A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » , , » Quem já assistiu ao "Seríssimo" ??? documentário ateu: ZEITGEIST ?

Quem já assistiu ao "Seríssimo" ??? documentário ateu: ZEITGEIST ?

Written By Beraká - o blog da família on sexta-feira, 9 de abril de 2010 | 15:18


Assisti ao Zeitgeist e fiquei surpreso com as "mensagens" dele, mas passado um tempo, aquela pulguinha atrás da orelha começa a coçar, e inevitavelmente vem a PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR:


 "E se os autores do documentário também estiverem mentindo ?"





A partir da pesquisa  vemos que os relatos não correspondem aos fatos como são calorosamente mostrados no documentário tendencioso Zeitgeist.


1)- Começando por Hórus:

1.1)- No mito de Hórus, Seth tinha matado Osíris (pai de Hórus) e despedaçado o corpo em 14 pedaços que foram espalhados pelo Egito. Isis (mãe de Hórus) juntou os pedaços de Osíris, mas não achou o pênis dele, então ela fez um pênis com as suas próprias mãos, e consumou o ato sexual (era uma vez a virgindade).


1.2)- Durante este ato sexual Isis ficou grávida e deu a luz a Hórus.Além disso, o nascimento de Hórus não foi anunciado por estrela alguma, nem havia três reis magos presentes em seu nascimento.(A propósito: Nem no nascimento de Jesus! A Bíblia nunca deu nenhum número e apenas se refere a “homens sábios” que visitaram a casa de Jesus (em Nazaré) e não a cena do nascimento em Belém).


1,3)- Em nenhum lugar a lenda de Hórus se refere a batismo algum. Também não existe o personagem “Anup” na lenda.


1.4)- O documentário diz que Hórus era conhecido como “Iusa” que significa “o caminho”, ou “o pai”. Ou como o “messias”, “filho do homem”, “pastor”, ou algo semelhante.


1.5)- Na verdade, nunca ninguém foi conhecido como “Iusa”, já que a palavra não existe em Egípcio.


1.6)- Hórus só tinha 4 discípulos e não 12. Eram conhecidos como “Heru-Shemsu”. A lenda também fala de 16 seguidores de um grupo maior de guerreiros chamados “‘mesnui” que faziam parte do grupo de guerreiros de Hórus, mas também não são 12, além de não serem contados como discipulos.



1.7)- POR FIM: Hórus nunca foi crucificado. Uma das versões da lenda diz que ele foi cortado em pedaços e jogado na água. Isis pediu a um crocodilo (é isso mesmo!) que juntasse os pedaços de Hórus, que não ressuscitou, mas, como no caso de Osíris (pai de Hórus), caminhou para o mundo dos mortos, ou existência após a morte na qual os Egípcios acreditavam.



2)- Agora Krishna:

2.1)- Krishina era na verdade o oitavo filho da princesa Devaki ou seja, sendo oitavo filho, como poderia sua mãe ser virgem ? Casou-se com Rukmini, filha do rei Bishmaka de Vidarbha.

2.2)- Ele também teve outras sete esposas, incluindo Satyabhama e Jambavati, nada a ver com Jesus.


2.3)- Até sua morte quando um caçador, na penumbra da floresta, o confunde com um antílope e o fere, nada de cruz nesta história.


3)- Attis:


3.1)- Attis não era necessariamente nascido de uma virgem (porque não se questiona na história mitológica se ela (Nana) era ou não uma virgem). Átis nasceu de Nana depois que ela comeu o fruto de uma amendoeira que havia sido cultivada a partir do sangue de Cibele.


3.2)- Attis foi adorado como o deus da vegetação, responsável pela morte e renascimento da vida vegetal.


3.3)- Acreditava-se que a cada inverno ele morria e na primavera renascia.(Portanto a crença era em re-encarnação e não RESSURREIÇÃO).


3.4)- A Cada nova primavera seu re-nascimento era celebrado. O detalhe é que a primavera não se dá em dezembro, nem a mudança das estações era precedida por algum ritual de crucificação, não há nenhuma menção de qualquer túmulo em qualquer lugar, e vendo como ele está morto todo o inverno, É até tautológico dizer que o inverno tem mais do que três dias.


4)- Outros pontos a mencionar:


4.1)- Na bíblia não é mencionado dia se quer referente ao nascimento de Jesus, um dos motivos era a prática de não comemoração de de aniversários natalícios pelo povo hebreu, por ser considerado um ato pagão, prática posterior adotada estrategicamente pela Igreja no processo de inculturação, para que se celebrasse já não o nascimento do deus sol, mas do verdadeiro Sol da justiça: Jesus Cristo.


4,2)- A celebração do Natal de Jesus foi instituída oficialmente pelo Papa Libério, no ano 354 d.c.


4.3)- Segundo estudos, a data de 25 de dezembro não é a data real do nascimento de Jesus. A Igreja entendeu que devia cristianizar as festividades pagãs que os vários povos celebravam por altura do solstício de Inverno.


4.4)- Portanto, segundo certos eruditos, o dia 25 de dezembro foi adoptado para que que a data coincidisse com a festividade romana dedicada ao "nascimento do deus sol invencível", que comemorava o solstício do Inverno. No mundo romano, a Saturnália, festividade em honra ao deus Saturno, era comemorada de 17 a 22 de dezembro; era um período de alegria e troca de presentes.



4.5)- O dia 25 de dezembro era tido também como o do nascimento do misterioso deus persa Mitra, o Sol da Virtude.


Curioso observar que boa parte das pessoas não se importa com o fato de "os dados contidos no Zeitgeist sobre religião não estarem corretos..." 


Motivos?



1)- A maioria das pessoas que gostam do documentário simplesmente odeiam as religiões (sejam elas quais forem) e acham que por isso qualquer coisa é válida, inclusive mentir.


2)- Acusar as religiões por serem mentiras, o que os faz melhor do que eles se mentem  para prejudicar a imagem da religião, e não a busca sincera da verdade?


3)- Portanto, não vejo como uma mentira pode ser melhor do que “SUPOSTAMENTE” outra.Na realidade os defensores deste pseudocumentário, parcial e tendencioso não percebe que estão trocando seis por meia dúzia, ou seja,  estão trocando uma crença  por outra, trocando a crença do  cristianismo pela crença inquestion[avel do Zeitgeist.



5)- Vamos à verdade dos fatos, sem emocionalismos:


1)- ZEIT GEIST – (O Espírito do Tempo) - Termo Alemão que exprime o avanço intelectual e cultural do mundo numa época.


2)-Na visão parcial dos seus autores, trata a religião de forma generalizada chamando-a “Porcaria Intocável e invenção humana dos poderosos.” Tudo isto demonstra uma visão muito simplista  e reducionista do fenômeno Religioso na Humanidade.


3)-O documentário na visão de seus autores, apresenta uma visão: Parcial, distorcida, reducionista e unilateral da Religião, da Verdade, bem como sobre Deus e o inferno.


4)-O documentário apresenta de forma deturpada e apelativa apenas a face de Deus: Cruel, legalista e insensível, com cenas apelativas que beiram o ridículo, ou seja, de forma unilateral (O documentário sequer entrevistou um Teólogo , para apresentar a defesa, mostrando sua total PARCIALIDADE, portanto,um método desonesto e nada científico da busca da verdade).Por que os autores não mostraram o Deus misericordioso revelado por Jesus Cristo nos evangelhos? Pergunta sem resposta...


5)-Os autores do documentário só vêm à religião de forma negativa e de caráter revanchista, principalmente no tocante as falhas humanas,como se os ateus e céticos fossem os perfeitos.


6) -O Documentário é de Caráter EXOTÉRICO apresentando a ASTROLOGIA como Ciência, e com dados relativos à Nova era (Tauros, Áries, peixes e aquário) como se fossem aceitos pela CIÊNCIA ASTRONÔMICA.


7)-O documentário faz um verdadeiro MALABARISMO EXOTÉRICO apelativo, tentando enquadrar: Esoterismo e Zodíaco como Doutrina Cristã, julgando-se os autores do documentário seus verdadeiros intérpretes das escrituras.


8)-Apresenta o Judaísmo e Cristianismo como Plágio da Religião Egípcia. E Generaliza por baixo todos os Cristãos que não se coadunam com suas pseudo-teorias de Fanáticos e fundamentalistas, como se todos não aceitassem a EVOLUÇÃO e os dinossauros como parte do plano da Criação de Deus.O que muitos Cristãos não aceitam é a teoria do acaso da criação, pois não tem unanimidade no meio científico.



9)-O documentário em seu delírio final apresenta Cristo Como Mito, sem falar das testemunhas oculares de Cristo : Os apóstolos, e não cita nenhum historiador Ateu que confirmam já hoje  o "CRISTO HISTÓRICO", sem aceita-lo apenas como Deus – POR QUE ?...



10)-O documentário apresenta Constantino como fundador do Cristianismo no Concilio de Nicéia, como se já não existisse Cristãos e papas anteriores a este imperador de conversão duvidosa, que nunca foi canonizado pela Igreja, portanto de santo não tinha nada.



11)-O documentário apresenta a religião como escravidão, e quem não é religioso ou descrente como “livres”. PERGUNTA: Quem é mais livre? Os escravos da Religião, ou os escravos de sua própria liberdade inescrupulosa? Será que não é apenas "trocar seis por meia dúzia?".



12)-O documentário assim como os produtores do Código Da Vince misturam verdade e mentiras para prevalecer suas idéias, este é o pior meio de busca da verdade.


Encerro aguardando comentários de qualquer natureza, pois:


"Prefiro os que me criticam por que me corrijo, aos que me elogiam porque me paralisam em minhas falhas..." 

(Santo Agostinho).

Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger