A mera veiculação, ou reprodução de matérias e entrevistas deste blog não significa, necessariamente, adesão às ideias neles contidas. Tal material deve ser considerado à luz do objetivo informativo deste blog, não sendo a simples indicação, ou reprodução a garantia da ortodoxia de seus conteúdos. Os comentários devem ser respeitosos e relacionados estritamente ao assunto do post. Toda polêmica desnecessária será prontamente banida. Todos os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, de maneira alguma, a posição do blog. Não serão aprovados os comentários escritos integralmente em letras maiúsculas, ou CAIXA ALTA. A edição deste blog se reserva o direito de excluir qualquer artigo ou comentário que julgar oportuno, sem demais explicações. Todo material produzido por este blog é de livre difusão, contanto que se remeta nossa fonte.
Home » » O Ruah sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai... (João 3,8)

O Ruah sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai... (João 3,8)

Written By Beraká - o blog da família on quarta-feira, 5 de março de 2014 | 21:21




Apesar de não concordar e não compactuar com nenhuma das correntes doutrinárias protestantes, não posso deixar de falar deste livro: A Cruz e o Punhal e de seu autor o pastor David Wilkerson, citado por Patti  Masfield,em seus escritos depoimentos e testemunhos sobre o Retiro de Duquesne que marcou o início da Renovação Carismática Católica.



As notícias que temos sobre o retiro de Duquesne são muito abundantes. A maioria dos que nele participaram ainda estão vivos e continuam a testemunhar o que ali se passou. Patti Mansfield dá muitos detalhes. Esse retiro assinalou, por assim dizer, o nascimento do Renovamento Carismático. 


Os professores que tinham tido a experiência da efusão do Espírito estavam à frente de uma associação estudantil da Universidade de Duquesne, chamada Chi-Ro, fundada para fomentar a oração, a actividade litúrgica, o testemunho cristão e a acção social.


Eles prepararam o retiro do grupo para os dias 17 a 19 de Fevereiro de 1967



Depois de algumas alternativas, elegeram como tema do retiro o estudo do livro dos Actos dos Apóstolos (c.1-4). Durante as sessões de preparação não fizeram nenhuma referência directa à efusão do Espírito, mas recomendaram a todos a leitura do livro A cruz e o punhal. Os professores tinham grandes expectativas sobre o que poderia ocorrer nesse retiro
.

Na sexta-feira dia 17 de Fevereiro de 1967, os dois moderadores da Faculdade com suas esposas, o capelão e uns 25 estudantes foram para uma mansão chamada The Ark and the Dove (Foto abaixo):




A arca e a pomba, situada num bosque a cerca de vinte quilómetros de Pittsburg, uma casa de campo com três andares e com 23 quartos. Ao lado havia uma casita para albergar mais algumas pessoas. O grupo de Flo Dodge orou intensamente pelo êxito do retiro. Estavam certos de que Deus ia actuar com uma explosão de poder.



No começo de cada sessão do retiro cantavam o hino Veni Creator Spiritus. Na sexta-feira, depois da sessão de abertura, houve uma liturgia penitencial. No sábado de manhã, Paul Gray falou sobre o primeiro capítulo dos Actos dos Apóstolos, depois celebraram missa e houve um ensinamento sobre as mulheres na Bíblia. O ensinamento da tarde, sobre o segundo capítulo do livro dos Actos, esteve a cargo de Flo Dodge, que ninguém no grupo conhecia. A sua dissertação versou sobre o Senhorio de Jesus e a efusão do Espírito Santo. Esse foi um momento-chave do retiro. Enquanto ela falava Patti Mansfield já estava ansiando ter o que ela transmitia e escreveu nos seus apontamentos: “Jesus, torna isto vivo e real para mim!” 




Um dos professores perguntou em determinado momento: “Aceitais o que o Espírito possa fazer em vós?” A resposta de Patti foi a seguinte: “Estou atemorizada. Quero um milagre!” E outro estudante replicou: “Também eu”. 







Na noite de sábado estava programada a celebração do aniversário de vários membros do grupo. Os noivos Paul Grey e Maryamne Springle tinham ouvido falar da efusão do Espírito e pediram a R. Feifer que rezasse por eles, para que o Espírito actuasse plenamente nas suas vidas. Subiram ao andar de cima, evitando os demais. Ali, R. Keifer impôs-lhes as mãos e os noivos receberam uma profunda impressão de presença do Espírito. Logo o Espírito se manifestou com o dom de línguas estranhas, nas quais louvaram o Senhor. Depois voltaram ao grupo, mas não contaram nada do que tinha sucedido. Mas a celebração programada não aconteceu. Havia ali uma força misteriosa que alterava todos os planos e levava o retiro por caminhos não previstos. Alguns daqueles jovens sentiram-se atraídos para a capela, como se alguém os empurrasse. E, ali, o Espírito Santo derramou-se em abundância. Alguns louvaram a Deus em línguas estranhas, outros choraram de alegria, outros rezaram e cantaram e continuaram a rezar para além das três da manhã. O capelão e as freiras obrigaram-nos a retirar-se. Durante aquelas horas, o Senhor actuou neles de uma forma admirável. Chegaram até nós os testemunhos do que sucedeu na vida de alguns daqueles jovens. “Uns sentiram que o amor de Deus por eles era tão intenso, que não podiam senão chorar; outros sentiam um imenso calor a passar, como fogo, pelos seus braços e mãos; outros sentiam ruídos na garganta e formigueiros na língua, outros falam de louvores gozosos que saíam dos seus lábios, de um encontro pessoal com Jesus como Senhor, de júbilo e alegria intensa, da presença do Espírito como um fogo devorador, de ânsias de oração e de ler a palavra de Deus”.


Aqueles jovens foram derrubados pelo amor de Deus. Ninguém lhes impôs as mãos, mas o Espírito chegou pleno de vida e de poder, submergiu-os no Senhor. Experimentaram a efusão do Espírito de um modo manifesto. Patti Mansfield escreveu, nas suas notas pessoais, palavras como: “Graças a ti, Senhor. Fica, fica, fica, fica! Tu eras real! Tu existes! Tu escutas! Tu fazes milagres! Graças, graças, graças pelo dom de Ti mesmo!” 




Apenas pouco mais de metade dos estudantes que participaram no retiro de Duquesne, segundo o testemunho de Patti Mansfield, receberam a efusão do Espírito. Para alguns, aquele retiro “não foi um sucesso religioso definitivo” nas suas vidas.



Mas ali, numa pequena mansão, num fim-de-semana de Fevereiro, com a presença unicamente de um grupo de estudantes e de alguns professores da Universidade de Duquesne, nasceu o Renovamento Carismático.



Ali começou a acender-se a chama que está a encher de fogo o mundo inteiro. Dali espalhou-se, ‘como fogo num canavial‘, por todo o mundo.


Aquele retiro foi o primeiro encontro em que um grupo de católicos experimentaram a efusão do Espírito e os dons carismáticos.


Professores e estudantes, para além de uma maravilhosa transformação interior, puderam contemplar, ante os seus olhares atónitos, o despertar dos carismas: ali estava o louvor, o dom de línguas, de cura, a profecia, a palavra de conhecimento.

Era a mesma experiência dos pentecostais que se fazia presente neles, uns simples americanos do século XX, numa sociedade que falava da morte de Deus. Mas, de repente, tudo era renovado pelo Espírito e passava a fazer parte da vida de cada dia de cristãos normais.



Tornaram-se participantes na primeira experiência de pentecostes. “No Retiro de Duquesne só houve um protagonista: o Espírito de Deus. Ali só se fez uma obra: a Sua; dali só ficou o que tinha de ficar: uma chama para o mundo. Ali nasceu, de um modo desconcertante e surpreendente, o Renovamento Carismático.


Ali só houve 25 rapazes e moças universitários, que foram surpreendidos pela ação poderosa do Espírito. Ninguém podia fazer prever o que ali se passou, ninguém podia imaginar que aquilo seria como uma bomba-relógio, que haveria de explodir no mundo inteiro.


O que ali sucedeu não teve ares de grandeza. Foi só um retiro de fim de semana. Apenas isso. Não se fizeram grandes planeamentos nem projetos. Se alguém tivesse dito àquele grupo de jovens o que se iria passar, ter-se-iam rido a bandeiras despregadas. Mas assim são as coisas de Deus. Do que não conta, do insignificante, faz maravilhas. Assim começou aquilo que hoje conhecemos com o nome de Renovamento Carismático Católico.




Wilkerson foi um pastor pentecostal e um autêntico testemunho de doação gratuita à obra de Deus.Em 2003, na última vez que ele esteve no Brasil pelo convite da Assembleia de Deus Madureira, Wilkerson condenou fortemente a Teologia da Prosperidade e disse que construiria sua igreja numa favela carioca. Com sua pregação ele levou para Cristo muitos traficantes de Nova York. Na época, a cidade americana era uma das mais violentas do mundo. Entre esses traficantes estava Nick Cruz, um porto-riquenho que era um temido traficante e hoje tem um grande ministério evangelístico. A história ficou mundialmente conhecida em um clássico livro evangélico escrito por Wilkerson, conhecido como  A Cruz e o Punhal. Ele também fundou o "Desafio Jovem", que ajudou muitos jovens que estavam no mundo das drogas a libertarem-se deste flagelo.


A cruz e o punhal é um livro encorajador. Através do testemunho do pastor David Wilkerson, nos ambientamos com a realidade nua e crua da vida nos guetos e favelas de Nova Iorque regada à drogas, sangue e prostituição. Ao mesmo tempo, vemos como nosso Deus continua o mesmo, curando, libertando, guiando e fortalecendo seu povo. 



Os relatos reais de transformação de viciados e gangsters como Nicky, Roberto e Maria, o surgimento e crescimento do "Desafio Jovem" que por fé alcançou milhares de jovens no mundo inclusive aqui no Brasil é um sobrenatural estímulo para jovens como eu se fortalecerem em Deus confiando sempre em Seu Espírito Santo.



Os últimos capítulos que trazem a tona o batismo no Espírito Santo, que por mais que se criem algumas controvérsias teológicas, são de extrema valia para a obra e para o entendimento da libertação dos viciados.


Uma passagem muito simples e interessante, se dá no primeiro capítulo quando o Rev. Davi Wilkerson resolve vender sua televisão e usar as duas horas que costumava gastar assistindo os seus programas em oração. Foi o momento crucial para que entendesse o propósito de Deus na sua vida e qual a obra ele deveria fazer.


Depois mais tarde, diante de situações difíceis, aprendeu a confiar no Espírito Santo e deixá-lo agir conforme a vontade de Deus.


Somente quando o homem deixar de viver por seus próprios recursos e passar a viver na fé e na confiança do Espírito Santo, é que conhecerá realmente o poder que Deus nos dá mediante a ação do Espírito.


A história é muito encorajadora. O ardor missionário começado do zero e a luta por converter a população da parte temida da cidade é inspiradora e, ao mesmo tempo, intrigante. 



O livro, que posteriormente se tornou um filme estrelado por Pat Boone, o segundo mais popular cantor da época na América, narrava a chegada de Wilkerson a New York e o início de seu trabalho evangelístico com os viciados em drogas e gangues de rua.


Wilkerson fundou o Desafio Jovem, uma instituição que combatia a dependência das drogas somente com a Palavra de Deus e a oração.



Na década de 1970, o trabalho de David Wilkerson inspirou outros centros de recuperação, nos mesmos moldes, no mundo inteiro, inclusive aqui no Brasil. Denominações inteiras foram despertadas para o trabalho com jovens viciados.


Em 1987 David Wilkerson fundou a Times Square Church em Manhattan, em um lugar que até então só existiam clubes de strip, prostituição e drogas.



David era considerado por grande parte da população como um profeta dos últimos dias. Denunciava a corrupção e o pecado nas igrejas. A partir da década de 1990, David Wilkerson passou a se dedicar ao encorajamento de pastores e suas famílias em todo o mundo para, como dizia ele,  “renovar sua paixão por Cristo”



David Wilkerson morreu em um acidente de trânsito em abril de 2011.



Fiz questão de fazer esta breve apresentação, para que o Ver. Wilkerson não seja tido como mais um dos loucos que andam por aí. Apesar de ser protestante e fiel a esta corrente sectária da Igreja, foi um homem íntegro e de caráter nobre. Combateu as inovações extra bíblicas, as falcatruas e os falsos profetas tão comuns na “elite religiosa” da América.

Em 1973 David Wilkerson teve uma visão relacionada com a queda da economia da América e do mundo todo.

A visão também se referia a decadência moral e espiritual a níveis assustadores. Falava em desastres naturais e, o que mais nos chama à atenção, a decadência da igreja, enquanto instituição humana e grande perseguição aos cristãos fiéis.

Sua visão foi publicada em um livro chamado “A Visão” em 1974.

Wilkerson foi muito criticado na época por líderes cristãos por trazer profecias negativas. Isso não pode ser aceitável em uma nação com um povo tão  patriota como os EUA.

A seguir, o relato da visão de Wilkerson na íntegra, o qual mesmo com uma visão protestante do Cristianismo, vale a pena ficar atento.


O padrão bíblico para analisar um profeta e sua profecia é esse:


“Quando o profeta falar em nome do SENHOR, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o SENHOR não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenhas temor dele.” (Deut. 18,22)



Notem que Wilkerson descreveu sua visão em 1973, durante a guerra fria e quando o cenário político e econômico na América e no mundo era muito diferente do que é hoje. Muitas coisas que hoje existem nem ao menos  eram imagináveis naqueles dias.

A Visão de David Wilkerson


Recebi de Deus uma visão tão espantosa que me deixou com a mente dando voltas.Tenho querido esquecê-la, porém não foi possível. Deus quer advertir-nos da hora de perseguição que está para vir.


O Espírito Santo me é testemunha de que hoje lhes estou advertindo sobre a hora da perseguição que vem para todo o crente cheio do Espírito Santo.
Terão de preparar-se para ser odiados, repelidos e escarnecidos.


“E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos jovens terão visões, e os vossos velhos sonharão sonhos”. (Atos 2:17)



Tive apenas duas visões em minha vida


A primeira aos quinze anos, e tudo o que vi naquela ocasião já se cumpriu.


Desta vez tenho estado cheio de temor e não tenho querido revelar esta visão, porém agora venho fazê-la.


Vi cinco calamidades terríveis que virão sobre todo o mundo:


1)- Em primeiro lugar uma confusão econômica que afetará o mundo todo.



Vi que se passarão alguns anos de prosperidade e em seguida virá essa crise econômica que afetará o modo de viver de toda a  pessoa sobre a terra. Os economistas mundiais não poderão explicar o que está acontecendo. Começará na Alemanha, se estenderá ao Japão e por fim aos Estados Unidos.




Corporações grandes, sérias, bem conhecidas, desmoronarão, irão á falência. Muitas igrejas sofrerão bancarrota e muitos projetos missionários desaparecerão.


Uma  das mensagens mais claras que recebi de Deus em minha vida é esta


“Usa os anos bons que restam, preparando-te para a crise financeira.  Põe tua casa em ordem porque vêm tempos difíceis”.


2)- A segunda coisa que vi foi a natureza com dores de parto


É uma crise que envolve a   natureza. Sinais e mudanças sobrenaturais inexplicáveis para o homem.Os desastres   mundiais que estamos presenciando agora, eu os vi como se fossem dores de parto da natureza e que serão mais freqüentes á medida que nos aproximamos do estabelecimento  do reino de Deus.


Vi terremotos nos Estados Unidos. Fome no mundo inteiro, especialmente na China, Índia e Rússia.

Vi  a provisão  alimentícia  do  mundo  esgotada,  provocando  a  morte  de milhares de pessoas.


Vi que aparecia um novo tipo de tempestade como se fosse um  fogo no céu, deixando um rastro como um vapor. Furacões, granizo e inundações chegando á terra com tal intensidade e violência que toda a humanidade terá que admitir que o mundo está sitiado  por algo sobrenatural, cercado por forças sobrenaturais.



3)- A terceira coisa que vi: um batismo de imundícia na América.Vi a profecia de Naum cumprida  em um futuro muito próximo.


“E lançarei sobre ti coisas abomináveis, e te envergonharei, e por-te-ei como espetáculo” (Naum  3:6).

Isto quer dizer que os programas  de  televisão  serão da  pior espécie. 


Também quer dizer que as bancas de  revistas estarão saturadas  de revistas imundas. Também quer dizer que a educação  sexual  nas escolas será  reanimada  com  filmes  demonstrando  detalhes do ato matrimonial.
Satanás  vomitará toda a  imundícia do inferno em tão grande  grau que será como nos dias de Ló.


4)- A quarta coisa é a rebelião no lar



O problema número um na  América e no mundo com  respeito á  juventude é o ódio que nutrem  pelos pais. A Bíblia  diz: “E os inimigos do homem serão seus familiares” (Mt. 10:36.) Os pais serão traídos.


Pais e filhos viverão debaixo do mesmo teto porém como inimigos de guerra.  Será  pior  do que o problema das drogas, pior que o álcool, maior do que o abuso do sexo ou  qualquer outro problema da juventude.



Em uma pesquisa  recente de 5.000 crianças  feita em 12 das principais cidades dos Estados Unidos, mais de 45% disse:  “Odeio a meus pais”.



5)- A quinta coisa é a  perseguição contra os cristãos que verdadeiramente são cheios do Espírito Santo  e que amam a Jesus Cristo



Jesus disse que o Espírito Santo desceria sobre nós.  Ele prometeu poder do alto, porém  Ele também predisse  perseguição aos crentes fiéis.
Lendo João 15:19  e 20:


“Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu,  mas, porque  não  sois do mundo, antes eu vos  escolhi do mundo  por isso é  que o mundo  vos aborrece” –  “Lembrai-vos da palavra  que vos  disse:  Não é o servo maior do que seu senhor.  Se a mim me perseguiram,  também  vos perseguirão a vós; se guardaram a minha  palavra, também guardarão a vossa”.



O que diz em  Mateus 10:21 a 23: “E o irmão entregará á morte o irmão, e o pai ao filho; e os filhos se levantarão contra os pais e os matarão. E sereis odiados de todos por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até o fim será salvo.”
O propósito que vejo nesta  perseguição que virá  é  s e p a r a r  os crentes verdadeiros  dos falsos. O tempo já está terminando e o Evangelho ainda tem que ser pregado em todas as  nações antes da volta de  Jesus Cristo.



O Espírito Santo está sendo derramado sobre milhares, porém ainda há aqueles discípulos cantando e regozijando-se e compartilhando uns com os outros, unicamente  entre si.


Entre nós há, aqueles que falam em outras línguas e todavia vivem de modo reprovável.  O  Senhor  separará   o trigo do joio e espalhará  sua semente aos quatro cantos da terra.



A  palavra de Deus escrita em II Tim. 3:12 será  cumprida


‘‘E também todos os que piamente querem viver em Cristo  Jesus padecerão perseguições”.



O que o Espírito Santo  me revelou em visão quanto a perseguição: vejo uma onda de perseguição a um grau  que a humanidade jamais experimentou.  Vejo-a subir como se fora um monstro do mar.


Revela-se em um tempo quando a liberdade de religião aparenta ter chegado ao seu auge.  Se estenderá pelos Estados Unidos, Canadá, o mundo inteiro e por fim será como uma espécie de loucura.



Esta loucura já está presente. O espírito do Anticristo está entrando nos corações de alguns homens  no governo e no sistema judicial, provocando malefícios espirituais, e que logo chegará além dessas posições oficiais, até nas igrejas, entre missionários e ministros.




Vejo que se avizinha o tempo quando a maioria dos projetos  missionários, programas de rádio e televisão, as sociedades missionárias, serão admoestadas e vigiadas  tão severamente por agências do governo que terão temor de prosseguir em suas atividades.




Vejo levantar-se uma super- igreja mundial. Vejo que se forma um concílio  de uma  super-igreja  mundial, composto de uma união entre os protestantes ecumênicos liberais e a igreja católica romana.Unificando-os politicamente  para criar uma das forças religiosas, mais poderosas de toda a terra.


Esta super-igreja visível será espiritual somente no nome, utilizando o nome de Jesus Cristo livremente, porém na realidade será anticristã e política em muitas das suas  atividades.Essa igreja terá muitas atividades sociais e ministérios filantrópicos. Seus líderes falarão de estarem suprindo as necessidades da  humanidade.



De repente haverá uma cadeia de acontecimentos misteriosos



Precisamente no tempo quando se acreditar que o movimento ecumênico chegou ao fim, aparecerá esta cadeia de acontecimentos como o meio para  esta união.
Roma  insistirá em receber privilégios da parte dos líderes protestantes ecumênicos. 


O papa se considerará como um líder político em vez de um líder espiritual nesta união da igreja. Vejo um exército de profissionais  invadindo os  postos  influentes  nesta super-igreja.



Serão gente ímpia, povo do Anti-Cristo, obsecados com a idéia de que esta super-igreja chegará a ser  uma  grande força política apta para enfrentar quem  se oponha  á   sua ação.



Vejo que esta super-igreja dará as boas- vindas  aos  homossexuais


Porém  não se contentarão apenas em dar-lhes as boas-vindas, mas ainda os animarão a continuarem as suas práticas. Homossexuais serão ordenados ministros e investidos de autoridade.


Será anunciado que  são uma nova raça de pioneiros evangelistas  introduzindo novos conceitos de amor e evangelismo.


A literatura da igreja, da escola dominical distribuída a seus  filhos conterá ensinamentos que indique a homossexualidade como algo normal e aceitável como prática  na vida cristã .



Em algumas dessas igrejas haverá algumas pessoas que dançarão despidas. Os homens se tornarão adoradores da criatura em vez  de adoradores do Criador. Deus entregará estes adoradores ao seu próprio pecado. Como resultado terão mentes condenadas,provocando uma nova espécie de enfermidade mental que não responderá a nenhum tipo de tratamento.



Outra coisa será a prática do ocultismo dentro da igreja.



Creio que esta super-igreja mundial aceitará certo tipo de práticas ocultas. Em algumas das  igrejas mais conhecidas da América,  reuniões do tipo espiritista  tomarão o lugar das reuniões de oração.  Em alguns  lugares isso já está acontecendo.



Muitos ministros ficarão impressionados com as pretensões sobrenaturais dos grupos espiritistas e satânicos. Vejo aproximar-se o dia e que muitos ministros que nunca estiveram  perto de Jesus estarão então  muito junto do Diabo.


Satanás  se apresentará como anjo de luz para enganar se possível até os escolhidos.



Logo vejo que se levanta outra super-igreja. Uma igreja invisível e sobrenatural.


A união dos  verdadeiros seguidores de Jesus Cristo que prosseguem com a vida espiritual, unidos por meio do Espírito Santo e sua confiança mútua em Jesus Cristo e sua  palavra.



Esta igreja sobrenatural dos verdadeiros crentes será um tipo de igreja clandestina. Será composta de cristãos de todas as denominações. Jovens e velhos, brancos e negros, de todas nações. E enquanto a super-igreja visível aumenta em potência política, o corpo invisível de Cristo crescerá em poder de uma forma tremenda. Esse poder virá como resultado da perseguição. A perseguição que está  por vir á terra provavelmente maior união entre Jesus Cristo e Seu  povo.



Haverá menor interesse quanto a denominações e maior ênfase na volta de Jesus. 


O Espírito Santo  unirá o povo para fazê-lo um só.  Esta igreja sobrenatural  receberá grande unção do Espírito Santo e poder para pregar o evangelho pelos quatro cantos da terra.



Vejo agora a perseguição á pregação do evangelho feita através dos meios de divul-gação.  Atualmente há muita  liberdade.  Jamais as   portas  estiveram tão abertas para falar de Cristo,curar enfermos, pregar o evangelho. Porém, cuidado, porque  a perseguição  já começou.



Já  se escuta no ar uma  nota  de mudança.
Os programas cristãos serão o alvo do ataque das  forças satânicas que estão determinadas a remover tudo isso do ar.


As portas que se encontram tão abertas, vão ser fechadas lenta, porém seguramente. Portanto, os ministros que  trabalham por esse meio devo dizer, pelo Espírito Santo, que “trabalhem enquanto é dia  porque a  noite vem quando ninguém  pode  trabalhar”.



Logo virá a perseguição através de Hollywood



Observem como Hollywood se apressará a atacar com seu filmes a verdadeira religião.Os ministros e evangelistas serão considerados charlatões. As igrejas e ministros que preguem o verdadeiro evangelho sofrerão ataques  particulares, enquanto que o ocultismo  e a feitiçaria serão glorificados.



Logo vem a perseguição através da ridicularização nas comédias pela televisão. Os programadores transformarão tudo em blasfêmia e milhares de incrédulos sentar-se-ão diante de seus televisores escarnecendo  dos temas  que  antes  consideravam  sagrados.



Por toda a parte se verão coisas que degradam a Cristo e Seu Sangue a glorificação ao Diabo.



Logo  virá  a perseguição por meio dos  impostos sobre  as igrejas.  Sim, virá o tempo em que as igrejas ou qualquer  organização com elas relacionadas terão que pagar impostos. Vejo isto chegando com algo insignificante, um pequeno imposto, porém logo será um monstro que levará  algumas  igrejas  independentes e sociedades missionárias á bancarrota.



A educação cristã será minada.  As  e s c o l a s   e universidades cristãs não escaparão a esta hora de perseguição.



Primeiro haverá repetidos ataques políticos e problemas agudos de finanças.
Em segundo lugar o corpo estudantil estará de uma maneira inexplicável inquieto.
De maneira muito marcante faltarão com respeito aos seus líderes.



Em terceiro lugar a faculdade estará infiltrada por professores que serão armas nas mãos de Satanás para minar os fundamentos da Fé. Satanás tentará arrancar a direção dessas escolas e instituições das mãos dos verdadeiros homens de Deus e colocá-las nas mãos de liberais que os levarão ao agnosticismo.



Os  líderes das instituições educacionais cristãs devem preparar-se para  tempos difíceis, tanto monetária como espiritualmente.



Vem o tempo quando não será popular pertencer a Jesus Cristo. A perseguição vem para separar as ovelhas das cabras.


Os que estão só buscando emoção regressarão ás suas drogas, outros a praticar o ocultismo.Esta juventude de adoradores de Satanás está começando a criar clubes de “ódio a Cristo”. Atualmente  já existem alguns.



Tu que fazes parte da  revolução de Jesus Cristo prepara-te para a perseguição que enfrentarás através dos clubes que odeiam a Cristo e que se encontram em tuas escolas.


Em muitos lugares esta juventude que segue proclamando a Jesus Cristo será apedrejada por outros de sua mesma idade.


Esta revolução contra Jesus, será dirigida pessoalmente pelo Diabo e por aqueles  que  estão entregues a adorá-lo.

Os ataques contra os seguidores de Jesus aumentarão e se estenderão a um grau tal que a juventude cristã se endurecerá como aço e prosseguirá testificando, ou  desmoronará e negará sua fé.


Vejo que virá um departamento espiritual por detrás da cortina de ferro e bambu. Enquanto os países livres experimentarão uma onda de perseguições, os países da cortina de ferro e bambu experimentarão um curto período de avivamento espiritual.




O Espírito de Deus romperá a cortina  de ferro e de bambu e buscará e encontrará os corações famintos na   Rússia, China  e Europa  Oriental. Deus  prometeu  derramar seu Espírito sobre  toda a carne, não excluiu estas nações.



O derramamento que existe agora na Finlândia está destinado a estender-se até a parte norte da Rússia. Enquanto as portas começam a fechar-se deste lado da cortina, do outro lado se abrirão. Depois de um curto período de liberdade e avivamento espiritual,  repentinamente se cerrarão as portas, e essas nações serão lançadas sob horrível perseguição.



Os cristãos japoneses e coreanos serão usados  por  Deus  para alcançar milhões de vidas na China.  O derramamento do Espírito Santo na Alemanha Ocidental alcançará a Alemanha Oriental.



Finalmente, e o mais importante de tudo, porque atinge a todo o pastor e todo o cristão, haverá uma guerra de difamação, de maledicências.



Sei que Satanás declarou guerra contra todo ministro de Jesus Cristo. Ele utilizará todos os meios para fazer naufragar todo o homem de Deus que esteja determinado a  permanecer fiel em suas convicções.



Aqueles ministros que acreditava não ter nenhum inimigo ficarão espantados ao descobrirem que pessoas   estão  falando mal  deles.  Os  pastores das igrejas, em particular, enfrentarão murmurações maliciosas.



As esposas dos ministros, de igual modo enfrentarão difamação maliciosas. Mentiras e falsos testemunhos  serão proclamados em lugares vários  e  virão diretamente do inferno. Legiões de espíritos mentirosos estarão soltos no mundo com o propósito único de acusar os cristãos.



Esta guerra de maledicências não estará dirigida somente contra os ministros, mas também contra todo o crente cheio do Espírito  Santo.



Até a juventude conhecerá o que é enfrentar mexericos e intrigas.
Agora vem minha última palavra da parte do Senhor. Tenho sido um pregador positivo. Não costumo pregar sobre o juízo. Porém amigos é impossível pregar, falar sobre a volta de Jesus antes que teus olhos sejam  abertos e contemples tudo o que está acontecendo á nossa volta, o Senhor disse: 



“Ora, quando estas coisas  começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção esta próxima”    (Lucas 21:28).




Quando recebi esta visão de calamidades, me espantei de  tal maneira que meus olhos estavam fixos em Deus  e passei noites em claro.
Surgiram várias perguntas:



“Como vamos fazer tudo o que devemos quando há tantos que Te estão deixando e estão se escondendo por temer que o barco afunde?” “Que faremos, Senhor? Entregamos este mundo inteiro ao Diabo e deixaremos que ele faça o que quiser? Pagamos nossas contas e compramos um pequeno rancho e escapamos esperando que passe a tormenta e  venham dias melhores? Simplesmente nos damos por vencidos?”



Amados, é necessário que saibais o que o Espírito Santo me disse; apenas sete palavras, porém tão poderosas que despertaram em mim uma gloriosa esperança e tanta fé que acordei gritando. Estas palavras estão queimadas em meu coração:



“DEUS TEM  TUDO DEBAIXO DE SEU CONTROLE”.



Ele têm a natureza debaixo de Seu controle. Quando ouvimos falar de terremotos, fomes, epidemias, inundações, parece que a natureza está fora de controle. Porém a Palavra de Deus nos diz claramente que tudo isto acontecerá.
Filho de Deus, para os dias que virão, o Espírito Santo te diz, “Não temas a fúria da natureza. Deus também é Rei das inundações, e tu contemplarás as inundações e os terremotos e as tormentas e dirás: é meu Deus que está falando! Está falando, está advertindo e está dizendo, “prepara-te!.”





Até o Diabo está debaixo de Seu controle.



O poder do Diabo é limitado e todo o cristão pode fazê-lo fugir por meio da Palavra e do clamor pelo Sangue de Cristo.


Está escrito: “Resisti ao Diabo e ele fugirá de vós”. ( Tiago  4 – 7). Tu eu, e tudo o que nos rodeia, tudo está  debaixo de seu controle, não importa como se encontrem as coisas neste mundo, pois todas estão operando para o bem daqueles que amam a Deus.




O futuro está debaixo de Seu controle. Deus sabe exatamente em que momento regressará Jesus Cristo. Agora  podes  dizer ao teu coração,



“Deus tem tudo debaixo de Seu controle”


Terminou a minha visão.


Muitos querem continuar sentados diante de uma televisão, ir a alguns cultos e aplaudir, e cantar acerca das boas coisas de Deus. Porém amados, é tempo de reconhecer que o fim do mundo está as portas.


Esta é a hora sobre a qual  tens ouvido  pregar. Muitos estão acomodados  não sabendo nem o que está se passando. Amados, Jesus já vem. Jesus Cristo já vem, e está pondo sua casa em ordem”.


Por David Wilkerson em 1973


Curta este artigo :

Postar um comentário

Conforme a lei o blog oferece o DIREITO DE RESPOSTA a quem se sentir ofendido, desde que a resposta não contenha palavrões e ofensas de cunho pessoal e generalizados.Serão analisadas e poderão ser ignoradas e ou, excluídas.

Quem sou eu?

Minha foto
CIDADÃO DO MUNDO, NORDESTINO COM ORGULHO, Brazil
Neste Apostolado promovemos a “EVANGELIZAÇÃO ANÔNIMA", pois neste serviço somos apenas o Jumentinho que leva Jesus e sua verdade aos Povos. Portanto toda honra e Glória é para Ele.Cristo disse-nos:Eu sou o caminho, a verdade e a vida e “ NINGUEM” vem ao Pai senão por mim." ( João, 14, 6).Como Católicos,defendemos a verdade, contra os erros que, de fato, são sempre contra Deus.Cristo não tinha opiniões, tinha verdades, a qual confiou a sua Igreja, ( Coluna e sustentáculo da verdade – Conf. I Tim 3,15) que deve zelar por elas até que Cristo volte.Quem nos acusa de falta de caridade mostra sua total ignorância na Bíblia,e de Deus, pois é amor, e quem ama corrige, e a verdade é um exercício da caridade.Este Deus adocicado,meloso,ingênuo, e sentimentalóide,é invenção dos homens tementes da verdade, não é o Deus revelado por seu filho: Jesus Cristo.Por fim: “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é nega-la” - ( Sto. Tomáz de Aquino)

As + lidas!

 
Support : Creating Website | Johny Template | Mas Template
Copyright © 2013. O BERAKÁ - All Rights Reserved
Template Created by Creating Website Published by Mas Template
Proudly powered by Blogger