A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Os Gays da França criaram Juízo?

Os Gays da França criaram Juízo?

Written By Beraká - o blog da família on sábado, 19 de janeiro de 2013 | 13:09




A LIDER GAY DO PAIS MAIS LAICISTA DO MUNDO A FRANÇA, a lésbica Nathalie de Williencourt, e uma das fundadoras de Homovox, uma das maiores associações de gays da França,RECONHECE QUE :



“NÃO SE DEVE USAR AS NOSSAS CRIANÇAS COMO MASSA DE MANOBRAS,COBAIAS , OU BUCHA DE CANHÃO PARA VANGUARDAS IDEOLÓGICAS”.




Nathalie de Williencourt (Foto em destaque), é uma lésbica francesa e uma das fundadoras de Homovox, uma das maiores associações de gays da França.



À diferença do que afirmam certos meios de imprensa, considera que a maioria de homossexuais, incluindo ela mesma, não querem nem o matrimônio nem a adoção de crianças e estão em desacordo com o projeto de lei do presidente François Hollande de legalizar ambas práticas.

Em uma entrevista concedida no dia 11 de janeiro ao site de notícias italiano Tempi.it, Nathalie assinalou que:

“O casal homossexual é diferente do heterossexual por um mero detalhe: não podemos dar origem à vida”.

Williencourt afirmou com claridade:

“sou francesa, sou homossexual, a maioria dos homossexuais não querem nem o matrimônio, nem a adoção de crianças, sobre tudo não desejamos ser tratados do mesmo modo que os heterossexuais porque somos diferentes, não queremos igualdade, mas justiça”.



A líder gay assinalou ainda que muitos dos  próprios homossexuais:






“acreditam que as crianças têm direito a ter um pai e uma mãe, possivelmente biológicos, que possivelmente se amem. Uma criança que nasce do fruto do amor de seu pai e de sua mãe tem o direito de sabê-lo. Se os casais homossexuais adotarem crianças que já estão privadas de seus pais biológicos, então (as crianças) estariam sem um pai e sem uma mãe pela segunda vez”.

“Os casais heterossexuais estão esperando anos para poder adotar uma criança, e corre-se o risco que muitos países não permitam mais adoções a cidadãos franceses se esta lei for passada, já que países como a China e outros da Ásia contam com procedimentos que excluem casais do mesmo sexo”.

“Isto significaria fazer que a adoção por casais conformados por um homem e uma mulher seja ainda mais difíceis”, acrescentou Williencourt.

A porta-voz do Homovox considerou logo que a família, constituída sobre o matrimônio entre um homem e uma mulher, é a base para a paz.




“A paz se constrói na família e para ter paz na família é necessário dar às crianças a imagem mais natural e mais segurança infunde para crescer e chegar a ser grande. Quer dizer, a composição clássica de homem e mulher”.


Williencourt denunciou logo que “na França nos censuram (Homovox.com). Escuta-se sempre o lobby dos ativistas LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) que sempre falam nos meios, mas a maior parte dos homossexuais estão irritados pelo fato de que esta organização faz lobby em nosso nome. Nós não votamos por eles para que nos representem”.




Nathalie explicou que os membros do lobby gay já têm uma ferida em relação à sua própria homossexualidade “porque não a aceitam, reivindicam ser como os heterossexuais. Em vez disso nosso movimento reivindica que os homossexuais sejam tratados de modo distinto que os heterossexuais porque somos diferentes”.

“Não podemos pedir igualdade para situações que são diferentes. Não é a igualdade o que é importante, mas a justiça. É uma desigualdade justa e uma igualdade injusta”, precisou.

Sobre sua oposição e a de toda sua associação ao projeto de lei impulsionado pelo presidente Hollande, Nathalie Williencourt disse que “eu e meus amigos gays não podemos ser acusados de homofobia, por não permitir a lei”.

O que solicitam, explicou, é “um diálogo entre Hollande e o povo, porque ele tinha prometido que não ia aprovar uma lei à força se os franceses não estavam de acordo. Esperemos que se abra o diálogo com os Estados Gerais sobre o matrimônio e um referendum para consultar todos os cidadãos deste tema”.

(Caro demagogo Wyllys - Quem é o hipócrita ?)

Homovox é a associação que reúne a maioria de homossexuais na França.


A associação foi uma das organizações gays que marcharam pelas ruas de Paris no dia 13 de janeiro junto a mais de um milhão de pessoas em defesa do autêntico matrimônio.

Fonte: ACI digital
Curta este artigo :

+ Comentário. Deixe o seu! + 6 Comentário. Deixe o seu!

Anônimo
19 de janeiro de 2013 16:55

Que ridiculo!!!!!

Anônimo
19 de janeiro de 2013 17:43

ARNALDO JABOR FALA SOBRE O HOMOSEXUALISMO:


''Antigamente, o homossexualismo era proibido no Brasil...

Depois, passou a ser tolerado...

Hoje é aceito como coisa normal...

Se achar ruim, você é preso por homofobia...

E eu vou-me embora antes que se torne obrigatório...''

“Pergunta aos Gays: Se todo mundo for comer b o s t a ? Você vai também , só porque todo mundo ta comendo ?...”

(Arnaldo Jabor)

"Não vos enganeis: Nem impuros,nem ladões,nem adúlteros, nem EFEMINADOS, nem SODOMITAS herdarão o reino de Deus" (I Coríntios 6:9-10).

Reinaldo - São Paulo

Anônimo
19 de janeiro de 2013 17:44

CONTRADIÇÃO PARADOXAL

1)- Querem que os padres se casem - Se fosse para acabar com a pedofilia, então não deveria existir Casados pedófilos, aliás disse muito bem Don Odílio Sherer (Arcebispo):

" Não esxiste padre pedófilo, mas sim sim pedófilos que se camuflaram de padres..."

Ou seja, já eram safados e pedófilos antes do sacerdócio, e usam o sacerdócio para acobertarem suas promiscuidades, mas estes serão julgados mais severamente, por Deus e pela justiça humana.

2)- Mas querem que os casados tenham o direito de se divorciar;


3)- Que os noivos apenas se juntem, sem casar na Igreja;

4)- Mas que os homossexuais se casem na Igreja (Pra que ????).

Margarida - RJ

Anônimo
19 de janeiro de 2013 19:12

Igreja que mata, prega o ódio e o preconceito. Bando de ****** que trai, que pensa antes em dinheiro e nunca na pessoa humana. Conheço vários padres ***** e e seminaristas ***** e que são aceitos nessa Igreja tão moralista. Deus não deseja esse ódio que vocês pregam. Minha indgnação é tanta que desejo a vocês tudo que desejam aos Gays. Um gay assumido merece muito mais o meu respeito do que vocês que usam Deus e a religião para pregar o ódio.

Anônimo
19 de janeiro de 2013 19:15

Prezado anônimo gay,

Quem quer respeito tem que respeitar primeiro não achas? A matéria de vc leu não faz nenhuma acusação, mas apenas mostra opinião de uma militante gay da França laicista.

HOMOSEXUALISMO NO ANTIGO E NOVO TESTAMENTO

Apresentarei apenas os fatos sobre o tratamento da homossexualidade no Antigo e Novo Testamento, bem como a visão teológico-magisterial da Igreja, deixando o juízo aos leitores:

No antigo Testamento as passagens a respeito do homossexualismo são:

1)- Levítico 18:22: “Com homem não te deitarás como se fosse mulher; é abominação”

2)- Levítico 20:13 e “Se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável; serão mortos; o seu sangue cairá sobre eles”

3)- Sodoma e Gomorra: “Mas, antes que se deitassem, os homens daquela cidade cercaram a casa, os homens de Sodoma, tanto os moços como os velhos, sim todo o povo de todo o lado, e chamaram Ló e lhe disseram: onde estão os homens que, à noitinha, entraram em tua casa? Traze-os fora a nós para que abusemos deles”, (Gênesis 19:4-5).

4)- ...e nem vestirá o homem roupa de mulher; porque, qualquer que faz isto, é abominação ao SENHOR teu Deus. (Deuteronômio 22:5)

No Novo Testamento:

1)- "Não vos enganeis: Nem fornicadores,nem ladões,nem adúlteros, nem EFEMINADOS, nem SODOMITAS, herdarão o reino de Deus" (I Coríntios 6:9-10).

2)- Por isto Deus os entregou a paixões vergonhosas, as mulheres trocaram as relações naturais por outras não naturais, e semelhantemente, também os homens, deixando a relação natural com a mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. (Romanos 1:26-27)

O QUE DIZ O MAGISTÉRIO DA IGREJA CATÓLICA ?

§2357 CASTIDADE E HOMOSSEXUALIDADE A homossexualidade designa as relações entre homens e mulheres que sentem atração sexual, exclusiva ou predominante, por pessoas do mesmo sexo. A homossexualidade se reveste de formas muito variáveis ao longo dos séculos e das culturas. Sua gênese psíquica continua amplamente inexplicada. Apoiando-se na Sagrada Escritura, que os apresenta como depravações graves, a tradição sempre declarou que "os atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados". São contrários à lei natural. Fecham o ato sexual ao dom da vida. Não procedem de uma complementaridade afetiva e sexual verdadeira. Em caso algum podem ser aprovados.

§2358 Um número não negligenciável de homens e de mulheres apresenta tendências homossexuais profundamente enraizadas. Esta inclinação objetivamente desordenada constitui, para a maioria, uma provação. Devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Evitar-se-á para com eles todo sinal de discriminação injusta. Estas pessoas são chamadas a realizar a vontade de Deus em sua vida e, se forem cristãs, a unir ao sacrifício da cruz do Senhor as dificuldades que podem encontrar por causa de sua condição.

§2359 As pessoas homossexuais são chamadas à castidade. Pelas virtudes de autodomínio, educadoras da liberdade interior, às vezes pelo apoio de uma amizade desinteressada, pela oração e pela graça sacramental, podem e devem se aproximar, gradual e resolutamente, da perfeição cristã.

Antes de falar besteiras procure conhecer melhor os fatos.

Evandro - Rio de Janeiro

22 de fevereiro de 2013 00:00

PLC 122, pura desculpa pra promiscuidade e perseguição religiosa no Brasil, só isso!!!

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger