A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » Estou desempregado e agora? O que faço ?...

Estou desempregado e agora? O que faço ?...

Written By Beraká - o blog da família on sexta-feira, 16 de dezembro de 2016 | 18:01






A maioria dos jovens que não consegue emprego sente-se completamente impotente para arriscar e confiar em suas habilidades profissionais. E é exatamente nesse fator que reside o ciclo do desemprego. Por conta da baixa auto-estima e da depressão, o recém formado fracassa em suas entrevistas e dinâmicas de emprego e começa a pensar que está no caminho errado. Ele procura por vagas que não gosta, mas aceita a oportunidade por causa do dinheiro, e passa a de recém-formado a trabalhador infeliz. Pulando de um emprego ao outro, a insatisfação profissional cresce na mesma proporção que a carreira afunda e todo o investimento intelectual e financeiro feito durante os anos de estudo parece inútil. Mas esse cenário pode ser evitado. Os anos inicias de sua carreira serão determinantes para prever que tipo de profissional você deseja se tornar. Resistir à depressão e ao desânimo precisa ser sua grande meta. Não fique em casa o dia inteiro esperando a oportunidade bater em sua porta. Corra atrás dela. Faça contatos, vá a feiras profissionais e de emprego, faça pesquisas acadêmicas, curso de extensão, viagens de intercâmbio profissional, mande currículos mesmo que a empresa não ofereça vagas, atue como freelancer, improvise. Não há segredo ou conselho perfeito que irá solucionar o desemprego. Mas seu esforço, força de vontade e determinação valem a pena. Todo esse tempo servirá de bagagem para você, não apenas como profissional, mas como pessoa. O processo de transição entre a adolescência e a vida adulta faz parte da vida de todos e cada dificuldade irá ajudá-lo a amadurecer e estar pronto para novos desafios.

 






O que você faria, se de repente do nada, ficasse desempregado?


Apesar de não ser adepto e defensor de se ter um emprego formal numa grande empresa ou como um concursado, mas precisamos estar preparados, ou pelo ao menos informado e motivado a ajudar a quem precisa. Resolvi escrever esse artigo depois de ler algumas coisas sobre esse assunto. Nesse artigo você vai descobrir:


1)- Um risco iminente que você corre ao ter um emprego.


2)- O que você pode fazer se ficar desempregado.


3)- O que você não deve fazer se ficar desempregado.


4)- PASME !!! Mas existe o lado bom de ficar desempregado.


5)- Que você nem sempre precisa de um emprego para ter renda.


6)- Três coisas que você deve fazer a partir de agora, independentemente de ter um emprego ou não.
   


É importante que você entenda que apesar de hoje muitas pessoas viverem bem e felizes sem um emprego, nem todas as pessoas querem ou gostam desse estilo de vida. Muitas pessoas preferem optar pelo emprego formal, pelo concurso público e etc. Você pode ficar desempregado. Isso pode acontecer e você precisa aceitar isso. Pode ser por causa da falência da empresa, da mudança no governo, mudança na chefia, mudança no mercado, erros de terceiros ou erros seus. Você nunca estará seguro. Nunca !!!



Esse é um dos motivos que me fazem odiar os “empregos formais”, as coisas não estão nas suas mãos, mas estão sempre nas mãos de outras pessoas, ou dependente de seus erros. Se você errar muito, você será despedido. Se você acertar muito, vai depender de muitas outras coisas para ser promovido e ganhar um pouco mais, e isso se um dia isso acontecer. Conheço muitas pessoas que estão anos e anos no mesmo emprego, com o mesmo cargo e quando recebem um aumento, é algo irrisório.



Enfim, não quero convencer  você a não ter emprego, apenas quero abrir seus olhos para o fato de que você NÃO ESTÁ SEGURO PELO SIMPLES FATO DE ESTAR EMPREGADO!


Você está despedido! - E agora? Qual o próximo passo?


Chorar e reclamar ou levantar, sacodir a poeira e dar a volta por cima ?


A coisa mais perigosa que você pode fazer é não fazer nada. Se você ficar chorando e reclamando do que aconteceu, você não vai mudar nada, pois já dizia minha mãe: “Meu filho cobra que não anda, não engole sapo...”


Eis como você e a grande maioria das pessoas vai provavelmente se sentir:


Um inútil, incapaz e achando que seu mundo acabou, que você está vivendo um inferno, sua autoestima já “foi pro saco”. Você vai procurar um culpado e provavelmente o escolhido será você mesmo, algum desafeto, ou alguém que você nunca foi com a cara lá pelo seu antigo trabalho. Seu dinheiro vai acabar, você não vai ter o que comer, nem onde morar, as contas precisam ser pagas, e seus planos para o futuro foram por água abaixo. Você sente que precisa resolver sua vida, que vai ter que começar tudo do zero e que isso não será nada fácil.


Preste bastante atenção nessas palavras:


Você tem uma experiência de vida que não tinha antes, conhece pessoas que não conhecia antes (networking), tem conhecimento que não tinha antes, tem até um currículo que não tinha antes desse emprego, e isso tudo pode te ajudar. Então você não vai começar do zero !!! Absolutamente !!!



Mas vai, tudo bem. Tenha seu momento de “luto”, fique chateado. Mas não deixe esse momento consumir você e te colocar em depressão. Então, primeiro de tudo: Respire fundo, e saiba que o mundo não acabou e você não é um inútil. Você agora tem duas opções:


1ª)- Procure um novo emprego!!!


Você já tem as habilidades e tudo que você precisa ainda está em você, não se preocupe. Se você foi despedido por culpa sua, tudo bem também, errar é humano. Agora você vai “catar os cacos” e voltar pro jogo. Use as suas habilidades, faça o melhor e vença as dificuldades. Pegue seu currículo e espalhe onde for possível, faça seus contatos, continue estudando e trabalhando duro para ser cada dia melhor e busque novas coisas para sua vida. E vá atrás do novo emprego, mostre-se, pois já diz o ditado: Quem não é visto não é lembrado.



2ª)- Faça algo “interessante”, que você goste, conheça, ou deseje explorar



Será mesmo que você precisa de um emprego? Será que você quer mesmo? e gosta daquela rotina de 8 horas diárias batendo cartão?, pegando transporte todo dia, aguentando chefes e colegas chatos? Você quer ser a pessoa que procura emprego ou a que dá emprego? Você pode fazer uma diferença enorme no mundo criando negócios e oportunidades.

Ser empreendedor. É fácil? Não !!! Mas é recompensador !!!


Não seja a pessoa simplesmente procurando emprego desesperadamente. Seja a pessoa fazendo algo interessante.


O lado bom de ser despedido


Talvez você nunca tenha ouvido ou lido ninguém falar isso antes, mas ser despedido pode ser bom para você. Já dizia São João Bosco que Deus: “Impedindo, ou permitindo, dando ou retirando está sempre nos amando...”


Muitas pessoas reclamam que não tem tempo para a família, amigos e para elas mesmas. Reclamam que não aguentam mais aquele emprego chato e aquele chefe insuportável, mas não fazem nada para mudar isto. Aprenda outra REGRA DE OURO:


“Se fazemos sempre as mesmas coisas, vamos ter sempre os mesmos resultados, se queremos resultados diferente, temos que fazer coisas diferentes !!!”


Você pode ter esquecido de cuidar de você, de praticar esportes e cuidar da sua saúde durante todo esse tempo no emprego. Ser despedido te dará mais tempo para repensar sua vida. O que é ótimo.Com esta permissão de Deus, você pode mudar de carreira, seguir algum sonho antigo, simplesmente arrumar um emprego novo.Pode até mesmo recomeçar do zero, o que não é uma coisa ruim e impossível. Você pode fazer o que você quiser a partir de agora.

Quantas vezes não desejamos isso? : Ahhh...  se eu pudesse fazer tudo de novo?

Bom, agora você pode !!! Não tem mais nada te impedindo, você não precisa mais de coragem para largar o emprego, isso já aconteceu.Você agora pode se reencontrar !!!Você não precisa de um emprego!!! Você precisa de uma fonte de renda !!!


Você pode ser um empreendedor e criar algo lucrativo !!!



Quer abrir uma agência? Abra. Quer abrir um restaurante? Abra. Uma lavanderia ? Abra !!! Descubra quais são as suas habilidades, as coisas que você gosta de fazer e que você sabe fazer.



Nos últimos anos, tem acontecido uma revolução. Muitas pessoas estão empreendendo de um jeito diferente, sem precisar ter muito dinheiro ou alugar uma sala comercial cara.Essas pessoas estão usando conhecimento e experiências de vida para ensinar coisas que poderiam parecer besteiras, mas que resolvem grandes problemas de outras pessoas. E são bem pagas por fazer toda essa diferença no mundo.



Você sabe cozinhar? Você ama cozinhar? Sabe pintar? desenhar, toca algum instrumento?...Então ensine outras pessoas. Abra uma escola, faça vídeos-aulas, escreva um livro. Isso funciona para muitas outras coisas...de verdade !!! Hoje é muito fácil apresentar seu trabalho para pessoas do mundo todo.Pode ser que o seu vizinho não se interesse pelo que você faz, mas uma pessoa no em outro bairro, cidade, ou até país goste !!!Bem vindo ao vasto mundo das redes sociais!!! Use isto a seu favor !!!



Talvez você nunca mais vá precisar de um emprego e trabalhar para os outros, e com certeza você pode e vai fazer a diferença,seja com negócios mais “convencionais” ou participando dessa revolução das redes sociais. E melhor ainda se você fizer a diferença, ajudar outras pessoas e ainda ficar rico fazendo algo que você gosta!!!


É crucial que você tenha uma boa relação com dinheiro e saiba controlar suas despesas e economizar. Se por algum motivo você ficar desempregado, você vai querer ter uma reserva financeira, alguns investimentos e um ponto de segurança para lidar com as despesas mensais, certo? Não gaste tudo que ganha por mês e economize dinheiro. É bom economizar 10% ou 15% do salário mensal. E mesmo que você ache que nunca correrá o risco de ser despedido, faça o sacrifício, guarde e invista um dinheirinho mesmo assim, pois nunca se sabe o dia de amanha.



ALGUNS CONSELHOS PRÁTICOS DE QUEM JÁ PASSOU POR ISTO E SUPEROU:



1)- Não fique de “luto” eterno por ser despedido, isto pode acontecer com qualquer um.

2)- Enfrente os problemas com todas suas capacidades, procurando evitar cometer os mesmo erros.

3)- Tenha a coragem e sinceridade de pedir a opinião de uma pessoa de sua confiança, que lhe mostre as suas falhas e seus pontos fortes.

4)- Não admita jamais que você é um inútil e incapaz. Descubra quem você é e qual o seu propósito. Descubra o que você quer. Descubra o que você ama. E faça isso. Descubra e invista no que você é bom.


5)- Muitas pessoas no mundo podem se beneficiar de suas habilidades. Ponha isso para fora, mostre seus dons e talentos!!!

6)- Estude sempre. Não estou referindo-me necessariamente a uma faculdade, mas cursos de capacitação, principalmente aqueles grátis, oferecidos pelo SEBRAE, estados, municípios. Informe-se.


Você está desempregado(a)? Saiba de uma coisa: Você não está sozinho(a)!



Milhões de brasileiros estão na mesma situação e a tendência do desemprego é aumentar. A cada dia recebo e- mails com o título “me ajude, fiquei desempregado”, reze por mim...Infelizmente, esta crise não tem data para acabar. As vagas de empregos formais estão mais escassas a cada dia e até mesmo as empresas que foram pouco afetadas pela crise, tiraram “o pé do acelerador” e diminuíram o número de contratações. Por isso você precisa fazer muitas pesquisas e exercitar a sua criatividade para encontrar outras formas de ganhar dinheiro mesmo estando desempregado.


Listei algumas ideias que podem despertar sua criatividade e o espírito empreendedor que está dentro de você e que faz parte do DNA do brasileiro que não desiste nunca:


1 – Vender produtos usados(bazar): Quando estamos em casa, é importante fazermos uma reflexão, traçarmos um plano, organizarmos a nossa casa, a nossa vida e a nós mesmos. E no meio dessa “faxina”, nada melhor do que se desfazer do que não usamos mais, e se além disso conseguirmos ganhar uma graninha, melhor ainda, não acha?Separe o que não precisa mais e anuncie em sites como OLX, Mercado Livre, Enjoei ou bazares locais em mídias sociais, como Facebook, Instagram ou até mesmo seus grupos do WhatsApp.Já vendi: roupas, sapatos, bolsas, bijuterias, eletrodomésticos, eletrônicos.No Facebook existem alguns grupos dedicados a esta prática. Vale a pena conferir.


2 – Dar aulas em casa: Sobre qualquer assunto é uma ótima maneira de ganhar dinheiro sem nenhum tipo de investimento além de seu tempo e conhecimentos:


        Aulas de reforço escolar (português, matemática, etc)
        Idiomas
        Artesanato
        Culinária


3 – Cozinhar pra fora: Sejam comidas mais elaboradas ou o trivial arroz com feijão, cozinhar pra fora é uma forma clássica de ganhar dinheiro. A demanda é muito grande. Uma ideia excelente hoje  em dia é fazer comidas com baixa caloria. 


4 – Oferecer serviços de assistente virtual: Se você tem tempo e um computador com internet, uma das opções para ganhar dinheiro em casa é oferecer serviços de assistente virtual. Você pode agendar serviços para seus clientes como consultas e exames médicos ou trâmites burocráticos como agendamento para o seguro desemprego ou para emissão de passaporte.


5 – Cuidador(a) de criança, ou idosos: Alguns pais e famílias, não tem onde ou com quem deixar seus filhos do período em que as crianças saem da escola, e idosos, até que eles retornem do trabalho, ou mesmo quando o casal quer dar uma saidinha. Você pode oferecer este serviço pelas redes sociais e ganhar um dinheirinho.


6 – Revendedor(a) de produtos: No ramo da beleza principalmente, existem vários produtos que você pode revender: Natura, Avon, Jequiti, Mary Kay, Romannel. Produtos para quem pratica esportes ou dietas.Basta se cadastrar sem muita burocracia e usar a criatividade para divulgar e vender.Se quiser aprender a fundo como alavancar suas vendas através do Instagram, conheça o Instanegócios.


7 – Redator, ou corretor ortográfico de textos:Muitos sites e blogs compram conteúdo para alimentar suas plataformas online.No Brasil existe muita procura e pouca oferta deste tipo de serviço. Se você escreve bem, esta pode ser a sua renda garantida, mesmo estando desempregado.


8 – Mulher, ou marido de aluguel: Sem segundas intenções, são apenas profissionais que fazem de tudo um pouco, ou seja, nas empresas é aquele famoso: FAZ TUDO!!!. No caso de homens: Serviços de alvenaria, carpintaria, bombeiro, eletro-eletrônica, pequenos concertos e reparos;segurança. Se for mulher: Diarista, manicure e pedicure, lavanderia, massagista, estética facial, maquiagem a domicílio, etc.


O mais importante: Não desanime e mantenha uma atitude positiva!!!


Ainda que você não consiga compensar o salário do emprego que perdeu, somando seus ganhos extras ao seguro desemprego, e colocando em prática algumas ações para poupar dinheiro, você conseguirá se manter durante um bom tempo, além de ocupar a sua mente enquanto busca um novo emprego ou decide investir num negócio próprio.


“Nos momentos de maior dificuldade é que nos reinventamos e nos redescobrimos.”



Quem sabe este não é o seu momento?


Assim como você, vemos vários testemunhos de pessoas na internet a buscar por outras formas de ganhar dinheiro, mesmo estando desempregado(a). É de impressionar-se com o tamanho desse mercado, que ao contrário da crise e do desemprego, só cresce no Brasil e já movimenta bilhões.



Estar desempregado(a) não significa que você precisa ficar o dia todo em casa, deitado no sofá com um pacote de biscoitos enquanto espera pela ligação de um recrutador. Confira estas 5 dicas para manter-se perseverante na sua busca por emprego:




1. Mantenha-se ocupado(a), mas não perca o foco:Se você está sem emprego, procurar por um novo deve ser a sua principal função. Enquanto você não estiver aperfeiçoando o seu currículo ou se dedicando a se inscrever em processos seletivos, participe de atividades e cursos que possam enriquecer a sua formação profissional. A falta de emprego pode ser bem utilizada com o desenvolvimento de novas habilidades e quando chegar o momento de explicar o período sem trabalho no seu currículo, você terá boas justificativas.


2. Não negligencie suas redes sociais:Só porque você não tem um emprego não quer dizer que você pode se manter desatualizado com as notícias do seu mercado de trabalho. E isso também vale para as suas redes sociais. Você nunca sabe quando os empregadores poderão vasculhar os seus perfis a procura de habilidades e investimentos na sua carreira. Portanto, mantenha-as todas atualizadas.



 3. Saia da sua zona de conforto:Se você não está aberto a possibilidades fora da sua área principal de interesse, provavelmente terá muito mais trabalho para encontrar novas oportunidades. Não limite as suas opções de buscas, isso irá produzir poucos resultados. Se você expandir os mercados com os quais pretende trabalhar, poderá encontrar o emprego perfeito onde menos espera.


4. Frequente eventos de networking:Nesse momento da falta de emprego, é importante que você faça contatos com o maior número de pessoas que puder. Faça pesquisas online e descubra onde estão acontecendo os eventos relacionados à sua área de atuação, frequente esses eventos e não seja tímido, apresente-se e faça contatos com possíveis empregadores. Se nenhum dos eventos estiver acontecendo próximo a sua cidade, descubra eventos de networking online.




5. Mantenha-se positivo: Pode parecer o conselho mais inútil, mas mantenha a esperança. Nesse período você vai passar por uma série de competições e recusas, mas não deve deixar de acreditar que a vaga certa vai aparecer. Manter-se com uma aparência positiva durante as buscas é fundamental para que você alcance o sucesso.



Se você gostou, repasse ou indique a matéria para quem está precisando !!!


Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger