A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » PL -122 - PLEBISCITO e MITOS SOBRE HOMOSEXUALISMO

PL -122 - PLEBISCITO e MITOS SOBRE HOMOSEXUALISMO

Written By Beraká - o blog da família on sexta-feira, 8 de julho de 2011 | 10:59



POR QUE SOU CONTRA O PL – 122

  

1)- SOU CONTRA a PL 122 porque sou cristão e defendo os valores da família e dos bons costumes e à proteção da promiscuidade às nossas crianças.

2)-  SOU CONTRA a PL 122 porque os homossexuais não são e nem devem ser uma classe de intocáveis, divino-humana e de semi-deuses;

3)-  SOU CONTRA a PL 122, porque SOU A FAVOR da liberdade de expressão e da liberdade de culto;

4)-  SOU CONTRA a PL 122 porque vivo em um país democrático e sou livre pela Constiutição Brasileira para dizer o que penso;



5)-  SOU CONTRA a PL 122 porque entendo que cristanismo não é o mesmo que homofobia. E esta postura de classe provoca a " HETEROFOBIA".

6)-  SOU CONTRA a PL 122 por entender que nenhuma lei ou princípio pode ferir o direito já conquistado de ninguém;



7)-  SOU CONTRA a PL 122 por entender que a opção sexual de ninguém poderá ferir o direito da família e nem a liberdade religiosa;

8)-  SOU CONTRA a PL 122 porque no Brasil todos são iguais perante a Lei, inclusive os homossexuais, portanto, ninguém merece ser casta privilegiada.

9)-  SOU CONTRA a PL 122 porque NÃO SOU e NEM POSSO SER heterofóbico, que é normal proposto pela natureza para a perpetuação da espécie humana e não o homosexualismo que é estéril.



10)-  SOU CONTRA porque SOU A FAVOR dos princípios que regem o Cristianismo, a família e a sociedade brasileira e a preservação dos bons costumes.



“Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é  nega-la” ( Sto. Tomáz de Aquino)

Os Maiores Mitos sobre a Homossexualidade ?




O que dizem as pesquisas científicas quando o assunto é homossexualidade?


Tendo em vista alguns dados da realidade americana (embora os mitos possam atravessar fronteiras), o blog Tough Questions Answered (Bill Pratt) apresenta aqui o resumo de um panfleto, escrito pelo Family Research Council, intitulado Os Dez Maiores Mitos sobre Homossexualidade: ”O panfleto é bem escrito e parece ser bem fundamentado, com abundantes citações de artigos científicos. Abaixo estão os dez mitos que são abordados no texto”:


Mito 1: As pessoas nascem homossexuais:

FATO:
A pesquisa não mostra que alguém “nasce gay”, mas sugere, em vez disso, que a homossexualidade é o resultado de uma combinação complexa de interacção de 3 factores: biológicos, psicológicos e sociais, nada  unanimemente ainda definido portanto.




Mito 2: A orientação sexual não pode mudar:

FATO: Milhares de homens e mulheres têm testemunhado ter experimentado uma mudança na sua orientação sexual de homossexual para heterossexual. Pesquisas confirmam que tal mudança ocorre às vezes de forma espontânea, e às vezes como resultado de intervenções terapêuticas.Portanto basta querer e disposição para mudanças.


Mito 3: Os esforços para mudar a orientação sexual de alguém  homossexual para heterossexual são prejudiciais e antiéticos.

FATO: Não há evidências científicas de que os esforços de mudança criam mais danos do que o próprio estilo de vida homossexual em si. A verdadeira violação da ética ocorre quando é negada aos clientes a oportunidade de definir suas próprias metas para a terapia.Não existe caminho sem volta, todo problema tem solução.



Mito 4: Homossexuais não experimentam um nível mais alto de distúrbios psicológicos que os heterossexuais.

FATO: Homossexuais experimentam consideravelmente níveis mais elevados de doença mental e abuso de substâncias medicamentosas do que os heterossexuais. Uma revisão detalhada da pesquisa mostrou que “nenhum outro grupo de tamanho comparável na sociedade experimenta patologias deste tipo em nível tão elevado e generalizado.”


Mito 5: A conduta homossexual não é prejudicial à saúde física:

FATO: Tanto por causa de padrões de comportamento de alto risco, como promiscuidade sexual, quanto por causa do dano ao corpo advindo de determinadas práticas sexuais, os homossexuais estão em maior risco de contrair doenças sexualmente transmissíveis e outras formas de doenças e lesões a mais do que os heterossexuais.

Mito 6: As crianças criadas por homossexuais não são diferentes das crianças criadas por heterossexuais nem sofrem danos.

FATO: Um enorme conjunto de programas de investigação em ciências sociais mostra que as crianças se desenvolvem melhor quando criadas pelos próprios pais biológicos que estão comprometidos um com um outro em um casamento duradouro. Pesquisas específicas sobre crianças de homossexuais têm grandes problemas metodológicos, mas mostram diferenças específicas.É injusto submeter estas crianças a uma carga psicológica que elas não pediram apenas por vanguarda ideológica de grupos.



Mito 7: As relações homossexuais são apenas as mesmas que os heterossexuais, exceto quanto ao gênero dos parceiros.

 
FATO: Os homossexuais são menos propensos que os heterossexuais a entrar em um relacionamento sério, a ser sexualmente fiéis a um parceiro, mesmo que tenham um, e a ficar comprometidos por toda a vida. Eles também apresentam taxas mais elevadas de violência doméstica do que os casais heterossexuais casados.

CONCLUSÃO: A  ciência mostra que o estilo de vida gay é em geral destrutivo aos que vivem nele e não devemos, como sociedade, promovê-lo.

Isso significa que cada pessoa gay vivencia os problemas citados na pesquisa?

Obviamente que não. Estamos lidando com estatísticas e probabilidades, por isso há pessoas absolutamente gays que são exceções às conclusões da pesquisa. 

No entanto, o movimento de união gay pede um apoio estatal ao seu estilo de vida, e a única maneira de abordar esta questão é olhar em termos estatísticos a realidade daqueles que praticam este estilo de vida.

Quem deve decidir é o conjunto da sociedade e não minorias organizadas.




PLEBISCITO JÁ !!! PARA O PL-122!!!

(QUE TEMEM OS HOMOSEXUAIS ?)

1)- O Supremo incompetentemente “alterou” a Constituição, que, aponta apenas a união entre homem e mulher como “núcleo familiar”, pois está voltado à reprodução da Prole e manutenção da espécie humana,  o que é impossível com pessoas  do mesmo sexo.


2)- Apenas o Congresso que representa a VONTADE POPULAR DEMOCRÁTICA, tem competência para isso. O Brasil reconhece como núcleo familiar:  Homem e mulher.


3)- É preciso garantir direitos iguais a todos, independentemente “de seu comportamento sexual privado”, mas desde que haja o “cumprimento daquilo que é ordenado pelas leis constitucionais.”

 

*Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:


I - homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos desta Constituição;


IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;



4)- O conceito de igualdade previsto na legislação brasileira estabelece que os cidadãos se dividem quanto ao sexo como “homens e mulheres, e que são iguais em direitos e obrigações.”


5)- “A idéia de um terceiro sexo [decorrente do comportamento social ou cultural do indivíduo ], portanto, quando confrontada com a realidade natural e perante a Constituição Material da Sociedade (Constituição da Comunidade Política) não passa de uma “ficção jurídica”, incompatível com o que se encontra sistematizado no Ordenamento Jurídico Constitucional”.



6)- A decisão do Supremo é corporativa e não representa os anseios da MAIORIA DEMOCRÁTICA, e está fora do “contexto social” brasileiro. O país ainda não vê com “naturalidade” a união homoafetiva, e isto não pode ser imposto, e se quiser ser imposto QUE SEJA PELA VIA DEMOCRACIA, E QUE SE DECIDA PELO VOTO.

 7)- “O Supremo está fora do contexto social, porque o que vemos na sociedade não é a aceitação desse tipo de comportamento, portanto, ainda demandará tempo para isso se tornar norma e valor social”, por tudo isto...



PLEBISCITO JÁ !!!  PARA PL-122 !!!



Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger