com Jesus Crucificado para nascer na manhã da Ressurreição.


11)- O TAU NA LINGUAGEM


O TAU é a última letra do alfabeto judaico e a décima nona letra do alfabeto grego. Não está aí por acaso; um código de linguagem reflete a vivência das palavras. O mundo judaico e, conseqüentemente, a linguagem bíblica mostram a busca do transcendente.

É preciso colocar o Deus da Vida como centro da história. É a nossa verticalidade, isto é, o nosso voltar-se para o Alto.

O mundo grego nos ensinou a pensar e perguntar pelo sentido da vida, do humano e das coisas. Descobrir o significado de tudo é pisar melhor o chão, saber enraizar-se. É a nossa horizontalidade.

A Teologia e a Filosofia são servas da fé e do pensamento. Quem sabe onde está parte para vôos mais altos. É como o galho de pessegueiro, cortado em forma de tau é usado para buscar veios d'água. Ele vibra quando a fonte aparece cheia de energia. Coloquemos o tau na fonte de nossas palavras!


12)- O TAU, O CORDÃO E OS TRÊS NÓS


Em geral, o Tau pendurado no pescoço por um cordão com três nós. Esse cordão significa o elo que une a forma de nossa vida. O fio condutor do Evangelho.

A síntese da Boa Nova são os três conselhos evangélicos=obediência, pobreza, pureza de coração.

Obediência significa acolhida para escutar o valor maior. Quem abre os sentidos para perceber o maior e o melhor não tem medo de obedecer e mostra lealdade a um grande projeto. Pobreza não é categoria econômica de quem não tem, mas é valor de quem sabe colocar tudo em comum.

Ser pobre, no sentido bíblico-franciscano, é a coragem da partilha. Ser puro de coração é ser transparente, casto, verdadeiro. É revelar o melhor de si.

Os três nós significam que o obediente é fiel a seus princípios; o pobre vive na gratuidade da convivência; o casto cuida da beleza do seu coração e de seus afetos. Tudo isto está no Tau da existência!


13)- USAR O TAU É LEMBRAR O SENHOR


Muita gente usa o Tau. Não é um amuleto, mas um sacramental que nos recorda um caminho de salvação que vai sendo feito ao seguir, progressivamente, o Evangelho.

Usar o TAU é colocar a vida no dinamismo da conversão: Cada dia devo me abandonar na Graça do Senhor, ser um reconciliado com toda a criatura, saudar a todos com a Paz e o Bem.

Usar o TAU é configurar-se com aquele que um dia ilumina as trevas do nosso coração para levar-nos à caridade perfeita.

Usar o TAU é transformar a vida pela Simplicidade, pela Luz e pelo Amor.

É exigência de missão e serviço aos outros, porque o próprio Senhor se fez servo até a morte e morte de Cruz.


Por Frei Vitório Mazzuco, OFM

Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 5 Comentário. Deixe o seu!

10 de novembro de 2012 22:24

A hipocrisia católica é espantosa. É impressionante como o clero romano abomina a verdade, para manterem o controle sobre as conciencias. Heresiarcas eu os desprezo. Desprezo a farsa de poder pontifício e rogo a Deus Pai Todo Poderoso para o estabelecimento da verdade e dissipação de todas as mentiras. A inquisição medieval não foi suficiente e ensaiaram um no século 20 (http://casakiva.blogspot.com.br/2010/03/jasenovac-o-holocausto-promovido-pelo.html. Agora que as fogueiras já não podem exterminar os "hereges", você promovem a contaminação das mentes com as mentiras e ocultações das abominações praticadas pelos pedófilos.

Anônimo
10 de novembro de 2012 23:09

Prezado Protestante BP

Você é daqueles protestantes que enxerga cisco no olho dos outros e não ve a trave no seu né ? Apesar de sua missiva não ter nada haver com a matéria, vamos às respostas:

A pedofilia só acontece na Igreja Católica ?


Agora chegou a hora de desmascará-los. Vamos lá:

1)-Infelizmente a estratégia das igrejas protestantes para chamar mais devotos é atacar as outras que não professam a mesma fé.

2)-Entretanto se esquecem que não é apenas na igreja católica que há padres pedófilos. Há médicos, pediatras, advogados, jornalistas e tantos outros, o que deixa claro que este problema independe de profissão e vocação.


3)-Eles encobrem que nas igrejas deles também há pedofilia e, diga-se de passagem, coisas muito mais absurdas, mas porque isso não aparece? Simplesmente porque eles protegem seus membros.


4)-Quando um membro erra, rouba, dá trambique, abusa de uma criança a igreja eles dizem: "Não devemos julgar. Julgueis e sereis julgados. Isso é entre ele e Deus. Ele pagará por isso perante Deus

5)-A misericórdia de Deus só vale para o protestantismo ? Para os Católicos é condenação ? Deus usa um peso e duas medidas ?

1) Polícia prende pastor acusado de pedofilia no Paraná

www1.folha.uol.com.br/folha/cotid…


2) Pastor confessa ter abusado de crianças de sua igreja em Franca

ultimosegundo.ig.com.br/materias/…


3) Pastor que engravidou menina diz que assume filho

noticias.terra.com.br/brasil/inte…


4) Polícia prende pastor suspeito de abusar de oito meninos em PE

www1.folha.uol.com.br/folha/cotid…


5) Evangélico é preso acusado de estuprar 12 crianças

noticias.terra.com.br/brasil/inte…


6) Evangélico é preso em flagrante por abuso sexual. A vítima é a filha, de cinco anos

ultimosegundo.ig.com.br/materias/…


7) pastor é preso acusado de estuprar adolescente


noticias.terra.com.br/brasil/inte…


8) Preso pastor que prometia alívio em troca de sexo


noticias.terra.com.br/brasil/inte…


9) menina estuprada por Pastor dá entrevista


br.groups.yahoo.com/group/oencost…


Será que não estão sendo tendenciosos ? É JUSTA ESTA ATITUDE POR PARTE DOS PROTESTANTES ?...
"Se enxerguei além dos outros, é por que estava no ombro de gigantes" (Isaac Newton)

Anônimo
10 de novembro de 2012 23:10

Por que os protestantes só falam da Inquisição Católica e escondem a INQUISIÇÃO PROTESTANTE ?




1)-INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA ALEMANHA:
Na época era dividida em Principados.Como havia muito conflito entre eles, chegaram no acordo que cada Príncipe escolhesse para os seus súditos a religião que mais lhe conviesse. A opressão sangrenta ao catolicismo pela força armada foi a consequência de semelhante princípio.
( Pfanneri. Hist. Pacis Westph. Tomo I e seguintes, 42 apud Doellinger Kirche und Kirchen, p. 55)

2)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA Holanda:Aqui foram as câmaras dos Estados Gerais a proibir o catolicismo. Com afã miserável tomaram posse dos bens da Igreja. Martirizaram inúmeros sacerdotes, religiosos e leigos. Fecharam igrejas e mosteiros. A fama e a marca destes fanáticos chegou até ao Brasil. (Luigi Giovannini e M. Sgarbossa in Il santo del giorno, 4ª ed. E.P, pg 224, 1978).

3)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA Suiça:O Senado coagido pelo rei aprovou a proibição do catolicismo e proclamou o protestantismo religião oficial. A mesma maldade e vileza ocorreram. Os mártires foram inumeráveis. ( J. B. Galiffe. Notices génealogiques, etc., tomo III. Pgna 403 )

4)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA Suécia: Gustavo Wasa suprimiu por lei o Catolicismo. Jacopson e Knut, os dois mais heróicos bispos católicos foram decapitados. Os outros obrigados a fugir junto com padres, diáconos e religiosos. Os seminários foram fechados, igrejas e mosteiros reduzidos a pó. (A Reforma Protestante, Página 203, 7ª edição, em IRC. 1958 )

5)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA Dinamarca: O protestantismo foi introduzido por obra e graça de Cristiano II, por suas crueldades apelidado de " o Nero do Norte".
Encarcerou bispos, confiscou bens, expulsou religiosos e proclamou-se chefe absoluto da Igreja Evangélica Dinamarquesa.( Origem e Progresso da Reforma, página 204, Editora Agir, 1923, em IRC )


6)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA Escócia: O poder civil aboliu por lei o catolicismo e obrigou todos a aderir à igreja "calvinista presbiteriana". Os padres permaneceram, mas tinham de escolher outra profissão. Quem era encontrado celebrando missa era condenado à morte. ( Westminster Review, Tomo LIV, p. 453 )

7)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA IRLANDA - Os camponeses da Irlanda pegaram em armas para defender o catolicismo.Foram trucidados impiedosamente pelos exércitos de Cromwell. Cerca de 1.000.000 de pessoas morreram de fome no primeiro ano do forçado exílio.
provocado pelos Protestantes aos Católicos. (( Macaulay.
A História da Inglaterra. Leipzig, tomo I).

8)- INQUISIÇÃO PROTESTANTE NA INGLATERRA:A "reforma protestante" se expandiu rapidamente porque foi imposta de cima para baixo sem exceção em todos os países em que logrou vingar.
O povo foi obrigado a "engolir" as novas doutrinas porque os reis e príncipes cobiçavam as terras e bens materiais da Igreja Católica.Padres e bispos foram presos e decapitados, igrejas e mosteiros arrasados, católicos aos milhares foram mortos. ( Macaulay. A História da Inglaterra. Leipzig, tomo I, página 54 ).

I João 2,19: Eles saíram dentre nós, mas não eram dos nossos. Se tivessem sido dos nossos, ficariam certamente conosco. Mas isto se dá para que se conheça que nem todos são dos nossos.

Anônimo
30 de dezembro de 2012 10:59

Amei saber sobre o TAU FRANCISCANO.

Muita gente usa o Tau. Não é um amuleto, mas um sacramental que nos recorda um caminho de salvação que vai sendo feito ao seguir, progressivamente, o Evangelho.
Usar o TAU é transformar a vida pela Simplicidade, pela Luz e pelo Amor. .
Te amo painho do céu!!!!!!

Painho do céu abençõe a todos!!!

Anônimo
1 de janeiro de 2013 19:43

Em geral, o Tau pendurado no pescoço por um cordão com três nós. Esse cordão significa o elo que une a forma de nossa vida. O fio condutor do Evangelho.

A síntese da Boa Nova são os três conselhos evangélicos=obediência, pobreza, pureza de coração.

Obediência significa acolhida para escutar o valor maior. Quem abre os sentidos para perceber o maior e o melhor não tem medo de obedecer e mostra lealdade a um grande projeto. Pobreza não é categoria econômica de quem não tem, mas é valor de quem sabe colocar tudo em comum.

Ser pobre, no sentido bíblico-franciscano, é a coragem da partilha. Ser puro de coração é ser transparente, casto, verdadeiro. É revelar o melhor de si.

Os três nós significam que o obediente é fiel a seus princípios; o pobre vive na gratuidade da convivência; o casto cuida da beleza do seu coração e de seus afetos. Tudo isto está no Tau da existência!

Painho do Céu ama muitooo !!!

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger